terça-feira, 2 de agosto de 2016

Os cunhados do Estado: uma questão de razoabilidade(‪#‎canalmoz‬)

Editorial
Os cunhados do Estado: uma questão de razoabilidade(‪#‎canalmoz‬)
Maputo (Canalmoz) - Já havíamos anotado, em reflexões anteriores, que há uma cruzada aparentemente imparável de falta de vergonha praticada de forma abusivamente estilosa pelos servidores públicos nacionais. Essa actuação está em via acelerada de se tornar política oficial: a falta de vergonha rumo ao avacalhamento do Estado.
O tema principal da presente edição envolve um indivíduo já referido muito recentemente aqui neste mesmo espaço: o actual ministro dos Transportes e Comunicações e as suas teias ilegais de favoritismo ao serviço de si mesmo. E como que a confirmar uma marca registada, eis que o “actor” regressa agora com mais um número vergonhoso, e, mais uma vez, em prejuízo do Estado.
Com ajuda de um membro de bom senso no Conselho de Administração das Linhas Aéreas de Moçambique, ficámos a saber que há um funcionário, naquela empresa, que vive numa luxuosa “suite” presidencial de um dos melhores hotéis da capital do país. Mora lá simplesmente porque assim decidiu. A alegação é que veio transferido de Johannesburg para ser administrador comercial e “não tem casa”.
A empresa é obrigada a pagar pela estadia do ilustre administrador uma factura diária de 14.000,00 meticais. Das contas feitas pelo “Canal de Moçambique”, até aqui o ilustre administrador está a custar mais de dois milhões de meticais.
No dia 8 de Julho, o ministro das Finanças, Adriano Maleiane, foi à Assembleia da República apresentar um Orçamento Rectificativo restritivo, para responder a uma exigência de austeridade que o Estado teve de impor-se, devido à falta de dinheiro. Quando o ministro disse que era um orçamento restritivo, que incluía medidas de austeridade e de racionalização da despesa pública, provavelmente não sabia que o mesmo Estado, do qual se diz que não tem dinheiro, tem funcionários a viver em “suites” presidenciais à grande e à francesa, e, no nosso caso, a viver “à ‘Cardoso’”.
O local em que vive o administrador comercial da LAM e toda a sua envolvente de cunho presidencial desmente qualquer conversa de austeridade, de falta de dinheiro ou de crise e destapa mais uma vez a extravagância da classe governamental nacional e revela uma tendência insana para o luxo injustificado e sustentado pelo dinheiro que devia comprar medicamentos para os hospitais, carteiras para as escolas e insumos agrícolas para a produção de comida.
O que se diz na LAM, e é verdade, é que só é permitido ao ilustre e especial administrador viver como presidente porque é cunhado do ministro que tutela a empresa, o senhor Carlos Mesquita. Nenhum outro administrador tem tal tratamento de majestade como o Grande Cunhado.
Carlos Mesquita, que foi superiormente escolhido para ser ministro dos Transportes e Comunicações, casou-se, no dia 16 de Abril de 2016, com a senhora Fátima Sacugy, que é irmã do administrador. Mas antes, no dia 8 de Fevereiro, o ministro presenteou o irmão da senhora Fátima Sacugy com um cargo de administrador comercial, e, dois meses, depois casou com a irmã do administrador. O estimado leitor deve estar maravilhado com tamanha e tão feliz coincidência dentro do Estado.
Como consequência desta coincidência oficial, o Estado foi obrigado a ter um cunhado, a quem, por inerência, tem de pagar uma “suite” presidencial por longos meses, porque “veio transferido”.
Há aqui duas questões para análise: por um lado, um futuro cunhado presenteado com um cargo de administrador numa empresa do Estado; por outro lado, essa empresa, que está numa clara situação de falência técnica, é colocada a financiar quartos de luxo para acomodar cunhados em regimes excepcionais manifestamente ilegais.
