quarta-feira, 18 de maio de 2016

Juros da dívida de Moçambique batem recorde de 17,4% com alerta de 'default'

As taxas de juro exigidas pelos investidores nos títulos de dívida soberana de Moçambique bateram hoje o recorde de 17%, depois de o Governo alertar para a possibilidade de um 'default' já na próxima semana.
A taxa de juro da dívida soberana moçambicana estava esta tarde nos 17,41%, tendo subido 177 pontos base, de acordo com a agência de notícias financeira Bloomberg.
A subida da taxa de juro que os investidores cobram para transacionar os títulos de dívida, no valor de cerca de 726 milhões de dólares - que resultaram de uma troca de obrigações da Empresa Moçambicana de Atum, no mês passado - representa uma subida de 70% do custo face aos juros de 10,5% inicialmente acordados.
Hoje, o ministro da Economia e Finanças de Moçambique alertou para a possibilidade de incumprimento numa prestação do empréstimo da Mozambique Assets Management (MAM), empresa beneficiada com créditos garantidos pelo Estado moçambicano à revelia das contas públicas, já na próxima semana.
"Segundo a empresa, neste momento [a MAM] está a negociar para reestruturar porque ainda não tem receitas suficientes para pagar" o valor de 178 milhões de dólares (158 milhões de euros) da primeira prestação, afirmou Adriano Maleiane aos deputados na Assembleia da República.

"Seria difícil irmos buscar dinheiro do orçamento para pagar a dívida", admitiu Maleiane, dando conta de que o Governo está satisfeito com o esforço da empresa e que as negociações com os credores "estão a correr bem".
A dívida pública de Moçambique ultrapassa os 11,6 mil milhões de dólares, dos quais 9,85 mil milhões são em moeda estrangeira, disse o ministro aos deputados, na primeira explicação oficial desde que o país assumiu que tinha mais de 1,4 mil milhões de dólares de dívida escondida e que está fora das contas públicas.
As contas públicas moçambicanas ficaram significativamente pressionadas com a divulgação destes empréstimos, e a Fitch estimou que a dívida estava nos 83% do PIB em 2015, enquanto a Moody's apontou que o peso do serviço da dívida subiu 250 milhões de dólares por ano só com a inclusão dos empréstimos à Proindicus e à MAM.
A crise da dívida em Moçambique surge na sequência de uma desvalorização de 35% do metical e de uma queda de 25% das reservas externas do país no ano passado, com a inflação a subir para 17,3% em Abril e o crescimento económico previsto para este ano a ser revisto para 6%, o valor mais baixo deste milénio, segundo o FMI.
MBA (HB/PMA) // EL
Lusa – 18.05.2016

Economista-chefe da Coface: Moçambique dificilmente evitará pedir ajuda ao FMI

O economista-chefe da seguradora Coface considerou hoje que Moçambique "dificilmente conseguirá evitar" pedir ajuda ao Fundo Monetário Internacional, e acrescentou que o país tem o risco de crédito soberano mais alto entre os países lusófonos.
"Será muito, muito difícil para Moçambique evitar pedir ajuda ao FMI porque estão aqui reunidas todas as componentes clássicas de uma crise de um país emergente em termos de risco soberano", disse Julien Marcilly, em declarações à Lusa hoje em Lisboa.
O risco soberano de Moçambique é o mais elevado entre os países lusófonos, essencialmente devido à política orçamental folgada, à queda do preço das matérias-primas e à depreciação do metical, acrescentou.
"O risco soberano de Moçambique é o mais elevado de todos os países lusófonos porque, à semelhança do que acontece com vários países africanos, a dívida pública subiu significativamente nos últimos anos, disse Julien Marcilly.
Para o economista chefe da Coface, uma empresa especializada em seguros de risco para as exportações, existem três razões principais para Moçambique suplantar o Brasil na lista dos países com mais risco soberano: "Em primeiro lugar, teve uma política orçamental muito expansionista, nomeadamente com o forte aumento dos salários dos funcionários públicos, e depois sofreu com o preço das matérias-primas, que caíram bastante nos últimos meses e prejudicaram muitos países em África".

