quinta-feira, 14 de abril de 2016

Vladimir Putin responde a perguntas ao vivo


  • 09:41
  • 09:38
  • 09:33
  • 09:29
  • 09:22
  • 09:20
  • 09:13
  • 09:09
  • 09:02
  • 08:57
  • 08:58
  • 08:51
  • 08:51
  • 08:46
  • 08:44
  • 08:21
  • 08:19
  • 08:14
  • 08:11
  • 08:01
  • 07:49
  • 07:42
  • 07:39
  • 07:30
  • 07:26
  • 07:07
  • 07:03
  • 06:58
  • 06:51
  • 06:46
  • 06:41
  • 06:41
  • 06:35
  • 06:27
  • 06:23
  • 06:15
  • 06:10
  • 06:08
  • 06:02

  • Rafael Ricardo Dias Machalela a sentir-se Com inveja.
    ‪#‎PutinDirect‬
    Vlademir Putin, presidente Russo esteve hoje num programa de televisao denominada "Linha Baerta com Putin - edição 2016" para responder as questões aos cidadaos do seu país.
    A Linha Direta é um formato de entrevista coletiva que Vladimir Putin usa desde o seu primeiro mandato presidencial para se comunicar com os habitantes da Rússia.
    A última Linha Direta passou no dia 16 de abril de 2015 e durou 3 horas e 57 minutos. Durante este tempo, o presidente russo conseguiu responder a 74 perguntas, enquanto o número total das perguntas, através de telefone, SMS e internet, durante a transmissão ao vivo excedeu 3 milhões.
    Hoje, foram mais de duas milhões de perguntas enviadas. Boa parte delas centraram-se em áreas como os serviços urbanos e moradia, o estado das estradas, a política externa, salários não pagos e aposentadorias.
    Foram quase quatro horas de perguntas e respostas.Uma espécie de "fala que eu te escuto" da (IURD) e te respondo prontamente. A transmissão foi transmitida pelas emissoras Canal 1, Rossiya 1, Rossiya 24 e as rádios Mayak, Vesti FM e Rádio Rossii.
    Achei fantástico um governante que não tem medo de responder questões do seu povo. Obviamente que não respondeu todas. Mas a disposição para tal revela muita coisa em relação ao carácter deste estadista.
    Em relação a preferencia presidencial entre ‪#‎Trump‬ e ‪#‎Clinton‬ Putin respodeu: Sabe, responde Putin, temos de procurar quem seja melhor e não pior. E hoje há exemplos de cooperação entre a Rússia e os EUA e antes houve períodos em que esta cooperação foi muito ativa. Não se trata de pessoas concretas. Os nossos parceiros não devem agir a partir de posições sobre a sua exclusividade. A Rússia exige uma atitude de respeito.
    Barack Obama admitiu recentemente que a sua intervenção militar foi um erro na Líbia. O comentário de Putin foi: Isso só prova que "Obama é uma pessoa decente". "Não é nada fácil", disse Putin, sem deixar de comentar que há novos erros, inclusive na Síria, onde por pouco não houve um erro cometido pelos EUA
    Um cidadão chegou a perguntar quando o ‪#‎Putin‬ irá apresentar a primeira-dama: O tipo respodeu; "Não estou certo se devo fazer publicidade da minha situação pessoal, isso pode mudar o mercado cambial ou os preços do petróleo" eh eh eh
    Se eu não fosse patriota diria que cá na pérola os nossos governantes não têm como fazer isso, pois vivem em uma ilha distante de nós, não tendo portanto como saber o quê fazemos para ganhar a vida, nem também têm como pensar em futuras gerações, pois essas não lhes são úteis mediante o imediatismo ganancioso deles que cresce de maneira exponêncial. Talvez seja por esse comportamento dos nossos e de muitos outros que o Presidente Putin sejam tão combatido e temido. Mas eu não irei dizer isso porque a minha educação patriótica não permite!
    O presidente da Rússia responderá a perguntas, acompanhe connosco.
    BR.SPUTNIKNEWS.COM|DE SPUTNIK
    Gosto
    Comentar

    Presidente russo Vladimir Putin durante a Linha Direta no estúdio no complexo Gostiny Dvor, no centro de Moscou, perto do Kremlin, Moscou, Rússia, 14 de abril de 2016

    Linha Direta: 

    © Sputnik/ Mikhail Klimentyev
    MUNDO
    URL curta
    Linha Direta com Vladimir Putin 2016 (6)
    6382580

    O presidente da Rússia responderá a perguntas, acompanhe connosco. Segue o vídeo ao vivo em inglês e transmissão textual em português.

    Ordenar as mensagens
    • 09:41

      Fim da conversa!

    • 09:38

      Ainda iremos utilizar a nossa Força Aeroespacial da Rússia contra outros inimigos?