Existe na LAM uma Comissão de Remuneração, que é o órgão que propõe à Assembleia-Geral da empresa a aprovação das remunerações e das regalias para os membros dos órgãos sociais. Segundo um documento denominado “Acta da Comissão de Remuneração da LAM”, que nos foi facultado por um antigo PCA da LAM, os administradores não têm direito a casa. Quem tem direito a casa é apenas o presidente da Comissão Executiva.
A Lei da Probidade Pública, na alínea a) do Artigo 25, estabelece que é proibido ao servidor público: usar o poder oficial ou a influência que dele deriva para conferir serviços especiais, nomeações ou qualquer outro benefício pessoal que implique um privilégio para si próprio, seus familiares, amigo ou qualquer outra pessoa, mediante remuneração ou não.
Mas se for trabalhoso usar a via da Lei da Probidade Pública, basta usar uma norma de gestão interna da LAM.
Portanto, esta determinação interna também foi violada. Só Carlos Mesquita e o cunhado nos podem dizer em que se basearam para fortificar o seu laço de familiaridade usando o Estado.
Se isso não for suficiente, podemos convocar os princípios mais elementares da razoabilidade humana. Como é que alguém num estado psíquico saudável nomeia o seu futuro cunhado e depois coloca-o a viver num hotel de luxo em nome do Estado, ao arrepio de quase todas as normas? Das duas, uma: ou a lei e as suas instituições não servem, ou o ministro Maleiane anda a mentir sobre a crise, porque pelo menos a Câmara dos Cunhados diz que… “não há crise”.
Lembramos ao estimando leitor que Carlos Mesquita assinou, há dias, contratos de cabotagem com ele mesmo, com o braço esquerdo representando o ministro Mesquita que superintende a área dos Transportes e Comunicações, e com o braço direito representando o empresário Mesquita com interesses na “Cornelder Moçambique” e na “Cornelder Quelimane”. Hoje é o caso do cunhado a desmentir materialmente a narrativa da crise. A conclusão a que se chega é que o Estado foi revogado, e as leis seguiram o mesmo caminho. (Canal de Moçambique/CanalMoz)
A edição (em PDF) do (‪#‎CanalMoz‬) desta Terça-feira, 2 de Agosto de 2016. Seja assinante e passe a receber diariamente no seu e-mail.
LikeShow more reactions
Comment
Comments
Paula Maria Raiova
Write a comment...
Joy Coulson É o princípio do fim da colonização frelixo apoiada por chineses e multinacionais. É também o fim dos gatunos da Vale e do seu sócio da frelixo. Deve ser um momento de reflexão sobre que modelo de governação queremos para o futuro, um futuro de paz e harmonia. Certo, sem os velhos actores.
LikeReply8 hrs
Djicaze Dzovo Dzovo As reivinidicações do DHL e da Renamo são, sem dúvidas, legítimas. Mas duvido dos métodos que estão a usar para fazerem valer essas mesmas reivindicações. Nada justifica que se queimem viaturas e se vandalizem hospitais e cadeias com doentes e reclusos à mistura. Infelizmente os nomes do DHL e da Renamo estarão eternamente ligados às destruições, vandalismo e mortes em Moçambique.
LikeReply11 hrsEdited
Macome Antonio Nada justifica se roubar ate comida de doentes,
LikeReply10 hrs
Isack Pilonthy Alela Leiam e comentem também sobre a segunda notícia: "esquadrões da morte...."
LikeReply9 hrs
Macome Antonio Isack Pilonthy Alela , nao nos obrigue a ler o que nao queremos. Leia voce que tem tempo para isso.
LikeReply11 hr
Paula Maria Raiova
Write a reply...
Outeirosdesnudos Fulgor OS GANANCIOSOS/AMBICIOSOS: Sempre utilizam o povo e os bens públicos como reféns das suas ambições
Os nomes Dlhakama e Renamo, são sinônimo de Destruições, Vandalismo e Mortes em Moçambique.
LikeReply19 hrs
Tomas Humbe Quando as fds sao atacadas e derrotadas pelos homens da renamo por sua vez,as fds raptam e assassinam membros civis e indefesa da renamo,isso e sinal da derrota por parte da forca governamental,isto e,atacam os fracos neste caso um simples simpatizante.
