sexta-feira, 14 de outubro de 2016

Filipe Nyusi e Federica Mogherine falam da paz e do assassinato de Jeremias Pondeca

 


União Europeia exige resultados na próxima ronda do Diálogo Político 
A alta representante da União Europeia para Política Externa e Segurança, Federica Mogherini, manteve, ontem, uma conversa telefónica com o Presidente da República, Filipe Nyusi, onde abordaram a situação política nacional e o assassinato do conselheiro do Estado, Jeremias Pondeca.
Segundo uma nota a que tivemos acesso, tratou-se de uma “conversa telefónica aberta e construtiva”.
“Expressei as minhas condolências pelo assassinato do negociador da paz, Jeremias Pondeca e ambos concordamos que o processo para a pacificação não deve, de forma alguma, ser afectado por este crime” refere a nota.
Mogherine enalteceu as reacções de Filipe Nyusi e de Afonso Dhlakama, em torno do assunto, o que para si é um facto encorajador para o processo da paz.
“A reacção imediata do Presidente Nyusi e do líder da Renamo, Afonso Dhlakama, mostra esperança de que é uma oportunidade para dar continuidade às conversações para a paz, com uma determinação e um firme cometimento de ambas as partes”, refere.
Para aquela alta dirigente da EU, é necessário que as duas lideranças mantenham um fluxo regular de comunicação entre si, de modo a ajudar a levar o processo em diante.

Esperança na próxima ronda
Depois de várias rondas negociais, sem avanços no diálogo em sede da Comissão Mista, a EU manifesta esperança de que as próximas rondas, que iniciam na próxima terça-feira, sejam determinantes para o tão esperado acordo para a paz no país. “Expressei a minha esperança de que nas próximas rondas negociais, que iniciam na próxima semana, resultem em acordos rápidos em torno das questões pendentes. Sublinhei que a União Europeia continua totalmente comprometida em continuar a apoiar o processo de paz em Moçambique” conclui a nota.

Sem comentários:

Windows Live Messenger + Facebook