sexta-feira, 24 de junho de 2016

Jorge Ferrão e a tensão político-militar!


O impacto da crise económica sobre o G40!
Com a crise económica que o país vive, parece-me que o número de lambebotas, beija-mãos, bajuladores e seus derivados, tende a reduzir substancialmente!
Sim, sucede que o Estado anda com os cofres vazios para alimentar aquele grupo, sem contar ainda com as medidas de austeridade que obrigam a reduzir o número de departamentos, direcções e órgãos respectivos, os de chefia, principalmente.
Assim, aquele grupo que um dia sonhou alcançar postos de destaque através da bajulação parece ver suas expectativas algo defraudadas, pelo que abraçar a imparcialidade parece constituir a solução, para pelo ao menos limpar a honra e o bom nome no seio da sociedade moçambicana.
Portanto, a meu ver, sinto que dias melhores se aproximam na pátria amada. Aquele grupo de bajuladores parece regressar à lucidez. Isso é bom porque é provável que se persiga todos aqueles que, num passado-recente delapidaram a nossa economia.
To be continued...!
Comments
Delio Zandamela Lembrei me de alguém que anda sumido por aqui hehehehhehehe
Francisca Choe Também me lembrei
Ivan Maússe Quem será, esse tal?
Ivan Maússe Hahaha! Zandamela, mbala a ntiyisso uta hanya, makwezu!😂
Francisca Choe Wait... esposo. Como as dividas que estão se revelando... As pessoas também vão se revelar
Jorge Antonio Calane Kito Eipa, é serio isso? O #bitone ta linchado
Ivan Maússe Ele faz parte do G40, afinal?😉
Ivan Maússe Será que ele próprio sabe disso?
Jorge Antonio Calane Kito HEHEHEHEHE, ele sabe que é banqueiro ...
Jorge Antonio Calane Kito Pior que acertas-te na mosca oh Ivan o gajo anda sem megas pos o tako já não chega aos suplentes.
Zefanias Augusto Namburete Verdade mano, ontem ouvi um que tanto defendia a distância-se.
Ivan Maússe Claro, fiquei algo surpreendido com a lucidez do meu amigo Rodrigo Rocha durante o Linha Aberta, da Stv.
Ivan Maússe Bem-haja, Moçambique!
Nico Voabil Só por dizer!
Sinceiramente concordo plenamente consigo Ivan Maússe, até porque alguns contribuiram muito pra que o Governo continua-se a confundir o povo, defendendo e cobertando as barbaridades daqueles que se julgam donos do estado. Meu amigo perito em materias de #Relações intenacionais do nada desapareceu, preucpa-me por acaso é um bom actor G40, por mim esses tambem devem ser notificados pela PGR pra serem ouvidos ...

Ivan Maússe Keep going. Chega de burladores do povo!
Xavier Jorge Uamba Estamos quase mano Ivan Maússe os melhores dias ja estao a espreitar. E' desta vez que veremos quem esta preocupado com a causa da frelimo. Aqueles que estao na frelimo por oportunismo a mascra vai cair brevemente.
Ivan Maússe O problema nem é a Frelimo, amigo. Mas sim, alguns parasitas infiltrados na Frelimo, que usam da heroicidade deste partido (ou se quisermos movimento) para pilhar os recursos do povo!
Laercio Eder Camal Mulima A situação não está nada boa.
Celina Curiana Mindo Mindo Malta, Damião josé e Antonio buene e compania..já não os vejo faz tempo....
Ivan Maússe No caso de Damião José, esse, ontem, por exemplo, perdeu a oportunidade em ficar calado durante a Sessão Extraordinária da AR para o esclarecimento da Dívida Pública.
Juma Aiuba Nem imaginas, caro Ivan Maússe! Os que ficaram ou mostraram ser bons na arte de lamber ou, então, estão a risco próprio. Há gajos que já não tomam café com bolachas maria crocantes.
Ivan Maússe Claro, o lambebotismo é um dom. E é preciso ser um sem-vergonha para exercê-lo. Esses sim são antipatrióticos.
Luis Ferreira Fight Restarão aqueles que estão na casa do povo a nos mal representar.
Ivan Maússe Ou os que bajulam por amor à camisola. Afinal, o bajulismo é uma arte, um talento, uma vocação!
Euclides Flavio Bela observação caro Ivan Mausse. Porém, tenho a ressalvar que o projecto G40, mesmo se consetindo da crise ainda existe. Hoje o que ficou é a TEIOMOSIA. Mas é necessário caracterizar os mecanismos de sobrevivência deste grupo nos dias que correm.

Meus caros, este grupo hoje, está que nem a oferta de telemoveis no mercado informal Estrela, onde existe S4 da Korea, China e RSA. Hoje só há saida do S4 Chinês. Os G40 originais limiarmente vão desaparecendo dando espaço aos G40 importados da China. Esse é o problema de Jossias Maluleque (dono dos cães rafeiros), não ter apostado num plano de contigencia. O resultado, é esse que temos assistido: Alguns G40 ja não tem credito, nem megas para prepar a missa para os Midias, uns não tomam banho devido a falta de sabão, outros ainda apertam nos Xapas pois, ja não ha dinheiro de combustível nem do Taxi. O subsidio de coragem tambem foi cortado.Resumindo: O GRUPO 40 perdeu AUTO ESTIMA.

