quarta-feira, 11 de maio de 2016

Rapariga filma suicídio em direto na internet

França

Foto: Arquivo/Global Imagens

Paulo Lourenço e Manuel Molinos11 Maio 2016 às 23:06



Uma jovem francesa de 19 anos cometeu suicídio, segunda-feira, em França e filmou tudo ao vivo através do Periscope, um aplicativo de difusão instantânea de vídeos muito popular na Internet, mas que já provocou várias polémicas.

As autoridades francesas anunciaram esta quarta-feira terem aberto uma investigação para determinar as circunstâncias do suicídio, ocorrido em Egly, um bairro dos subúrbios ao sul de Paris. A jovem atirou-se de uma ponte para a linha do comboio.

A jovem terá enviado uma mensagem a um amigo do seu ex-namorado, a quem acusava de "agressões e uma violação", revelou o promotor, Eric Lallement. Segundo amigos próximos da vítima, esta era conhecida "por um perfil psicológico frágil".

O mesmo responsável adianta que o ex-namorado será ouvido no quadro da investigação e que, a confirmar-se a violação e as agressões, a "investigação será reorientada" noutro sentido. Para já, as autoridades estão a analisar minuciosamente o vídeo.

O caso foi denunciado na hora por um utilizador do Periscope, que terá informado a polícia do que se estava a passar, mas os agentes já não conseguiram chegar a tempo de evitar o desfecho fatal.

O vídeo foi entretanto retirado do Periscope, mas um trecho anterior ao suicídio ficou ainda disponível.

O suicídio foi igualmente filmado por câmaras de videovigilância da estação ferroviária de Egly. O telemóvel foi recuperado pela polícia.

No vídeo, a rapariga está sentada num sofá, a fumar um cigarro, e diz que as imagens não pretendem criar buzz, mas sim provocar a reação das pessoas, "nada mais".


Sem comentários:

Windows Live Messenger + Facebook