domingo, 10 de abril de 2016

Premiê da Ucrânia se demitiu

Arseni Yatseniuk, primeiro-ministro da Ucrânia


© AP Photo/ Geert Vanden Wijngaert
MUNDO
URL curta
11115170

O primeiro-ministro da Ucrânia divulgou neste domingo (10) que pede a renúncia.

A respectiva informação foi divulgada pelo político durante o seu discurso televisivo semanal, transmitido pelo canal 112 Ukraina.
“Eu tomei a decisão de me demitir do cargo de primeiro-ministro da Ucrânia. Na terça-feira, 12 de abril, a decisão será apresentada na Suprema Rada [parlamento]”, disse.
Yatsenyuk divulgou também que o partido Frente Nacional continuará em coalizão no parlamento ucraniano.
"A partir de agora vejo os meus objetivos de forma mais ampla do que os poderes do chefe de governo", disse Yatsenyuk citado pelo jornal Ukrainska Pravda.
Além disso, o político alertou que a desestabilização da situação na Ucrânia é inevitável “se o novo governo não for eleito imediatamente”.
O governo de Yatsenyuk tinha sobrevivido em fevereiro a uma votação na Suprema Rada a favor da sua demissão. Na altura, sendo necessários os votos de 226 deputados para que a decisão fosse válida, só 194 é que votaram.
A situação política e social na Ucrânia continua difícil, já que várias forças da coalizão parlamentar da Ucrânia estão insatisfeitas com o governo atual e com Yatsenyuk em particular, insistindo na sua demissão.


Leia mais: http://br.sputniknews.com/mundo/20160410/4092822/yatsenyuk-ucrania-demissao.html#ixzz45RIG07FN

Sem comentários:

Windows Live Messenger + Facebook