O economista chefe da Coface aponta ainda uma terceira razão para a debilidade do crédito soberano moçambicano, que tem a ver com a desvalorização do metical face ao dólar.
"Menos falado, mas também muito importante, é a depreciação da moeda, que prejudica muito a dívida pública, porque uma grande parte da dívida é denominada em moeda estrangeira", o que significa que a simples perda de valor do metical aumenta, na prática, o montante em dívida.
Moçambique reconheceu recentemente dívidas ocultadas no valor de mais de 1,4 mil milhões de dólares, o que originou uma série de reacções das instituições financeiras internacionais, incluindo a suspensão de ajuda financeira e orçamental por parte dos doadores e o travão no pagamento da segunda parcela de um empréstimo de 282,9 milhões de dólares acordado com o Fundo Monetário Internacional no final do ano passado.
Hoje mesmo o ministro da Economia e Finanças de Moçambique assumiu que a Mozambique Assets Management (MAM), empresa beneficiada com créditos garantidos pelo Estado à revelia das contas públicas, está sem dinheiro para pagar a primeira prestação, até 23 de Maio, e procura reestruturar a dívida para evitar um incumprimento.
"Segundo a empresa, neste momento [a MAM] está a negociar para reestruturar porque ainda não tem receitas suficientes para pagar" o valor de 178 milhões de dólares (158 milhões de euros) da primeira prestação, afirmou hoje Adriano Maleiane na Assembleia da República.
"Tudo combinado, o país está numa situação muito complicada", concluiu o economista-chefe da Coface à Lusa.
MBA (HB/PMA) // EL
Lusa – 18.05.2016
Custo de vida volta a aumentar em Moçambique; divisas escasseiam porque são canalizadas para o pagamento da dívida pública externa
PDF
Versão para impressão
Enviar por E-mail

Tema de Fundo - Tema de Fundo
Escrito por Adérito Caldeira  em 17 Maio 2016
Share/Save/Bookmark
O custo de vida voltou a aumentar, oficialmente em mais 2,23%, devido ao agravamento principalmente do preço dos alimentos que o nosso país importa. A comida lá fora não ficou mais cara, são é necessários mais meticais para comprar a mesma quantidade de divisas que escasseiam. Só em Abril o Banco de Moçambique(BM) teve que despender 39,7 milhões de dólares norte-americanos das suas Reservas Internacionais Líquidas (RIL) para amortizar o serviço da dívida pública externa que, segundo o Governo, até ao final de 2015 era de 9,89 biliões de dólares norte-americanos. A instituição dirigida por Ernesto Gove, que continua a ignorar os empréstimos ilegalmente avalizados pelo Estado na sua análise da economia nacional, não indica que dívidas foram amortizadas mas é pouco provável que sejam da EMATUM ou da Proindicus cuja soma das prestações a pagar só no mês passado rondariam os 190 milhões de dólares norte-americanos.
Na passada sexta-feira(13) o Comité de Política Monetária(CPMO) do BM reuniu e deliberou manter alto o custo do acesso ao dinheiro nos bancos comerciais. “Reforçar a intervenção nos mercados interbancários de modo a garantir que o saldo da Base Monetária para Maio de 2016 esteja em linha com a previsão de 69.507 milhões; Manter a taxa de juro da Facilidade Permanente de Cedência de Liquidez em 12,75%; Manter a taxa de juro da Facilidade Permanente de Depósitos em 5,75% e Manter o Coeficiente de Reservas Obrigatórias em 10,5%, para os passivos em moeda nacional, e em 15%, para os passivos em moeda estrangeira (com efeitos a partir do período de constituição de 7 de Junho de 2016)”, indica um comunicado do Banco Central recebido pelo @Verdade.
Uma medida que vai continuar a retrair o investimento nacional e a originar a perda de mais postos de trabalho, como mostra o indicador de clima económico que se continua a deteriorar.
A instituição dirigida por Ernesto Gove, que afirmou que os mais de 2 biliões de dólares norte-americanos de empréstimos avalizados pelo Estado não entraram nos seus cofres, voltou a ignorar o impacto dessas dívidas - contraídas secretamente pelas estatais Empresa Moçambicana de Atum (EMATUM), Proindicus e Mozambique Asset Management (MAM) e avalizadas pelo Estado violando a Constituição da República assim como a Lei Orçamental – na economia nacional.
