segunda-feira, 9 de maio de 2016

O túnel do reencontro tímido que nenhuma objetiva conseguiu captar

Em dia de inauguração, dezenas de milhares de veículos atravessaram o maior túnel rodoviário da Península Ibérica. Atravessar o Marão é agora mais fácil e rápido.

© DR
PAÍS INFRAESTRUTURAHÁ 1 HORAPOR GORETI PERA
Passos Coelho não quis estar presente – e disse mesmo que não o faria se fosse primeiro-ministro – mas José Sócrates aceitou o convite de António Costa. Este fim de semana ficou marcado pela inauguração do Túnel do Marão, a obra pública de maior envergadura a ficar pronta nos últimos anos.
PUB
O dia era histórico também pelo reencontro entre o atual e o antigo primeiro-ministro, outrora próximos. Para a história não ficou, porém, essa memória visual. Embora Costa e Sócrates se tenham cruzado no evento, tendo chegado a cumprimentar-se por duas vezes, conta quem lá esteve, não há qualquer registo fotográfico a documentar esses momentos.
Mas voltemos ao túnel. A primeira pedra foi colocada em 2009. Mas só sete anos volvidos a obra viria a ficar concluída, aproximando os transmontanos do Litoral através de um túnel com uma extensão de 5,6 quilómetros.
A infraestrutura custou 398 milhões de euros e contou com um apoio comunitário de 89,9 milhões de euros. O investimento é agora compensado pelas portagens, cujo custo vai dos 1,95 euros para veículos de classe 1 aos 4,90 para veículos de classe 4.
Foi precisamente para esse custo que o ministro do Planeamento e das Infraestruturas pediu a compreensão dos portugueses. Pedro Marques atravessou o Túnel do Marão no dia de inauguração, à boleia numa antiga Renault 4L, conduzida pelo presidente da Câmara de Vila Real, Rui Santos.
Assim se celebrou a concretização de uma obra que “os transmontanos já mereciam”, nas palavras de José Sócrates, primeiro-ministro a quem se deve a projeção da infraestrutura cuja construção esteve interrompida durante quatro anos.
“Hoje é um dia histórico para o país”, congratulou-se, a 7 de maio de 2016, o primeiro-ministro socialista António Costa. O túnel que viria a abrir à meia-noite de domingo foi atravessado, nas primeiras 24 horas, por 17.800 veículos.

Sem comentários:

Windows Live Messenger + Facebook