domingo, 14 de agosto de 2016

AS Nações Unidas encorajam o diálogo em curso entre o Governo e a Renamo e apelam ao movimento de Afonso Dhlakama para que se desarme com urgência.

AS Nações Unidas encorajam o diálogo em curso entre o Governo e a Renamo e apelam ao movimento de Afonso Dhlakama para que se desarme com urgência. Este organismo internacional defende que o desarmamento da Renamo é o maior desafio para se alcançar a paz efectiva no país. 
Esta posição foi assumida por Valéria Campos de Melo, analista sénior da Divisão de África para os Assuntos Políticos da organização, que condena a existência de um partido político que ao mesmo tempo detém armas, daí que tenha apelado para que a Renamo se desembarace das armas por forma a garantir um ambiente favorável às negociações com o Governo.Considerou anormal e inconstitucional o facto de esta formação política possuir armas e afirmou ser “algo que não existe em nenhuma parte do mundo”. 
Com efeito, esta analista sénior das Nações Unidas refere ainda que a sua organização está disposta a apoiar Moçambique na busca de uma paz efectiva, incluindo ao processo de desarmamento da Renamo." 

Sem comentários:

Windows Live Messenger + Facebook