Abinelto Bié Subscrevo, ilustre. Bem colocado! Que venham à lucidez
Ivan Maússe Dias melhores acenam na pátria a(r)mada!
Euclides Da Flora a História irá trucidar e condenar G-40*
Caetano Morais E há quem ganha, de todos nós, mais que um catedrático sem nunca ter terminado o primário!
Crespim Mabuluko Gosto da leitura do Euclides Flávio eu diria que hoje o que temos não podemos mais apelidar G40 pois a espécie é nova mas sim G40 independentes agem sem mandatários fazem tudo por iniciativa própria. ..
Alves Manjate Hehehehehe...ficarão aqueles que actuam por "amor a camisola".
Ivan Maússe "ficarão aqueles que actuam por amor à camisola". Hahaha, essa é boa, caro Manjate!👏
Ivan Maússe Concordo em pleno contigo, caro Euclides Flávio. Realmente notamos que, nos últimos tempos, actuam mais as réplicas do G40 (aqueles que bajulam sem serem orientados para tal, o tais G40 independentes, mas que o objectivo é sempre garantir promoção no AE) que o G40 original que tende a perder espaço, afinal, a "massa" que os alimentava acabou.
Domingos Raul Escrever Qualquer Kkkkkkkkkkk...verdade

Em entrevista às câmeras da Stv, o Excelentíssimo Senhor Ministro da Educação e Desenvolvimento Humano, Jorge Ferrão, apontou que os mentores da tensão político-militar o são porque não tiveram a oportunidade de ir à escola. Se tivessem ido à escola, nada disso estaria a acontecer. Aquilo é um problema mesmo de educação.
Fonte: Primeiro Jornal da STV, há momentos!
Não obstante, na qualidade de cidadão e, particularmente de formado em Ensino de Filosofia e História, tenho algumas questões a colocar ao senhor Ministro da Educação e Desenvolvimento Humano, assim como àqueles que apoiam sua posição. Vamos a isso:
Gostava de saber do Senhor Ministro Ferrão o que se entende por Educação? Quem disse que não se educa para a Guerra? E mais, quem disse que os que promovem a guerra é porque não tiveram educação? Quem disse que não há alguma racionalidade por detrás dessa guerra? Qual guerra, no panorama internacional, não dezimou vidas humanas, incluindo de inocentes?
Nisto, Senhor Ministro Ferrão, o que se pode dizer daqueles que fazem dívidas ilegais e milionárias em nome do povo, levando a nossa economia para as profundezas do turvo mar da miséria, também não tiveram educação?
E mais, àqueles que, durante a semana passada, em sede da Assembleia da República, na sessão extraordinária, estiveram a defender à todo o custo a contracção de dívidas ilegais, fazendo-nos confundi-los com Governantes que com deputados, em que de certa forma, procuravam ludibriar o povo que, de facto, está tudo bem, também não tiveram educação?
Juro, se os nossos Governantes continuarem com esses discursos nada elegantes, que mais se parecem indirectas, julgo que a paz efectiva de que tanto almejamos, jamais será alcançada. Por isso, entendo, jamais confundir educação com educação formal (sendo esta última aquela que acontece na escola).
O conceito educação é lato, quando o de educação formal é restrito, sendo que este último constitue uma das subdivisões do conceito educação em lato senso. Para eu ser educado, não é pontual que eu tenha passado por uma escola primária, secundária e nem superior. E mais, se assim considerássemos, uma vez que mais de 45% da população moçambicana é analfabeta (nunca pisou à escola), então estamos a assumir que a mesma NÃO TEM EDUCAÇÃO!
Comments
Jose Dinis Maphanga O ângulo dele de ver as coisas, tem sua razão!
Jose Eduardo Seria bom se completasse dizendo qual é esse angulo.
Jose Dinis Maphanga Mas criei uma direção, não tem como concluir? Faça por mim
Ivan Maússe Hehehe! Pois, Zé Dú. Amigo Zé Dinis, está lançado o desafio.
Jose Dinis Maphanga Estou lendo, calma ai meu mestre
Jose Eduardo Desafio interessante. So que cada um de nos tem razao no que diz no seu angulo. Tendo todos razao porque havemos de debater?
Ivan Maússe Hehehe, caro Zé Dú, vamos ouvir que o nosso ilustre Zé Dinis tem a dizer!
Jose Dinis Maphanga Vamos usar a mesma razão como escudo para debater.
Jose Eduardo Ivan Maússe dediquemo-nos a outros afazeres.
CL Mamboza Tambem vi e ouvi.
Isabel Chau cada um tem maneira dele de ver as coisas
Rogerio Antonio É normal o posicionamento do Ministro, visto que, se dissesse o contrário seria de estranhar, mesmo os EUA que dispõem de indices baixos de analfabetismo, mesmo assim atacaram e invadiram sem razoes aparentes o Iraque, será que aqueles militares também não teriam sidos educados?
Eu agora só olho!

Arone Cuco Ivan gostava de ver o comentário do teu grande amigo Bitone neste teu brilhante post.
Eduardo Matine Elementar meu caro, perdoe sua Excia Senhor Professor Doutor, falou na qualidade de membro do actual governo, arisco-me a dizer que e' uma directiva la de cima e que o ilustre nao tinha como fugir a regra! Ninguem melhor que ele sabe que os conflitos africanos estao intrisicamente ligados ao controle do Poder e dos beneficios dai extraidos!Era para fazer constar que cumpriu sua parte, e nos agradecemos porque apesar de nao ter dito a verdade, evitou mentir!Hugs
Circle Langa Caro Ivan Maússe... Já te ocorreu que o teu post (a tua colocação retórica), como reacção às declarações do Sr. Ministro, está, por si só, a confirmar quem efectivamente é "mastermind" da guerra?

