quarta-feira, 30 de março de 2016

Um teste para se certificar que é mesmo democrata

Eis um teste que elaborei para ajudar aqueles que não sabem se são democratas ou não. É só responder honestamente às perguntas, somar os pontos que obtiver (sem fraude que Março está a terminar) e ver o resultado mais abaixo. Eu coloco uma pergunta e dou opções de resposta. A sua tarefa é apenas de escolher a resposta que reflecte o seu próprio pensamento e somar os pontos. Não precisa de partilhar com ninguém. A sua consciência é o observador internacional. Não procure somar bem através da fraude.
1. Moçambique é uma democracia?
a. Não vamos brincar com coisas sérias! Um país corrupto, pobre, onde as elites se fartam de roubar com impunidade pode ser uma democracia? Outras coisas, pá! (5); é uma democracia sim, aqui governa a maioria (5)
b. Só no papel. Enquanto houver fraude que impede a alternância não podemos considerar Moçambique como uma democracia (3); democracia é ter eleições livres e justas; nós tivemo-las, portanto, somos uma democracia (3)
c. Bom, formalmente é, mas a coisa não funciona lá muito bem (1)

2. Como define a democracia?
a. Democracia, como o próprio nome diz, é o governo do povo, o povo no comando! (5); é o governo da maioria (5)
b. Democracia é um sistema político que procura legitimar um certo tipo de relações económicas; essas relações permitem a exploração desenfreada dos nossos recursos (3); democracia é um governo legitimado pelo voto (3)
c. Democracia é o governo da maioria que respeita e salvaguarda os direitos da minoria (1); democracia é o reconhecimento da pluralidade de valores no exercício do poder político devidamente legitimado pelo escrutínio (1)

3. O que significa “cidadania” para si?
a. Para mim significa participar activamente na interpelação crítica dos governantes e dos outros concidadãos (1); para mim significa ter consciência dos meus direitos e obrigações e agir de acordo com eles (1)
b. Cidadania para mim significa dar voz àqueles que não têm voz, protegendo-os da rapina do Estado (3); cidadania significa ajudar o governo a desenvolver o país (3)
c. Cidadania verdadeira é quando o Estado está ao serviço do povo e, em particular, dos mais fracos (5); cidadania é defender o Estado dos inimigos externos ajudados por moçambicanos não patriotas (5)

4. O que significa “esfera pública” para si?
a. Esfera pública é o espaço onde o povo injustiçado pode denunciar os males do governo (3); a esfera pública é onde juntos procuramos por formas constructivas de desenvolver o país (3)
b. Para mim, esfera pública é onde a sociedade se constitui pelo debate de ideias submetendo a política ao escrutínio crítico dos cidadãos (1); esfera pública é o lugar por excelência para o exercício da cidadania (1)
c. Esfera pública é a sociedade civil organizada, onde o povo é mobilizado para reclamar os seus direitos (5); esfera pública é onde os inimigos do povo vão falar mal do governo (5)

5. O que é o Estado de Direito para si?
a. No dia em que existir em Moçambique vou responder a essa pergunta (5); é o cumprimento escrupuloso das leis que o governo do dia aprova (5)
b. Direito sem justiça não é possível (3); o que é legal é justo (3)
c. Estado de Direito descreve um país onde as relações entre as pessoas, mas também entre elas e os seus governantes são reguladas por leis, e não pela arbitrariedade (1); Estado de Direito é um sistema de governo em que a referência à lei protege os direitos dos cidadãos (1)

6. O que significa tolerância para si?
a. Tolerância é o direito que as pessoas têm de criticar a corrupção sem medo de represálias (5); tolerância é a liberdade para atentar contra a moral pública (5)
b. Tolerância é aceitar o direito de existência de algo com o qual não concordamos porque não elevamos os nossos próprios valores ao estatuto de valores supremos que devem ser seguidos por todos (1); tolerância é não concordar com alguma coisa, mas aceitar o seu direito de existência (1)
c. Tolerância é a protecção daqueles que fazem crítica constructiva (3); tolerância é não agredir quem nos critica (3)

7. O que significa liberdade para si?
a. Ah, isso é o direito de usar todos os meios possíveis na defesa do que é correcto (5); liberdade é a capacidade de agir dentro dos parâmetros da lei (5)
b. Liberdade sem nada para comer em casa não vale nada (3); liberdade não é libertinagem (3)
c. Liberdade é o direito que cada um de nós tem de definir a sua própria felicidade desde o momento que nesse processo não cause nenhum dano aos outros (1); liberdade é o direito que temos de sermos protegidos da tirania da maioria (1)

