quinta-feira, 14 de abril de 2016

Funcionários do Ministério da Defesa de costas voltadas com a Instituição



FADM
Um número considerável de trabalhadores de várias unidades do Ministério da Defesa Nacional está de costas viradas com aquelas  Instituição que Zela pela defesa da pátria.
Segundo o grupo de trabalhadores, que procurou o nosso jornal e pediu para falar na condição de anonimato, há casos de funcionários ….. acompanha mais detalhes na  aproxima edição  do Magazine independente.


Neste momento ha grande concetração dos homens da fir, que estao a negar ir nas matas de gorongosa, e á grande tiroteio
SELO: Apelo à paz e ao diálogo - Por Júlio Khosa
PDF
Versão para impressão
Enviar por E-mail
Vozes - @Hora da Verdade
Escrito por Redação  em 13 Abril 2016
Share/Save/Bookmark
No meu artigo intitulado “Democracia e Governação Inclusiva em Moçambique”, ter-me-ei socorrido da governação de Nelson Mandela, antigo Presidente da África do Sul e já falecido, para dar exemplo de uma governação inclusiva, a qual pode constituir um modelo para Moçambique ultrapassar a actual situação político-militar, que se manifesta em forma de guerra civil.
Continuo defendendo que no país reina o espírito de exclusão. Há compatriotas que se acham mais moçambicanos e donos do país. Moçambique é para todos e o que há nele constitui também riqueza para todos, sem descriminação.
Procurei informar-me melhor sobre a constituição do Governo de Nelson Mandela e conclui que a estratégia encontrada pelos sul-africanos para garantir a inclusão foi de todo o partido. Dos partidos da oposição, segundo os resultados eleitorais de 2004, somente o National Party (NP), de Frederick Derclerk, e Inkatha Freedom Party (IFP), de Mangosuthu Buthelezi, obtiveram uma boa representação mas, mesmo assim, Nelson Mandela fez a questão de incluir no seu governo membros de outros partidos, com ou sem assentos parlamentares. Isto é que se chama acabar com o barrulho. Esse governo que, vigorou de 27 de Abril de 1994 a 30 de Junho de 1996, chamou-se Government of National Unity (GNU), que em português significa Governo da Unidade Nacional.
Esse governo operou à luz de uma Constituição Interina (Provisória), acordada entre o African National Congress (ANC) e o National Party (NP), em 1991. Houve partilha de pastas em alguns ministérios na governação de Nelson Mandela. Se os cargos de ministro, governadores e administradores são por confiança política, no Governo de Mandela havia espaço para uma grande margem de desconfiança entre os partidos ANC, NP, IFP e outros não especificados, tendo em conta a sua natureza mas, nem com isso Madiba ficou abalado!
Ele confiou aos compatriotas a missão de resgatar a Unidade Nacional, de acabar com o regime segregacionista (Apartheid) promovido, na altura, pela extinta National Party de Pik Botha (Peter Botha). O GNU conhece o seu termo em 1999, tempo que coincidiu com o início do segundo mandato da governação do ANC, já com Thabo Mbeki na Presidência da República. Mandela só governou durante um mandato e preferiu deixar o poder, ainda doce, enquanto o povo sul-africano o queria no poder.
A visão e o carácter de Mandela tornaram-no num protótipo de governação capaz de ajudar na resolução de conflitos políticos que actualmente fustigam o nosso país.
O meu apelo vai para o senhor Presidente da República, Filipe Nyusi, e ao partido Frelimo. Nada eles perdem em promover a inclusão no verdadeiro sentido da palavra. Pelo contrário, sai-se a ganhar e a existir credibilidade e maturidade na gestão de conflitos de género. Há que priorizar o espírito de tolerância para uma verdadeira reconciliação nacional.
Sobre o Egipto, a Bíblia, no seu Antigo Testamento (Êxodo 7;14), fala-nos do coração endurecido de Faraó. Com o endurecimento do seu coração, Deus mandou muitas pragas que fustigaram o Egipto daquele tempo. Não adianta endurecer o coração. O Presidente da República e o partido Frelimo têm de saber abrir a mão para poder viver e convir com os outros seres semelhantes, pese embora as diferenças. Para uma boa governação, temos que colocar à parte todo o tipo de apetites que tivermos, para melhor servirmos o povo.
Uma guerra civil pode durar anos devido ao ódio que tivermos contra o nosso adversário, mas, no fim, o segredo para acabar com isso é o DIÁLOGO! O endurecimento do coração da parte do Presidente Filipe Nyusi e do seu partido está e vai continuar a destruir o país.
Falo apenas da Frelimo e não da Renamo, pois este último já manifestou a sua disposição para o DIÀLOGO, exigindo, no entanto, a participação de mediadores internos e externos, mas não vemos a mesma vontade da parte do partido no poder.
O Governo da Frelimo diz estar disposto para o DIÁLOGO mas meia volta, através das FDN e FIR, promove perseguições à Renamo e ao seu líder, o que deixa clara a desconfiança levantada pela contraparte. Os dois partidos não podem chegar à reconciliação sem intervenção de mediadores. Ambos não se confiam. Por favor, tenham pena do povo moçambicano.
Apelamos para um DIÁLOGO sério. Os nossos irmãos estão a morrer em vão. Por favor, senhor Presidente da República, QUEREMOS PAZ EM MOÇAMBIQUE. Não hipotequem o nosso futuro.
O Estado não é somente dos partidos políticos, mas, sim, de todos os moçambicanos. Tudo o que há nele é herança de todo aquele que é moçambicano. Por isso, não foi para isso que o povo vos confiou o poder, senhor Nyusi. Uma justa revisão constitucional e formação de um governo inclusivo e transparente é que podem solucionar, definitivamente, os problemas dos moçambicanos.
Por Júlio Khosa
Comentários
Gil De Maria Beatz Aonde isto?
Gosto7 h
Gosto17 h
Toxx Will Maylen Mudaniss se é verdad dgo k xtao d parabenizado
Gosto17 h
Manuel Joaquim Luis Quem te informou
Gosto7 h
Dercio Robertp Chissaque Eu tambem me recusar-ia.

