segunda-feira, 28 de março de 2016

Turista britânica atirou-se ao mar para apanhar cruzeiro na Madeira


Mulher de 65 anos desencontrou-se com o marido, e acabou por ser resgatada por pescadores, durante a madrugada de domingo.
PAULO RICCA/ARQUIVO
Uma turista britânica de 65 anos foi resgatada, por pescadores, domingo de madrugada a cerca de 500 metros da costa de Santa Cruz, Leste do Funchal, Madeira, depois de se ter atirado ao mar na tentativa de alcançar um navio-cruzeiro.
A mulher, que foi identificada pelo jornal britânico Daily Mail como Susan Brown, natural de Bristol, chegou ao arquipélago na manhã desse mesmo dia, a bordo do navio Marco Polo, num cruzeiro com o marido, que começara há um mês nas Caraíbas.
Uma discussão entre ambos precipitou o fim das férias, que terminavam esta semana em Bristol, após uma escala esta segunda-feira em Lisboa. Ambos decidiram apanhar um avião na Madeira rumo a Inglaterra, mas no aeroporto desencontraram-se.
Julgando que o marido, Michael Brown de 69 anos, tinha regressado ao navio, e ao ver o Marco Polo a passar ao largo de Santa Cruz, cidade onde fica situado o aeroporto madeirense, a turista atirou-se ao mar, cerca das 20h de sábado, com o objectivo de alcançá-lo e voltar a embarcar.
Passavam poucos minutos da meia-noite, quando os tripulantes de uma embarcação de pesca, que navegava a 500 metros da costa, ouviram os pedidos de socorro. Desligaram os motores, e conseguiram, no escuro, detectar a mulher que, exausta depois de cerca de três horas no mar, e com sinais de hipotermia, mantinha-se à tona graças à mala de senhora que levava.
Susan Brown foi transportada para o hospital, onde permanece internada nesta segunda-feira, livre de perigo.
Quanto ao marido, as autoridades madeirenses apenas sabem que não viajou para Lisboa no Marco Polo, desconhecendo-se, para já, se seguiu para Inglaterra de avião.
O capitão do Porto do Funchal, Félix Marques, confirmou o resgate da turista britânica, ressalvando que, para já, a única versão dos acontecimentos é a da própria mulher, que falou com as autoridades, já no hospital.
As autoridades contam voltar a falar com Susan Brown logo que a equipa médica que a acompanha permita, ao mesmo tempo que estão a investigar a ocorrência de algum incidente a bordo do navio, que possa explicar a atitude da turista.
O Marco Polo chegou na manhã desta segunda-feira a Lisboa e parte durante a tarde para o porto de Avonmouht, em Bristol. 

Sem comentários:

Windows Live Messenger + Facebook