sábado, 18 de junho de 2016

Pistorius caminha sem próteses em tribunal para provar inocência


1 / 12
MOSTRAR LEGENDA
Oscar Pistorius, o atleta paralímpico sul-africano acusado de matar a namorada em 2013, caminhou esta quarta-feira em tribunal sem as suas próteses, para provar que fica vulnerável sem elas
Foto Alon Skuy/epa
15.06.2016


Oscar Pistorius, o atleta paralímpico sul-africano acusado de matar a namorada em 2013, caminhou esta quarta-feira em tribunal sem as suas próteses, para provar que fica vulnerável sem elas.
Oscar Pistorius garantiu em tribunal ter confundido a namorada Reeva Steenkamp com um intruso, tendo-a baleado através da porta da casa de banho.
O momento protagonizado pelo atleta em tribunal serviu para demonstrar a sua vulnerabilidade quando não usa as próteses, o que o tornaria incapaz de lidar de outra forma com um possível intruso.
O procurador sul-africano Gerrie Nel requereu, no tribunal de Pretória, uma pena de 15 anos de prisão para Oscar Pistorius. "Pedimos que seja pronunciada uma sentença de 15 anos, no mínimo. Pedimos que seja imposta uma longa pena de prisão", disse.
Quinze anos de prisão é a pena mínima prevista pela lei sul-africana para homicídio, mas os juízes têm o direito de decidir uma pena menor em circunstâncias excecionais.


Leia mais: Pistorius caminha sem próteses em tribunal para provar inocência http://www.jn.pt/mundo/galerias/interior/pistorius-anda-sem-proteses-em-tribunal-para-provar-inocencia-5229161.html#ixzz4Bvn6wWs4 
Follow us: jornalnoticias on Facebook

Sem comentários:

Windows Live Messenger + Facebook