LikeReply114 hrs
Alexandre Macitela Quando os rangers chegaram a policia ganhou tempo fugiu deixou pessoas qui estavao no posto e os rangers mandaram as pessoas abandonar oposto ficaran aqueimar carro da policia e um do ministerio da educacao...a minha pergunta quando e` que vamos ter policia preparada para proteger opovo nos confrontos militares?
LikeReply13 hrsEdited
Nelson Muzondane Cossa Eu nao tou apreceber homens d Rnm vai aus loucal q tem forsas d segur armados sim. Forsas Gvr seqwestra e manta membro d Rnmo q nao tem Arma sivis etc noe bom fica feio n nosso pais
LikeReply14 hrs
Eddy Waku Lombëla Como faço para ser assinante??? Quero também receber o jornal pelo e-mail
LikeReply14 hrs
Caita Ibraimo Hoje estamos a louvar esses ataques ate apoiamos mas amanha pode ser seu familiar ou voce a ser atingido nesses ataques. Por favor me respondam com sinceridade qual é a coisa boa uma so que a Renamo fez desde a independencia ate hoje? Este partido so sabe destruir o que com o esforço do povo foi construido.
LikeReply7 hrs
Livaningo Tembe Avante resistente,esquadroes da morte sucubirao
LikeReply13 hrs
Isaias De Areosa Biggy Violência responde se com violência
LikeReply14 hrs
Chicuambi Luís Kalenga Incompetentes pa!
LikeReply6 hrs
Edson Fernando Come Come O pais ta mal
LikeReply14 hrs
LikeReply14 hrs
Custodio Silvano Tchauque Moz terra queimada!
LikeReply13 hrs
A edição (em PDF) do (‪#‎CanalMoz‬) desta Segunda-feira, 1 de Agosto de 2016. Seja assinante e passe a receber diariamente no seu e-mail.
LikeShow more reactions
Comment
Comments
Paula Maria Raiova
Write a comment...
Jonas Mandlate Povo Mocambicanos eu nao pertenço a nenhum partido politico onde ha guerra esperamos tudo onde ha guerra tambem ha oportunistas enquanto nao sao capturadas essas pessoas e apontarmos dedo a uma unica pessoa porq um dia isso pode voltar contra nós, ainda alguem pode aproveitar a situacao pra fazer e desfaz estamos em guerra nao declarada e pra algumas pessoas é uma oprtunidade entao vamos termos um pouco d cuidado porq tudo é pocivel nao ser essa pessoa q faz essas maldades. Mocambiq ja estava em PAZ mas minha pergunta é quem éq voltou a tirar essa paz aos Mocambicanos? Conq objectivo???
LikeReply21 hrsEdited
Dinho Dos Anjos Vergonhoso. Ate chegaram ao cumulo de roubarem pratos e comida de doentes no hospital local. Senhores da RENAMO, afinal não e este povo que dizem defender? Se for, qual o motivo deste assalto até num hospital.
Livaningo Tembe Quem te garante que roubaram pratos e comida voce viu
Ussí Lopes Rungo Roubaram pratos sim, queimaram carros do governo e vandalizaram o hospital.
Depois vão querer governar aí mesmo.
Dinho Dos Anjos Livaningo Tembe, dos 25 milhões de mocambicanos apenas vice k não viu e nem ouviu os doentes a falar na imprensa, lamento a sua cegueira e surdez. Mas para sua informação os homens da RENAMO roubaram comida sim dos doentes.
Dinho Dos Anjos E você Livaningo Tembe, quem te garante k não roubaram? Não tape o sol com a peneira.
Zulficar Mahomed Encenação da Frel para mobilizar o Exército.
LikeReply23 hrs
Paula Maria Raiova
Write a reply...
Rachid Said Assunto está muito serio. Homens da Renamo vao tomar o Pais a brincar. Menoprezaram os guerrelheiros, agora que aguentem nos gajos.
