segunda-feira, 12 de setembro de 2016

FACE ÀS INCURSÕES DA RENAMO: Polícia reforça segurança no troço Cuamba/Marrupa

AS Forças de Defesa e Segurança (FDS) acabam de reforçar a segurança ao logo da estrada Cuamba/Marrupa, alvo de bloqueio protoganizado domingo passado por homens armados da Renamo.
A ideia, segundo o porta-voz do Comando Provincial da Polícia no Niassa, Alves Mathe, é colocar mais homens ao longo da via que terão como principal missão defender a integridade física das populações e dos seus pertences e garantir a livre circulação de pessoas.
Mathe instou, por outro lado, a população para uma maior vigilância e observação de medidas de segurança, denunciando todas e quaisquer situações anómalas que, porventura, possam criar instabilidade social no seio das comunidades.
Grande parte da população diz que esta acção, de “emboscar” rodovias, lembra a táctica usada pelos homens da Renamo durante o conflito dos 16 anos de guerra e cria pânico nas pessoas, que a partir de agora passam a circular com medo de serem mortos. Aliás, a população pede a cessação imediata e incondicional das hostilidades militares em todo o território moçambicano.  
Refira-se que no passado domingo homens armados da Renamo bloquearam o trânsito rodoviário entre o cruzamento de Nipepe e Muhôco, no distrito de Maúa, no Niassa, inviabilizando, por algum tempo, a circulação de pessoas e bens, entre a cidade de Cuamba e o resto da zona sul da província.
O porta-voz do Comando Provincial da Polícia da República de Moçambique no Niassa, PRM, Alves Mathe, informou que a acção daqueles homens durou pouco tempo e consistiu na revista de todas as viaturas que circulavam naquela rodovia em ambos os sentidos, com destaque para os transportes semicolectivos de passageiros.
Durante o tempo em que o trânsito esteve interrompido, os homens armados revistaram os passageiros que circulavam nos dois sentidos, alegadamente para identificar e neutralizar supostos membros das Forças de Defesa e Segurança. Os transportes semicolectivos de passageiros foram os alvos mais visados.
Mathe classificou a acção como sendo uma emboscada montada por aqueles homens armados visando amedrontar e impedir a circulação dos membros das FDS na sua acção normal de manter a ordem e tranquilidade públicas naquela estrada que liga a cidade económica de Cuamba aos distritos de Metarica, Maúa, Nipepe, Marrupa e Mecula.
Depois da denúncia popular, a Polícia fez-se ao local e os supostos homens da Renamo, em número não especificado, puseram-se em fuga, evitando a ocorrência de danos humanos e materiais nas viaturas. O trânsito foi restabelecido horas depois, em ambos os sentidos.
Neste momento, segundo a mesma fonte policial, a situação se encontra normalizada.
NOTÍCIAS – 13.09.2016

Sem comentários:

Windows Live Messenger + Facebook