quarta-feira, 19 de outubro de 2016

NAMPULA/DESCONHECIDOS ASSASSINAM DELEGADO DA RENAMO


19-10-2016 15:39:58

Nampula (Moçambique), 19 Out (AIM) – Indivíduos desconhecidos e ainda a monte vitimaram terça-feira dois membros da Renamo, maior partido da oposição, algures no distrito de Ribàué, província de Nampula, norte do país.

Trata-se de Flor Armando de 45 anos de idade, delegado político distrital daquele partido no distrito de Ribàué e membro da Assembleia Provincial, e um outro simples membro, identificado pelo único nome de Zeca com 25 anos.

Segundo testemunhas, foram disparados no total 17 tiros no local do incidente que vitimaram os finados, e até ao momento são desconhecidas as reais motivações que levaram a autoria da acção criminal.

Adelino Agostinho conta que os indivíduos que cometeram o crime macabro eram dois e se faziam transportar numa viatura da marca Toyota, modelo Hilux, cor vermelha que seguia no sentido Iapala à vila de Ribáuè, e o crime aconteceu da EN13, próximo ao rio Matharia.

“O delegado encontrou a morte quando regressava de Iapala, onde no dia 17 estávamos a comemorar a morte do primeiro presidente da Renamo André Matsangaissa, morto a 17 Outubro de 1979. Viemos juntos, mas felizmente outros membros ficaram no cruzamento a espera de chapa e ele adiantou com jovem numa motorizada”, explicou Agostinho.

No entanto, volvidas algumas horas, receberam, informações dando conta do seu baleamento e consequente morte que, segundo Juldina Alberto, membro daquele partido, deixou bastante entristecidos os outros membros.

Em contacto com a imprensa, o médico chefe distrital de Ribàué, Clever Tachiua, confirmou a morte das duas vítimas por baleamento, pois os exames médicos feitos nos corpos denunciam lesões que sugerem o uso de armas de fogo.

“O primeiro indivíduo tem 10 lesões por arma de fogo, na cabeça, no tronco (tórax), abdómen e ao nível dos membros superiores e inferiores”, esclareceu Tachiua.
(AIM)
Albino Abacar (AA)/le

Sem comentários:

Windows Live Messenger + Facebook