Macome Antonio Estas a sonhar compatriota. Ate ai nao. Se fossem fortes porque fugiram e nao ficaram por ali.
Rachid Said Afinal fugiram? Hahahahaha
Rachid Said Mas em todo caso mostraram que podem fazerem estragos
Djicaze Dzovo Dzovo Estragos mesmo tu podes fazer.
Isack Pilonthy Alela Então não pode ser noticiado. Uma vez qlkr um pode fazer estragos
Rachid Said Em todo caso é lamentavel
Macome Antonio Rachid Said , claro que fizeram: Roubaram comida, pratos, roupa e lencois de doentes, K baixeza
Paula Maria Raiova
Write a reply...
Jeronimo Jose Nhavotso Jerry Queria saber se depois de tomarem a sede içaram a sua bandeira? E se existe uma radio comunitaria nao tomaram-na?
Macome Antonio Eu e o povo no geral estamos de queixo caido com esta vergonha, assaltar hospital que serve a populacao que dizem serem defensores.
Paulino Angoni Angoni Angoni Seu palarma,sabes quanto sou discontado IRPS na minha empresa?mas ns hospitais nao tem medicamento a nao ser paracitamol so,pr mim podiam queimar a merda d hospital tambem
Macome Antonio Paulino Angoni Angoni Angoni , palerma deve ser o nome do seu primeiro filho; E se nao tem argumentos, os inteligentes e nao burros como voce ficam calados.
Macome Antonio Segundo, convido a PRM que investigue este senhor da maneira que escreveu aqui mostra que pode ser um dos integrantes ou mandantes dos bandidos que roubaram comida dos doentes.
Paulino Angoni Angoni Angoni Vai cagar eu posso abastecer comida para um hospital durante um mes sem precisar d ajuda
Paula Maria Raiova
Write a reply...
Nelson Muzondane Cossa Nao asim um malandro provoca xipila e bater um xapado vai aqeixar aus pai dize asim os bandidos arancou tudo q Eu tinha dinheiro roupa etc falcificar
LikeReply14 hrs
Paito Oliveira Massada Qualquer ataque ou assalto é atribuido a Renamo, outros bandidos armados estao a sair em vantagem
Andries Ouana Agora é dente por dente.
Olho por olho.
Naftal Abilio Ainda é cedo, quando isto transformar se em cinzas., aí Yaa vamos tomar isto sério. Agora estamos bem.
Luis Moiane Homens da Renamo. Custa dizer isso????
Mateus Nselela A TV já anunciou
Custodio Silvano Tchauque Verdade ou nao,informem nos!
Fabiao Mulauze hoje assaltaram em moatize
53 Comments
Comments
Paula Maria Raiova
Write a comment...
Chabir Ibraimo Está a chegar a hora do Povo assumir o controlo do País! Foi, é e será sempre assim quando os governos não põem o Povo, seu Dono,acima de todos os interesses. É histórico. ..não há volta a dar...a não ser que ainda tenham tempo de refazer as bordadas.
LikeReply2July 29 at 12:59pm
Vinho Julio Francisco E' triste de faCto ser Moçambicano, por isso se acorrentam no poder com capa de servidores publicos pq sabem mto bem dos seus podres, e' inacreditavel que nas condiÇoes em que o pais se encontra nossos dirigentes cometam asneiras barbaras, tamos aonde...See More
LikeReply1July 29 at 2:26pm
Moises Caetano Quando os dirigentes perdem a vergonha, o povo perde o respeito. Citação de um grande sábio.
LikeReply11July 29 at 1:16pm
Nelson Cuna Certamente esse sábio não era deste continente
LikeReply1July 29 at 3:39pmEdited
Paula Maria Raiova
Write a reply...
Julia Felsa Julai Na psique emocional p o bem estar da saúde mental. diz se k não podemos nos preocupar com algo k nos sabemos k não podemos mudar.... mas esse estado Mocambicano as vezes da vontade " queimar todo país"... xta demais isso.... salário atrasado no estado, cortes sem explicações.... é ha kem vive vida de rei " as nossas custas"... A SENTIR SE DESILUDIDA... 😢😢😢😢😢
M-du Dulomite A contenção de gastos que o governo tanto prega é so para o peixe miudo.
