quinta-feira, 28 de abril de 2016

Adriano Maleiane: um conselho !!

added 3 new photos.
Adriano Maleiane: um conselho !!
Quando o Presidente Filipe Nyusi foi buscar Adriano Maleiane para ocupar a pasta de ministro da Economia e Finanças, vários sectores com interesses empresariais no país, aplaudiram a iniciativa. A sua nomeação era vista como um fortalecimento dos quadros do Governo de Filipe Nyusi.
Antes de tudo deixem-me vos dizer quem é Adriano Maleaine:
De acordo com o seu CV, publicamente conhecido, Adriano Afonso Afonso Maleiane, nasceu aos 6 de Novembro de 1949, na Matola, província de Maputo. É licenciado em Economia pela Universidade Eduardo Mondlane, e Mestre em Economia Financeira pela Universidade de Londres. Maleiane iniciou a sua carreira bancária em 1973, na Casa Bancária de Moçambique, tendo passado depois para o Banco Comercial de Angola em 1974. Em 1977, no quadro da reestruturação da Banca, foi transferido para o Banco de Moçambique, tendo desempenhado várias funções, sendo de destacar as de chefe de Sector de Importações e Exportações, director de Crédito e Transportes, Administrador, e Vice-Governador. Por Decreto Presidencial, em 1983 foi colocado na Empresa Estatal Citrinos de Maputo e um ano depois nomeado Director Nacional de Economia Agrária, no Ministério da Agricultura, até 1986 altura em que retomou a sua carreira bancária no Banco de Moçambique.
Foi Governador do Banco de Moçambique de 1991 até a sua reforma em 2006. Dirigiu o processo de transformação do Banco que, até 1991, desempenhava também a função de banco comercial, para as funções exclusivamente de Banco Central. Participou na negociação da dívida externa no quadro do clube de Paris e Londres e no processo que conduziu a selecção de Moçambique como beneficiário do Programa de redução da dívida (HIPC) e, posteriormente, perdão de uma parte significativa da dívida moçambicana.
É Presidente da Mesa da Assembleia Geral do Fundo de Pensões do Banco de Moçambique – Kuhanha. É Presidente do Conselho de Administração, não executivo, da empresa Maleseguros-Correctores de Seguros, Lda, Administrador, não executivo, das empresas Tongaat Hulett e das três empresas do Grupo Sasol em Moçambique. É Presidente do Conselho de Administração da Visabeira, Docente Assistente e Regente da cadeira de Sistema Financeiro na Faculdade de Economia da Universidade Eduardo Mondlane. No âmbito de Condecorações e Louvores, recebeu do Governo francês a Medalha de Cavaleiro da Ordem Nacional de Mérito em 1998 e a da Presidência da República de Moçambique, a Medalha Eduardo Mondlane de segunda ordem e o Diploma de Honra pelos serviços prestados ao País, ambas em 2005.
Adriano Maleiane foi eleito Ministro Africano das Finanças do Ano 2016 pela The Banker, uma instituição internacional de análise financeira. O título é atribuído aos ministros que se esforçaram para estimular o crescimento e estabilização das economias dos seus países. Contou para a conquista de Maleiane, segundo aThe Banker, o facto de ter, em pouco tempo no cargo, imposto disciplina e concluído reformas necessárias no sector que dirige.
Indo ao âmago do meu conselho:
A folha de serviços de Maleiane, como ficou demonstrado a cima, fala por si. E em menos de um ano como ministro das Finanças, fez um trabalho exemplar, embora tenha encontrado um ministério desorganizado, herança deixada pelo seu antecessor, Manuel Chang. Em razão disso, Maleiane está agora a gerir trambiquices criadas por aquele.
Importa aqui referir que eu, Nini Satar, o meu primeiro contacto pessoal com Adriano Maleiane, foi nos fins de 1994. Ele fez uma visita relâmpago a UNIMODAS – loja da minha família – e num canto da loja tínhamos o embrião daquilo que chamar-se-ia UNICÂMBIOS.
Naquela altura, as casas de câmbios funcionavam dentro de um estabelecimento com um outro ramo de actividade. Maleaine veio num sábado de manhã e estava trajado de fato de treinos. Em conversa com ele, agradeci-lhe pela visita ao que me respondeu que estava de passeio. Foi nessa ocasião que aproveitei para lhe dar a minha humilde opinião, já que eu sugeria que as casas de câmbios não deviam estar a funcionar dentro de outros estabelecimentos comerciais. Ele acolheu a minha ideia com satisfação.
Nessa mesma ocasião, comuniquei-lhe que iríamos abrir a UNICÂMBIOS II, na Avenida Julius Nyerere, a pioneira da zona alta da capital moçambicana. Isso foi em 1995. Depois da inauguração, ele mandou um postal a parabenizar-nos.
Taxas de câmbios
Nessa altura de que vos estou a falar, eu tinha menos de 18 anos. A taxa de câmbio do Banco de Moçambique estava a 8 meticais o dólar. Nas casas de câmbios estava entre 9 a 10 meticais o dólar. Foi nessa altura que tomei a coragem de publicitar a minha tabela de câmbios no jornal notícias. A minha publicidade vinha ao lado da do Banco de Moçambique.
Com menos de 18 anos de idade eu Nini Satar já entrava em concorrência com o Banco Central. Nessa mesma altura, a UNICÂMBIOS I e II compravam cerca de 500 mil dólares por dia.
com quase todas,ONG'S, Embaixadas,clientes e Bancos comerciais.
Os lucros eram de dois por cento. Em quase um ano a UNICÂMBIOS facturou em lucros de venda de moedas diversas, nomeadamente dólar americano, rand, libra, escudo português e outras, qualquer coisa como três milhões de dólares. Nessa altura, não havia estorvos nem perseguições de qualquer instituição financeira desde que se obedecesse o que o Banco de Moçambique regulava.

