quinta-feira, 30 de junho de 2016

Homens armados matam dirigentes da Frelimo no centro de Moçambique

Dois dirigentes da Frelimo foram mortos e outras 20 pessoas contraíram ferimentos em três ataques armados atribuídos a homens armados da Renamo em Manica, centro de Moçambique, disse hoje à Lusa a polícia moçambicana.

© Lusa
MUNDO POLÍCIAHÁ 3 HORASPOR LUSA
Leonardo Colher, chefe das relações públicas do comando da Polícia de Manica, disse que um secretário da Frente de Libertação de Moçambique (Frelimo, governamental), em Muchenhedzi, no posto administrativo de Dacata (distrito de Mossurize), foi morto a tiro na sua residência por quatro homens armados.
PUB
Um segundo dirigente do partido no poder em Nhampassa foi retirado de um autocarro, que circulava fora da escolta militar obrigatória de viaturas na estrada Nacional 7 (N7), no distrito de Barué, e foi morto a tiro "à frente dos passageiros" por três homens armados, que depois mandaram seguir o veículo.
"Os dois homicídios qualificados ocorreram a 22 de junho, e pelo 'modus operandi', temos fortes suspeitas de que se trata de homens armados da Renamo [Resistência Nacional Moçambicana]", referiu Leonardo Colher, assegurando que todos os serviços de informações policiais foram acionados para capturar os suspeitos e que já foram instaurados os respetivos processos-crime.
Num outro desenvolvimento, a mesma fonte disse que outras 20 pessoas contraíram ferimentos, oito das quais com gravidade esta semana, durante uma emboscada a uma viatura na coluna escoltadas pelo exército ao longo da N7.
"Quando a coluna fazia o sentido Barué-Vanduzi, os homens armados da Renamo efetuaram vários disparos, tendo dois projéteis atingido a condutor de uma viatura de transporte de passageiros no braço e na perna, o que fez com que a viatura se despistasse e capotasse", explicou Leonardo Colher.
O chefe de relações públicas da polícia afirmou que, desde a introdução das escoltas, não houve mais situações de incêndios de viaturas ao longo da N7, um dos motivos para a introdução das proteções militares no troço entre Vanduzi (província de Manica) e Changara (Tete) no início do mês.
Entre 01 e 07 de junho, pelo menos 12 camiões de transportes de carga, incluindo camiões-tanque, a maioria proveniente do Malaui, foram incendiados ao longo da N7 em ataques atribuídos pelas autoridades a homens armados da Renamo no distrito de Barué, o que levou o Governo de Lilongwe a ponderar a recomendação de os seus cidadãos usarem estradas moçambicanas.
Antes da estrada N7, a circulação já era feita com escolta militar em dois troços da N1, na província de Sofala, devido a ataques atribuídos aos homens armados da Renamo.
Moçambique tem conhecido um agravamento dos confrontos entre as forças de defesa e segurança e o braço armado da Renamo, além de acusações mútuas de raptos e assassínios de militantes dos dois lados.
O principal partido de oposição recusa-se a aceitar os resultados das eleições gerais de 2014, ameaçando governar em seis províncias onde reivindica vitória no escrutínio
O Governo moçambicano e a Renamo retomaram em finais de maio as negociações em torno da crise política e militar em Moçambique, após o principal partido de oposição ter abandonado em finais de 2015 o diálogo com o executivo, alegando falta de progressos no processo negocial.
A GUERRA JÁ ESTA PERDIDA MAS OS GENERAIS DAS TROPAS DA FRELIMO CONTINUAM A MENTIR PARA GANHAR DINHEIRO
Na semana passada houve em Maputo uma reunião de balanço das operações militares contra as forças da Renamo durante primeiro semestre. Nesta reunião, dirigida pelo "comandante-em-chefe" das tropas da frelimo Filipe Nyusi, partiparam todos os comandantes províncias das FIR, comandantes das brigadas, dos batalhôes independentes, etc.
Os comandantes presentes nesta reunião reconheceram que no terreno estão a sofrer graves revés. As suas tropas estão a morrer em massa e há muitas desercões. Os comandantes também afirmaram que as suas tropas já não têm moral para continuar a combater as forças da Renamo.
