domingo, 27 de março de 2016

Sanders vence em três Estados e ameaça liderança de Hillary

Sanders vence em três Estados e ameaça liderança de Hillary


Sanders ainda enfrenta um longo caminho até que consiga superar Clinton mas as grandes vitórias no oeste geraram mais ímpeto para sua campanha

Por Redação, com agências internacionais – de Washington
O democrata Bernie Sanders comemorava, neste domingo, a vitória por margem consistente nas votações realizadas no Alaska, em Washington e no Havaí, na véspera, corroendo a liderança de Hillary Clinton na disputa pela nomeação do partido à eleição presidencial.
Sanders, aos poucos, impõe seu discurso socialista, contra o neoliberalismo da candidata Hillary Clinton
Sanders, aos poucos, impõe seu discurso socialista, contra o neoliberalismo da candidata Hillary Clinton
Sanders ainda enfrenta um longo caminho até que consiga superar Clinton mas as grandes vitórias no oeste geraram mais ímpeto para sua campanha. Além disso, podem silenciar pedidos de líderes democratas para que deixe a disputa em nome da unidade partidária.
Sanders registrava margens de vitória de mais de 50 pontos percentuais tanto no Alaska quanto em Washington e liderava por cerca de 40 pontos no Havaí, após o encerramento das apurações.
— Estamos reduzindo significativamente a liderança da senadora Clinton e… temos um caminho para a vitória. É difícil para qualquer um negar que nossa campanha tem ímpeto — disse Sanders a eleitores alegres em Madison, Wisconsin.
Clinton, ex-secretária de Estado, tem cada vez mais voltado sua atenção à possível eleição em 8 de novembro contra o republicano Donald Trump, dizendo que está em vias de arrematar a nomeação.
Enquanto o candidato democrata luta para permanecer competitivo, Estados do oeste dos EUA tornaram-se necessários para o senador, que perdeu por grande diferença em disputas anteriores no Sul do país. Sanders e Clinton competem para representar o Partido Democrata na eleição presidencial de 8 de novembro.
Nenhum Estado realiza disputas de nomeação para os Republicanos neste sábado, uma disputa na qual Donald Trump mantém a liderança sobre os rivais Ted Cruz, senador pelo Texas, e John Kasich, governador de Ohio.
Clinton tem uma considerável vantagem em número de delegados em relação ao adversário, com 1.233 a 920. Apesar disso,Sanders prometeu ficar na corrida até a convenção de nomeação do partido, em julho.

Sem comentários:

Windows Live Messenger + Facebook