P.S. Não estou a transpor minha opinião. Estou trazendo à ribalta a constatação de um facto.

Delfim Bica Lucas o ministro tem sua razao....
Arone Cuco Claro Circle Langa, a razão dele está na militância cerrada aos paradigmas internalizados do seu partido, tudo que está a favor do seu partido é sempre justo para ele, não interessa se fere os direitos da maioria.
Eduardo Matine Se a Renamo fosse governo, o cenario so alteraria de oposicao, mudam de tacticas mas nao de objectivos, ja dizia um dos maiores Visionario de todos tempos na historia politica nacional...hugs
Edson Agostinho Sangue Sangue como ministro da educação ele já devia saber que só tem a coragem de enfrentar o governo quem realmente abriu os livros .... simples assim
Inácio Swb Jorge Segundo parágrafo das questões:

Porquê o Sr.Ministro não faz o uso das competências das pessoas que ele acha que tiveram "educação", para trazer a tona as causas e a aplicação dos fundos roubados.

Devis Gimo "Quando toda instrução acaba, o que resta é a educação"!
Tomas Humbe Ja que o governo da frelimo e k esta promover a guerra,logo,os camaradas nao pisaram na escola tem falta de educacao!
Aurélio Simao Sergio Vieira ja disse que estão a caminho de extinção
Ossumane Nacir Momola eu concordo com o posicionamento do ministro de educacao ,pois as dividas de que se fala tarde ou vao se pagar ,mas a vida humana ja mais se restituira.
Dércio Tsandzana Entrou no mato, pobre ministro. Não creio que ele tenta dito isso . Se assim for, então que indique os que têm educação para nos trazer a paz.
Eduardo Matine Por isso frisei que fe-lo noutra qualidade...
Luis Mugube Interessante reflexão, caro Ivan Mausse.
Rodrigues Raine Senhor ministro sera mesmo falta de escolaridade...?? Se ao consultar algumas literaturas que falam sobre a governacao e gestao de conflito tudo o que os beligerantes fazem faz parte da resolucao e negociacao do conflito..
Rodrigues Raine Significa que eles estudaram a GOVERNACAO E GESTAO DE CONFLITOS
Jose Dinis Maphanga Lí bem o que o meu amigo filósofo ivan mausse escreveu e concordo plenamente, sob o ponto de vista pedagógico acho que Jorge Ferrão tocou nos assuntos dos outros!
mas Gostaria de lembrar aos escribas e homens da arte, no momento da crise de uma cidade ou um estado todo o homem vira artista instrumentalizando e politizando tudo quanto é discurso de seus soberanos, porque a crise nos traz artistas e intérpretes de cada palavra que sai da boca deles , é normal esta atenção prestada por Ivan é tipico do momento da crise mas Parabéns