No entanto o Banco Central revelou no seu comunicado que as Reservas Internacionais Líquidas diminuíram, em Abril, para apenas 1,7 biliões de dólares norte-americanos devido as vendas líquidas de divisas no Mercado Cambial Interbancário, as transferências líquidas dos bancos comerciais e também a “amortização do serviço da dívida pública externa no montante de 39,7 milhões de dólares norte-americanos”.
O BM não especifica no seu informe que dívida externa foi amortizada.
Sabemos agora que o “valor global da dívida pública, incluindo garantias emitidas pelo Governo e dívidas contraídas pelo Banco de Moçambique para financiamento à Balança de pagamentos, reportada à 31 de Dezembro de 2015 é de 11,64 biliões de dólares norte-americanos . Deste montante, 9.89 biliões correspondem a dívida externa, incluindo 247 milhões do Banco de Moçambique”, precisou a 28 de Abril o primeiro-ministro, Carlos Agostinho do Rosário.
Na sequência da renegociação dos empréstimos da EMATUM, que o Governo de Filipe Nyusi assumiu como dívida soberana, portando acresce a dívida pública externa, Moçambique deveria pagar aos investidores dos títulos dessas dívidas, por esta altura, 112 milhões de dólares norte-americanos, refere a publicação especializada em economia ZITAMAR NEWS que não conseguiu apurar se algum pagamento foi efectuado.
A mesma publicação económica indica que a Proindicus SA, que contraiu em 2013 empréstimos, ilegalmente avalizados pelo Governo de Armando Guebuza, no valor de 622 milhões de dólares norte-americanos, deveria ter pago em Abril cerca de 80 milhões de dólares norte-americanos aos seus credores e durante o mês de Maio deverá pagar uma outra prestação no valor de 24 milhões de dólares norte-americanos.
Ainda de acordo com a ZITAMAR NEWS durante este mês de Maio a empresa estatal MAM, que em 2014 endividou-se com aval ilegal do Estado em 535 milhões de dólares norte-americanos, deverá pagar uma prestação de 134 milhões de dólares norte-americanos aos seus credores.
Alimentos aumentaram mais de 30% num ano
Entretanto “dados recolhidos nas cidades de Maputo, Beira e Nampula, indicam que o País registou, face ao mês anterior, uma subida do nível geral de preços, na ordem de 2,23%”, refere o Índice de Preços no Consumidor(IPC) do Instituto Nacional de Estatística(INE), referente ao mês de Abril do corrente ano, que constata ainda que contribuíram para este aumento o agravamento do custo de produtos alimentares, alguns dos quais Moçambique é importador.
Gráfico do Instituto Nacional de Estatísticas“Desagregando a inflação mensal por produto, é de destacar o aumento dos preços do tomate (22,4%), da cebola (25,7%), do arroz (5,3%), da farinha de milho (5,7%), da farinha de mandioca (12,5%), do feijão manteiga (5,7%), e da batata-reno (11,7%)”, indica o comunicado de imprensa do INE mostrando ainda nenhum impacto da decisão do Governo de reduzir os preços de referência na importação de produtos frescos, por exemplo o preço de referência de importação do tomate baixou 44,4%, da batata baixou 42,3% e o da cebola desceu 24%.
Este agravamento do custo de vida aconteceu no mês em que os moçambicanos que têm um emprego formal foram informados que os seus salários iriam aumentar apenas entre 4% e 14% enquanto a inflação acumulada só desde Janeiro atingiu os 8,71%. “Relativamente a igual período de 2015, o País registou um aumento de preços na ordem de 17,29%. A divisão de alimentação e bebidas não alcoólicas foi a de maior agravamento de preços com cerca de 30,10%”, pode-se ler do comunicado do INE que estamos a citar.
É interessante notar que embora o Executivo de Nyusi responsabilize a guerra pelo agravamento do custo de vida o INE apurou que a cidade de Maputo, que se abastece fundamentalmente na vizinha África do Sul, foi a que mais influenciou a tendência crescente da inflação, “tendo contribuído com cerca de 0,99pp positivos”, enquanto as cidades de Nampula e Beira, que deveriam ser as mais afectadas pelo conflito “comparticiparam com 0,82pp e 0,42pp positivos, respectivamente”.
