sábado, 22 de outubro de 2016

Assalto à esquadra do Bita Progresso: Agente do SIC e chefe da esquadra detidos



Luanda - O recluso que se encontrava detido na esquadra do Bita Progresso, segundo a investigação, prometeu 18 mil dólares ao comandante da esquadra e a um chefe do SIC para ser libertado. O plano acabou por correr mal por causa da intervenção de um agente, que estranhou as movimentações e acabou por ser morto.

Fonte: Novo Jornal
Estão detidos três efectivos do Ministério do Interior pertencentes à esquadra do Bita Progresso, em Viana, por suspeita de envolvimento na morte de um colega, o subinspector Joaquim Luzango dos Prazeres Kapassola, durante uma simulação de assalto para libertar um recluso. Trata-se do comandante da esquadra, o chefe de sector e o chefe de investigação criminal da respectiva esquadra.

Uma fonte da investigação, que falou ao Novo Jornal sob anonimato, disse que os três funcionários do Ministério do Interior e mais sete supostos marginais estão detidos, desde o dia 5 de Setembro. As detenções foram feitas depois de um trabalho árduo desenvolvido pelos efectivos da investigação criminal de Luanda, que permitiu desfiar um intrincado novelo.

"Foi um grande trabalho que o pessoal da investigação criminal teve, porque os envolvidos no caso fizeram tudo para que todos pensassem que se tratou mesmo de um assalto perpetrado por marginais que foram resgatar um comparsa seu. Tentaram apagar as pistas, mas, como o crime não é perfeito, deixaram um rasto e foi seguindo esse rasto que os apanhámos", revelou.






Debate este tópico nas redes sociais:

Comente com o seu perfil no Facebook






Debate este tópico no Club-K:

Comente no Anónimato (sem iniciar sessão) ou via Redes Sociais (Facebook, Twitter, Google ou Disqus)!

QUEM SOMOS

CLUB-K ANGOLA

CLUB-K.net é um portal informativo angolano ao serviço de Angola, sem afiliações políticas e sem fins lucrativos cuja linha editorial consubstancia-se na divulgação dos valores dos direitos humanos, educação, justiça social, analise de informação, promoção de democracia, denuncias contra abusos e corrupção em Angola.

Informamos o público sobre as notícias e informações ausentes nos canais informativos estatal.  Proporcionamos ao público uma maneira de expressar publicamente as suas opiniões sobre questões que afectam o dia-a-dia, qualidade de vida, liberdades e justiças sociais em Angola... Leia mais


CONTACTOS


NEWSLETTER

Assine a nossa Newsletter para receber novidades diárias na sua caixa de e-mail.
INSERE O SEU E-MAIL

INFOGRÁFICOS

Denúncia: Condições desumanas no estabelecimento prisional de viana! - Nuno Dala
MPLA: José Eduardo dos Santos acaba de indicar João Lourenço como Vice-Presidente do partido  e Paulo Kassoma como Secretário Geral.

Sem comentários:

Windows Live Messenger + Facebook