Jorge Muiambo Meia verdade, e a avaliar pelo público à qual dirigiu o discurso, posso dizer que (desta vez) foi Feliz na sua abordagem.
Abel Zico Sao Doutores Honoris Causa em destroicao ENCONOMICA...rsrsrrsrs
Ivan Maússe Garamei do "destroicao enconomica". Great😃
Juma Mussagy Abdul Mutualibo Na minha opinião,a culpa da GUERRA não é e nunca será falta de EDUCAÇÃO. A guerra é resultado da intolerância política,social e econômica. Onde alguns consideram se donos de tudo e de todos. Se aqueles que supostamente tem EDUCAÇÃO a tivessem no espírito e na letra usariam do seu saber para discutir e construir consensos que sacrificar inocentes devido a interesses de grupo. O que é mais carro ceifar vidas para depois negociar ou negociar para poupar vidas e infraestruturas ?
Eduardo Matine Boa pergunta...hugs
Ivan Maússe Nem mais, Juma.
Aurélio Simao Se os nossos governantes tivessem Educação como diz o JF ja teriam acabado com a guerra
Nelson Cézio Matsinhe Perante as palavras de Ilustrissimo Ministro, sou um Néscio meu caro Ivan Maússe.
Eduardo Matine Pude finalmente ouvir directamente as palavras do Ministro Ferrao, e posso garantir que em nenhum momento afirmou o que foi aludido aqui neste post, segundo o seu mentor diz que ''o Excelentíssimo Senhor Ministro da Educação e Desenvolvimento Humano, Jorge Ferrão, apontou que os mentores da tensão político-militar o são porque não tiveram a oportunidade de ir à escola. Se tivessem ido à escola, nada disso estaria a acontecer. Aquilo é um problema mesmo de educação.''!Plo menos nao foi o que passou na minha televisao, segundo o que vi e ouvi, o ministro falou que se todos tivessem tido oportunidade para estudar, o que antigamente nao era algo possivel para todo povo Mocambicano, hoje seria mais facil aglutinar ideias comuns e evitar que mais gente se envolva nesta guerra, portanto em qualquer tipo de conflito armado! E isto nao e' mentira, tirando os que la estao por forca da sua actividade laboral (FADM), quem mais com alguma capacidade intelectual abandonaria o seu actual modus vivendu para integrar qualquer uma das partes em conflito?Quem sao a maioria dos homens armados da Renamo? Que capacidade tem para analisar e julgar a pertinencia ou nao desta guerra?a que tipo de comandos estao preparados a obedecer?Poderiam tal e qual Tu e Eu,ler que a via do dialogo e de longe a mais viavel para resolucao de qualquer diferendo do que a das armas, sem a formacao academica da qual nos apoiamos para agir assim?Ha muitas mais questoes mas penso que fui suficienteente ilucidativo!Apartir daqui retiro o que disse antes ,nao e' nem foi directiva e agenda de cima andar por ai a propalar para criancas sobre quais motivos levam homens, irmaos, a matarem-se uns aos outros !Hugs
Ivan Maússe Caro Matine, entendo o seu posicionamento. Respeito o teu ângulo de visão e a tua racionalidade. Entretanto, volto a sublinhar os dizeres deste post. Não sei se a peça que foi passada no telejornal foi a mesma a do Primeiro Jornal, incluindo os rodapés e tudo.
Eduardo Matine Vide pela Tv Mirramar, talvez seja mais esclarecedora!Mas a base que usei para responder aqui foi tbem a STV.Hugs
Ivan Maússe Good, grande Matine. Ficamos assim. Hugs!!
José Chissico Talvés quis dizer alguns porque os mentores e mandantes são pessoas que sabem qual é o impacto do que fazem e porquê o fazem.
Osh Macamo Ferrão não parece um ex-reitor, sabe!
Timoteo Papel Não te preocupes com esse senhor meu caro Ivan Maússe, são esses cábulas que o Estado moçambicano andou a gastar dinheiro a dizer que estava a formar pessoas para o desenvolvimento do país. É lamentável que alguém que se prese Ministro de Educação não saiba diferenciar educação formal da informal, instrução e formação, enfim tudo o que envolve este processo. Aquilo foi um insulto a nação e ele perdeu a oportunidade de ficar calado.
Ernane Mutumane Aplausos meu caro Ivan Maússe. Permita-me em primeiro que te peça desculpas por nalgum momento ter confundido seus posts com os de alguns "lambe botas" que so sabem criticar quem nao compactua com "todos os ideais e todas as acções do governo moçambicano".Neste post pude ver com clareza os teus posicionamentos e a suay visão em relação a actual conjuntura política.
Estás de parabéns e continue assim meu caro!

Arone Cuco Caro Eduardo Matine, é verdade que a educação é fundamental para trazer a consciência moral no seio das pessoas mas nos dias que correm não se pode afirmar que os que fazem guerras e fomentam desistabilidade são os illiteratos, hoje em dia a experiência nos ensina o contrário.

Quantas vezes nós assistimos casos flagrantes de pessoas bem diplomadas e com altos níveis acadêmicos a se meterem em actos se roubo, corrupção, etc?

Aliás, as guerras e conflitos armados que se protagonizam um pouco pelo continente africano e pelo mundo todo são desenhadas e apadrinhadas por quem? Pelos que não estudaram?
Obviamente que a resposta para tal é não, pelo contrário são essas pessoas que estudaram muito que protagonizam actos de desistabilização.

Para mim de qualquer forma o ministro foi infeliz ao atirar a culpa pela tensão política aos que não puderam ir a escola, nós sabemos que em nosso país tem muita gente que não poude ir a escola por várias razões alheias a sua vontade, dizeres como estes equivalem a dizer que os que não estudaram neste país são inúteis e não sabem o certo ou errado ora isso é pura mentira, são estas pessoas que fazem o país, são esses que não estudaram que sempre contribuiram para a paz e desenvolvimento deste país, dentro das suas capacidades, até que os estudiosos vieram afundar este país na crise em que hoje se encontra.

Portanto nada de mediocrizar os que não puderam ir a escola neste país, não são eles que criam o conflito nem a crise financeira que está a insolver o pais, pelo contrário são aqueles que estudaram muito que estão a acabar com este pais.

Eduardo Matine Ilustre Cuco, nao li a totalidade do seu comentario, e nao pretendo responder-lhe com base no seu conteudo.prefiro convida-lo tal qual fiz com os outros a rever ou ver na integra a materia aqui referida,tomando nota dos seguintes pressupostos, local, publico,contexto!Hugs