Gastamos muito a importar comida mas gasta-se muito mais na importação de combustíveis
Um outro discurso do Governo tem a ver com o facto dos moçambicanos produzirem menos alimentos do que aqueles que precisam para a sua dieta, uma situação que sempre existiu desde que o partido Frelimo assumiu os destinos do país em 1975.
A falácia é de que o custo da importação de alimentos está a pesar nas Reservas Internacionais Líquidas porém o comunicado do CPMO do Banco de Moçambique revela que Moçambique gastou 37,6 milhões de dólares norte-americanos para custear despesas de combustíveis mas apenas 17,9 milhões de dólares norte-americanos na importação de bens alimentares de primeira necessidade e medicamentos.
Recorde-se que apesar da baixa internacional dos preços do petróleo os preços dos combustíveis no nosso país não são ajustados desde 2011 (na altura o preço do barril de referência da Organização dos Países Exportadores de Petróleo esteve cotado a 150 dólares mas agora situa-se nos 47 dólares) e vários estudos, inclusive do Fundo Monetário Internacional, indicam que o subsídio às gasolineiras não beneficia ao povo.
A maioria dos moçambicanos não tem viatura nem se desloca de automóvel. O Executivo, e os seus membros, é que são os maiores proprietários de viaturas em Moçambique.
A DÍVIDA É DELES. A DÍVIDA É DE ALGUNS DA FRELIMO. QUE PAGUEM SOZINHOS.
|
Pedro Criston Zulu, Castelo Manuel Machona Machona, Sousa Guicomes Damas Damas e 683 outras pessoas gostam disto.
Comentários
Milton Joao Mfumo
Milton Joao Mfumo Nao coremos risco de vivermos na base dos mesmos salarios baixos num periodo d muito dempo porcausa da mesma divida contraida pela frelimo pra os seus fins pessoais? Como se nao baxtasse quando ficao asaciados pelo mesmo dinheiro cada um q intede vai sai vai as cameras da t.v. goza com nosco falando coisas sem pé né cabeça. Como sabem né escola cm ensino de qualidada dao em moçambique esqueçem se q existem aqueles q deus os deu don de sabedoria de naiscensia.
Eliminar
Dioca Buzy Pensador
Dioca Buzy Pensador Eu acho ke essa divida o povo irà pagar directa ou indirectamente,vejam so: nos registos e notariados as tabelas anteriores aumentaram em mais de 50%!!!!!Até kdo mesmo??????????
Eliminar
Leovegildo Cossa
Leovegildo Cossa Mana ivone vamos trabalhar esses urubos estão a sufocar o povo, as dividas fizerão para o seu proprio benificio na hora d pagar o povo é que deve pagar, NEGATIVO NEGATIVO.
Eliminar
Armando Chilaule Chilaule
Armando Chilaule Chilaule Isso
Eliminar
Wizdomo Zongue
Wizdomo Zongue é verdad n pdms serms usado cmo instrumento
Eliminar
Carlos Pedro Ito
Carlos Pedro Ito vc nem m fale a vda sta carra desd q Guebatum entrou e saiu d poder. também essa política de governar mais de cinco anos ñ é bom pq acaba influenciando o dirigente a alguns erros. os produtos básicos subiram muito. açúcar tava 50 agora ta 65 colgate 30 pra 35... só alguns itens exemplos. E pra enganar o povo aumentaram o salário. eqt ñ é aumentr salario nara aqui. é tpo dar dois Passos pra frente e um pra trás. ... pena pq tudo termina aqui so n teoria nunca manifestamos e ninguém será responsabilizado
Eliminar
Aditos Nhambau
Aditos Nhambau Bem dito
Eliminar
Inocente Generetion
Inocente Generetion ate o governo & frelimo podem dizer ki o povo nao vai pagar so pra nos deixar de fazer barulho mas averdade eki o povo eki vai pagar
Eliminar
Arcenio Manguinhane
Arcenio Manguinhane A questao e que mecanismos estao sendo acionados para preciona los a pagar? Porque o qui vivemos e triste assassinar civis nos autocarros e pior do que pagar uma divida ilegal procurem outra forma de pressao do que metralhar o pacato cidadao que paga todas luxurias que voces vivem
Eliminar
Inocente Generetion
Inocente Generetion nos nao keremos isso deki o povo nao vai pagar porki tamos ser enganad. keremos justicia. keremos ver esses ladroes na cadeia so mas nada!
