domingo, 7 de agosto de 2016

sauditas podem ser os principais patrocinadores de Clinton



A Secretária de Estado dos EUA Hillary Clinton realiza uma coletiva de imprensa conjunta com o ministro das Relações Exteriores da Arábia Saudita (foto de arqiuvo)

Assange: sauditas podem ser os principais patrocinadores de Clinton

© AFP 2016/ BRENDAN SMIALOWSKI
MUNDO
URL curta
570370

A Arábia Saudita, pode ser o maior patrocinador da fundação da família Clinton (Clinton Foundation), declara Julian Assange, fundador do WikiLeaks.

"A escala das relações entre a Arábia Saudita e Hillary Clinton, bem como entre a Arábia Saudita e a Fundação Clinton, é muito grande. Provavelmente, a Arábia Saudita é um dos maiores doadores da Fundação. Basta ver que política na área de exportação de armamentos ela apoiava quando ocupava o cargo de Secretária de Estado. Ela era muito favorável em relação à Arábia Saudita", disse Assange em uma entrevista à RT.
O fundador do WikiLeaks também comentou as publicações da imprensa francesa de que o patrocinador da Fundação Clinton e fabricante de materiais de construção Lafarge supostamente enviou o dinheiro ao Daesh (grupo terrorista, proibido na Rússia). Assange, com referência às publicações francesas, disse que a empresa Lafarge "acabou envolvida no conflito sírio".
"A investigação, realizada pela edição Le Monde, revelou que a empresa pagou ao Daesh os chamados impostos para exercer suas atividades em determinadas regiões da Síria. Na verdade, eles acordaram com os terroristas várias transações comerciais. Já mais recentemente, em 2015-2016, o dinheiro de Lafarge ia para a Fundação Clinton", disse ele.
Assange explicou que a secretária de Estado Hillary Clinton tem "relações de longo prazo" com Lafarge, ela fazia nomeadamente parte do conselho de administração da empresa. O fundador do WikiLeaks também destacou que o portal on-line publicou anteriormente cerca de dois mil e-mails relacionados com a Síria e mais de 350 deles estavam ligados à referida empresa.
Marco Aurelio Cardoso Cardoso
É por esta maneira que os terroristas tem tanta armas e munições EUA colocaran o caus na Siria com seus terroristas junto com Arabia Saudita e Turquia não só o Daesh como os Moderatos todos terroristas
CurtirResponder216 h
Marcelo Martinez
Com certeza é patrocinador!! sem dúvidas!! agora se é o maior eu não sei. Mas que patrocina, sem dúvidas!!
CurtirResponder216 h
Josmatos Rodrigues ·
Esta louca, irá ser a representante de tudo que há de pior no mundo, eleita com o dinheiro da Monarquia terrorista Saudita, e de outros oligarcas da cena internacional alguns apoiando financeiramente também os terroristas!
CurtirResponder14 h
Siegfried Matos ·
nada de mulheres no poder!
CurtirResponder14 h
Cássio Gehlen
Eu venho dizendo que esta mulher é milhares de vezes pior que Trump. Originalmente Trump não é um “filhote” do complexo militar industrial norte-americano, do establishment, de Wall Street e das inúmeras ONGs globalistas que trabalham pela destruição das soberanias nacionais. Agora se ele será cooptado por esta gente ou se isso já aconteceu, ainda não sabemos. Todavia, demos a Trump o benefício da dúvida. Hillary e sua gangue são os maiores responsáveis pelo banho de sangue no Oriente Médio. Percebam que o EI apareceu justamente durante o governo Obama. As tais primaveras árabes surgiram durante os mandatos de Obama. A revolução colorida Maidan surge durante o governo Obama. Essa gente é extremamente perigosa, incluindo até mesmo para o povo norte-americano. Percebam que os mass media mais “relevantes” antipatizam com Trump. Isso é um sintoma de que ele ainda não cedeu em alguns pontos para o globalismo. Aqui no Brasil, desgraçadamente, alguns ditos “conservadores” se deixam levar mais pela russofobia do que pelo bom senso. Muitos deles estão implicitamente apoiando Hillary publicando artigos contra Trump. A tal nova direita revela-se assim totalmente ignorante em geopolítica. Com o cacoete ridículo de ver a Rússia atual ainda como URSS, só porque Trump quer reativar as boas relações com a Rússia e tem a simpatia de Putin, uma boa parte da ralé intelectual direitista tupiniquim que tanto criticou o PT agora faz propaganda para Hillary. Será que essa gente não sabe que essa mulher é uma abortista, inimiga da religião cristã, feminista e sumamente globalista – garotinha de recados dos Rockefeller e Rothschild, enfim, ela é tudo aquilo que a tal direita diz odiar? Acredito que sabem sim..., mas a russofobia é algo que transcende a busca pela verdade.
CurtirResponder13 h

Sem comentários:

Windows Live Messenger + Facebook