Excertos extraídos do artigo do jovem Bitone Viage redigido na sequência do "atentado" contra à integridade física do secretário-geral do Partido Ecologista, João Massango, na manhã de hoje, sexta-feira, dia 20 de Maio.
"Meus caros, nós estamos num momento que toda informação vinculada pode parecer verídica quando mal analisada. O Secretário do Partido Ecologista o senhor Joao Massango veio ao público, por via da sua conta no facebook, afirmar que sofreu um atentado que resultou em espancamento por volta das 10 horas de hoje na zona do Mulombela.
Meus Caros vamos juntos analisar, Massango levou porrada mesmo?
1, (...) Massango havia agendado uma conferencia de imprensa para as 10 horas de hoje na sede do PANADE na Avenida do trabalho, o mesmo alega ter sido espancado por volta das 10:30. A questão que eu coloco, o que ele ia fazer no Mulombela aquelas horas sabendo que tinha um compromisso com a imprensa marcada para as 10? Aliás, quero eu acreditar que pelos menos até as 9:30 ele deveria estar a passar jardim, logo isso é uma clara demostração que estamos sendo inseridos no meio de uma fantochada politica.
2. O mais intrigante disto tudo ele corre a Stv, sabendo que já tinha um compromisso com a Miramar. Meus caros, alguma coisa não está bem aqui (...).
Meus caros, em toda cidade de Maputo está chuviscando e a zona do Mulombela é argilosa, sendo que ele alega ter sido espancado quero acreditar que as rasteiras fizeram parte do pacote, sendo assim a sua roupa deveria estar toda ela cheia de argila, mas a foto abaixo não denuncia isso. Meus caros será que tratou-se de um espancamento civilizado? Caso tenha ocorrido?
3. Aliás meus caros, se realmente ele foi espancado, não teria perdido nenhuma oportunidade como actor politico de se deixar fotografar estatelado no chão que lhe traria maior protagonismo, más o que me espanta conseguiu ir até a uma barraca e de todo este cenário, só conseguiu fazer uma foto e sentado numa cadeira, vê se pode!
4, Meus caros, reparem bem para a camisa do senhor Massango. Quando alguém é realmente espancado em norma as suas vestes ficam amarrotadas e com botões desfeitos caso a pessoa leve uma camisa no seu corpo. Ora vejamos para a camisa do senhor Massango: não esta amarrotada e os três botões da parte inferiores da camisa foram abertos normalmente como se nada tivesse acontecido.
5. Meus caros, se realmente o senhor Massango foi espancando, porque é que nem sinal de hematomas e indícios de sangue não se verificam sobre seu corpo e sendo quatro os malfeitores que participaram desta suposta agressão acredito que em menos de cinco minutos este senhor estaria a sangrar. Essa ferida ele mesmo fabricou, como se explica alguém que esta gravemente ferido, consiga pessoalmente conduzir uma viatura?
6. Ele diz ter saído da zona do Mulombela até ao Hospital Central de Maputo, onde recebeu os primeiros socorros, meus caros havia necessidade mesmo? Sabendo que bem perto do suposto local do crime há um hospital que poderia ter prestado os primeiros socorros. Alias como se explica estar ele no HCM mas a cama onde se encontrava carregava os lençóis do Hospital Geral José Macamo? Senhor Massango o que se oassa afinal?
7.Bem, fico feliz, pois, ele garantiu pessoalmente que esta fora do perigo, o que de certa maneira lhe confere força suficiente para avancar com a ideia da manifestação, mais o caricato é Estë senhor afirmar que já não pode, mais sim o povo pode decidir. Epha isso chama-se brincar com coisas serias meu senhor, se realmente comeu o taco que queria bolar as manifestações, vá prestar contas com eles e não esta palhaçada que esta fazendo a olho nu.
8. Meus caros, para provar de uma vez por todas que ele foi realmente espancado, que se dirija a um posto medico e traga aqui os resultados. Meu ilustre amigo engana os outros cegos, mais a mim não me engana. Espero lhe encontra no festival Azgo, pois, estará aquela cantora que tanto admiras meu ilustre amigo, a Zahara.
9. PS: Epha estamos cansados de ser politicamente burlados (...)".
Fim da citação.

33 Comments
Comments
Jorge Gole "na manhã de hoje, segunda-feira, dia 20 de Maio".
Nathaniel Mucavele Ivan Maússe, verifiquei o mural do Sr Joao Massango, e pude perceber que o seu ponto 1 sobre a questão de horas está errado. Identifiquei te lá para conferir pessoalmente. A primeira publicação do acontecimento foi aproximadamente as 9h30, o que significa que este suposto facto terá acontecido minutos antes das fotos e a respectiva publicação.

2. Não quero eu acreditar que a conferência de imprensa seria feita apenas para a Miramar... conferência de imprensa envolve muitas redes de televisão. Agora, o que pode ter acontecido é a rápida prontidão por parte da Soico Tv, em fazer a reportagem no local onde se encontrava o Sr Massango.

3. Normalmente, mesmo se eu ou qualquer um que for espancar-te (por exemplo), será que ainda terás forças de reagir a quem for a te fotografar? Duvido meu caro! Nem aleijado, nem embriagado e nem doente terás a capacidade suficiente para reagir!

4. Esse argumento de botões, "sorry lá" Ivan, tu podes melhor que isso. Tu não precisas de estragar roupa de ninguém para machucá-lo. Ainda mais, o sr Massango não disse que lutou. Disse que foi agredido! E sobre esse ponto ainda, eu acho que para quem levou porrada, estava suficientemente desorganizado. Veja na mesma publicação que lhe identifiquei, tinha inclusive alguns botões de baixo desfeitos.

5. Parece-me que mesmo o seu quinto ponto é discutível... quem disse que ao levar-se porrada é necessário que haja sangue? Hmmmmmmm, não sei não. O que posso dizer é que as evidências permanecem no corpo dele e apenas a medicina poderá confirmar esta situação, e não indícios de sangue... nós não sabemos da dor que este pode ter passado, mesmo eu apenas vi uma feridinha de nada, mas imagens não são suficientes para tirar conclusões. Muita gente já levou alta porrada, sem jorrar uma gota de sangue se quer!