      Estradas ruins e preguiça serão os alvos próximos, brinca Putin.
      Aviões russos realizam uma operação no céu da Síria

      Estes são os melhores momentos da missão militar russa na Síria


      No início desta semana, Vladimir Putin ordenou a retirada das forças russas da Síria.
      MOSTRAR MAIS
    • 09:33

      Putin comenta declaração de Obama sobre "maior erro" na Líbia

      Isso só prova que "Obama é uma pessoa decente". "Não é nada fácil", disse Putin, sem deixar de comentar que há novos erros, inclusive na Síria, onde por pouco não houve um erro cometido pelos EUA.
      Barack Obama, presidente dos Estados Unidos (EUA)

      Obama admite seu erro em intervenção na Líbia


      Obama admitiu que o maior erro de sua administração foi não planejar o resultado da intervenção na Líbia.
      MOSTRAR MAIS
    • 09:29

      Homens mandam mais vídeos do que mulheres a Putin. Crianças também são muitas!

      Uma menina muito jovem conta que o seu pai diz que só Putin pode lidar com os EUA e pergunta se uma mulher poderá futuramente ser presidente da Rússia.
      "Não é essa a nossa tarefa principal. Devemos lidar com os nossos problemas internos – estradas, medicina, educação e, quando formos um país forte, iremos lidar facilmente com todos os outros problemas. E para lidar com os problemas cotidianos, uma mulher no cargo de presidente pode ser melhor, opina Putin.
      Vladimir Putin, presidente da Rússia

      Putin: misericórdia das mulheres revela a verdadeira alma da Rússia


      O presidente da Rússia Vladimir Putin parabenizou as mulheres pelo o Dia Internacional da Mulher, comemorado em 8 de março, em um discurso transmitido pelo canal aberto da televisão russa Rossiya 24.
      MOSTRAR MAIS
    • 09:22

      Uma transmissão ao vivo de uma usina de equipamento militar na cidade de Tula!

      Neste momento há imagens do complexo antiaéreo Pantsir que o Brasil queria adquirir.
      Mísseis portáteis Igla-S, de fabricação russa

      Exército Brasileiro confirma bases para distribuição de mísseis russos


      O Centro de Comunicação Social do Exército Brasileiro confirmou nesta quarta-feira, 10, que o lote de mísseis portáteis Igla-S, de fabricação russa, entregues em 27 de janeiro, será distribuído às unidades da 1ª Brigada de Artilharia Antiaérea, localizada em Guarujá (SP), subordinada ao Comando Militar do Sudeste.
      MOSTRAR MAIS
      Putin diz que o interesse pelas armas russas cresceu imensamente após a operação aérea antiterrorista da Rússia na Síria.
    • 09:20

      Uma pergunta sobre a razão da criação da Guarda Nacional, que assume funções de dois serviços federais

      O presidente responde: a decisão de criação da Guarda Nacional foi ditada pela necessidade de reforçar o controle sobre o mercado de armas na Rússia.
      "Talvez você tenha prestado atenção ao fato de que esta decisão não está  só ligada à retirada das Forças Internas da composição do Ministério do Interior, mas ao fato de que esta estrutura agora abrange tudo o que está relacionado às armas de fogo", comentou Putin.
      Ex-chefe de guarda-costas do Presidente Putin

      Ex-guarda-costas de Putin chefiará Guarda Nacional da Rússia


      Foi anunciada ontem, 5 de abril, a reorganização da estrutura governamental de segurança da Rússia, com duas agências suspensas e criação da Guarda Nacional do país.
      MOSTRAR MAIS
    • 09:13

      Neste momento as palavras “segurança” e “Europa” não correspondem uma a outra

      Polícia francesa patrulha Paris em 23 de novembro, 2015Edifício do Conselho Europeu em Bruxelas, 22 de fevereiro de 2005

      Novos pormenores sobre atentados na Europa: Inteligência sabia 5 meses antes


      Hoje (10) de manhã, o Journal du Dimanche informou que Serviço de Inteligência francês fora informado sobre as preparativos para os atentados em Paris.
      MOSTRAR MAIS
      Uma moça lituana que estudou na Holanda e depois mudou para a cidade russa de Tomsk diz que, devido aos recentes acontecimentos na Europa, ela sente-se mais segura em Tomsk e diz que mais estudantes europeus podem vir para a Rússia pelas mesmas razões. Putin concordou e disse que todos os estudantes europeus são bem-vindos e não há obstáculos para isso na Rússia.
    • 09:09

      Sobre o conflito junto às fronteiras sul da Rússia

      conflito em Nagorno-Karabakh estava congelado. Infelizmente, surgiu uma agudização do conflito. Nós faremos tudo para a sua regularização através de negociações, sublinhou Vladimir Putin. A Rússia tem interesse na solução do conflito porque queremos cooperar tanto com a Armênia quanto com o Azerbaijão.
      Projéteis de artilharia usados em posição de fogo na povoação de Magadis, na zona de conflito de Nagorno-Karabakh, 5 de abril de 2016

      Rússia fecha os olhos a atrocidades à sua porta?


