terça-feira, 2 de agosto de 2016

“Esquadrões da morte” raptam e assassinam três membros da Renamo em Tete


Em Madamba, Moatize
Três membros da Renamo, em Tete, foram encontrados sem vida, na manhã de ontem, segunda-feira, na localidade de Madamba, posto administrativo de Cambulatsitsi, distrito de Moatize, com os corpos crivados de balas.
Um professor da Escola Primária de Madamba, que falou na condição de anonimato, conta o que viu: “No domingo, eram 20h00, passou um carro de marca ‘Ford Ranger’, de cor branca, numa grande velocidade, e foi nesta picada. Passados alguns minutos ouvimos tiros, não nos preocupámos logo”. E acrescenta: “Para nossa surpresa, esta manhã [ontem], as pessoas que iam à machamba encontraram estes três corpos
abandonados e crivados de balas.”
A delegação política da Renamo afirma que se trata de uma acção executada pelos “esquadrões de morte”.
Quando tomou conhecimento da existência de corpos crivados de balas e abandonados em Madamba, a delegação política provincial da Renamo, em Tete, enviou um grupo para identificar as vítimas, uma vez que este partido tinha três membros seus desaparecidos. No local, a equipa verificou que eram corpos dos seus militantes. “Para nossa tristeza os colegas que mandei para lá confirmaram que os corpos são dos nossos membros raptados pela Polícia da Frelimo”, afirmou Félix Assomati, delegado político da Renamo em Tete. Entre os assassinados, está um dirigente deste partido, António Fernando Samo, raptado no dia 22 de Julho, na cidade de Tete. (José Pantie)
CANALMOZ -02.08.2016

Sem comentários:

Windows Live Messenger + Facebook