8. O que significa igualdade para si?
a. Que todos temos direito à distribuição equitativa da riqueza nacional (5); igualdade é proteger os moçambicanos que representam a maioria de minorias que agem contra os interesses da nação (5)
b. Que os governantes não estão acima da lei (3); que os partidos da oposição não estão acima da lei (3)
c. Que todos temos o direito de sermos tratados como sendo iguais (1); que somos iguais perante a lei (1)

9. O que significa ter “direitos” para si?
a. Bom, isso significa que a base do sistema político é a protecção dos princípios que vinculam o Estado e o indivíduo (1)
b. Ter direitos significa ser moçambicano como todos os outros (5)
c. Ter direitos significa que nenhum moçambicano pode ser discriminado na base da cor, raça, religião ou região (5)

10. Porque se deve legalizar a Lambda? 
a. Não se deve (5); deve-se (5)
b. Porque está a ser vítima da incúria dos governantes (3); porque senão a oposição vai fazer uso político disso (3)
c. Porque vivemos numa democracia representativa que pressupõe a articulação política de interesses sociais (1); porque o direito de representação está plasmado na constituição (1).

11. (pergunta-bônus para o João Barros, Rildo Rafael, Télio Chamuço eCélio Ndhimandhi): Se o Benfica fosse um sistema politico o que seria?
a. Uma ditadura (100)
b. Uma tirania (80)
c. Uma brincadeira de mau gosto (60)

Prontos, já está. Agora vamos ver os resultados. Somou os pontos? Vamos a isso!
Se teve entre 31 e 50 pontos: Parabéns! Você até podia ser “pai da democracia”. Você é um arco-demagogo. Você está muito bem informado sobre a democracia, se calhar até leu muitos livros sobre o assunto e sabe usar os conceitos que descrevem a democracia para mostrar a todo o mundo que não sabe do que está a falar. Você é uma vergonha para este país, é por causa de gente como você que as coisas não andam. Democracia não é um fim, mas sim um meio. Você usa o seu entendimento de democracia como uma pedra para inviabilizar a própria democracia. Você é oportunista, demagogo e pessoa mais apta para viver num sistema autoritário. Para o bem da democracia no país, evite pronunciar-se sobre assuntos públicos até ter percebido melhor o sistema político em que vive.
Se teve entre 16 e 30 pontos: Os meus parabéns para si também. O seu caso não é assim tão grave como o do arco-demagogo. Você é um anfi-político, isto é alguém que aborda a questão política a partir de todos os ângulos desde que sirvam para promover uma ideia fixa que tem das coisas. Nos tempos da Frelimo gloriosa você gritou vivas até ficar rouco, decorou as teses dos Congressos e alvejava os seus adversários com citações bem colocadas das palavras de ordem e de Lénine e Marx. Hoje você faz carreira como defensor oficial dos injustiçados da terra ou faz carreira em algum partido político ou num jornal como defensor do “status quo”. Democracia é apenas conveniência para si, tanto serve para reclamar quanto também para justificar as suas próprias prerrogativas. Não é com gente como você que a democracia vai vingar no país. Você é um oportunista. Favor de rever a sua postura política.
Se teve entre 10 e 15 pontos: Lamento ter de dizer a si que faz parte duma minoria que se encontra em extinção mesmo antes de nascer. Moçambique ainda não é a sua Pátria. Você é um cripto-democrata, alguém cuja identidade anda escondida porque não encontra espaço para se exprimir. É de si que o país precisa, mas até você ocupar esse espaço vai ter que sobreviver às investidas dos arco-demagogos que vão apelar à tirania da maioria para lhe fecharem a boca. Até você ocupar esse espaço vai ter que se haver com a hipocrisia dos anfi-políticos, daqueles que são democratas por conveniência, daqueles que impõem o seu estado de espírito como critério de validação de qualquer argumento. Eu que nunca lutei por nada nesta vida, junto-me por solidariedade a si neste momento tão sombrio. Temos que arregaçar as mangas.
Se teve 0 pontos na pergunta 11: Você é associal e adepto do Benfica. 
Se teve mais de 60 pontos na pergunta 11: Você entende de futebol.

Sem comentários:

Windows Live Messenger + Facebook