      A história do conflito em Nagorno-Karabakh dura mais de 25 anos já. Entretanto, pelos vistos, se a origem do conflito se encontra na especificidade da política nacional soviética, a sua continuação deve ser explicada por outras razões.
      MOSTRAR MAIS
    • 09:02

      Já passaram quase 3 horas, mas Vladimir Putin continua respondendo a perguntas!

      As perguntas por telefone estão sendo recebidas à velocidade de 2,5 mil/minuto.
      Presidente russo Vladimir Putin durante a Linha Direta no estúdio no complexo Gostiny Dvor, no centro de Moscou, perto do Kremlin, Moscou, Rússia, 14 de abril de 2016
      © Sputnik/
    • 08:57

      "Precisamos de uma Ucrânia estável"

      "Como estavam os oligarcas no poder, assim continuam. Temos alguém que tenta fazer um escândalo com empresas offshore ", disse Putin, sublinhando que ao mesmo tempo que "os seus líderes continuam em offshores". 
      Na Ucrânia, "o sistema de clãs tornou-se mais forte nos últimos anos", acredita o presidente, esperando ao mesmo tempo que o novo governo tire conclusões do seu passado.
      Rússia e Ucrânia

      Kremlin: Iniciativa ucraniana de romper laços com Rússia é uma loucura


      A iniciativa das autoridades ucranianas de romper as relações diplomáticas com a Rússia está no patamar de loucura, disse aos jornalistas na quinta-feira (31) o porta-voz do presidente russo Dmitry Peskov.
      MOSTRAR MAIS
    • 08:58

      Questão sobre a possível introdução de uma moeda comum na UEE

      Será que a União Econômica Euroasiática deve implementar uma moeda comum? É possível, diz Putin, mas é preciso evitar os erros que aconteceram na zona do euro.
      A UEE é uma união econômica internacional de integração. Começou o seu trabalho em 1 de janeiro de 2015. Atualmente os membros da UEE são a Rússia, a Armênia, a Bielorrússia, o Cazaquistão e o Quirguistão
      Os presidentes dos países membros da UEE

      Questão de nova moeda única é 'muito urgente'


      A questão da introdução de moeda única no âmbito da União Econômica Euroasiática tem que ser examinada no futuro mais próximo, declarou o vice-primeiro-ministro do Quirguistão, Aaly Karashev.
      MOSTRAR MAIS
    • 08:51

      O que acontecerá com Donbass? Mais uma guerra?

      Os habitantes de Donbass devem ter os seus direitos, frisa Putin. Porém, a Ucrânia não aprovou as leis indicadas nos Acordos de Minsk – por exemplo, a lei sobre o estatuto especial de Donbass – uma região rebelde no leste da Ucrânia. Os parceiros ocidentais dizem que na Ucrânia surgiu uma situação interna muito difícil, mas os parceiros ocidentais devem exercer pressão sobre as autoridades ucranianas e não fazer exigências só à Rússia.
      Povoado de Gorlivka, em Donetsk, após ataque realizado por militares ucranianos

      Representante russo na UE: Donbass parece a Síria


      O processo de recuperação do Leste da Ucrânia irá demandar grandes investimentos, uma vez que a situação de destruição em Donbass pode ser comparada àquela verificada na Síria, segundo o enviado russo para a União Europeia, Vladimir Chizhov.
      MOSTRAR MAIS
    • 08:51

      Putin comenta a ideia de educação inclusiva

      O Estado deve promover a ideia de educação inclusiva – as crianças autistas também têm direito à educação, estas crianças e as suas famílias devem ser apoiadas.
      "A sociedade ainda não está pronta para a educação inclusiva", disse Putin respondendo à pergunta da jornalista e intelectual Dunya Smirnova sobre a educação inclusiva de crianças com deficiência mental (especificamente, autismo).
      Mas é a própria sociedade que deve promover a ideia da inclusão.
    • 08:46

      Ação penal é movida contra fábrica de transformação de pescado

      Nesta quinta de manhã, os trabalhadores de uma fábrica de transformação de pescado na ilha de Shikotan (do arquipélago das Curilhas) se queixaram das ruins condições de trabalho, instabilidade e violação dos seus direitos. Putin disse que iria resolver o assunto.
      Peixe pescada na ilha Shikotan, região de Sacalina, Rússia (foto de arquivo)
      © Sputnik/ V. Kiselyev
    • 08:44

      Empresários russos querem respostas, Putin responde

      Lei sobre as empresas provoca questões de empresários: quando cessará o governo de se alimentar das empresas e começará a cooperar?
      Presidente russo, Vladimir Putin, durante fórum do clube Valdai

      Por que razão a Rússia tem confiança na sua economia?