Eliminar
Richad Baptista Matabua
Richad Baptista Matabua todo nos vevemos pagar,para o bem de nos
Eliminar
Andradeartur Mukhambe
Andradeartur Mukhambe E verdade mesmo nos pobre estamos a viver mal enquanto a pessoa qui fiz tudo isso está viver numa boa ainda continua a comentar erro no estado afinal porque não lhe poi na cadeia ou penhorar tudo qui tem, ele fiz isso pra MC Roger agora será vez dele e a filha kkkkkkkk desculpá mas já falei
Eliminar
Vila Antonio
Vila Antonio Fofa
Eliminar
Lucas Chave
Lucas Chave Ha uma velho chamado Chipande disse no outro dia que a divida era soberana, isto é, todo povo terá que pagar da ladroagem, e já estamos a pagar mesmo!! ate para autenticar um documento subiu acima dos 100% de 5mts para 25mts.
Eliminar
Iris Maria Monteiro
Iris Maria Monteiro Quem e deles e com ele eu não pago dívida da ladroíce pilhagem
Eliminar
Custodio Orlando
Custodio Orlando quem me tragam atum primeiro
Eliminar
Matos Azevedo
Matos Azevedo Dr esta claro que a divida e deles.
Eliminar
Helder Vicente Abuchama Abuchama
Helder Vicente Abuchama Abuchama Problema k falta aqui em mocambique é união ainda nao somos povo bem unido.nós com povo bem unidos do rovuma ao maputo e do zumbo ao indico vamos vencer esses malandros,crumputos, mafios ladroes da frelimo. Meu povo ja chega sermos enganados vamos abril olhos levar a noxxa vida pra afrente.
Eliminar
Kestah Boss
Kestah Boss Linda foto
Eliminar
Jorge Antonio Calane Kito
Jorge Antonio Calane Kito Agora a pergunta que se segue é a seguinte Doctora Ivone; o que fazer para que tal divida não seja paga pelos moçambicanos, visto que ate o actual governo teme em assumir a tal divida? Ontem vimos um colaborador do nosso empregado(nyussi) de iniciática própria vir pedir desculpas ao povo ao FMI e credores internacionais, mais sem dizer se essas desculpas passam por ressarcir ao povo os danos causados ou ate mesmo o q faraó d modo que tais situações não voltem a acontecer no futuro. Doctora Ivone eu como moçambicano e com vontade de ver responsabilizados os que meteram o nosso pais nessa crise gostaria que vocês figuras politicas nacionais saissem dos FB para os becos ,ruas e avenidas e com A mais B fazerem o povo se revoltar com esses políticos ardinas.
Eliminar
Fernando Isaac
Fernando Isaac Dívidas ja estamos apagar purque tudo ja subiu. sem consetimeto do povo.
Eliminar
Custodio Manuel Bulule
Custodio Manuel Bulule Eles devem pedir os seus stupidos simpatizantes para contribuir o dinheiro para pagar estas dividas. Por que ate agora os simpatizantes da Frelimo, ainda nao conseguem ver que os lideres deles, sao coruptos. Eles nao tem interesse do Povo. Mas sim, interesses pessoais.
Eliminar
Simiao Mucarre
Simiao Mucarre Ninguem e curupto, talves ha um mau entedido.
Eliminar
Osman Gani
Osman Gani concordo com a dra ivone esta divida é dos faraos dafrelimo e conforme a panama papers existe este dinheiro no off shore é so falar a interpol ou os respectivos governos
Eliminar
Adelino Salimo Abuque
Adelino Salimo Abuque Isso e do conhecimento de todos
Eliminar
Pereira Sebastiao Simao
Pereira Sebastiao Simao Muito serto nao podem sacrificar o povo inocente indefeso.
Eliminar
João Homem de Gouveia
João Homem de Gouveia Existem responsáveis pela atual divida e os mesmos terão de ser responsabilizados. A actual divida tem "rosto". É inaceitável colocar um paìs inteiro na extrema pobreza em beneficio de uma duzia.
