domingo, 11 de setembro de 2016

UM GRUPO DAS FORCAS DA FRELIMO ESTÁ ENCURRALADO NA SERRA DA GORONGOZA

BREAKING!
* Notícias anunciando a captura de um "quartel general" da Renamo em Morrumbala é mentira delirante
Ontem 9/9/16, houve um terceiro grupo (uma companhia - 100 homens) das forcas da frelimo que saiu da sua posição situada em Nhancunga, algures a noroeste da serra e foi entricheirar se numa mata mesmo em cima da serra, numa tentativa de surpreender as perdizes com emboscadas.
Mas os intrusos foram detectados pelas espertas perdizes que atacaram o escondirijo por volta das 16 horas de ontem. O combate foi 'head on', isto é, foi um escaramuça frente a frente e o grupo sofreu muitas baixas e muitos soldados perdidos estao desde ontem a telefonar aos seus chefes pedindo socorro.
Um grupo remanescente em número de cerca de um poletao e meio está encurralado porque as perdizes bloquearam todas saidas. As unicas alternativas que estes militares tem e de morrer a fome ou a bala e/ou render se as forcas da Renamo.
MENTIRA DELIRANTE
Os órgãos de comunicao social baseados em Maputo publicaram ontem com grande espalhafato a notícia de que as forcas da frelimo teriam tomado ontem um suposto quartel general da Renamo em Morrumbala. Esta noite tem dois erros básicos: primeiro, nao houve combate nenhum ontem em Morrumbala, as escaramuças ocorreram na quinta-feira e terminaram no dia seguinte quando as perdizes foram atacar de surpresa a posição das forcas da frelimo em Sabe que foi assaltada e "pilhada".
Segundo, o quartel general da Renamo esta em Maringue e esta la desde a guerra dos 16 anos. Maringue é defendido por toda sorte de armas incluiido as famosas defesa anti areas vulgo "Samanguanas", B-10 e até misseis anti aereos "Strela-A". Gorongoza é apenas virtual capital politica e residência do lider da Renamo. Não e um quartel general no verdadeiro sentido da palavra. Depois do último assalto a famosa base de casa banana em 1983 Gorongoza nunca voltou a ser quartel general porque este foi transferido para Maringué, que esta a 30-40 km da parte mais 'sententrional' da serra.
Portanto nao houve assalto a quartel general nenhum e muito menos do quartel provincial da Renamo em Morrumbala. Como publicamos ontem, as perdizes destrocaram o inimigo depois de encurrala lo e no dia seguinte (sexta-feira) foram fazer um ataque surpresa a posição dos militares da frelimo.
Nestes combates foi abatido uma alta patente das forcas da frelimo e estamos a envidar esforços para trazermos a sua identidade.
A frelimo recorreu ao prestígio da televisão STV para dar um cunho de credibilidade a esta mentira delirante do seu exército que na verdade perdeu a guerra em Junho. A frelimo já perdeu a guerra, não hajam ilusões e desde Fevereiro até ao presente momento as forcas da frelimo ja tiveram mais de 11.000 baixas, sendo 60% baixas fatais e o restante, feridos e desertores. Se somarmos os mercenários estrangeiros o número atinge 13.000.
Se se recordam, a frelimo usou a mesma artimanha em Outubro de 2013, quando a TVM anuncou em grandes parangonas a "tomada" da temível base de Maringue e ate exibiu imagens de uma "radio de comunicação" (totalmente obsoleta) e do "passaporte" de um Dhlakama com apenas 30 e poucos anos, quanto na verdade aquilo era um postinho avancado e a tentativa de assalto a base principal foi um grande desastre tendo o Chicalango sido ferido e saido em debandada. Alguns militares sobressairam em Murraça (Caia) a pé e desarmados.
O mesmo aconteceu aquando do assalto as matchessas do lider da Renamo, as perdizes retiraram se depois de provocar terríveis baixas aos atacantes.
Unay Cambuma adverte de forma contundente a STV que caso continue a divulgar as propagandas da frelimo contra a Renamo podera ser banida/preterida nas 6 provincias que serão brevemente governadas pela Renamo.
Ha muitas agências estrangeiras de TV bem como operadoras de telefonia móvel mais sérias interessadas em operar no pais em particular nas 6 provincias autônomas.
Unay Cambuma
NOTA DE ÚLTIMA HORA!
Enquanto preparavamos esta publicação recebemos de fontes fidedignas que ontem as forcas da frelimo "limparam toda sujeira" e ha possíbilidade de terem envergargado os cadaveres de alguns militares seus uniformes da Renamo e a TVM vai exibir isso provavelmente hoje. Mas isto nao vai resultar em nada porque o porta voz da policia ja disse que "não conseguimos atingir nenhum homem da Renamo". A nao ser que inventem outros "assaltos".
Outra nota de última hora indica que ha um quarto grupo que está encurralado na serra da Gorongosa concretamente na zona de Massuco. Estao desde ontem a tentar sair mas temiveis guardas de Afonso fecharam todos os caminhos.
A vista dos factos, fica claro que a grande operação contra Gorongosa fracassou.
Mais uma grande vitória do marechal-do-campo (Field Marshall) Afonso Macacho Marceta Dhlakama.

