segunda-feira, 10 de outubro de 2016

Polícia diz ter morto Comandante da Renamo

Numa incursão fracassada em Mussaraua
Um homem supostamente pertencente a Renamo que em vida era conhecido por Comandante “Macaco”, é tido como morto pelas Forças de Defesa e Segurança na madrugada da última quinta-feira (06) em Mussaraua distrito de Mulevala na Zambézia.
A informação foi avançada por Jacinto Félix do Departamento das Relações Públicas no Comando da PRM, que chamou a imprensa na manhã da última sexta-feira onde este disse que, os homens da Renamo tentaram tomar de assalto a localidade de Mussaraua por volta das 02horas e quando as forças governamentais se aperceberam da sua presença abriram fogo contra os mesmos e foi nessa troca de tiros que o tal comandante Macaco foi abatido mortalmente e os restantes saíram em debandada.
Segundo Félix, no total era 13 homens armados e diligências estão sendo feitas para localizar os outros que se encontram a monte. Neste momento, a situação é tida como calma e a circulação esta sendo feita normalmente uma vez que Mussaraua localiza-se ao longo da estrada nacional, e para tal houve há necessidade de reforçar ou seja aumentar o número dos agentes das Forças e Segurança para garantir a ordem e tranquilidade.
Recorde-se que está não é a primeira vez que os supostos homens da Renamo escalam Mulevala. Nos finais do mês de Setembro passado, tentaram sem sucesso tomar conta da vila sede daquele distrito onde igualmente antes de lograrem os seus intentos foram repelidos e colocaram-se em fuga.
Informações em nosso poder e que não foram reveladas pela polícia, dão conta que no mesmo dia por volta das 14 horas um cidadão que se fazia transportar numa motorizada foi atacado por desconhecidos e apoderaram-se da sua motorizada. (António Munaíta)
DIÁRIO DA ZAMBÉZIA – 10.10.2016

Sem comentários:

Windows Live Messenger + Facebook