so pra verem que cresci a fazer negocios de milhões.
Fiscalizavam as casas de câmbios na altura os senhores Firmino dos Santos,Waldemar de Sousa e outros funcionários do Banco de Moçambique. Fiz os meus primeiros milhões de dólares na era do Maleaiane no Banco Central.
Maleane agora está a lidar com o dossier da dívida pública nacional, cujos contornos estamos a saber a partir do estrangeiro. Durante a Conferência Nacional sobre a Dívida Pública, realizada no ano passado em Maputo, Maleaine defendeu que a dívida pública moçambicana era sustentável. Provavelmente, não sabia doutros empréstimos que ora estão a ser revelados.
Mesmo com a idade profissional de Adriano Maleiane, eu, Nini Satar, aconselho-o a colocar o seu lugar à disposição, com vista a não sujar o seu nome por um assunto desorganizado pela outra chancelaria.
Julgo que Maleiane deveria escrever uma a carta a Nyusi pedindo exoneração. É que pelo estado em que está a economia moçambicana, Maleiane a continuar como ministro das Finanças também acabará sujando o seu bom nome e desempenho profissional cultivados há anos.
O mesmo conselho serve ao actual primeiro-ministro, Carlos Agostinho do Rosário, figura carismática e que ainda tem o seu nome limpo. Por outro lado, caso queiram continuar neste Governo ambos ficavam na condição de os verdadeiros culpados pelo estado em que o país se encontra forem responsabilizados. O facto é que o que aconteceu é crime, mas o engraçado não existem os rostos dos criminosos porque as instituições que deviam responsabilizá-los, como é o caso da Procuradoria-Geral da República, são ineficazes porque só se limitam a pensar nos seus próprios ganhos ou seja nas mordomias que têm.
Ficou o conselho.
Nini Satar
Dercio Mucare, JU Satari Mussa, Crimildo Muhapsa and 208 others like this.
Comments
Lerry Good
Lerry Good Concordo plenamente com a este parecer ou melhor esta opiniao, pois eu tambem tive a oportunidade de o conhecer e de ficar a saber do quanto humilde e' este senhor. Pai do Dino Zunguza e da Modi. Engracado uma manha dum sabado ja passado cruzei_me com ele e o filho nas barracas da Malhangalene a comprarem refrescos. Ele humildemente saudo_nos bom dia jovens! E ele ainda era governador do banco, penso eu no seu ultimo mandato nessa altura o filho acabava de chegar vindo de Portugal.
1 minEdited
Remove
Naldo Manhique
Naldo Manhique Este senhor sim..ele é cabeça defacto tem um rico curriculum e que vai sair sujo por causa desses que desviaram o fundo do estado. Força Nini peço que publique o livro.
1 hr
Remove
Artur Jorge Cecilia Capitao
Artur Jorge Cecilia Capitao E com todo esse CV Mualeiane não é rico e nem é homem de comissões.