COMO É QUE SURGIU A VALA COMUM COM MAIS DE 120 EM MACOSSA?
QUEM É QUE EXECUTOU OS 13 CORPOS E COMO É QUE TERMINARAM?
Boa tarde Moçambique!
Moçambique nos internautas trabalhamos com factos reais e não há necessidade de desinformação como alguns graúdos do regime no poder. Não sei como é que a agência lusa obteve informações ligadas à vala comum mas eu General Nitafa garanto que não houve nenhuma desinformação por parte desse órgão de desinformação. Os graúdos da frelimo (Alberto Chipande) através do presidente dos assuntos constitucionais (Edson Macuacua) obrigaram ao delegado da agência lusa a desmintir essa informação. Como é que surgiu a tal vala comum? As tropas da frelimo tinha uma posição nas mediações do cruzamento de Macossa. Mais tarde essa posição foi destruída pela visitada pelos comandos da Renamo que culminou com um massacre de proporções épicas de uma companhia. Esse ataque não passou de um contra ataque antecipado pois os comandos da Renamo tinham informações que davam conta que a mesma companhia tinha objectivo de atacar e assaltar a mítica serra de gorongosa. A maior parte parte dos massacrados eram sulistas e foram mobilizados 2 camiões grandes para a recolha de cadáveres e rumar para inhambane. Mais tarde o Ministro da defesa deu ordens para que fossem enterrado em vala comum quando já estão em passando inchope em direcção a inhambane e tiveram que obedecer às ordens dos seus superiores e flectiram até Macossa numa zona chamada "Sixabytes" de Muera. Não tardou para que a informação viesse a tona e Ministério da defesa por sua vez destacou um contigente militar para montar uma posição e assim aconteceu, até hoje permanecem por no local para confundir a opinião pública.
CASO DOS 13 CORPOS ENCONTRADOS EM CANDA!
A Assembleia da República criou uma comissão parlamentar para investigar o caso dos 13 corpos encontrados em canda no centro do pais representado por presidente dos assuntos constitucionais e regilosos (Edson Lambe Bota Macuacua). Informações veinculadas pelas midias informativas assim como nas redes sociais deram conta que os mesmos corpos foram removidos para morgue do hospital provincial da Beira, cujo objectivo era uma investigação profunda das circunstâncias em que os corpos foram mortos. Toda essa histórico é uma pura mentira. Nenhum corpo foi foi exumado para morgue do hospital provincial da Beira e não houve nenhum enterro condigno dos 13 corpos. E importante referir que a maior parte dos daqueles corpos foram abatidos pelas FDS. Informações bem confirmadas pelas fontes descrevem que uma das vítimas foi uma senhora que vivia no bairro de chota Munhava, na cidade da beira. Certo dia foi até canda comprar uma grande quantidade de cabritos. Ela foi capturada quando deslocava se a paragem na companhia de dois jovens e levaram 3 dias sob custódia das FDS num cativeiro mas antes disso se apoderaram de todo dinheiro que ela trazia assim como dos jovens ( comerciantes). Entretanto, quando os 13 corpos foram parar nas midias informativas, foram exumados e enterredos numa vala comum no nascente do rio vunduzi, há uns 7 metros da cabana dos guedjas. Portanto, essa história de autópsia era apenas para o inglês ver e o chinês aplaudir. Assim sendo, aconselho aos familiares das vítimas para aguardarem sentados pois de pé será em vão porque os corpos foram exumados da ponte Nhadwe e enterrados nas mediações do rio vunduzi. Como disse o jornalista Prince Abraham, somos governados por dementes e um bando de mentirosos!
General Nitafa.
11 de Setembro de 2016!
GostoMostrar mais reações
Comentar
Comentários
Nitafa Nitafa Nomo Mas isto é um governo ou co-inferno?
GostoResponder218 min
Angelo Francisco Suraje Suraje Falta de respeito malandros
GostoResponder9 min
Francisco Joao Moiana E lamentavel
GostoResponder3 min
Rafael Miguel Macuacua Ha ta dificel Viver em moçambique pois cada dia que passa a vida ta cada vez ms dificel o povo moçambicano foi dopado mesmo com esses macacos e os moçambicanos cada dia que passa morrem de fome!
GostoResponder2 min
Comentários
Macier Onhoga Com certeza a stv deve ser banida das regioes autonomas .queremos TV serias.
Gosto1 min
Sundy Lopes Assim os rangers sao 'inmuriveis' kikikikik
Gosto1 min

Sem comentários:

Windows Live Messenger + Facebook