Os graúdos da frelimo vão continuar com mordomias de bradar o céu!
LikeReply1July 29 at 1:18pm
Ângelo Jerónimo Tudo isso por culpa do maravilhoso "Povo" que não se cansa de votar naqueles que dizem que lutaram para serem ricos. O que mudou foi a cor, mas a merda é a mesma ou pior.
LikeReply1July 30 at 8:14am
Nicolinomonteiro Monteiro É caso para dizer que quem é dado a repartir e fica com a menor parte é burro. O unico que saiu imune foi Samora. Grande Lider
Tomas Humbe Saudoso samora machel e por isso ti mataram,discance em paz!
LikeReply2July 30 at 2:25am
Jacinto Nzimo So pra ver que este é p pior governo que existe anivel mundial.
1. O país tem uma dívida publica.
2. País encontra se na miséria, fome e falta de alimentação. ...See More
José Viriato Magona Aonde vamos assim?? Os nossos servidores públicos só estão preocupados em delapidar os poucos recursos de que tentamos poupar...
LikeReply1July 29 at 12:33pm
Felisberto Malate Lembro me de alguns discursos do saudoso marechal das suas palavras sábias. Que havera agentes ...... No estado
LikeReply2July 30 at 12:29am
Joaoarifolimpia Montanha O português era colono quiseram independência ágora são colonizado por próprios defensor da independência kkkkkkkkkkkk
LikeReply3July 29 at 1:35pm
Joao Caardoso Diz a máxima, que quem sente comichão é quem se cosa portanto pelos visto a comichão ainda não se faz sentir para o povo pois se estivéssemos a sentir não estaríamos neste olhar impávido e sereno e fazendo vista grossa a esta pilhagem e delapidação de ...See More
Alfredo Esteves Jr. Andam a aprender muito com os "irmãos" angolanos... triste sina a dos povos africanos que saem do jugo colonial para o roubo descarado e opressão gratuita dos seus "irmãos" de "cor"...
LikeReply2July 29 at 3:44pm
Ricardino Jorge Ricardo Com a vossa permissão Canal Moz peço "repescar" algumas palavras: "...rumo ao avacalhamento do Estado". Eh eh eh eh...
Paulo Soares Sai cara essa gaja com quem o ministro se casou, a Moçambique. P.t.s dessas não merecem que as finanças paguem...
Nem a governantes...
LikeReply1July 31 at 12:29am
Moises Baptista Ambicao Nossos dirigentes sao quem doutores da burrice,,,,,,,,, so sabem mentir e roubar
Francisco Joao Moiana Camaradas esbanjando o dinheiro do estado,so me falta dizer que o tempo dirá e estes panacas vão pagar caro.
Nelson Muzondane Cossa Eu ja zei q oske nao trabalha muinto resebe bem tambe ns egreja outros sao bandidos cadeira aus familiar tanto n estado no servidor publicos sao familiar pra roubar bem sao gropos d saltant
Nelson Muzondane Cossa Nos somos qebras n nosso pais marvilhozos mas tem q abuza anossa custa patria amada talves sao estrangeiro eses tal q nos coloniza merce justicia mesmo
Elisabeth Irene Sicola Os k recebem miséria é k sao descontados por causa da crise professores
LikeReply3July 29 at 1:38pm
Tomas Xerinda por onde anda esse minnistro, tambem tenho uma irmã...
LikeReply2July 29 at 6:26pm
Jordao Duarte Luis Disculpa a todos mas isto é uma Borcaria de país!!!!!!
Sherlen Da Shelsea Shantel Triste, e mesmo um Estado sem vergonha
Helder Mabota Arriiiiiiiiii porrrraaaaa isso é brincadeira
Sonélio Mapule O país està à deriva.
Orlando Muhacha Que fazer neste país!!!!!!!!!!!!!!!
