segunda-feira, 14 de março de 2016

Vídeo desmonta manipulação de procuradores contra Lula

Exército sírio destrói centro de comando do EI em Palmira


Desde que a cidade caiu sob o domínio do EI, em maio do ano passado, vários marcos da arquitetura histórica de Palmira foram destruídos pelos jihadistas
Por Redação, com Sputnik Brasil – de Beirute:
O Exército sírio conseguiu destruir quatro posições de fogo do Estado Islâmico, grande armazém e o centro de comando no noroeste da cidade de Palmira, disse a fonte na sede do exército nesta sexta-feira.
No início de março, o Exército sírio lançou uma ofensiva contra a fortificação principal do EI no sudeste da província de Homs.
No início de março, o Exército sírio lançou uma ofensiva contra a fortificação principal do EI no sudeste da província de Homs
No início de março, o Exército sírio lançou uma ofensiva contra a fortificação principal do EI no sudeste da província de Homs
– Segundo as informações de nossos observadores militares, foram eliminados quatro posições de fogo, um grande armazém camuflado em um desfiladeiro e o centro de comando ao noroeste de Palmira – disse a fonte à agência de notícias russa RIA Novosti.
Desde que a cidade caiu sob o domínio do EI, em maio do ano passado, vários marcos da arquitetura histórica de Palmira foramdestruídos pelos jihadistas, incluindo os antigos templos de Bel e Baal-Shamin.
Em 22 de fevereiro foi publicada uma declaração conjunta dos EUA e da Rússia sobre a Síria, referente o cessar-fogo entre as tropas do governo sírio e os grupos armados da oposição a partir de 27 de fevereiro, sem o mesmo, no entanto, ser aplicado ao Daesh, Frente al-Nusra e outras organizações que a ONU considera como terroristas.

Pouco antes de o cessar-fogo ter entrado em vigor, o Conselho de Segurança da ONU adotou a resolução 2268 sobre este acordo russo-americano.

Forças sírias restauram controle da rota de abastecimento entre Hama e Aleppo


As forças pró-governamentais continuaram avançando para as regiões que ficam sob o controle dos terroristas
Por Redação, com Sputnik Brasil – de Beirute:
O Exército sírio e as unidades populares aliados restauraram a segurança em toda a estrada estratégica Khanasser-Aleppo-Ithriya na província síria de Aleppo, informou a agência noticiosa iraniana FARS.
Além disso, na quinta-feira as forças governamentais e tropas compostas por voluntários retomaram cinco vilarejos perto de cidade de Khanasser no norte da província deixando dezenas de militantes do EI feridos ou mortos e eliminando o seu equipamento militar.
O Exército sírio e as unidades populares aliados restauraram a segurança em toda a estrada estratégica Khanasser-Aleppo-Ithriya na província síria
O Exército sírio e as unidades populares aliados restauraram a segurança em toda a estrada estratégica Khanasser-Aleppo-Ithriya na província síria
Em fevereiro, o Exército sírio e a milícia popular iniciaram uma operação para expulsar terroristas dos arredores da rota de abastecimento principal das forças governamentais entre Hama e Aleppo.
Mais cedo, o Exército sírio restaurou a segurança em oito vilas no sul da província.
Ao mesmo tempo, as forças pró-governamentais continuaram avançando para as regiões que ficam sob o controle dos terroristas. Soldados sírios se envolveram em uma série de confrontos com os restantes terroristas nas áreas recém-liberadas causando grandes perdas ao inimigo.
Em 22 de fevereiro foi publicada uma declaração conjunta dos EUA e da Rússia sobre a Síria, referente o cessar-fogo entre as tropas do governo sírio e os grupos armados da oposição a partir de 27 de fevereiro, sem o mesmo, no entanto, ser aplicado ao Estado Islâmico, Frente al-Nusra e outras organizações que a ONU considera como terroristas.
Pouco antes de o cessar-fogo ter entrado em vigor, o Conselho de Segurança da ONU adotou a resolução 2268 sobre este acordo russo-americano.

Cessar-fogo

Em geral, o cessar-fogo na Síria se respeita, mais e mais grupos oposicionistas aderem ao processo de paz no país, afirmou o representante russo no escritório da ONU e outras organizações internacionais em Genebra, Aleksei Borodavkin.
Moscou está satisfeita com a situação em torno ao cessar-fogo na Síria, disse Borodavkin.
– Estamos satisfeitos com a observação do cessar-fogo. Depois de cinco anos do conflito armado seria ingênuo esperar que de súbito tudo se pacifique, tendo em conta que no território sírio operam muitas bandos terroristas. Mas repito, em geral, o cessar-fogo observa-se.  E mais e mais grupo oposicionistas juntam-no – disse o diplomata em entrevista à agência noticiosa russa RIA Novosti.
Borodavkin sublinhou que “o cessar-fogo ainda está frágil”.
– Por isso é importante agir de forma cautelosa e não focar demais atenção em violações que acontecem. Infelizmente, (estas violações) são realizadas não somente por partes beligerantes na Síria, mas também a Turquia que ataca o território da Síria – afirmou.

Pouco antes da entrada em vigor do cessar-fogo, o Conselho de Segurança da ONU tinha adotado a resolução 2.268 sobre este acordo russo-americano.

ONE COMMENT

  1. 1

    JAYLSON


    ESSA JUSTIÇA RAIVOSA ESTÁ COMETENDO A MAIOR INJUSTIÇA CONTRA O PRESIDENTE LULA, A MAIORIA DA POPULAÇÃO BRASILEIRA É DEFENDE A DEMOCRACIA E REPUDIA O GOLPE E A DITADURA MEDIÁTICA E PARA 2018 BRASIL URGENTE LULA PRESIDENTE

Sem comentários:

Windows Live Messenger + Facebook