Eliminar
Lily Januario
Lily Januario Mas infelizmente o povo e que paga
Eliminar
Edma Maria Valentim
Edma Maria Valentim Vais tirar quantos meticais do seu bolso pra pagar???
Eliminar
Lily Januario
Lily Januario Todos que tiverem la
Eliminar
Rafael Alberto Fulaho
Rafael Alberto Fulaho Eu nao sei como podemos negar de pagar essa divida porque ninguem gostria de pagar uma comta que otros usaram em casa deles e o povo paga contas deles obrigatorio neste pais equando os ladroe estao no poder estamos no iferno.
Eliminar
Minoza Machiana
Minoza Machiana Mano Rafael nem me fale está de mal ao pior isto.
Eliminar
Luis Romão
Luis Romão
Eliminar
Pedro Carlos Martinel
Pedro Carlos Martinel Fecha essa boca, faladeira
Eliminar
Kélio Comé
Kélio Comé Hehehehehe, mas vocês pah, o povo é que vai pagar ou o povo está já a pagar?
Eliminar
Juma Amisse Momade
Juma Amisse Momade Belas palavras do marechal...
Eliminar
Valentim Fernando
Valentim Fernando ja sta sta
Eliminar
Jorge Duvane
Jorge Duvane Indiscutível isso!
Eliminar
Gil Lino Lino
Gil Lino Lino Xtax mais k claro k adivida e deles mesmo
Eliminar
Mary Jane Sigauque
Mary Jane Sigauque CON CERTEZQ
Eliminar
Oliveira Madilson Carlitos
Oliveira Madilson Carlitos Fresquinha
Eliminar
Antonio Milane
Antonio Milane Como faremos para escaparmos dessa
Eliminar
Lucas Alberto Miambo
Lucas Alberto Miambo Teremos que unir as forças sem violencia exigirmos o nosso direito.
Eliminar
Lucas Alberto Miambo
Lucas Alberto Miambo Teremos que unir as forças sem violencia exigirmos o nosso direito.
Eliminar
Antonio Milane
Antonio Milane É verdade
Eliminar
Custodio Manuel Bulule
Custodio Manuel Bulule Resistentes. A uniao faz a forsa. As dividas secretas tem dono. O dono e a Frelimo e os seus lideres. Eles seven pagar.
Eliminar
Francys Francisco Kheis
Francys Francisco Kheis e agora o que vamos fazer ??? se ja xtamos a pagar com o custo de vida!!! e necessario que se tome uma medida guebuza ainda xta vivo a disfilar na sua quinta!!!
Eliminar
Lucas Alberto Miambo
Lucas Alberto Miambo Quem se benefeciou que devolva para sair das bocas do povo.Sao individuos sem vergonha que se envolvem em jogos sujo por ganancia e ambiçao em excesso.
Eliminar
Philip Riggio
Philip Riggio O que o Lou falou!
Eliminar
Jay-c Blind
Jay-c Blind Estas nota mill .
Eliminar
Masú Martinho Martinho
Masú Martinho Martinho Sim frelimo na pessoa d gubuza chang nyusi etc sabem muito bem onde levarao o dinheiro
Eliminar
Eurico Xavier Mondlane Xavier
Eurico Xavier Mondlane Xavier Vai a merda teu tio anda matar moç pk não fala dele não só da frelimo
Eliminar
Nharadzai Majuta
Nharadzai Majuta cara de lambe bota, nao tem vergonha se fosse um academico te chamaria de gato pingado, pena que neste pais 60% sao analfabetos.
Eliminar
Titos Sentinela
Titos Sentinela Eurico Sacana,quem mata quem afinal?
Eliminar
Titos Sentinela
Titos Sentinela O pior ele nada é nada na sociedade
Eliminar
Lourindo Muspanhola
Lourindo Muspanhola Ë verdade eles devem pagar sozinho esa divida, nao ë do povo ,mas sim dos tubaroes da Frelimo.
Eliminar
Telvi Manter Abase
Telvi Manter Abase Essa gente de merda de pessoas. Devem pagar eles mxmo!
