terça-feira, 17 de maio de 2016

A responsabilidade dos doadores ( ‪#‎Canalmoz‬ )

Editorial
Na semana ante-passada, ficámos a saber que o grupo de doadores que apoiam o Orçamento de Estado, oficialmente conhecidos como Parceiros de Apoio Programático, suspenderam a ajuda financeira ao Governo de Moçambique.
Esta decisão vem juntar-se à do Fundo Monetário Internacional, do Banco Mundial e do Reino Unido, que, depois de ter sido destapado o escândalo das dívidas ocultas, acharam por bem parar de dar dinheiro a uma governação dedicada à extravagância financeira.
Nós saudamos com vigor a decisão dos doadores. Na nossa opinião, tal decisão só peca por ser tardia, pois avisámos, neste mesmo espaço, que há muito que os doadores, em nome da “ajuda”, estavam a financiar a militarização do Governo da Frelimo e, consequentemente, a liquidação da democracia.
Até aqui, pelo que se sabe, todos os largos milhões de dólares foram usados em actividades pouco claras, entre as quais pontifica a aquisição de armas e meios de repressão, enquanto a outra parte do dinheiro serviu para a criação de empresas e para o enriquecimento da habitual matilha predadora, que se outorgou o poder supremo sobre Moçambique e sobre os moçambicanos.
Não faltaram avisos à comunidade internacional de que estava a financiar e a acarinhar monstros que, de há um tempo para cá, dedicava-se ao canibalismo sobre o povo e a uma agenda insana de destruição. Foi preciso que a insanidade da matilha predadora e o seu voraz apetite pelo dinheiro atingisse níveis inimagináveis para que os doadores acordassem.
Mais vale tarde do que nunca, lá diz o adágio popular. Mas a questão que ainda se deve colocar é: por que é que, com todos os avisos servidos, os doadores permitiram que as coisas chegassem ao ponto a que chegaram? Têm os doadores quota-parte de responsabilidade perante o caos em que estes senhores mergulharam um país inteiro?
Há muito que os doadores sabiam que em Moçambique não havia nenhuma agenda de luta contra a pobreza, mas, sim, de enriquecimento absoluto de certos grupos. Os doadores sabiam que tal riqueza absoluta estava a ser criada com os dinheiros dos contribuintes nacionais e dos seus países, que acreditavam que estavam a ajudar o povo moçambicano.
Os doadores assistiram, aqui, ao apetrechamento da Polícia, que depois foi usada na “vitória” eleitoral “arrancada” e, mais tarde, para a perseguir e matar os opositores políticos. Sabiam disto tudo e, mesmo assim, decidiram tomar posição contra o povo moçambicano e contra Moçambique, mantendo o financiamento a um grupo de criminosos.
As armas que foram usadas em Zimpinga na tentativa de assassinato de Afonso Dhlakama foram compradas com o dinheiro dos doadores. Também os fundos de compensação àqueles criminosos que dali saíram vivos são da comunidade internacional. É o mesmo dinheiro que é usado para compensar os esquadrões da morte. Os doadores sabem disso tudo. Por que é que não pararam com o financiamento destas actividades terroristas, só os doadores nos podem dizer.
Qual é a diferença que existe entre financiar as actividades do grupo terrorista designado “Estado Islâmico”, que decapita pessoas, e financiar um grupo que mata a população e lança os corpos para uma vala comum? Se o Ocidente se arrepia com as imagens das atrocidades cometidas pelo grupo designado “Estado Islâmico”, achamos nós que devia arrepiar-se também com os milhares de irmãos nossos que foram e estão sendo mortos por serem simpatizantes de um partido diferente do partido dos criminosos. A única diferença, aqui, é que o grupo “Estado Islâmico” que actua em Moçambique foi criado e equipado com o dinheiro do Ocidente (embora, em rigor, ainda esteja por apurar devidamente qual o papel da mão do Ocidente na criação do grupo terrorista internacional baptizado como “Estado Islâmico”).
Se a comunidade internacional quer sair disto tudo com alguma dignidade, mais do que suspender a ajuda, deve exigir responsabilização. Ajudar é responsabilidade. O facto de Armando ter colocado uma sobrinha na Procuradoria e um sobrinho no Tribunal Supremo e um amigo de infância no Tribunal Administrativo deve ser um mote para a responsabilização começar. Todo este esquema de administração familiar da Justiça tinha como finalidade bloquear qualquer tipo de responsabilização.
Nem mesmo as promessas de Nyusi de “desinfectar a casa” nos devem hipnotizar. “Desinfectar” significa matar todas as bactérias. Ora, uma das bactérias nesta pandemia da dívida é também Filipe Nyusi, que subscreveu as facturas em nome do Ministério da Defesa, onde era ministro. Se a acção de “desinfectar a casa” significa limpar todas as bactérias, estamos perante um caso de promessa de suicídio político. Nós não acreditamos que Nyusi pretenda envenenar-se e morrer politicamente juntamente com as outras bactérias, pelo que este palavreado de promessas não nos deve desconcentrar na exigência da responsabilização. E os doadores têm aqui uma grande responsabilidade para repararem os danos que já causaram a este povo ao financiarem os seus carrascos. (Canal de Moçambique)

