segunda-feira, 5 de setembro de 2016

Sócrates já pode falar com os outros arguidos da Operação Marquês

O antigo primeiro-ministro estava, por imposição de uma medida de coação, impedido de contactar com os restantes arguidos da Operação Marquês.

© Global Imagens
PAÍS TRIBUNALHÁ 45 MINSPOR JOÃO OLIVEIRA
Aquando das investigações que decorriam sobre a Operação Marquês, que envolve o antigo primeiro-ministro José Sócrates, o próprio estava impedido de comunicar com os restantes arguidos no caso, entre eles o seu alegado testa-de-ferro, Carlos Santos Silva, e ainda Armando Vara, antigo administrador da Caixa Geral de Depósitos.
PUB
Agora, os advogados do ex-governante fazem saber, através de um comunicado a que o Notícias ao Minuto teve acesso, que Sócrates já pode contactar com todos os envolvidos na operação.
“A defesa do Eng. José Sócrates vem dar nota pública de que ontem, dia 4 de setembro, em consequência da insistente violação pelo Ministério Público do prazo para encerramento do inquérito conhecido como Operação Marquês, se extinguiu a última efetiva medida de coação imposta ao nosso constituinte – de proibição de contactos com outros arguidos e suspeitos”, poder ler-se no documento enviado às redações.
Falta, agora, a autorização final por parte do juiz Carlos Alexandre, que já recebeu um requerimento por parte dos dois advogados de defesa para que declare, formalmente, o fim das medidas de coação até agora impostas.

Sem comentários:

Windows Live Messenger + Facebook