Eliminar
Telvi Manter Abase
Telvi Manter Abase Eq metem na cadeia esse autor de dívida. Eles são nogetos.
Eliminar
Jeremias Muhindo Muhindo
Jeremias Muhindo Muhindo Deliquentes nas capa de governantes roubam o erario publico sozinhios na hora das contas querem envolvem o povo...
Eliminar
Marcello Gabriell
Marcello Gabriell É facil atribuir a divida a frelimo agora eu pergunto entre fazer divida e matar centenas de pessoas o que é pior...eu prefiro pagar divida e continuar vivo.
Eliminar
Nharadzai Majuta
Nharadzai Majuta kkk, so posso rir, a melhor democracia e a arma, e ja vou comprar a minha assim me respeitam.
Eliminar
Marcello Gabriell
Marcello Gabriell vamos tosos ter armas
Eliminar
Lily Januario
Lily Januario Kikikikiki tms razao
Eliminar
Titos Sentinela
Titos Sentinela Iweeeeeee Marcello Gabriell,quem mata quem?
Eliminar
Edma Maria Valentim
Edma Maria Valentim Melhor ir atras do seu lider ai, em vez de criar vuku vuku aqui..
Eliminar
Lily Januario
Lily Januario Querida se a carapussa servio isso e contigo, ta se falar de divida e tu ainda me perguntas quanto vou tirar? Pergunta teus governantes tambem
Eliminar
Nharadzai Majuta
Nharadzai Majuta fica feio e mulher igual, seja gente, acha que vive bem assim? tambem vejo igoismo a sua linguagem.
Eliminar
Adolfo Lourenco Tembe
Adolfo Lourenco Tembe Na verdade nós já sentimos o peso da dívida nas nossas. O peso da dívida traduz se no elevado custo de vida. O nosso salário hoje vale metade do que valia nos princípios de 2015. Nem vale apenas andarmos a dizer k não vamos pagar, porque na verdade já estamos a pagar.
Eliminar
Joaquim Tredua Tredua
Joaquim Tredua Tredua Bando d marginais,chega com esse vosso comentario k fomenta lambebotismo,a frelimo n vai vos dar emprego,isso quer dizer k para ser bom nest pais tens d maldizer as ovelha e lamber ponograficament as botas dos lobos noe..?
Eliminar
Enosse Pedro
Enosse Pedro E isso mana Ivone Soares.
Eliminar
Mario Madeira
Mario Madeira Afinal porque a renamo ainda ta no parlamento mana voninha? Nao é para se beneficiar desse valor da divida indirectamente. Chega voces os politicos sao todos iguais so roubam ao povo. Voce tambem ta a lutar em estar no poder para roubar o povo. Politico mente pa. Hoje tas a falar mal dos outros amanha vais fazer o pior. Que culpa tem o povo? Aguardo resposta mana.
Eliminar
Cecilia Massangai
Cecilia Massangai Kem deve pagar e akele k teve beneficios
Eliminar
Jaime Jose Chambule
Jaime Jose Chambule A frelimo foi apanhado desta vez, eu nao esperava ouvir da minha avó de Manjacaze dizer que ja está cançada de frelimo, onde é bastao da frelimo.
Eliminar
Chiquinho AB Dos Santos
Chiquinho AB Dos Santos Correcto
Eliminar
Octávio Nhaduco
Octávio Nhaduco
Eliminar
Dnando Fone
Dnando Fone Sim. Paga os k comerao.
Eliminar
Joao Calado
Joao Calado
Eliminar
Virgílio Aragão
Virgílio Aragão Infelizmente o Povo já sofredor é quem vai pagar este fardo.
Eliminar
Mery Firmino Chissaque
Mery Firmino Chissaque Isso que paguem eles ladroes.
Eliminar
Ariel Joao
Ariel Joao pra alem d inteligente tambem es muito linda doctora...
Eliminar
Frank Macuacua
Frank Macuacua Afinal aonde é que estão estas pesspao, se bem sabemos que existem?