Abudo Gafuro, Geraldo Bff Macie, Chico Dapaula Macaia e 89 outras pessoas gostam disto.
Comentários
Freedom A. Govola
Freedom A. Govola Os envenenados na mente ficam chateados quando há críticas, sempre defendem o mal para ter confiança. O sofrimento da maioria não lhes interessa. Meu Deus até quando?
520 h
Felix Sinalo
Felix Sinalo meu caro compatriota é mao em saber que um jornal que tem objetivo principal de dar informações deixa os seus objectivos e vai caluniar o governo e criar instabilidade no seio da sociedade , meu caro independente da nossa situação política ,económica ou partidária temos deveres solenes de contribuir para o melhoramento da situação económica do pais e nao criar desavença
216 h
Okuawatata Omahiye
Okuawatata Omahiye Quem te respondeu tem muita sabedoria mas não tem desernimento nem conhecimento é fardo de coração. Mas acredito que não sabe o que ele é. Digo o Felix.
14 hEditado
Mandov-Ivanovichy Semendov
Mandov-Ivanovichy Semendov Bem falado Govola.
114 h
Felix Sinalo
Felix Sinalo Isso só acontece é Moçambique entidades que se fazem de informativos viram caluniadores e promotores de instabilidade .
Afinal isso é um jornal ou é um grupo de terrorismo ??
Uma coisa vou dizer e vocês precisam saber ,,,vamos ser promotores da paz independente da nossa cor partidária.
5Ontem às 15:17
Enio Jorge Malema
Enio Jorge Malema vai pedir esmola seu tio Guebas e deixa de vir cuspir para o povo pah #macaco
317 h
Felix Sinalo
Felix Sinalo Não gosto de diálogar com personalidade que pensam pouco e dizem coisas se fundamentos
17 h
Constantino Cherinda
Constantino Cherinda Sou obrigado a comungar da mesma ideia do Enio Jorge Malema. Há gente tão fanática que dá pena.
115 h
Mandov-Ivanovichy Semendov
Mandov-Ivanovichy Semendov Meu caro Feliz Sinalo, dá-me perceber que nunca primeiro, estudou os textos jornalisticos, segundo nunca teve em mão um jornal ou mesmo tenha visitado alguns jornais electronicos, digo isto pela sua indagaçao perante a opiniao exposto, meu caro, em todos os jornais quer seja fisico quer electronico há um espaço reservado para opiniao ou editorial onde o cidadao expoe o seu ponto de vista. Isto nao se trata de uma promoçao ou instigaçao de terrorismo mas sim uma opinao que ao mesmo tempo precisa de um esclarecimento.
414 h
Rafael Omar
Rafael Omar Mas quando a opinião é do jornal -como é o caso- e não propriamente do cidadão...
11 h
Vasco Trato
Vasco Trato Esse Felix Sinalo deve ser um estrangeiro que nao sabe nada do que está a se passar em Moz. Faz comentarios porque tem megas, eu aconselharia a usa-los pra informa-se melhor!
27 h
Mulandi HI Mina Kheni
Mulandi HI Mina Kheni Mocambique esta em crise politica, social, de legalidade e Governamental. Tudo parou....precisamos levantar a nossa patria armada. Vamos colocar o povo no poder e nao uma gang
14 h
Deviz Ngaleza Asusse
Deviz Ngaleza Asusse Ja estou facto de ouvir dessa no tinha de dívida, pibliquem outras e novas informacoes por favor casa de Moçambique
121 h
Jjose Miguel Cumbane