Esse ja tão ganhando juizo.

Gosto7 h
Pedrito Antonio J Mathavele Melhor seria tax de parabem
Gosto7 h
Toxx Will Maylen Mudaniss mano manuel concordo com a tua qestao pk sempre fui divido.favr to a pedir a prova,e ñ é insensatez
Gosto7 h
Avestino Augusto Fundai ninguem recusa sa ordens
Gosto7 h
Lasti Zaix ve se, que vocês não tem nenhum conhecimento militar, ordens não se discute, cumpre se.ok
Gosto27 h
Guia De Marcha Nachingueia são burros esses matsangas....ordem cumpri se não se descute nem se negoceia...vão estudar burros
Gosto17 h
Armando Tomas Fernando Fernando Só maloco como você Lasti Zaix,é que aceita ordens para ir morer, enquantos eles estão numa boa reunido,na matola
Gosto27 h
Ray Ell Mário Bem feito,não eram leais ao governo?agora u ke foi?tem medo de morrer e deixar a vagina doce PA outros cambas?bem feito,cães de guarda.
Gosto37 h
Paulo Besteleve Moçambique Assim seja não adianta disparar contra o partido que vocês votaram, rajadas com os Boss
Gosto17 h
Sergio Gonsalves Limpo Melhor negar...meus irmao LA morre se
Gosto17 h
Masú Martinho Martinho Bom trabalho se for assim seremos amigo não é para morrer por cusa de um grubinho de pessoa eles a tomar café e voce a tras dos tiro
Gosto47 h
Armandinho Da Filipa Cambuma A maioria estão triste a pensar ir entregar-nos a suas vida. Vindem connosco e vamos resolver.
Gosto7 h
Majo Joseph Aonde isso?
Gosto7 h
Moises Augusto Zindava Zindava No mato da gorongosa
Gosto7 h
Samuel Tomas Binze aonde tao concentrados?hao de morrer em massas oa rangers tao atentos a qualquer movimento
Gosto37 h
Rodrigues Malod Djedje Ke bm isso eles tao bem na ced matola
Gosto6 h
Richie Zimba Quando ver k ta mal nao e facil, e melhor deixar arma e fardamento ir-se embora. o k vale morrer pra satisfazer alguem?
Gosto46 h
Cremildo Alfredo Mawelele Eu não aceitaria lutar lutar contra meu irmão pra lhe matar !