Colocar seu lugar a disposição seria uma medida de salutar, assim a pressão sobre os culpados seria maior
Remove
Abel Philip
Abel Philip Para a dizer a verdade foi dificil entender se familia Satar eram Mocambicano.
Nini Satar e' um Mocambicano com Orgulho e pelo conhecimento que tem tem contribuido muito para crescimento do nosso Pais, parabens Nini Que Deus ti Abencoe..
258 mins
Remove
Phu Linh Nguyen
Phu Linh Nguyen Falas as verdades nos dispertas muita coisa mas as vezes fico com medo de ti fazerem mal com esses Nini
Remove
Clemente Machava
Clemente Machava Apoiado patrão... Sr. Dr. Adriano Maleiane tem de seguir o seu conselho... pedir exoneração .
Pois, acho eu que o Presidente da República nomeou o sr. Maleiane (como sabe que é um dos melhores economistas de sempre de Moçambique) para lhe meter na sujidade deles e sujar o nome dele...
1 hr
Remove
Nelsone Joao Muangulito
Nelsone Joao Muangulito Com isso, ele deve ter muito cuidado, porque aqui em Moçambique basta revelares os podres da frelimo corres riscos de vida. Assim tenho a certeza que o ele (Maleiane) já é mal visto...
Remove
Bonny Tivane
Bonny Tivane Antes de mais bom dia Nini,olha e muito raro alguem estando na diaspora ter tantos conhecimentos da sua terra natal muita informacao eu tenho colhido aqui nas suas linhas.keep do it for us.isto e que eu chamo cavaleiro da boa cena.abracos mano.
Remove
Dulay Sumará
Dulay Sumará Sim senhor! Orgulha nos saber que ainda existem pessoas entre nós mesmo que ainda acreditam em valores de alguns de nós, pois, como dizia, ouvi e aprendi dos mais velhos a história colonial, vivi na pele a guerra dos 16 anos, vi o nosso país a sair do sufoco e digo sinceramente que não estou preparado para ver o país a mergulhar nesta agonia de sufoco!
Bom conselho Momad Assif
7 mins
Remove
Herman Nhamune
Herman Nhamune Obrigado Momade Assife Abdul Satar
Na sua opinião pessoal como é quem deve (órgão/figura) dar primeiro passo à um inquérito de investigação criminal sobre as dívidas públicas que nos assolam?
Remove
Favito Favito Matsinhe
Favito Favito Matsinhe Nini muito bem
tenho apreciado suas intervenções tens sido um grande dispertador pá todos nós