Jjose Miguel Cumbane Canal de Moçambique é tao lírico pois bem sabe o que vai no coraçao de todos moçambicanos dos quis nao despoem deste meio para ecoar sua voz. Meus parabens
119 h
Felix Sinalo
Felix Sinalo lamento é ouvir isso meu compatriota no dia que descobrir oqui realmente está atras desses sujeitos será tarde
116 h
Isac Manuel Aluano
Isac Manuel Aluano Podes nos falar antes que seja tarde, Felix Sinalo?
Eu ja to preocupado e desorientado.
15 h
Carlitos Guidakuhle Nhuvunga
Carlitos Guidakuhle Nhuvunga Ja chega voces da canal xtamos farto dessas noticias quem mata sao da frelimo ? Esses ataques que voces poblicam sao da f ,os renamo xtao atacar animais ? Porfavor ,,, nos opovo xtamos preucupado com amatasa do povo que deva eo governo ,,,,, nao ha pais que nao compra armas para asua defesa temos ozimbabue afrika do sul ate esses paises nao faltam nada arelecao adifesa deles tem tudo max nos nao armas suficietes da guerra nao contra opovo contra adefesa mocambicana so nao agitam opovo nos ja sabemos que voces canalmoz aos rebelde publicam noa enteressado ,,,,,abaixa kudlayana nwina vamapswangue
119 h
Marisa Tavira Ibrahimo
Marisa Tavira Ibrahimo Tribunal Internacional da Haya, por delitos contra o Povo Mocambicano
3Ontem às 17:09
Amarildo Lapoule
Amarildo Lapoule Estamos na presenca de uma das maiores e melhores fontes de informacao real sobre Mocambique e nao so.Disfrutem com prazer!
220 h
Felix Sinalo
Felix Sinalo lamento bastante meu caro patriota no dia que descobrir o qui esta atras desses sujeitos será tarde.
16 h
Eddy Waku Lombëla
Eddy Waku Lombëla #Félix #Sinalo meu respeitado special craiser, você até é um daqueles q merece o prémio nobel da demência, que tipo d espécie você é msmo??que não semte pelo sofrimento dos outros?é lógico q milites n seu partidão mas defender atetudes dos que afundaram ainda mais a vida do póbre povo isso é cúmulo d malcriadez.....
17 h
Felix Sinalo
Felix Sinalo meu caro compatriota é mão ouvir esse tipo de palavras torpes dirigindo à um teu concidadão com esse teu pensamento só piora a situação económica porque no dia que descobrir oqui realmente esta atras desses sujeitos será tarde demais
16 h
Junior Abdulremane
Junior Abdulremane Eu axo k a CIA esta metida nesse caso isto é pra criar instabilidade n nosso pais neste pais não há responsabilização so daki a 30 anos este caso ou vai cria golpe d stado ou guerra total nos nao temos outra saida se nao sairmos pra grve d uma semana ou mais
16 h
Mulandi HI Mina Kheni
Mulandi HI Mina Kheni Este Nhusy pensa que o povo e tao distraído ao ponto de não saber que ele também faz parte da gang que saqueou Moçambique
119 h
Pedro Jovo
Pedro Jovo Agradeço pela notíçia do Canal Moz,e quem acha esta notíçia é falça de um fora daqui ou crie oseu canal so...porque nunca foi convidado aqui...
118 h
Sonia Mboa Mboa
Sonia Mboa Mboa Eu ja sei que estamos em Divida.
Ja sei que todo mundo abandonou o meu Pais Mocambique
Ja sei que o Ministro das Financas esta a pedir desculpas ao Povo em nome do Presidente