      Vale a pena dar atenção a um tipo de sabedoria de mercado no contexto das relações econômicas russo-americanas.
      MOSTRAR MAIS
    • 08:21

      Leite não resiste a concorrência por parte do óleo de palma

      “A questão sobre o uso do óleo de palma na indústria alimentar deve ser coordenado com os parceiros na UEE [União Econômica Eurasiática]”, opina Putin.
      Vladimir Putin prometeu dar mais atenção aos serviços veterinários na Rússia.
      Trabalhadoras da fazenda de produção de laticínios, Rússia (foto de arquivo)
      © Sputnik/ Valery Shustov
    • 08:19

      Presidente russo comenta sanções econômicas ocidentais

      "Não acho que os nossos parceiros ocidentais vão em breve levantar as sanções. Isto significa que nós também não vamos abolir o embargo contra os produtos agrícolas ocidentais".
      Presidente russo Vladimir Putin e presidente norte-americano Barack Obama reunem-se nas margens da cúpula do G20, México, 18 de junho de 2012

      ‘EUA prorrogam sanções porque têm inveja da Rússia’


      Os EUA prorrogaram as suas sanções contra a Rússia devido à sua inveja, disse o chefe da República de Crimeia, Sergei Aksenov.
      MOSTRAR MAIS
      Presidente russo Vladimir Putin durante a Linha Direta no estúdio no complexo Gostiny Dvor, no centro de Moscou, perto do Kremlin, Moscou, Rússia, 14 de abril de 2016
      © Sputnik/ Mikhail Klimentyev
    • 08:14

      Vladimir Putin defende Ramzan Kadyrov

      Putin sobre Ramzan Kadyrov: ele, junto com o seu pai, decidiu durante a guerra na Chechênia, sem pressão externa, que a esta região devia ser parte da Rússia.
      Líder da Chechênia Ramzan Kadyrov

      Kremlin: Putin deve avaliar o trabalho de Kadyrov


      Segundo o porta-voz do presidente russo, mesmo que o atual líder da Chechênia não integre a lista de candidatos à chefia da república, isso não significará a possibilidade de desestabilização da situação na região.
      MOSTRAR MAIS
    • 08:11

      Putin comenta próximas eleições parlamentares na Rússia

      Vladimir Putin declarou que o partido Rússia Unida é um elemento de estabilização na Rússia mas que ele não é favorecido. Os seus candidatos perdem eleições. A responsabilidade na votação por parte das pessoas garantirá que os candidatos eleitos serão aqueles que o país precisa. Ele encorajou todos os russos a votar.
      Emblema do partido russo Edinaya Rossiya (Rússia Unida) (foto de arquivo)
      © Sputnik/ Vladimir Astapkovich
    • 08:01

      3 milhões de perguntas enviadas e 2 horas passadas: continuamos!

      Transmissão da Linha Direta com o presidente russo Vladimir Putin, Moscou, Rússia, 14 de abril de 2016
      © Sputnik/ Aleksandr Vilf
    • 07:49

      Quem é pior para a Rússia – Hillary Clinton ou Donald Trump?

      Sabe, responde Putin, temos de procurar quem seja melhor e não pior. E hoje há exemplos de cooperação entre a Rússia e os EUA e antes houve períodos em que esta cooperação foi muito ativa. Não se trata de pessoas concretas. Os nossos parceiros não devem agir a partir de posições sobre a sua exclusividade. A Rússia exige uma atitude de respeito.
      Candidato republicano à Presidência dos EUA, Donald Trump, durante o debate presidencial republicano organizado pela CNN, no The Venetian, em Las Vegas, Nevada. 15 de dezembro.

      Tortura é pouco: As 10 frases mais sem-noção de Donald Trump


      Que o excêntrico magnata Donald Trump, pré-candidato republicano à presidência dos EUA, gosta de aparecer com suas declarações xenófobas, misóginas e racistas, todo mundo já sabe, inclusive seus eleitores, para os quais a retórica do empresário reflete “espontaneidade” e “sinceridade”, ao invés de completa falta de noção.
      MOSTRAR MAIS
      Candidatos à presidência norte-americana Hillary Clinton do Partido Democrata e Donald Trump do Partido Republicano (foto de arquivo)
      © REUTERS/ David Becker/Nancy Wiechec
    • 07:42

      Relações com países ocidentais são o próximo tema

      Por que Putin não reage às difamações na mídia ocidental? Por que você não contrata advogados para processar a mídia que publica informação errada sobre os offshores? - pergunta um cidadão russo.
      O presidente responde:
      "A informação publicada é correta. O problema é que é interpretada incorretamente. Não há provas de que este dinheiro que passou por offshores seja dinheiro governamental ilicitamente desviado. Por exemplo, um amigo meu, Sergei Roldugin, usou esse dinheiro para comprar violinos. Mas quem está por trás destas “investigações”? São responsáveis americanos."
      Presidente da Rússia, Vladimir Putin

      Putin sobre 'Panama Papers': informação produzida para desestabilizar a Rússia


      O presidente da Rússia, Vladimir Putin, negou que haja ‘elementos de corrupção’ em relação a ele e seu círculo de pessoas na divulgação dos ‘Panama Papers’. Segundo ele, são documentos produzidos para desestabilizar a Rússia.
      MOSTRAR MAIS
    • 07:39

