quinta-feira, 14 de abril de 2016

JOSÉ MANUEL JA FOI ENTERRADO CONDIGNAMENTE, PAZ A SUA ALMA E ADEUS!

BREAKING NEWS!

Membro do conselho Nacional de Defesa José Manuel, Foram hoje a enterrar condignamente, o estranho e chato é de o partido frelimo ter enviado centenas de agentes da sise no enterro mas graças a Deus correu bem.

O LIDER DA RENAMO JA SOLTOU AS CORDAS DOS SEUS COMANDOS!

O Lider da perdíz disse para os seus comandos agora, para fazerem de tudo o que estiver ao seu alcance sem esperar da ordem do lider.

OS CAMBISTAS DE CATANDICA SOLTOS!

Os comerciantes e negociantes informais de catandica entre taxistas e supostos informantes da renamo, foram soltos ontem anoite.
Boa noite (chicuare-perdíz).
------------------------------------------------------------------------------------

Corpo do membro da Renamo assassinado na Beira velado hoje na Matola


José Manuel era conselheiro de Estado para Defesa e Segurança
Membros da Comissão Política da Renamo, familiares e amigos despediram-se, hoje, de José Manuel, baleado sexta-feira, na cidade da Beira. José Manuel era conselheiro de Estado para Defesa e Segurança e chefe de Assuntos Sociais e Pensões da Renamo.
A cerimónia do último adeus começou com a chegada do corpo do conselheiro de Estado para Defesa e Segurança à igreja a que fazia parte no bairro da Mozal, município da Matola.
No velório do corpo de presente estiveram quadros da Renamo com destaque para o Secretário-Geral, Manuel Bissopo, membros da Comissão Política, deputados, familiares, amigos e irmãos de igreja.
Durante a leitura do discurso de ocasião, a família e os amigos do malogrado descreveram José Manuel como um homem simples e dedicado, e lamentam a forma bárbara como foi assassinado.
Em representação de Afonso Dhlakama, Manuel Bissopo, enalteceu os feitos de José Manuel e prometeu que o partido da perdiz vai continuar com os seus ideais.
José Manuel Simango nasceu em Julho de 1968, no distrito de Chibabava, em Sofala. Foi Tenente Coronel durante a guerra dos 16 anos, membro da equipa negocial da Renamo no diálogo político e tinha sido eleito membro do Conselho Nacional de Defesa e Segurança. Deixa viúva e sete filhos, e, desde hoje, descansa no Cemitério de Lhanguene, em Maputo.
Os moçambicanos sentem-se desprotegidos e esperam por uma posição pública da guardiã da legalidade e do mais alto magistrado de Moçambique
PDF
Versão para impressão
Enviar por E-mail

Tema de Fundo - Tema de Fundo
Escrito por Redação  em 15 Abril 2016
Share/Save/Bookmark
Foram a enterrar nesta quinta-feira(14) Marcelino Vilanculos e José Manuel, cidadãos assassinados a sangue frio. Dos mais vários quadrantes chegaram os “repúdios”, as “indignações” e as “condenações”. Os moçambicanos honestos sentem-se desprotegidos e aguardam ansiosamente uma posição pública da guardiã da legalidade, Beatriz Buchili, e do mais alto magistrado da Nação, Filipe Jacinto Nyusi (não confundir com a declaração do presidente do partido Frelimo), que ainda não disseram o que pretendem fazer para acabar com a impunidade dos criminosos.
“O combate à criminalidade, em particular o crime organizado será implacável de modo a e qualquer cidadão, moçambicano ou estrangeiro, se sinta tranquilo e protegido”, prometeu a 15 de Janeiro de 2015 o Presidente de Moçambique durante a sua posse.
Passado pouco mais de um ano os criminosos estão claramente a triunfar, e a prova disso não são apenas estes dois assassínios mas todos os outros que acontecem todos os dia um pouco por todo o país diante de uma polícia que trabalha muito nas palavras mas que poucos resultados práticos produz.
Do Chefe de Estado, que na abertura do ano judicial apelou “para que se acelere o processo de reestruturação da polícia, em particular da Polícia de Investigação Criminal(PIC) que constitui um aliado precioso na prevenção e combate ao crime organizado”, só vimos mudar o Comandante-Geral da Polícia da República de Moçambique, outro funcionário de Estado com responsabilidades no combate ao crime mas que também permanece em mudo.
PGR parece alheia aos abalos que estão a ser infligidos ao Estado de Direito
Foto de ArquivoMais ensurdecedor é o silêncio da Procuradora-Geral da República(PGR), Beatriz Buchili, que ainda sequer foi vista publicamente desde o passado sábado, quando José Manuel foi crivado de balas na cidade da Beira, e nem deu a cara quando o seu colega de profissão foi executado à porta de casa na noite de segunda-feira.
“Não há dúvida de que o comportamento do indivíduo indiferente, de quem fecha o coração desinteressando-se dos outros, de quem fecha os olhos para não ver o que sucede ao seu redor ou se esquiva para não ser abalroado pelos problemas alheios, caracteriza uma tipologia humana bastante difundida e presente em cada época da história; mas, hoje em dia, superou decididamente o âmbito individual para assumir uma dimensão global, gerando o fenómeno da «globalização da indiferença»”, afirmou Beatriz Buchili, citando o Papa Francisco na abertura do ano judicial.
A Procuradora-Geral da República parece alheia aos abalos que estão a ser infligidos ao Estado de Direito no nosso país, tal esteve no seu primeiro informe à Assembleia da República, onde ignorou o assassinato do juiz Dinis Silica, numa altura em que passava precisamente um ano desde que o magistrado tinha sido também assassinado numa via pública pelo crime organizado.
Comments