O próprio Nyusi fui informado de uma forma franca nesta reunião que não pode esperar uma vitória militar porque os militares não estão a aguentar enfrentar as perdizes no campo de batalha.
Então, o comandante do ramo do exército recentemente nomeado, o medroso tenente general Lázaro Henriques Minete, tentou encorajar os comandantes aí presentes dizendo que já estavam quase para capturar ou matar o líder da Renamo na serra da Gorongoza; só que muitos comandantes presentes na reunião chamaram o Minete de "maluco e doido" e perguntaram lhe se conhecia com exactidão onde se encontra Afonso Dhlakama e o Minete, envergonhado e embaraçado, apenas limitou se a responder que está na Gorongoza e com os bombardeamentos que estão a ser feitos Dhlakama irá descer a correr da montanha e será capturado. Depois de dizer essas palavras, o Minete foi vaiado pelos comandantes presentes na reunião. Isto aconteceu na semana no estado maior do exército em Maputo.
Esta é a desorientação que vive o exército da frelimo neste momento. Os generais da frelimo já sabem que a guerra há muito que está perdida só que agora todos eles mentem para continuar a receber os chorudos bónus e mordomias (um general recebe 500.000 meticais de "bónus" quando é enviado para uma missão mas engana a sua chefia e não entra no mato fica nas vilas sedes a viver a grande e à francesa com miudinhas e comandam as tropas por celular ou rádio). Os generais mentem para o Nyusi dizendo que tudo está bom no terreno e por sua vez os comandantes que estão no terreno mentem para os generais dizendo tudo está sob controlo no terreno. Tudo isto por causa do dinheiro. Quem mentir para o seu chefe recebe dinheiro de bónus e quem não mentir não ganha este dinheiro.
Outra paranóia dos militares da frelimo é que alguém acha que usando armas pesadas é possível "arrasar a serra da Gorongoza" e desalojar as perdizes junto do seu lider mas a única arma capaz de destruir 60.000 quilómetros quadrados (a superfície da serra) é uma bomba atómica com dezenas de megatons, o que é impossível em África.
Samora Machel já tentou "derreter" a serra da Gorongoza em 1979, usando de forma simultânea 13 sistemas BM-21 "Katiusha", de 40 canos e bombardeou a montanha durante 3 dias e 3 noites mas quando as suas tropas tentaram escalar, sofreram mil baixas fatais e o comandante da operação, o famoso general Sebastião Mabote, fugiu em debandada.
Unay Cambuma
BREAKING NEWS!
TROPAS DA FRELIMO JUNTO DOS ALIADOS TRUCIDADOS EM GORONGOSA DURANTE A NOITE DE ONTEM!
Depois de todos Moçambicanos tomaram conhecimento das grandes ofensivas que lamentávelmente estão culminando com bombardeamentos cegos a serra da gorongosa protagonizados pelas tropas da Frelimo aliados a mercenários estrangeiros contra Afonso Dhlakama desde Março, Abril que veio a intensificar se em Maio até o mês em curso resultou em grandes desastres de grandes proporções por lado dos invasores. De salientar que os comandos das forças revolucionária ainda estão em contra ataque, isto é, ainda não responderam as provocações do regime mas o massacre esta sendo inevitável. Os escombros dos camiões, BTR ainda encontram se no terreno dos conflitos e os corpos ainda jazem nas matas. Segundo informações em nosso poder, vários tipos de armazenamento de grande calibre foram recolhidos sem nenhum esforço durante as debandadas por parte dos invasores.
As imformações avançadas por um oficial Ranger fontes indicam que ontem quarta feira, 29/6/16, as tropas conjuntas das fadm, fir e vários mercenários estrangeiros Chineses, Vietnamitas, Angolanos, Tanzanianos e Zimbabianos que estavam acampados numa das posições em gorongosa foram massacrados na noite daquele fatídica dia 29/6/16. Em 30 minutos de combate à curta distância dentro do perímetro da base foram abatidos vários militares grande parte dos quais super comandos de elite e vários ficaram perdidos nas matas e cujos cadaveres não foram achados (e contabilizados) de imediato. Houve incontáveis feridos graves e várias desercões. Na noite anterior as tropas conjuntas morreram como ratos e segundo o oficial Ranger, os guardas de Afonso Dhlakama passavam a pisar os vários corpos espalhados para abrir caminho. Até hoje existem vários cadaveres abandonados em vários locais.