      Questões sobre a ilha Sacalina (Extremo Oriente da Rússia)

      Os trabalhadores das empresas de transformação de pescado têm problemas com o pagamento de salários. O presidente pede desculpas e promete resolver a situação em breve.
      Está sendo feita uma investigação sobre isso, sublinha Vladimir Putin.
      Funcionários na fábrica de peixe, ilha Shikotan, região de Sacalina, Rússia (foto de arquivo)
      © Sputnik/ Vladimir Fedorenko
      Sakhalin summer

      Impressionante, bonita, calma: a ilha russa de Sacalina


      O vídeo participou no concurso de vídeos turísticos "Milagre da Rússia” que decorreu no início deste ano em Moscou. É mostrada a natureza rica da ilha, localizada no Extremo Oriente russo.
      MOSTRAR MAIS
    • 07:30

      Próximas perguntas são de crianças

      Quais seriam os seus três desejos se apanhasse um peixe mágico? O presidente responde: "É melhor trabalharmos nós mesmos e não esperar por milagres".
      ​Outra pergunta infantil: Por que razão os adultos têm dois dias de folga e as crianças – nenhum? Por que estudam no sábado e fazem as tarefas de casa no domingo? Resposta: Porque vocês são melhores que os adultos.
      Presidente russo Vladimir Putin durante a Linha Direta no estúdio no complexo Gostiny Dvor, no centro de Moscou, perto do Kremlin, Moscou, Rússia, 14 de abril de 2016
      © Sputnik/ Mikhail Klimentyev
      Presidente russo, Vladimir Putin, brincando com seus cachorros Buffy e Yume, em 24 de março de 2013

      Putin envia cachorrinho com passaporte russo a garota de 11 anos na Crimeia (VÍDEO)


      O presidente russo Vladimir Putin fez a alegria de uma garota de 11 anos na cidade de Sevastopol, na Crimeia, que havia lhe enviado uma carta para pedir um cachorro de presente. Agora, ela é a feliz dona de um chihuahua, segundo relata a mídia russa nesta sexta-feira (4).
      MOSTRAR MAIS
    • 07:26

      Putin comenta assuntos internos da Rússia

    • 07:07

      Putin comenta escândalo de doping e decisão da WADA de banir o meldonium

      "Eu não acho que a decisão de banir o meldonium tenha uma motivação política. Uma prova disso é a alteração que a WADA fez da sua postura. Agora eles estão planejando testes clínicos para ver quanto tempo ele leva para sair do organismo", disse o presidente russo.
      ​Putin frisou que a Rússia, inclusive o Ministério do Esporte, chefiado por Vitaly Mutko, estão colaborando com os advogados para resolver a situação.
      Meldonium, também conhecido como mildronate

      Doping: Rússia pedirá resultados de investigação da WADA sobre meldonium


      O governo russo pedirá oficialmente os resultados da investigação da Agência Mundial Antidoping (WADA) sobre o meldonium, incluído recentemente na lista de substâncias proibidas, informou o vice-primeiro ministro Arkady Dvorkovich neste sábado.
      MOSTRAR MAIS
    • 07:03

      Quando você nos apresentará a primeira dama?

      Putin não gosta de perguntas sobre a sua vida privada. Porém, a esta teve que responder: "Quando você nos apresentará a primeira dama?"
      "Nós mantemos relações muito cordiais com Lyudmila Aleksandrovna [ex-esposa do presidente russo]. Está tudo bem com ela, comigo também", respondeu o presidente.
      ​Putin frisou que as pessoas elegem os presidentes e deputados para que trabalhem. A vida pessoal não é um critério.
      "Não estou certo se devo fazer publicidade da minha situação pessoal, isso pode mudar o mercado cambial ou os preços do petróleo", brincou o presidente.
      Presidente russo Vladimir Putin e a sua ex-esposa Lyudmila Putina em 2006 (foto de arquivo)
      © Sputnik/ Dmitry Astakhov
    • 06:58

      Ecologia é uma área claramente importante para a Rússia

      Outono na região russa de Primorie

      Rússia usará tecnologias espaciais para proteger florestas


      A tecnologia de sondagem da Terra à distância a partir do espaço será em breve usada na região de Primorie (Extremo Oriente da Rússia) a fim de proteger as florestas, segundo informou a assessoria de imprensa da administração da região.
      MOSTRAR MAIS
      Presidente russo Vladimir Putin responde às perguntas dos russos no âmbito da Linha Direta no estúdio no complexo Gostiny Dvor, no centro de Moscou, perto do Kremlin, Moscou, Rússia, 14 de abril de 2016
      © Sputnik/
    • 06:51