Like15 hrs
Like15 hrs
Toxx Will Maylen Mudaniss boa,gosto assim o meu lider tomar esta decisao mereceu a todo custo,isto par verms ond é k vao ficar os lambecú k nos chama bandidos enquanto sao assassinos sem ver xta grand diferenca. bandido convive bem com a sua familia e assassin ate mata o seu proprio pai qndo ver k tem iniciativa d lh pór na linha certa
See Translation
Like34 hrs
Paulino Angoni Angoni Angoni Sinto dossura ate ns ossos com esta noticia,viva resistencia
See Translation
Like34 hrs
Lucas Maphosa Maphosa EISHI DANGEROUS.
Like24 hrs
Zviripa Chena Machava Queriamos isso desde amuito tempo
See Translation
Like24 hrs
Like14 hrs
Sinembo Ndaneta Obrigado Nkhwali pelos upadates.
See Translation
Like24 hrs
Zviripa Chena Machava Tatodakala maning ndizvona
Like14 hrs
Tipei Zvedu Tinapereka takhuta
Like14 hrs
Antonio Macutcha Sua alma durma em paz
See Translation
Like14 hrs
Cardoso Charles Valeu term soltados
See Translation
Like14 hrs
Cardoso Charles Mwari ngamuzorodze mweya yo hama yedu tatenda
Like14 hrs
Like14 hrs
Jose Majasse Dombe Obrigado pela informação Deus acima de tudo!
See Translation
Like14 hrs
Dnando Fone Toxx will bom exmplo. Veja oqui chipande fez matou o seu proprio pai. Grande Asasino
See Translation
Like13 hrs
Mario Barbito Nao sei se e possivel geminar a minha conta neste FB. Apareco a dizer "GOSTO" mas nao vi a noticia e so agora e que tive oportunidade de dar uma espreitadela no FB, no meu mural. Nao fiz nenhum clique. Deste modo, meus caros amigos, agradeco que tomem em consideracao este facto pois me parece que a minha conta esta vigiada. Os meus irmaos sabem porque digo isso!
See Translation
Like33 hrs
Mario Barbito Em relacao a Morte do Jose Manuel, sinto muito pelo facto, num pais que anda a pregar democracia e mata os seus opositores politicos!
See Translation
Like3 hrs
Like13 hrs
Dnando Fone Sou Mario e triste construindo uma casa dali começa a dxtruir por fundaçao. E como a frelimo
See Translation
Like23 hrs

Muito triste. Como conselheiro de Estado , nao era suposto ou normal estar presente no seu funeral alguem a representar o governo?
See Translation
Like13 hrs
Tomas Humbe Paz a sua alma, espero k com autoridade k foram dado os rangers comandos da renamo facam algo urgentemente"medidas severas ".
See Translation
Like13 hrs
Lava Jacto Jacto Jose Manuel que a sua alma descanse em paz. E quanto aos comandos da Renamo(rangers) desejo muito bom tralharo pra a victoria final . Pois a decisâo final foi tomada ao ultimo encontro que realizamos aqui na gorongosa .
See Translation
Like33 hrs
Paulo Besteleve Moçambique Paz a sua alma José Manuel, a sua morte vai ser vingada por nós, o desabar de um não significa a seca do embondeiro.
See Translation
Like12 hrs
Lava Jacto Jacto Assino comandante
See Translation
Like32 hrs
Jenny Semedo Paz à sua alma irmão!
See Translation
Like12 hrs
Gasuse Gafar Mas pork o Governo da Frelimo é tao limitado axim!
See Translation
Like2 hrs
Gelyto Baptista Gassete Gassete A sua alma descanse em paz
See Translation
Like2 hrs
Fernando Marime k tenha um bom descanso
See Translation
Like11 hr
Unay Cambuma Se nao tivessem sido soltos Catandica cairia a noite e haveria massacre dos frelimistas mais estupidos. Assim ja estao na lista.
See Translation
Like31 hr
Nitafa Hi Nomo E no momento certo terão o seu devido tratamento. Xpera pouco xibamo xa Marangers. 

Ao Resistente José Manuel, continuaremos com as suas obras! Tenha um eterno descanso!
See Translation
Like11 hr
Érica Luisa Tupida Érica É lamentavel o qui esta acontecer em moçambique, frelimo estao acabar com todos grande da Renamo os carra sem vergonha, bandidos

Sem comentários:

Windows Live Messenger + Facebook