6. Quanto a escolha do local, não sei o que terá o motivado a ir ao HCM, mas o que eu posso confirmar-te é que é comum (e mau) num hospital público aqui em Moçambique usar-se materiais de outros hospitais. Não sei se já frequentou um hospital público, mas eu te digo, em Mavalane, José Macamo e por aí fora, isso é frequente e deve se a má gestão e controlo dos recursos dessas instituições. A minha sobrinha por exemplo, nasceu no hospital de Mavalane em 2014, e no dia que fui visitar, vi almofadas com fronhas do hospital central de Maputo.

Realmente estamos cansados de ser enganados, principalmente quando políticos querem apenas defender seus interesses, mas não devemos (na minha óptica) julgar com meras imagens que vemos na TV e nas redes sociais.
Você e Bitone Viage, pecaram por não deixar em aberto com suposições (ex: será que, parece, acho, possivelmente...) as vossas publicações, principalmente por estarem a discutir uma pessoa!

Não descarto a possibilidade de ser mais um "show" montado mas devemos esperar para que a verdade apareça ou então investigar melhor meu caro amigo!

Ivan Maússe Ora viva, ilustre Nathaniel.

Pontos inteligentemente muito bem colocados. Nisto, aqui vão as minhas honras e vénias pelo exercício de contratese que realizou. Isso sim é maravilhoso.

Contudo, gostava de fazer referência a um aspecto: as palavras na são da minha autoria. Como fiz referência no primeiro parágrafo deste post, as palavras são da autoria do jovem Bitone Viage.

Neste sentido, agradecia se não me imputasse qualquer pronunciamento. E o mesmo recado é extensivo aos demais amigos. E mais, a ideia não é discutir Massango, mas sim o acontecimento de ontem, que para mim, tem sim relavância para o debate.

Nathaniel Mucavele Ok. Eu estava na dúvida, porque até pensava que o Ivan estivesse a comungar com a ideia do Bitone Viage, por isso preferi colocar no seu mural. Aliás, até porque estou habituado a ver publicações da autoria dos dois...
Vi primeiramente no mural do BV mas como não tenho estado de acordo com ele preferi ficar indiferente. Mas vendo o mesmo no seu mural, é que deixou-me inquieto! Estou habituado a ver excelentes publicações no teu mural.

Mas em todo caso, o importante a colher é a reflexão!

Abraço

Ivan Maússe Compreendido. Abraço retribuído. Estamos juntos!
Cecilia Massangai Ivan nos prove k ixo e mentira
Ivan Maússe Boa tarde Cecília. Por que tinha que ser eu a provar que isso é mentira?
Cecilia Massangai Vc k duvidou entao prove o contrario ou investiga
Jorge Antonio Calane Kito EXCERTOS EXTRAÍDOS DO ARTIGO DO JOVEM BITONR VIAGE REDIGIDO NA SEQUÊNCIA DO " atentado " contra à integridade física do João Massango. Será k n perceberam? O Ivan já tem tomates no lugar meus caros.
Ivan Maússe Grato pela compreensão, ilustre Jorge Kito. Estamos juntos!
Jose Eduardo Na senda de mao externa: se Massango recebeu dinheiro (nao vejo problemas nisso, ha custos a ter em conta numa manifestacao), nao faltou dinheiro de outra mao externa para inviabilizar a manifestacao ( ja vejo problemas nisso, pois nao ha custos a considerar, senao 100% de lucro). A menos que a verba tenha servido tambem para pagar a encomenda da porrada. Por aqui tambem (FB), parece haver mao externa, so me alegro por ter certeza que esta nao encomenda agressoes fisicas, embora admita agressoes verbais.
Filipe Primeiro Prefiro deichar o meu comentario a posterior na minha lingua materna diz se oque tem chifres nao se embrulha
Euclides Da Flora um bom analista político não deve agarrar a suposições ou especulações mas sim factos!!
Paulo Vilanculos Vilanculos Da proxima, e bala...
Eurico Nhassengo Para mim e para a minha modesta opiniao nao e' o meu caro BITONE VIAGE e muito menos o ilustre IVAN MAUSSE que devem trazer provas ou provar que o ilustre MASSANGO foi agredido mas o proprio JOAO MASSANGO deve nos trazer mais detalhes, vir explicar como tudo aconteceu, ate' como uma forma de limpar a honra dele, porque ha muitos que de forma incondicional sao atraidos por esta figura que se presume ter integrado em ultima hora ao STAFF do GUNGU como um membro da peca MOLUMBELA que foi exibida ontem e a publicidade passou nas redes sociais e na TV.
Cecilia Felix Nhamuave Estamos perante uma analise politica,observando em todos os argumentos,melhor abrir-mos bem os olhos,esse senhor Massango nao micheira bem. Ele pode ser um falso actor.pode ate ter forjado a sua propria agrecao.
Jossias Ramos Bitone Viage igual a si mesmo.
Nathaniel Mucavele Eurico Nhassengo, é uma ideia... mas olhando por aí, devemos deixá-lo "repousar" para que ele possa "esclarecer".
Quanto ao provar, acredito que JM não tem nada a provar, quem quiser provar o contrário é quem deve provar... ou então, caso o JM queira denunciar alguém, aí terá de provar!

Ivan Maússe Mas, amigo Nathaniel, numa circunstância em que muitos duvidam da possibilidade de ter havid esse atentado (sem testemunhas), não acha que o nosso amigo Massango tem a dura missão de nos provar que realmente foi agredido?