Se uma ordem do se cumpre, então como se justifica as. 1400deserções!

Gosto36 h
Pedro Muana Bobo Bobo Os homens bem pago na frelimo. Os fademos na mizéria
Gosto16 h
Muzungu Ndini Forxa irmaos, desertem e poupem vossas vidas.
Gosto46 h
Gosto16 h
Ivety Chitlango pelo menos tem um pouco d nocao N juraram A patria mas sim aos beneficios deses camaradas folgados forca fir xega d beneficiar superiores sem scrupulos N sabem agradecer nem reconheccer vso trabalho salario magro alimentacao fraca
Gosto46 h
Assane Nacumbe Assane Golpe do estado
Gosto36 h
Maria Manjate É bom negarem para perservar suas vidas, nao se está a morrer por nada.
Gosto26 h
Dinís Luís João Ufffffffffff
Gosto15 h
Calo De Carlos Envete outra metira este nao begou,pode pegar para que nao conhece a tropa.

Da proxima quando quer metir deve sasber que as ordens nao se nega ne opinar deve comprir ok.

Gosto15 h
Orlando António Nhimbe Esses sao idiotas militares nao negam misao muito pelo contrario todos querem ir a gorongosa
Gosto5 h
Muzungu Ndini Piriquito nas matas da Gorongosa e' mesmo que estar no corredor da morte.
Gosto35 h
Orlando António Nhimbe Pra mi esses xtao prontos para mais um ataque de desarmamento compulsivo dos matsangas
Gosto4 h
Nando Fer G Nhassengo Eses recebem ordes nao ha como negarem uki se ker e aumentar dinhero
Gosto4 h
Gil De Maria Beatz Aumentar dinheiro e nao comer o mesmo dinheiro. É triste
Gosto3 h
Selemani Zacaria Ululu É bom negar, falta de moral é derota mental. E nao sabem quem estaom a defender. Por que FIR nao defendem moçambicanos mas sim, os que pensam sao os donos de Moçambique
Gosto13 h
Marcos Aniceto Cuidado a fir não brinca e nunca se ne nega uma missão e um dos requisitos para pertencer a fir deve ter o mínimo 3 anos de formação de comando por isso cuidado com as vossas bocas
Gosto3 h
Muzungu Ndini Quem disse que quando se e' pobre deve se lamber bota da frelimo?
Gosto3 hEditado
Tsala Muana O meu cunhado e da fir nunca foi comando senhor Marcos Aniceto esta a mentir
Gosto13 h
Paulo Besteleve Moçambique Esse Aniceto é bom Bloquear
Gosto13 h
Paulo Besteleve Moçambique É lambebotas da frelimo
Gosto13 h
Anamuane Okhopela Bem feito. Se e por causa nacional mande em gorongosa filho de Nyussi, Filho de Guebuza e Filho de Chissano. Fassam como fazia Samora, mandar os filhos para estudar nas escolas da frelimo.
Gosto13 h
Anamuane Okhopela Marcos Aniceto mentiroso
Gosto3 h
Nando Fer G Nhassengo Eses gajos são mauo pior agora com ese boxinho
Gosto3 h
Neves Massunguine Pk estão a negar?
Gosto2 h
Ivety Chitlango pork N kerem ir morer stao fartos d ver seus irmao A morer como se fosem caes
Gosto2 h
Moises Das Aguas a pessoas que até dão vergonha por causa de mentira
Gosto2 h
Mateus Rafael Mubeco Mubeco Mentiram nenguem vai desistir e nenguem negou a minsao do governo bandidos armados
Gosto2 h
Mateus Rafael Mubeco Mubeco Marcos Aniceto tamos a falar com bandidos armados aque nesta pagina eu nem sei apanham aonde dinheiro para navegar na internet
Gosto2 h
Mateus Rafael Mubeco Mubeco Sao bandidos merecem serem fuzulados pobres voces bandidos armados porque nao querem vir se enquadrar nas fds para apanhar dinheiro de colgat
Gosto2 h
Tsala Muana Kikikiki, os bandidos armados sao os que atribuem esse nome aos outros
Gosto2 h