Quanto ao ilustre Maleiane e o Rogério, na minha opinião não acho muito certo que eles abandonei o navio neste momento pois o navio encontra se sem um capitão pá poder navegar até à costa quero eu acreditar que com estes dois homens no comando à situação do país não estará a balda.
Precisamos de mais pessoas como maleiane &Rogério e Nini satar só assim poderemos sair dessa neocolonizacao.
Não sou muito bom e organizar ideias pois essa é a minha posição perante a situação em que vivemos.
146 minsEdited
Remove
Hillas Biternes
Hillas Biternes Acho que sendo ele duma competência conhecida deve continuar no cargo e se houver uma carta a fazer será a pressionar ao Nyusi a responsabilizar os culpados. Houve roubo e todo mundo sabe de quem é a responsabilidade...
152 mins
Remove
Abdul Raimo Ibraimo
Abdul Raimo Ibraimo Grande nini eu tiro o chapéu para o senhor maleiane é de pessoas como ele que precisamos aki em moçambique so espero que as pessoas que contraíram essa dívida nao o sabotem ya
Remove
Razaque Molas
Razaque Molas E eu agradeço o conselho que deste aos teus irmaos moçambicanos e vou partilhar o seu por forma a chegar aos beneficiários aconselhados.
Remove
Alves Bento Naete Naete
Alves Bento Naete Naete sempre considerei muito gente fina Dr.Maleiane com muito respeito ele xt por o seu bom nome na lama só muito fã dele
Remove
Adriano Novela
Adriano Novela Eu acho melhor responsabilizar as pessoas que, por acaso estão vivas ainda, fizeram esses empréstimos em vez de desistirem.
Remove
Elmo Buene
Elmo Buene Quanto as nossos governante a minha opiniao e d que os k fizerao o barca ofundar estao nos AC a gozar a vida deixar milhoes de mocambicanos sacrificar as vidas por eles isso e mau tinhao k ser julgados como ZUMA ai o povo ficava pouco tranquilo pk assim a apropria frelimo esta sujar sua imagem por estar a cobrir os verdadeiros culpados. Parabens Nini
Remove
Elmo Buene
Elmo Buene Nini satar forca o povo esta contigo mais uma vez eu adimiro o senhor
Remove
Salvador Mandlate
Salvador Mandlate Seu conselho foi acatado, entretanto ainda ha estabelecimentos comerciais q fazem cambios...parabens Nini, ser sabio e" isso!
1 hr
Remove
Arlindo Júnior Pale
Arlindo Júnior Pale Só agora e que dou-te razão quando disseste em pleno tribunal que 10mil era um valor irrisório. força ai ou Nini!
Remove
Jose Chirruco
Jose Chirruco Bem falado de facto o velhote esta a sofrer por algo que não saiba.
1 hr
Remove
Arlindo Chibebe
Arlindo Chibebe Salute.
157 mins
Remove
Lidia Macamo Macamo
Lidia Macamo Macamo Rende com a infornaçao.
1 hr
Remove
Shelton Sirage
Shelton Sirage com certeza nini
1 hr
Remove
Orlando Almone
Orlando Almone Apoiado Nini satar.
Remove
Fare Fare Mathe Mushayi
Fare Fare Mathe Mushayi D facto e verdade
1 hr
Remove
Diodino Manuel Manuel Tinga
Diodino Manuel Manuel Tinga Pura Verdade...
Remove
Mbuya Chaves Dezanove
Mbuya Chaves Dezanove Bom ponto de vista ilustre Nini
7 mins
Remove
Jjose Miguel Cumbane
Jjose Miguel Cumbane Fiquei surprezo com este cv q realmente fala por si
1 hr
Remove
Edmilson Americo Uitissone
Edmilson Americo Uitissone Aqui tenho aprendido muito coisa.
Remove
Teixeira Teté da Silva
Teixeira Teté da Silva Big Hugs, estou de acordo caro Nini.
Remove
Nelton Artur
Nelton Artur Momade Assife Abdul Satar e incrivel como os cnhce bem a todos
21 hr
Remove
Reverendo Magestade Magnífico
Reverendo Magestade Magnífico Eu Respeito Nini... Salute
Remove
Jose Rapieque
Jose Rapieque QUEM SE ELE TAMBEM NAO ESTA TENTRO DA REDE!!!!!!
Remove
Rosa Abdul
Rosa Abdul Bayete Nini Satar...
Remove
Abilio Manel
Abilio Manel Concordo plenamente contigo!
1 hr
Remove
Edy Manuel
Edy Manuel Apiado
Remove
Jabento Quetxoaio
Jabento Quetxoaio Bravoooooo
Remove
Est Lou
Est Lou Tens que participar no pròximo album do Azagaia
146 mins
Remove
Arystides Adriano Arys
Arystides Adriano Arys Lindo CV

Sem comentários:

Windows Live Messenger + Facebook