domingo, 10 de abril de 2016

Casa Militar do Presidente importou mais de mil carros em três meses

09.04.2015 • 09h24


Décimo maior importador de automóveis no último trimestre de 2014.
Por Rede Angola com Agência Lusa.
A Casa Militar da Presidência da República importou nos últimos três meses do ano 1.034 veículos automóveis, uma subida vertiginosa de quase 2.000 por cento em relação a igual período de 2013, quando importou 54 veículos.
Nesses últimos três meses do ano passado, de acordo com a informação do Boletim Estatístico do Conselho Nacional de Carregadores (CNC), a actividade da Casa Militar do Presidente José Eduardo dos Santos foi tanta que esta aparece na estatística como o décimo maior importador de automóveis de Angola.
O peso da Casa Militar, liderada pelo general Hélder Vieira Dias “Kopelipa”, no total das importações angolanas de veículos automóveis nos últimos três meses do ano passado foi de 2,75 por cento. Superando de longe a Robert Hudson, a mais antiga empresa do ramo automóvel em Angola, representante da Ford no país, que se ficou pelos 666 veículos importados.
Rede Angola tentou obter alguma explicação junto da Presidência da República para este surto importador da Casa Militar através do Gabinete de Revitalização e Execução da Comunicação Institucional e Marketing da Administração (Grecima). O seu director, Manuel Rabelais, por meio de um assistente, informou que o assunto não é de competência da Presidência, que não se pronunciará a respeito. No entanto, na organização governamental do país, a Casa Militar pertence e responde directamente à Presidência.
Os dados referentes à Casa Militar saltam à vista apesar das estatísticas mostrarem um grande crescimento na importação de veículos automóveis de 1 de Outubro a 31 de Dezembro, com um aumento de mais 11.149 unidades importadas que em 2013. No total, importaram-se 37.645 automóveis, representando uma subida de 42 por cento em relação a igual período do ano anterior.
De acordo com a Lusa, são mais 400 viaturas por dia que chegaram aos portos angolanos do que nos últimos três meses de 2013.
Para esse crescimento muito contribuíram, além da Casa Militar da Presidência da República, a Sociedade Comercial Luso-Holandesa (Lusolanda), com 2.969 viaturas (mais 93,55 por cento), e a TDA (do grupo português Teixeira Duarte), com 2.082 viaturas (mais 130,82 por cento), os dois principais importadores.

Sem comentários:

Windows Live Messenger + Facebook