Isaias Nyamunda 14.000.00MT diários fora de salário e alimentação
LikeReply2July 29 at 2:47pm
Edmo Cussaia K fazer não há nada pra dizer eles e' k mandam
Isac Ramos Câmara dos cunhados kkkk
Goncalves Julio Julio Samora machel,acorda Para ns salvar
LikeReply1July 29 at 4:10pm
Nandinho Mboana Poraaaaaa....Ntla....
Davydh Philip Mussunga Nossa patria amada, kkkkkkkkkkkk
Hermany Joao Zip Vamos desidir
RO Mary Pátria (tr)amada
Dollar Man Bila Eish...Moçambique, Moçambique cada dia é so historias de corupçao
Carlos Da ZaiCar ZaiCar Boa tarde Canal, estou muito grato pelo o jornal publicado nesta semana, estou mas pra falar do caso dos chineses conheço o senhor Emilio Manoca, pertecemos a mesma igreja velha apostolicica de Moçambique, ele e subdiago da juventude, a igreja esta loc...See More
LikeReply1July 29 at 1:43pm
Sergio Magaicane Mangui Estamos entregues
LikeReply1July 29 at 12:15pm
Salomao Fernando Simango Gracas a democracia...
LikeReply6 hrs
Eugenia Chooly Estamos lixados com esses sacanas
Emilio Cossa Continuidade 😭👎'
LikeReply5 hrs
Ferrande Americo Mulavia Num momento em qui se fala tanto de crise enconomica ou seja de dinhero eles gastam dinhero de qualquer maneira. ele mesquita pensa o ministério dos transportes é do pai dele? rouba o dinhero do povo para custear despesas de intresse deles. Porquê não leva o cunhado viver com ele?
LikeReply3July 29 at 5:43pm
Inocente Generetion yeah, aki nao temos lideres so temos criminosos
LikeReply2July 29 at 8:29pm
Papnes Zengueza So nao ve kem nao ker ver. Tamos mal d verdade.
LikeReply22 hrs
    Professor André Thomashausen como fazer conhecer a comunidade internacional os crimes que um certo partido está cometer contra o povo? Um partido inventou esquadroes de morte para cometer genodio a luz do dia. Por favor nos ajude com os seus conhecimentos.
    Comments
    Eduardo Domingos Esse sr foi membro da assembleia provincial de Tete, foi raptado morto nas matas de cambuatsisi em tete.
    REVINDICAÇOES DE DASEH ( Grupo terrorista)
    Porque é que vos odiamos e lutamos contra vocês’
    Este é o título do artigo onde o Daesh revela os seis motivos que levam o grupo a querer destruir a sociedade ocidental

    Um ódio inexplicável e sem motivo aparente que já causou milhares de mortos em atentados, em vários pontos do mundo.
    A organização terrorista veio agora expor, em seis pontos, num artigo o porquê de querer destruir o ocidente.
    Segundo o The Herald, o grupo extremista publicou na Dabiq – publicação que detém – as razões.
    1. “Odiamos-vos primeiro, e sobretudo, porque não são crentes”.
    “Vocês rejeitam Alá como único Deus, criando divindades para adorarem.”
    2. “Porque são liberais”
    “A vossa sociedade liberal permite todas as coisas que Alá proibiu ao mesmo tempo que banem muitas das coisas que Ele permitiu, um assunto que não vos preocupa porque vocês, cristãos não-crentes e pagãos, separam a religião e o Estado, ao mesmo tempo que garantem autoridade suprema aos vossos caprichos e desejos através dos legisladores que vocês colocam no poder".
    3. “Alguns de vós são ateístas”
    “Vamos levar a guerra até vocês porque não acreditam no Senhor e Criador”
    4.“Pelos crimes que cometem contra o Islão”
    “Levamos a guerra até vocês para punir as transgressões contra a nossa religião”
    5. “Pelos vossos crimes contra os muçulmanos”
    “ Os vossos drones e aviões de guerra bombardeiam, matam e mutilam a nossa gente “
    6. “Por invadirem as nossas terras”
    “Enquanto houver uma polegada de território para nós reclamarmos, a jihad continuará a ser uma obrigação pessoal para cada muçulmano.”