Para acolmatar os desmandos, os comandos das Forças Revolucionárias ainda continuam nos arredores a proceder com as patrulhas, acrescentaram ainda igualmente que esforços estão em curso para a neutralização dos piriquitos perdidos nas matas durante as debandadas.
Os comandos das forças revolucionárias comunicam os comandos tropas da frelimo que durante aquele periodo da recolha dos cadáveres, por imperativos de segurança como sempre, não haverá tolerância para quem dirigir se ao local munido de armas!
Nitafa Hi Nomo.
30 de Junho de 2016.
.
LikeShow more reactions
Comment
Comments
Nitafa Nitafa Nomo A vitória é certa!
LikeReply11 hr
Thonice Nsimbi Ayigoveki Sitoe Força Renger. ..periquito merece ir a xcola ñ ir no lugar errado como gorongoza
LikeReply11 hr
Angelo Francisco Suraje Suraje Bom. Bom bom. ..
LikeReply1 hr
Bob Lee Swager Avança não recua a renamo está sempre a subir. A VICTÓRIA é nossa.
LikeReply1 hr
Mangane Mangane Não tenho previsão mas será declarado mozrangers em troca piriquita frela
LikeReply1 hr
Edmo Cussaia Valeu a porrada
LikeReply1 hr
Nitafa Nitafa Nomo Dlhakama vai proclamar a sua segunda independência nacional!
LikeReply11 hr
Mwanamambo Marcelo forca meus HOMENS,bom trabalho.
LikeReply59 mins
Neto Orlando Buramuge escuto ta copiado kem não petisca arisca, força nós tamos contigo papa Dhlakama
LikeReply52 mins
Pedro Casimiro Mussa Eu acredito desse especial exercito brilhante da nossa Renamo eu amo esses soldados adoro a eles viva
LikeReply150 mins
Satelite de Mocambique Força turbo aos Rangers! Viva e viva a Resistencia! Viva e viva papá Dlhakama
LikeReply149 mins
Xivezara Chombo NÁO QUEREM OUVIR
LikeReply45 mins
Inacio Macamo Eu so xtou esperando dia 1 pork d 24para 30 ja xegamos apenas falta horas e disermos akeles k se axavam d curandeiros bons e elites estrangeiros bons xumbarao olider sempre e nuca vai mudar lideranca
LikeReply35 mins
Jah Warrowarro vão morrendo. estamos fartos destes
LikeReply34 mins
Carlitos Jose Forca rangers
LikeReply132 mins
Angandimasso Alface Luís Oh Deus dizer oquê, esses kit tão a morrer tipo ratos pedem pelo aceitam ir a Gorongoza caçar Líder bem formado militarmente, tão ai curandeiros a sofrer em vão pensam oque malandros de frelimo
LikeReply17 mins
Leal Alfredo Jose Quando havera a paz dpois d tantas promessas ilustres,?
LikeReply12 mins
LikeReply11 mins
Comments
Tomas Humbe O mabote fugiu em debandada.
Like13 hrs
Samussone Luis A serra é grande
Like3 hrs
Simone Tazondiwa Enganam-se!
Like3 hrs
Manjur Manuel Gelo Kkkkkkkkkkk
Like2 hrs
Magid Samalis Palhaço
Like2 hrs
Sergio Licova Hoje os homens da renamo quase matavam um dos nossos pastores. Ele não eh militar e no carro que vem não tem militares.
Like12 hrs
Elias Luis Alfandega Alfandega Ele é espiao nem ia faser oquê la.
Like22 hrs
Sergio Licova Elias Luis Alfandega Alfandega O senhor nao sabe o que esta a falar.