Eliminar
Suale Essumaila
Suale Essumaila dia 6 de junho vamos manifestar ou fazermos golpe do estado. eu to cansado com vossa procaria d governo da frelimo
Eliminar
Tchars Ussene Antonio Raja
Tchars Ussene Antonio Raja Porq estao anos infernizar com aumento de precos de produto alimenticio. Atingamente para reconhecer documento eram 6mt agora e 25 vamos parar aundem
Eliminar
Luis Romão
Luis Romão
Eliminar
Yan Christina Cumbane
Yan Christina Cumbane E comeram sozinho o dinheiro, de como emprestaram, que paguem da mesma forma .
Eliminar
Chila Angela
Chila Angela Bora la votar no mistake...
Eliminar
Angelina Mutengo
Angelina Mutengo Afinal quem mata quem aqui em moz? Dlakama já saiu do mato levar jovens a perseguir alguem mesmo? Eu duvido este governo que vai comprar blindados porcausa de um Dlakama que mesmo de uma pistola mata se. Só dá para rir das pessoas que falam de tribalismo, quando eles é que fomentam isso. Deixem o povo do centro e norte se defender dos igoistas analfabetos que pilharam nossas matas e recursos a custo (zero) 0. E que só começaram a estudar no tempo de samora, e esqueceram se dos donos do Moçambique real. Na maioria deles sao do gazankulo e nem conhecem sua origem e nem tem bisavos cá. Peçam a um deles para te monstrar aonde nasceu avô dele vai te dizer q não conhece, pq muitos deles entraram cá em moz atravez do Gungunhana e ficaram. Passaram a viver de bandidagem e espertezas até os dias que correm. A mim esta gente não me engana, vamos lutar até reaver o nosso país dos refugiados do gazankulo. Mais não disse!
Eliminar
Abdul Jabaru
Abdul Jabaru Dignissima deputada, ao em vez de passar a vida a fazer passagem de modelo nas redes sociais, deveria estar a usar os poderes que a constituicao lhe da para fazer parar o duplo roubo de que seremos vitimas por parte da Frelimo
Eliminar
Fosta Morais
Fosta Morais Mãe nós também pagamos esse dinheiro quando não foi nós que roubaram pha { Ó homem é pôr natureza um animal político}. fst
Eliminar
Anibal Sitoe
Anibal Sitoe Verdade
Eliminar
Manuel Sancho Mboana
Manuel Sancho Mboana Tens razao senhor Abdul Jabaru,a Ivone Soares deve manter-se no capitulo onde ela esta e nao nos mostrar o que ela usa e o que ela tem.Ser deputada da oposicao nao explica ser modelo. Entao ela deve escolher so uma coisa; Politica ou modelo.
Eliminar
Unimoz Anjura Anjura
Unimoz Anjura Anjura é bem sabido isso, só que vão começar professores porque é a camada mais fácil e são muitos depois não reclamam para não ser conotado e ganhar a diretoria tão fácil
Eliminar
Arcenio Chizz
Arcenio Chizz Vai m disculpar Dr Ivone naõ conseguí me conter és linda
Eliminar
Protasio Jorge
Protasio Jorge Verdad!!!
Eliminar
Jofre Mevassi
Jofre Mevassi A Frelimo que pague a divida e deixou de ter legitimidade para governar seja o que for.
Eliminar
Moniz Narciso Natego Natego
Moniz Narciso Natego Natego Ola, quando o governo for oa parlamento, pessam lhe para apresentar o PCA da ematum e deoutras empresas
Eliminar
Santos Mbuli
Santos Mbuli Desta vez vos apoio k se explique claramente uk xta acontecendo no país e os porquê de tantas dividas e as verdadeiras razoes k fazem com que haja tanto sangue a ser deramado no país e k sejam levados a barra da justiça os responsaveis desses actos macabro falo da divida elevadissima para o lado da frelimo e mortes na parte da renamo. Kkkkkkk. Ninguém é justo em moz cada um sacrifica o povo pr alcansar os seus intentos pora da espiga e da perdiz fuiiii
23 h
Eliminar
Castelo Manuel Machona Machona
Castelo Manuel Machona Machona Muito bom
2 h
Eliminar
Ze Dias Manuel
Ze Dias Manuel Não fale só da dívida mana,também procure visitar os feridos por balas nos hospitais e participar os funerais os k morrem a viajar.

Sem comentários:

Windows Live Messenger + Facebook