    Comments
    ERA MACONDE
    Os jovens que tinham passado a disponibilidade no Serviço Militar Obrigatorio estao a ser chamados.
    O que significa isso?
    Comments
    Virgilio Zandamela Chamem os vossos filhos pra conbater a vossa fortuna
    1
Governo de Nyusi não explica como vai gastar mais de 36 biliões de meticais
O Orçamento de Estado revisto pelo Governo de Filipe Nyusi, e aprovado pelos deputados do partido Frelimo na Assembleia da República, tem inscritos 36,4 biliões de meticais para gastos não especificados. Este montante poderá ter sido previsto para pagar o empréstimo da Mozambique Magement Asset(MAM), ilegalmente avalizado pelo Estado em 2014.
Na passada quinta-feira(28), discursando na conferência anual do sector privado o Presidente Filipe Nyusi reconheceu que Moçambique atingiu “um nível de risco elevado de sobre endividamento” contudo o Orçamento de Estado rectificativo que o seu Executivo aprovou no Parlamento prevê que o País possa endividar-se em mais 26,1 biliões de meticais.
Questionado pelos deputados dos partidos de oposição o Governo não explicou que Garantias e Avales pretende emitir durante o exercício financeiro de 2016.
Além deste montante também é desconhecida a finalidade dos 10,3 biliões de meticais que o Governo inscreveu na rubrica de “Demais Despesas Correntes” do Orçamento revisto para este ano.
Recordando que a empresa estatal Mozambique Magement Asset(MAM) tem a primeira amortização do seu empréstimo de 535 milhões de dólares norte-americanos em atraso, desde 23 Maio, junto do banco russo VTB é plausível julgar que parte destes biliões inscritos no Orçamento de Estado rectificativo de 2016 poderá ser usado para pagar os credores que podem accionar a Garantia emitida pelo Estado em 2014.
O valor poderá ser ainda usado para assumir como dívida Pública a totalidade da dívida desta empresa, criada em 2014, que tem como accionistas a empresa GIPS (Gestão de Investimentos, Participações e Serviços, Limitada), uma entidade participada pelos Serviços Sociais do Serviço de Informação e Segurança do Estado (SISE), com 98% , a Empresa Moçambicana de Atum (EMATUM) - que também é participada pela GIPS em 33% -, e a Proindicus com o restante 1% - outra empresa participada pela GIPS em 50%.
É que ao contrário da EMATUM e Proindicus que com os empréstimos que contraíram adquiriram algum património visível, nomeadamente barcos de pesca e embarcações de vigilância marítima, a MAM não tem nenhum bem físico que possa ter custado mais de meio bilião de dólares.
Dobro da unidade nacional e paz, triplo do emprego e competitividade
Diga-se que estes 36,4 biliões de meticais são superiores a todo orçamento previsto para as despesas de funcionamento e investimento dos distritos em 2016 e equipara-se ao total orçamentado o funcionamento e investimento em todas as províncias.
Este montante que o Governo de Nyusi não explica a finalidade é três vezes superior o orçamento previsto gastar na promoção de emprego, melhorar a produtividade e competividade, 11,1 biliões de meticais é o total que será gasto nesta que é uma prioridade do próprio Executivo.
O valor representa ainda o dobro do total previsto na primeira prioridade do Governo de Filipe Nyusi, “consolidar a Unidade Nacional, Paz e Soberania, que tem um custo estimado em 17,9 biliões de meticais durante o corrente ano.
@VERDADE – 02.08.2016
NOTA: Quem foi que na sua investidura falou em transparência? Quem foi?
Fernando Gil
MACUA DE MOÇAMBIQUE
1 Comment
Comments
Saugina Mangoel Banze O PIOR DOS PIORES DE TODOS OS TEMPOS. O GOMATE! GATUNO DE TODOS OS TEMPOS (nyusi).
13 hrs

Sem comentários:

Windows Live Messenger + Facebook