Like2 hrs
Julius Hambane Os landraos gosta muito da vingasa porke ganhou opurnidade de roumbar aos pombre do nosso pais
Like2 hrs
Sergio Licova Realmente eh triste. Nao sabemos o que eh melhor para nos. Por um lado são dividas que nao temos como nao pagar e por outro levamos tiros.
Like12 hrs
Armando Tomas Fernando Fernando Brincadeira de mau gosto termina mal,
Like22 hrs
Marcos Jaime Esses pirikitos estao a morrerem mesmo.. Forca rangers
Like12 hrs
Like2 hrs
Valeriano Saide Porque assim pah
Like2 hrs
Sintyo Pembelane a ser verdade vc é muito informado pah kkkkkkk gramei dessa o general sebastião mabote fugiu em debanda.
Like2 hrs
Delmar Bazima Falta o quê pra aceitarem a derrota? Eu sou um viajante e vejo com os meu próprio olhos q a tropa da frelimo tá a cabar...
Like12 hrs
Jeremias Macamo Unay Cambuma.
Like2 hrs
Like2 hrs
NicriSs Manejo Jr. Ai xta os generais recebem bonus qndo são escalados pra o terreno e os cuitadinhos miudos filhos de pobre nenhum Centavo d Mt pelo menos da divida pública k tds xtamos pagando.
Like2 hrs
Sérgio Sitoe O povo está contgo
Like52 hrs
Manex Mix G triste
Like2 hrs
Esmail Alberto Juma Este nao ovem e stao a morre so por um maladro k mao kere sair no puder bandido abicioso ladrao
Like2 hrs
Angandimasso Alface Luís Os filhos dos pobres tão sendo enganados pelo feijão e droguinhas k são alimentados!!?
Like1 hr
Fausto Quinhas Lamentar...essas vidas...
Like1 hr
James Khumba SE O CABRITO COME ONDE ESTÁ A
Like1 hr
Amancio Guambe Hummm!!!
Like1 hr
Edy Rafael Paulo Será que acontece mesmo? Se assim for é muito triste.
Like21 hr
James Khumba SE I CABRITO COME ONDE ESTÁ AMARRADO TAMBEM TENDE MORRER ONDE ESTIVER A COMER.......ALIÁS OS SOLDADOS DA FRELIMO SAO ESTUPIDOS PORQUE NUNCA É DEMAIS SOFRER PARA UM PAÍS JA INDEPENDENTE JA EM PAZ JA DEMOCRATICO E O MANDANTE NAO SE ENCONTRA PRESENT....ENCONTRA NOUTROS PAÍSES CURTINDO OU EM MAPUTO CELEBRANDO....SE O AFONSO DHLAKAMA TA NO MATO PORQUE NYUSE NAO O PERSEGUE LÁ PRA ALEM DE ENVIAR ESCRAVOS DELE. VOCES TAMBEM SOLDADOS PORQUE ACEITAM SEREM ESCRAVISADOS ATÉ ESTE MOMENTO. ..OKAY CONTINUEM MORENDO E AS VOSSAS ALMAS DESCANCEM EM PAZ. ...SO INRESPONSSAVEIS

.
Like31 hr
Satelite de Mocambique Ainda é pouco, quem quiser mal brincar mal se dará, ja foi dito e repetido por varias vezes, Dlhakama é o homem mais forte de Moçambique! Até o Samora Radical Machel, tentou e tentou e ja esta em cinzas sem conseguir. Quem é o Nyusi? Piriquito!
Like11 hr
Macoça Dlhakama kkkkkkkk que piriquitos meu irmao, estao dor de cabeça a renamo as fds
Matias Coelho TA MAL
Mangane Mangane Unay meu herói general tamos num apocalipse da infantilidade frela
Raul Novinte Falta de aplicação da carta para os Filipenses 2:1-4
Like151 mins
Jamal Machane Unay melhor informador do povo.
Yasin Whang Jorge uque e isso meu deus!!!!!!!ja estamos a viver apocalipse mesmo
Pedro Casimiro Mussa Kem nao si aliar na Renamo agora é com ele unico partido k vai ficar com fama
Joao Jone Jone Sucesso rangers....

Sem comentários:

Windows Live Messenger + Facebook