      Foi feita uma questão sobre o abastecimento elétrico da Crimeia

      Quando será a Crimeia totalmente abastecida com energia? Duas linhas da ponte energética entre a Rússia e a Crimeia já funcionam, hoje será inaugurada a terceira linha. Dentro de duas ou três semanas será lançada a quarta linha. Em 2017 e 2018 serão inaugurados quatro blocos energéticos.
      Mesquita do vilarejo de Levadki, próximo à cidade de Simferopol, na Crimeia

      Crimeia esnoba energia elétrica da Ucrânia: 'Não precisamos dela'


      A Crimeia não precisa que a Ucrânia volte a fornecer energia elétrica para a península, segundo anunciou nesta quarta-feira (30)o vice-premiê da república russa, Mikhail Sheremet.
      MOSTRAR MAIS
    • 06:46

      Agora estamos assistindo à construção da ponte que ligará a península da Crimeia com a parte continental da Rússia

      Equipe televisiva acompanha construção de ponte na ilha de Tuzla
      Screenshot: YouTube
      A construção da Ponte da Crimeia que ligará a península de Crimeia e a região de Krasnodar através do estreito de Kerch, ilha Tuzla, Rússia, 18 de março de 2016

      Primeiro pilar da ponte da Crimeia já está construído


      Na ilha de Tuzla foi construído o primeiro pilar da Ponte da Crimeia, que ligará a península à parte continental da Rússia, informou o serviço de imprensa do centro de relações públicas Krymsky Most (Ponte da Crimeia).
      MOSTRAR MAIS
    • 06:41

      Putin: "Consideramos a Turquia nosso amigo"

      Uma pergunta sobre a geopolítica: até há pouco tempo o presidente turco Erdogan era considerado um amigo da Rússia. Neste momento a situação mudou. A Ucrânia e a Moldávia neste momento têm relações frias com a Rússia. Será que a Rússia fica isolada? Putin não concorda:
      "Temos boas relações com a maior parte dos países. Somos membro de organizações como SCO e BRICS. Entretanto, consideramos a Turquia um amigo da Rússia e o povo turco um povo amigável".
      ​"Se Poroshenko e Erdogan se estivessem afogando, qual deles salvaria?", pergunta uma menina a Putin.
      Já esta pergunta é de uma menina russa de 12 anos. 
      Putin ficou um pouco embaraçado pela pergunta, mas disse que, se alguém se quer afogar, é difícil salvar essa pessoa. Porém, a Rússia está pronta a estender a mão a qualquer pessoa que peça ajuda.
      Vladimir Putin durante a Linha Direta de 14 de abril de 2016
      Screenshot: YouTube
      Participante do protesto contra as ações turcas em frente da embaixada russa em Moscou empunha o cartaz com a inscrição Náo vou à Turquia

      'Restaurar relações com a Rússia é a primeira tarefa do governo turco'


      O incidente do Su-24 gerou tensões entre Moscou e Ancara que se tornaram um golpe muito sério para a Turquia, disse o deputado do partido Popular e Republicano, que está em oposição ao atual governo turco, Devrim Kok.
      MOSTRAR MAIS
    • 06:41

      Aleppo é cidade estratégica para Síria

      “Em torno de Aleppo [surgiu] uma situação muito complicada”, disse Putin respondendo à pergunta sobre a sua avaliação do prazo de retomada dessa cidade. Putin explica que na área de Aleppo atua não só a assim chamada oposição armada, mas também a organização Frente al-Nusra, reconhecida como terrorista internacionalmente. “É muito difícil separá-los”, acrescentou o líder russo. “Têm um comportamento diferente”.
      Jihadistas de Frente al-Nusra affiliada a Al-Qaeda's entram na cidade de Alepo no norte da Síria

      Frente al-Nusra implanta 10 mil militantes no norte da Síria


      De acordo com o Estado-Maior russo, o grupo terrorista Frente al-Nusra implantou até 10 mil militantes perto da cidade síria de Aleppo preparando uma grande ofensiva.
      MOSTRAR MAIS
    • 06:35
      Vladimir Putin responde às perguntas dos russos no âmbito da Linha Direta no estúdio no complexo Gostiny Dvor, no centro de Moscou, perto do Kremlin, Moscou, Rússia, 14 de abril de 2016
      © Sputnik/ Mikhail Klimentyev

      Será que o Daesh conseguirá se recuperar?

      O presidente russo opina que tal possibilidade sempre existe. Mas a Rússia não deixou o exército governamental sozinho. Entretanto, as tropas governamentais conseguiram tomar Palmira já depois da retirada da maioria das tropas russas.
      Em todo o caso, o presidente russo espera que seja o processo político e não a força que vá resolver o conflito sangrento na Síria.
      Lembramos que o grupo terrorista Daesh é proibido na Rússia e reconhecido como terrorista no Brasil.
      Militar sírio lança fogo da peça de artilharia nos arredores de Palmira, Síria, 14 de março de 2016

      Agora sírios são capazes de derrotar Daesh sem ajuda russa


      As tropas russas não participam da operação de liberar a cidade de Palmira na Síria, afirmou o porta-voz do presidente russo, Dmitry Peskov.
      MOSTRAR MAIS
    • 06:27

