quinta-feira, 2 de junho de 2016

Hillary Clinton qualifica Trump como “impróprio” para a Casa Branca

HILLARY CLINTON


1
Hillary Clinton acusou esta quinta-feira Donald Trump, o seu rival republicano na corrida, de defender uma perigosa e incoerente política externa, qualificando-o como "impróprio" para o cargo.
JUSTIN LANE/EPA
A candidata democrata às eleições presidenciais dos Estados Unidos Hillary Clinton acusou esta quinta-feira Donald Trump, o seu rival republicano na corrida, de defender uma perigosa e incoerente política externa, qualificando-o como “impróprio” para o cargo.
“Tem um temperamento impróprio para estar num gabinete que requer conhecimento, estabilidade e imensa responsabilidade”, afirmou Hillary Clinton, que ainda disputa com Bernie Sanders a nomeação democrata para a candidatura à Casa Branca.
“É uma pessoa que nunca deve ter os códigos nucleares”, disse.
Os norte-americanos escolhem a 08 de novembro o substituto do Presidente Barack Obama.
A ex-secretária de Estado norte-americana, que poderá vir a ser a primeira mulher presidente dos Estados Unidos em 238 anos de história, ridicularizou Trump por apoiar tiranos e aliados incómodos, na tentativa de mostrar a sua compreensão dos assuntos mundiais.
“Mesmo que não estivesse nesta corrida, estaria a fazer tudo para me certificar que Donald Trump nunca se tornaria presidente, porque, acredito, poderá levar o país para um caminho verdadeiramente perigoso”, afirmou Hillary Clinton, durante uma sessão pública em San Diego, Califórnia.
Hillary Clinton afirmou esperar que os “psiquiatras expliquem a afeição por tiranos”, referindo-se aos elogios de Donald Trump ao chefe de Estado russo, Vladimir Putin, e o líder norte-coreano, Kim Jong-un.

Sem comentários:

Windows Live Messenger + Facebook