Ofece Deniasse Chania Quem atribui nome outro, chará é.
Gosto2 h
Zacarias Juliao Juliao Robertos Hoje xtou pra likes!!!
Gosto2 h
Moises Das Aguas bandido armado é bandido armado, não outro nome que se dá à um bandido armado, é bandido armado.
Gosto2 h
Mateus Rafael Mubeco Mubeco Merecem faca no piscoso mentirosos
Gosto2 h
Mateus Rafael Mubeco Mubeco Desgrasados da vida
Gosto2 h
Mateus Rafael Mubeco Mubeco Nao robar sperar oque te da teu Chefe
Gosto2 h
Mateus Rafael Mubeco Mubeco Nos queremos mocambique avante
Gosto2 h
Mateus Rafael Mubeco Mubeco Vosos pais quando sae em casa desem vao trabalhar pregunta a ele aonde dexar de cultivar ou pergunta papa resebe quanto quero faser lincesiatura .... Bandidos
Gosto1 h
Moises Das Aguas esses não pais e nunca tiveram, se as mães nêm sabem os donos das barigas que lhes pariu, são filhos incognitos.
Gosto1 h
Mateus Rafael Mubeco Mubeco Sao pessoas inesperaveis ladroes como mentem esse tipo de coisa fir negou aonde....nunca ira aconteser fomos formados p defender a patria nao para robar galinhas da populacao
Gosto1 h
Mateus Rafael Mubeco Mubeco Muzungu Ndini quidado com tuas mentitas no teu saite
Gosto1 h
Moises Das Aguas esses ladrões de galinha sacudimos maning hoje em barue, Ofece é melhor ir ver sozinho, ainda estamos a perceguir os outros que estam a fugir sem direcção, inclusive apanhamos 8 estamos a chamboquear bem os gajos nos amostraram em Mavonde um esconderijo de armas e aí apanhamos um documento escrito por muchanga a pedir para ser chefe da bancada antes de dlhakama indicar ivone soares
Gosto1 h
Angela Maria Serras Pires Que atrasadice mental
Gosto8 min
Tsala Muana Quando mente pensa que esta a enganar quem? se esta se enganar, e bom reconhecermos que as forcas governamentais estao a levar trementas baixas no campo da batalha, isso ninguem pode descordar se um dia as forcas matar um da Renamo vao publicar em todos os jornais, televisoes e radios pro Nyussi
Gosto11 h
Moises Das Aguas venha ver, em Manica é onde tudo começa, esses vossos ladrões de galinha estam sumbir em grande escala, nós não queremos brincadeira.
Gosto1 h
Moises Das Aguas neste momento em Mavonde estam encuralados, sem saida tentaram subir a monha, so que do outro lado é no zimbabwe aí as coisas se complicaram cada vez mais, perguntem os vossos delegados lá vão vos informar o que esta acontecer de verdade.
Gosto1 h
Tsala Muana voces mentem mesmo
Gosto1 h
Moises Das Aguas uamama, as baixas estam a doer, vai para mavonde numa zona chamada Tropa no regulado Mapicua para voce ver in loco o que esta acontecer mesmo, isso é brincadeira que andam a postar de mentir
Gosto1 h
Mateus Rafael Mubeco Mubeco Nenguem vai fugir das. Matas por causa das mentiras pobres
Angela Maria Serras Pires Os frelos Sao so os ladroes de Maputo os outros piriquitos Sao carne pra canhao e tem de exigir sairem Duma zona onde Sao inimigos do povo
Gosto6 min
Mateus Rafael Mubeco Mubeco Apanham aonde telfones p apostarem isso .....se salario nao chega robaram aonde
Gosto5 min
Mateus Rafael Mubeco Mubeco Inimigo do povo e teu pai que so sai a noite nas matas enquanto nos stamos a qualquer momento aseita a forca da mudanca .....ja tens telfon p navegar .... Apanhaste aonde tens salario tu...ou e amor a camisola

Sem comentários:

Windows Live Messenger + Facebook