      Operação aérea da Rússia na Síria: Presença militar russa reforçou exército sírio

      Agora é sobre a Síria. A aviação russa infligiu um golpe importante ao Daesh. Porém, a maior parte das tropas russas deixou a Síria. 
      Presidente da Rússia Vladimir Putin assiste aos testes do caça T-50 (foto de arquivo)

      Retirada russa da Síria obriga países ocidentais a rever cooperação com Rússia


      A retirada da aviação russa da Síria é um passo positivo que contribuirá para a paz no país, dizem cientistas políticos.
      MOSTRAR MAIS
      Em todo o caso, o presidente russo espera que o conflito sangrento na Síria seja resolvido através de um processo político e não da força.
    • 06:23

      Vladimir Putin explica estratégia para sobreviver à crise internacional na economia

      Mais uma pergunta sobre a economia. O mundo está passando por grandes mudanças econômicas, será que a Rússia ficou fora destes processos, como por exemplo, a criação do TPP? Não, diz Putin.
      "O nosso governo avalia as questões como atrair investimentos e aumentar o nível de vida de pessoas comuns. O maior desafio é mudar a estrutura da economia russa".
      Vladimir Putin responde às perguntas dos russos na Linha Direta no estúdio no complexo Gostiny Dvor, no centro de Moscou, perto do Kremlin, Moscou, Rússia, 14 de abril de 2016
      © Sputnik/ Mikhail Klimentyev
    • 06:15

      Está sendo discutido o aumento dos preços: Putin sublinha que é importante acreditar no governo

      A segunda pergunta também abrange questões cotidianas – uma mulher se queixa que os preços dos produtos alimentícios aumentaram significativamente na Rússia. Putin diz que, infelizmente, foi necessário introduzir um embargo alimentar contra os países ocidentais como resposta às sanções antirrussas. Isto afetou os preços.
      Porém, estas medidas aumentarão a segurança alimentar da Rússia e darão um impulso ao setor da agricultura o que, a prazo, contribuirá para a estabilização dos preços.
      Taxas de câmbio em Moscou

      Câmara de Comércio dos EUA: economia da Rússia está no caminho da estabilização


      A economia da Rússia conseguiu adaptar-se às difíceis condições macroeconômicas e está mostrando os primeiros sinais de estabilização, disse Alexis Rodzianko, presidente e diretor-geral da Câmara de Comércio dos EUA (AmCham, na sigla em inglês) na Rússia.
      MOSTRAR MAIS
      A tendência é positiva, diz Vladimir Putin. Não se trata de uma longa faixa negra na economia russa.
      Neste ano vamos enfrentar um pequeno resfriamento da economia, mas já no ano que vem a economia russa voltará a crescer.
    • 06:10

      Inovações tecnológicas são usadas nesta edição da Linha Direta

      Pela primeira vez, Putin respondeu a um telefonema que chegou ao vivo.
      Linha Direta com Vladimir Putin

      Linha Direta com Vladimir Putin


      Reveja na íntegra a 13ª Linha Direta com o presidente russo, Vladimir Putin, que respondeu às perguntas mais relevantes dos cidadãos da Rússia.
      MOSTRAR MAIS
    • 06:08

      A primeira questão chega da cidade de Omsk

      A primeira questão tem a ver com política interna da Rússia – é uma questão sobre rodovias.

    • 06:02

      Vladimir Putin chegou, começa a conversa

      A Linha Direta do presidente russo usa novas tecnologias, como ligações ao vivo, redes sociais (especialmente o Vkontakte russo).
      Vladimir Putin está no complexo Gostiny Dvor, no centro de Moscou, perto do Kremlin.
      Linha Direta com Vladimir Putin

      Confira os melhores momentos das Linhas Diretas com Putin


      A Linha Direta com o presidente da Rússia Vladimir Putin está marcada para 06h00 de Brasília no dia 14 de abril e será transmitida pelos canais principais da televisão e emissoras de rádio russas.
      MOSTRAR MAIS


    Leia mais: http://br.sputniknews.com/mundo/20160414/4142772/linha-direta-putin-2016.html#ixzz45oqnoTEX


    Leia mais: http://br.sputniknews.com/mundo/20160414/4142772/linha-direta-putin-2016.html#ixzz45oqToG6X


    Linha Direta com Vladimir Putin

    Confira os melhores momentos das Linhas Diretas com Putin

    © Sputnik/ Mikhail Klimentiev
    NOTÍCIAS
    URL curta
    Linha Direta com Vladimir Putin 2016 (6)
    365890

    A Linha Direta com o presidente da Rússia Vladimir Putin está marcada para 06h00 de Brasília no dia 14 de abril e será transmitida pelos canais principais da televisão e emissoras de rádio russas.

