sábado, 7 de maio de 2016

Sócrates ao lado de Costa para inaugurar hoje o Túnel do Marão

Antigo primeiro-ministro aceitou o convite para estar presente na cerimónia de inauguração do projeto que foi lançado em 2009, durante o seu primeiro mandato.

© Global Imagens
PAÍS VILA REALHÁ 1 HORAPOR PATRÍCIA MARTINS CARVALHO
Sete anos depois de lançada a primeira pedra, o Túnel do Marão é finalmente inaugurado. Pelo meio contam-se três paragens nos trabalhos e 398 milhões de euros investidos – 89,9 milhões oriundos de fundos comunitários.
PUB
A inauguração da Autoestrada do Marão, que tem 30 quilómetros, um túnel de 5,6 quilómetros e 12 viadutos, acontece este sábado e está envolta em polémica.
António Costa, o primeiro-ministro, convidou José Sócrates e Pedro Passos Coelho para estarem presentes na cerimónia de inauguração e as respostas não poderiam ter sido mais diferentes.
José Sócrates, um dos arguidos da chamada Operação Marquês, aceitou o convite do primeiro-ministro, naquela que é, pelo menos conhecida, a segunda vez que os dois nomes fortes do PS se encontram desde que Costa é líder do PS.
A última vez, recorde-se, havia sido em dezembro de 2014, quando António Costa visitou o antigo primeiro-ministro no Estabelecimento Prisional de Évora onde este cumpria prisão preventiva.
Por seu lado, Pedro Passos Coelho declinou o convite, garantindo que, mesmo que fosse o Chefe do Executivo, não estaria presente na cerimónia, fazendo-se representar pelo ministro da Economia.
“Creio que o túnel do Marão é uma obra bastante consensual em Portugal. Não vale a pena reclamar louros sobre ela. Mesmo que eu fosse primeiro-ministro, coisa que hoje não sou, e a obra fosse inaugurada amanhã, eu não estaria lá”, afirmou, na sexta-feira, o líder do PSD, lembrando que “nunca” esteve presente numa obra de inauguração durante o seu mandado enquanto Chefe do Executivo.
“Nem de estradas, nem de autoestradas, nem de pontes, nem de coisa nenhuma. Estaria lá com certeza o senhor ministro da Economia em representação do Governo”, rematou.

Sem comentários:

Windows Live Messenger + Facebook