Aliás, em Moçambique a pessoa pode ser presa por falsos pronunciamentos. Se se provar que Massango forjou a sua propria agressão, o Ministerio Publico se quiser pode abrir um processo contra aquele?

Nathaniel Mucavele Bom, de como eu vejo, Massango deve provar sim mas não é de responsabilidade total deste, porque este foi à um hospital, que por acaso é público, então, assim como aconteceu após o baleamento do SG da Renamo, devia aparecer um médico (doutor) a falar da condição de saúde do mesmo. Existem crimes "sem testemunhas" também, "pode ter sido" o caso!
Mas eu acho que o hospital (na qualidade de Estado que disponibiliza serviços de saúde) deve aparecer a confirmar ou desmentir esses pronunciamentos.

Nathaniel Mucavele Agora, creio que a medicina é que esteja com a bola. Se é que forjou a sua própria agressão, aí terá que ser responsabilizado e arcar com as consequências.
É que normalmente, nem devia ser a Stv a mostrar essas imagens sem falar com um médico antes. As reportagens de hoje tem cometido vários erros do género, por isso que muitos casos continuam em aberto!

O caso não está esclarecido Ivan Maússe por isso vamos aguardar.

Álvaro Xerinda Este ano parece que o governo não vai recrutar mais quadros como assessores ou porta-vozes podem concorrer a essas vagas próximo ano
Jossias Ramos Eh verdade? kkkk!... Esta dificil, isto, mano.
Homer Wolf "Excertos extraídos" (?)... 
Eduardo Matine Pior que e a vaca inteira ao preço da dobrada...
Bitone Viage Sim extraídos do meu mural.

Me espanta saber que estou diante de dois jornalistas Homer eRafael Ricardo Dias, mais para os mesmo essa noticia é verídica, chamem vosso amigo para nos enviar as imagens das fichas medicas que recebeu no HCM, sendo que já nos mandou as fotos dele quando estava no mesmo hospital.

Homer Wolf Mas "Excertos extraídos" mesmo???
Ariel Sonto Heheheheh...Go to Hele, Homer Wolf.
Ivan Maússe Hehehe! A existir um problema na gramática, o mais sensato é corrigir. Muito "simpli isso". 😂😂
Ariel Sonto Redundancia, Mausse. Ntsem.
Jorge Antonio Calane Kito Se ainda ha dúvidas que Massango foi espancado podem se dirigir ao posto policial da da PRM khogolote onde por volta das 10h e 15 min fui registado a ocorrência . De lembrar que o sr massango no hospital vinha com uma guia hospitalar carimbada a tinta de óleo en uso naquela instituição.
Homer Wolf Ntsém...
Euclides Da Flora vamos ao bordel meu caro
Caetano Morais Vou analisar por pontos (excluindo o 7):
1. No segundo parágrafo o articulista afirma que João Massango foi agredido por volta das 10 horas e num outro por volta das 10:30. "O que ele ia fazer no Molumbela aquela hora" só ele para responder a pergunta e de resto ninguém sabe se a conferência tinha sido adiada para horas posteriores ou não. Só mesmo a imprensa para responder nesse sentido.

2. Tenho dúvidas em perceber se ele correu para Stv logo depois da agressão ou logo que saiu do leito hospitalar ou se foi a Stv que correu atrás dele na expectativa de transmitir o sucedido em primeira mão. A escolha da Stv em detrimento da miramar ou outras estações de tv só pode ser melhor fundamentada pelo Sr. Massango. Não é verdade que toda zona que circunda Molumbela seja argilosa. Basta lembrar que em frente a Molumbela passa a N1, estrada asfaltada com bermas também asfaltada.

3. " Deixar-se fotografar estadelado no chão"?? " Só conseguiu fazer uma foto"???. Uma análise bastante infeliz. Estranho seria se todos os momentos da "agressão" fossem fotografados ou filmados. Seria estranho porque não temos paparazzis nem mesmo uma imprensa agressiva que acompanha o movimento dos nossos actores políticos.

4. "Quando alguém é realmente espancado em norma as suas vestes ficam amarrotadas". Que normas???? Há normas para espancamento??? Será que um espancamento na cabeça, pescoço, uma bofetada, um murro no abdómen, uma batida nas costas pode deixar uma camisa amarrotada??? Só mesmo um perito para responder!!!!
5. Será que todo espancamento resulta em " sinal de hematoma e indícios de sangue"???. Não é preciso uma análise clínica e um relatório médico para uma afirmação conclusiva deste ponto?

6. Este ponto ja foi discutido mas para mim cada um pode ir ao Hospital onde achar que terá melhores cuidados. Nem todos os que afluem ao Hospital Central o fazem por estar perto das suas residências ou zonas ocorrências.

8. Quantas vezes ele terá de se dirigir ao posto médico? porque ao que é indicado em pontos anteriores ele já o fez. Porquê que ele tem que trazer aqui o seu relatório médico????

Definitivamente se a sua agressão foi uma encenação, este artigo não trouxe argumentos convincentes para prova-lo!!!! Aconselho que investigue mais se o objectivo for esse!!!

