sábado, 9 de abril de 2016

Populares acham dois cadáveres em Mocuba


PDF
Versão para impressão
Enviar por E-mail
Destaques - Newsflash
Escrito por Cristóvão Bolacha  em 08 Abril 2016
Share/Save/Bookmark
Um jovem, cuja identificação não foi possível apurar, foi encontrado morto, na madrugada de segunda-feira (04), numa vala de drenagem no bairro Marmanelo, na cidade de Mocuba, província da Zambézia. Um outro individuo foi encontrado, também sem vida e abandonado na via pública, no mesmo dia, na zona residencial dos CFM.
Os cadáveres estavam despidos e apresentavam sinais de golpes desferidos com recurso a instrumentos contundentes. Presume-se que as vítimas tenham sido agredidas.
Ailton Moisés, cidadão que reportou um dos casos ao @Verdade, e que reside em Marmanelo, disse que durante a noite em que a vítima morreu não se ouviu gritos, o que leva a crer que foi assassinado noutro local e o cadáver arrastado para aquele local.
O corpo da vítima apresentava ferimentos graves nos membros inferiores, por isso, os residentes daquele bairro concluíram que antes de o cidadão ser morto, foi brutalmente espancado e abandonado na vala de drenagem de uma via, que liga a cidade de Mocuba ao bairro Careira de Tiro.
A situação deixou os moradores agastados, uma vez que os assaltos, os assassinatos e as agressões físicas na via pública têm sido frequentes perante a impotência das autoridades policiais.
O corpo achado no bairro dos CFM apresentava sinais de golpes desferidos com recurso a catanas. A Polícia declinou pronunciar-se sobre os factos.

Justiça pelas próprias mãos leva à morte de dois cidadãos em Nampula

Dois corpos cujas identidades não foram apuradas foram encontrados na manhã da última quinta-feira (01), sendo um no bairro de Muatala, e outro numa machamba em Mutava Rex, na cidade de Nampula. As vitimas tinham aparentemente mais de 25 anos de idade.

Segundo apurámos, o cadáver encontrado em Muatala apresentava sinais de linchamento, o que leva a presumir que houve justiça pelas próprias mãos, perpetrada por alguns populares enfurecidos devido a roubos que têm vindo a ganhar terreno naquela zona. No Rex, o corpo apresentava igualmente escoriações, supostamente por agressão física.

Zacaria Nacuthe, porta-voz do Comado Provincial da Polícia da República de Moçambique (PRM) em Nampula, os dois corpos foram encaminhados à morgue do Hospital Central local. Os resultados das autópsias confirmam a morte por linchamento e espancamento. Os cadáveres ainda encontram-se naquela unidade sanitária, porque não foram reclamados pelos familiares.

Fonte: @Verdade – 08.04.2016

Sem comentários:

Windows Live Messenger + Facebook