PERGUNTA QUE ME DEIXA ....
afinal o que sera feito as pessoas que me meteram nesta robalheira
QUAL E O PAPEL DA PROCURADORA QUANDO EXISTE UM CRIME PUBLICO

Como VAI SER PAGA ESTA DIVIDA
O QUE SGNIFICA EM TERMOS NUMERICOS ESTA DE ESTARMOS A DEVER TODOS 
quanto e para cada Mocambicano
218 h
Celsoernesto Manhique
Celsoernesto Manhique O meu caro jornalista. Na minha opinião dsta vez foste muito infeliz ao públicar isso. Não ti tiro o mérito. Você não acha que muita coisa licita vai parar por falta dessa doação?
13 h
Unga Dzweletele Vanu Nhandexi
Unga Dzweletele Vanu Nhandexi Se fosse k esta informacao ta escrita em inglehs pra os doadores ver tabem seria bom nem irmaos
119 h
Nando Mais
Nando Mais claro pra alguns essa publicacao e encomodo mas pra ser claro està eminente aqueda dos mbavas
18 h
Tony Ferreira
Tony Ferreira Isto de jornal não tem nada mas de instrumento de alguns que querem ver este país no caos sim...ora qual é o benefício que vocês negritos do jornal canal teram ou tem com o país em crise? Seu que os vossos patrões vos mentem que estará tudo bem convosco; mentira.
Abaixo a agitação popular, abaixo o inimigos do povo camuflados em defensores.
Deixem os políticos e quem de direito tratar do assunto das dívidas seus escribas de meia tigela. ..
Que saudades do Samora Machel e do antigo Snasp nestas horas saberiam como dar tratamento a esse jornal
220 h
Mulandi HI Mina Kheni
Mulandi HI Mina Kheni Tony Ferreira, você e tão ingrato e parece que a tua burrice extravasa os limites. Sinto que és um filhinho do papai que participou ou vive do saque efectuado pela gang frelimista. Para tu saberes da divida que o teu partido fez não foi pela comunicação social? Nao falo da TVM e RM porque estes fazem trabalhos do teu Governo. Se achas que este Jornal não tem nada crie o teu para nos informar melhor. Antes de comentar pense primeiro
319 h
Tony Ferreira
Tony Ferreira Concordo plenamente com o confronto de ideias Mulandi HI Mina Kheni é sempre uma mais valia para a democracia e digo mais não apoio nenhum tipo de desvios e corrupção numa organização seja ela de que tamanho dor...desde a PRM, hospitais, alfandega , notários, jornalistas até no governo. ..mas venhamos e convenhamos apoiar ou bater palmas para um assunto que eu como patriota sei que vai levar o meu país ao abismo é o mesmo que apoiar a ideia de o empregador do meu pai ter o dispensado do serviço e eu apoio que ele fique sem capacidade de sustentação da família alegadamente porque ele usava para seus caprichos 20% do salário não interessam quais caprichos seja casa 2 ou outros mas a verdade é que cá em casa algum ficava.
O meu ponto é que com o corte da ajuda ao estado moçambicano não será os governantes a sofrer mas sim o zé povinho, sendo eu esse zé povinho nunca posso apoiar essa decisão porque é um tiro no meu próprio pé. 
E quanto ao resto cabe a si pensar és livre de achar se eu sou ou não filhinho do papai só eu sei dos meus lamentos mas que o jornal canal de Moçambique tem algum tom de agitação qualquer indivíduo são das ideias percebe e facilmente sabe que é verdade
319 h
Joy Coulson
Joy Coulson Excelente editorial e muito pedagógico. Parabens!
17 h
Jose Alexandre Faia
Jose Alexandre Faia Uma imagem real e verídica do descalabro Moçambicano ...
16 h
Florencio Munguambe
Florencio Munguambe Fizeram bem os doadores, talvés os lambelambes váo poder abrir a vista
12 h
JR Agogo
JR Agogo "As armas que foram usadas em Zimpinga na tentativa de assassinar A.Dhlkma foram xompradas xom o dinheiro dos doadores . O mesmo dinheiro é usado para compensar os esquadrões da morte".
SOMENTE O CORPO DAQUELE QUE FAZ PARTE DESTES BANDIDOS NÃO VAI ARREPIAR MAS PARA O POVO ISSO ATE CRIA LÁGRIMAS.
16 h
Jose Alexandre Faia
Jose Alexandre Faia Uma imagem real do descalabro Moçambicano .
16 h
Raiva Ernesto Raiva Raiva
Raiva Ernesto Raiva Raiva Poxas...!? Sobrinha, sobrinho e amigo...!
18 h
Mangane Bala Mangane
Mangane Bala Mangane vao acordar osque estao nas mantas
19 h
Tino Sufiano Amade
Tino Sufiano Amade Logico sr Vasco trato

Sem comentários:

Windows Live Messenger + Facebook