quinta-feira, 5 de maio de 2016

GOVERNO CONFIRMA OFICIALMENTE SUSPENSÃO DO FINANCIAMENTO PELO G14

  • tamanho da fonte diminuir o tamanho da fonte aumentar o tamanho da fonte 
  • Imprimir 
  • E-mail
  • Classifique este item
    (0 votos)
    Governo confirma oficialmente suspensão do financiamento pelo G14
    O Ministro da Economia e Finanças, Adriano Maleiane confirmou, em Maputo, que o Governo foi oficialmente comunicado sobre a suspensão, na totalidade, do financiamento à Moçambique pelo grupo de apoio programático europeu, G14.
    Segundo Maleiane, Moçambique poderá perder este ano, na sequência desta suspensão, mais de quatrocentos milhões de dólares, cerca de doze por cento do Orçamento do Estado.
    “Temos informação que o G14 suspendeu o apoio, orçamento e projectos, para acompanhar os passos que o governo está a dar com o Fundo Monetário Internacional, com a sociedade civil e em função disso depois fazer uma avaliação e retomarmos a cooperação que tem sido. Portanto, está na sequência daquilo que os outros estão a fazer, é preciso ver que passos o governo está a dar, aqueles passos que o governo se comprometeu e nós estamos a fazer isso. Nós somos optimistas, o Fundo Monetário Internacional disse que tinha já recebido muita informação e prometeu” ,frisou Adriano Maleiane
    O Ministro explicou que em virtude da suspensão do financiamento pelo G14, poderá haver cortes em alguns serviços prestados aos cidadãos, bem como na redução de contratações no aparelho do Estado para a contenção de despesas.
    “Vamos viajar menos, vamos gastar menos em combustíveis, vamos gastar menos em outras coisas que podem ser dispensadas, sem prejudicar o funcionamento normal das actividades. Já dissemos que não vamos contratar mais funcionários, vamos racionalizar os funcionários que temos, todos esses ganhos vão ser quantificados. Neste momento o que eu quero dizer, é que estamos a trabalhar fortemente para trazer a confiança de volta e trazer todos aqueles parceiros que estão connosco”, frisou o Ministro de Economia e Finanças. (RM)
    Visita de recados!
    A visita de Marcelo Rebelo de Souza a Moçambique "conscidiu"quase com a suspensão do apoio financeiro ao País pelo G14.
    Do seu discurso retirei alguns recados que podemos partilhar, e passo a citar:
    "... uma democracia armada não é recomendável... O retomar do apoio ao Orçamento e outros programas pelo G14, dependerá do reconhecimento do problema(dívida escondida), investigação e responsabilização..."
    É caso para dizer que o presidente de Portugal, por sinal, mesmo país que lidera o G14, conhece o combate em curso em Moçambique de "Cabo a rabo", discursou a sua classe e em nada o contrariamos.
    Moçambique! se queremos ser soberanos, respeitemos a coisa pública. Menos corrupção e mais transparência, tornemos este país com quem se fala. Isso pelo menos nesta visita não vi, apenas recados!

    Sem comentários:

    Windows Live Messenger + Facebook