    A atual sessão será a décima quarta Linha Direta consecutiva, a primeira foi realizada em 2001. Esta tendência não foi interrompida ainda quando Vladimir Putin ocupava o cargo de primeiro-ministro.
    No ano passado, respondendo à questão de “Por que o senhor realiza as linhas diretas”, Putin disse o seguinte: “Primeiro, isso é o melhor tipo da pesquisa de opinião. Recebemos milhões de perguntas sobre um monte de problemas. Segundo, ele dá ao governo a chance de se comunicar e compartilhar seus pontos de vista com a nação".
    Uma secção mais longa teve lugar em 2013 e durou 4 horas e 37 minutos enquanto a mais curta foi registada em 2001 e durou 2 horas e 20 minutos. 
    O maior número de perguntas (mais de três milhões) foi observado em 2015.
    Confira os melhores momentos das Linhas Diretas com Putin
    Em 2014, respondendo à pergunta sobre a possibilidade de se casar de novo, ele disse: “Primeiro, tenho que arrumar um marido à minha ex-esposa Lyudmila Aleksandrovna e depois vou pensar em mim”.
    Durante a mesma Linha Direta, Putin comentou a reunificação da Crimeia com a Rússia.
    Sobre a reunificação da Crimeia com a Rússia
    “A afluência ás urnas [durante o referendo] foi de 83% e 96% votaram a favor da reunificação com a Rússia. Foi a absoluta maioria dos habitantes da Crimeia. Nessa situação, não tivemos o direito de escolher outro caminho”, disse o presidente.
    Sobre a Alasca
    Uma pensionista chamada Faina perguntou se a Rússia tinha quaisquer planos de recobrar Alasca. 
    “Querida Faina Ivanovna, por que você precisa de Alaska? A Rússia é um pais do Norte. Então vamos manter a calma”, declarou Putin ironicamente.
    Sobre as relações individuais com Obama
    Uma criança de seis anos perguntou: “Se Obama ajudasse caso o senhor estava se afogando?”
    “Prefiro pensar que isso nunca iria acontecer comigo. Mas ele é um homem de coragem. Acho que iria fazer isso”.
    A crise política eclodiu na Ucrânia em novembro de 2013, quando as autoridades do país anunciaram a intenção de suspender o processo de integração europeia. Os protestos que começaram em Kiev, apoiados pelo Ocidente, levaram a um golpe de Estado em 22 de fevereiro de 2014, forçando o então presidente Viktor Yanukovych a fugir do país.
    Sobre o golpe do Maidan e o ex-presidente Yanukovich
    O chefe das forcas especiais da Crimeia perguntou sobre a atitude do Putin em relação ao Yanukovich e ás suas ações durante a revolta na Ucrânia, conhecida como o movimento Maidan. 
    Putin disse que Yanukovich tentava fazer tudo o que podia para proteger o seu país.
    As mensagens dos russos de estrangeiro
    De vez em quanto mensagens de texto de residentes russos fora mostradas na tela durante a transmissão. Algumas delas eram bastante engraçadas.
    “Putin, dê um aumento de salário a si mesmo. Pessoalmente não gosto de você, mas você trabalha muito”, diz uma das mensagens.
    A pergunta de Snowden
    Houve uma ligação de Edward Snowden, o ex-contratante da CIA, que agora está na Rússia. Ele queria saber se a Rússia tinha um sistema de vigilância de massa como os Estados Unidos. 
    “Na Rússia não existe um sistema de vigilância. Podemos fazer isso apenas por uma decisão judicial. Vigilância de massa é ilegal na Rússia”, explicou. 
    A pergunta do granjeiro John
    O proprietário de uma granja na Rússia, John Kopiski, se queixou de que os produtores da leite tenham que lutar pela manutenção da atividade das suas empresas e perguntou ao presidente o que poderia ser feito para melhorar as suas condições.
    ​Depois de responder às preocupações do John, Putin perguntou ironicamente se a razão da sua mudança para a Rússia foi uma mulher.
    O conselho de Putin
    Uma mulher chamada Elena pediu o presidente dizer ao marido dela para lhe permitir ter um cachorro. Putin defendeu a sua posição e pediг o marido fazer a coisa certa.
    Como tornar-se o presidente
    O menino de 4 anos disse que queria tornar-se o presidente no futuro. Ele perguntou ao Putin quantas horas ele dorme por dia. O presidente disse que é preciso dormir bem para ser saudável. 
    Banho com o ex-chanceler alemão
    Putin também foi perguntado se ele já tinha convidado algum líder estrangeiro para a banya (sauna tradicional russa). Houve uma vez que o presidente convidou o ex-chanceler alemão Gerhard Schroeder para a banya e que quando ambos tomaram o procedimento o prédio pegou fogo. Quando Putin falou para o seu colega para deixar o lugar Schroeder insistiu em tomar a cerveja.


    Leia mais: http://br.sputniknews.com/noticias/20160413/4136077/Putin-Linha-Direta.html#ixzz45oqHHDFF

    Sem comentários:

    Windows Live Messenger + Facebook