Ivan Maússe Pontos bem colocados, amigo Caetano. Vamos analisar!
Lucas Silvestre Mate Valeu por pensar por mim.
Jose Joaquim O meu partido eh Frelimo; ate o fim do mundo.
Helder Waka Moiane Hehehhehehe hei ya.. Politica!!!
Helder Waka Moiane Hehehhehehe hei ya.. Politica!!!
Ivan Maússe Hehehe Moiane, diz mais, irmão!
Ramos Magenge Os meus pesâmes para com a família Massango... O tio João não merece tamanha humilhação!
Dércio Tsandzana Fica claro que foi mesmo encenação do senhor Massango, mas, não creio que não tenha levado tal porrada. Agora, temos aqui que perceber que ele é político e agora queria seria ser visto como herói e para definitivamente não fazer a marcha que já estava mesmo minada.

Quanto aos pontos do amigo Bitone Viage, trazem dados passíveis de rebater, mas a linguagem descuidada e embuída de preconceitos e algum desprezo pela pessoa de Massango me inibem de comentar.

Bitone Viage Meu irmão a porrada foi alugada ....
Ivan Maússe "Fica claro que foi mesmo encenação do senhor Massango (...)".

Hehehe, Tsandzana. "

Ivan Maússe "Porrada alugada". Hahaha Bitone Viage. Céus!😂
Bitone Viage Ilustre Ivan Maússe se realmente o ilustre Dércio Tsandzana diz que " ficou claro que foi mesmo encenação do senhorJoao Massango", logo a porrada também faz parte da encenação. Porque não iria levar uma porrada no verdadeiro sentido e ainda ir a televia televisãopara encenar uma dor.

Questões de logica

Filipe Primeiro Ilustre Ivan Maússe purrada alugada..?kikiki ja ha isso fora de bariga de aluguer nem?abraço
Absalão Mapsanganhe Prefiro enjumenticar-me para não comentar a essa afronta! Se realmente acham que esse senhor protagonizou o sinistro, então ele é bom actor! Mas se acham que vou deixar de pensar que alguém do governo teve algum dedo infiltrado nisso, estão enganados!
Rafael Augusto Mate É muito fácil julgar os outros quando o alvo não é você! Há outros ilustre que nem merece uma equivalência de 5* classe mas são académicos! Triste!
Andre Jorge Chifeche Estou de acordo com o seu comentario ilustre.
Ivan Maússe "Há outros ilustre que nem merece uma equivalência de 5* classe mas são académicos! Triste".

Sem que te apercebesses acabaste por também emitir um Julgamento. Hehehehe!.

No fim, todos somos pecadores, uns piores que os outros. 😂😂😂

Rafael Augusto Mate Pois mano Maússe!!
Absalão Mapsanganhe Bitone viage, ciza-nos lá! Estás infectado, precisas de um frelimotasol
Busta Domingos Cossa Aparência tem seu custo!
Zé Joel Ninguém está em altura de provar algo neste caso apenas expecular ..
Zé Joel Ninguém está em altura de provar algo neste caso apenas expecular ..
Helio Nhanala Alguns comentarios, ou analises se assim preferirem denunciam algum tipo de disturbio mental ou defict de percepcao, falta de consciencia moral e social. Este artigo nao tem nenhuma importancia quando discutido dessa forma, as hipoteses levantadas sao infundadas e logo as suas deducoes nao tipicas de quem nao percebe o que xta a acontecer. Agressao houve, pode nao ter ocorrido por conta da ideia da manifestacao, talves sim... Mas levantar afirmacoes sobre algo k nao sabemos é falta de humildade, pior ainda pra alguem que fez academia. Rogo-vos irmaos, colegas do conhecimento k sejamos humildes e nao ostentarmos sabichoes, peritos até de aspectos forenses/criminologia e tipologia de ameaca ou agressao. Um dado que pode demonstrar a precipitacao da analise é o simples facto de ser verdade a existencia de material hospitalar no HCM com nome do HGSMacamo e vice-versa, assim como médicos com batas de um hospital a prestar servicos noutro. SEJAMOS HUMILDES e nao incredules, hipocritas e gananciosos. Nao falei isso pra ofender mas para reflectirmos antes sobre nossas atitudes e acções.
Ivan Maússe Caro Nhanala fazer uma análise como essa é falta de humildade? É igualmente ser ambicioso, ganancioso, perturbado mental, etc.?

Sinceramente, a ser assim, não há espaço para debate. E mais, sem que te apercebesses, acabaste por cometer o "mesmo" erro com os demais comentadores a quem criticas.

Mas enfim, está no seu pleno direito de emitir opinião. Força!

Lucas Silvestre Mate Os últimos cometários só estão a exibir os vocábulos menos vulgares da Língua Portuguesa, e não o debate como tal! Ups! Quem sabe eu também comece a ler muito o dicionário (apesar de que só se consulta), é exactamente por isso que há vezes em que não "entendemos" o que os nossos políticos falam. Desculpem se "falei" de mais.
Ivan Maússe Hehehe nem mais, Lucas. Subscrevo!
Lucas Silvestre Mate Ivan, os moçambicanos animam mano.
Ivan Maússe Muito até! 😂
Helio Nhanala Caro Ivan Maússe entendo a sua critica irei reflectir, mas me parece que a certeza que depositas nas suas convicções e sobretudo na "analise" em debate nao ti permite reflectir na possibilidade do erro. Ha tanta certeza que me parece estar a lidar com sabiológos. Imensas Desculpas senhores
Ivan Maússe Vamos trabalhar, ilustre Nhanala.

Sem comentários:

Windows Live Messenger + Facebook