quinta-feira, 5 de maio de 2016

Baltazar Rebelo de Sousa, foi Governador Geral de Moçambique durante dois anos

Baltazar Rebelo de Sousa, foi Governador Geral de Moçambique durante dois anos período em que fez vários discursos sempre muito oportunos, conciliadores e pró-manutenção do status estabelecido pela designada Metrópole, palavras bonitas e simpáticas que sossegaram totalmente os muitos preocupados com o chamado "terrorismo".
O filho MARCELO, então matriculado na universidade em Lisboa, visitou os pais durante os meses de férias.
Considerar agora Moçambique a sua SEGUNDA PÁTRIA é um exagero tão grande que até se torna ofensivo para os milhares de portugueses, alguns com gerações de residentes e todos investirem o que ganhavam no novo país , forçados pela descolonização a abandonar todos os BENS e a emigrar para Portugal e outros países acolhedores.
Está provado que o Acordo de Lusaka somente foi assinado após a assinatura de um ACORDO SECRETO, cujos termos se mantêm em rigoroso segredo a pedido das autoridades portuguesa s Na sua atual qualidade de P. R. certamente poderá lê-lo, mas é mais do que certo que não divulgará o seu conteúdo, pois ainda estão vivos alguns traidores que o assinaram.

1 comentário
Comentários
Jose Manuel Mateus Há 42 anos que os retornados continuam a aguardar pelas indemnizações da chamada "DESCOLONIZAÇÃO EXEMPLAR" . Entretanto vão-se homenagiando os TRAIDORES

Sem comentários:

Windows Live Messenger + Facebook