domingo, 23 de outubro de 2016

População de bassane em Manica alimenta-se de raizes e frutos silvestres devido a fome


naom_56447f24d70dd
A população do posto administrativo de Bassane, no distrito de Machaze, na província central de Manica, está a passar situações de fome causada pela seca que afectou a região na última safra agrária 2015/16. Muitas famílias perderam a produção agrária, facto que deixou mais de mil pessoas em situação de insegurança alimentar.
Citado pela, Agencia de Informação Moçambique (AIM), a chefe do posto administrativo de Bassane, Margaret Chissano, disse que muitas famílias recorrem a frutos silvestres, raízes de tubérculos e mangas verdes para matar a fome.
Explicou que na campanha agrícola finda, a população envolveu-se em actividades de produção de comida, contudo, a falta de chuva comprometeu a produção que foi caracterizada por perda de quase todas culturas da primeira e segunda época agrícola.
“Houve muito trabalho, mas perdemos quase tudo que colocamos na terra por causa da seca que assolou a região de Bassane e outras zonas do distrito”, referiu a chefe do posto.
“Não temos comida. Essa é uma verdade. Muita gente procura raízes e frutos silvestres para matar a fome. Outros tiram mangas verdes para fazer papas. Procuram sumo para adoçar as papas. Estamos a sofrer”, reiterou.
Apesar da situação, a fonte garantiu que não foi reportada ocorrência de morte vítima da fome, mas pediu a quem de direito para intervir no sentido de inverter o drama que se vive em Bassane.
 

Sem comentários:

Windows Live Messenger + Facebook