domingo, 6 de março de 2016

Quem busca atenção através da morte de outrem é bárbaro e cobarde.

É importante mostrar ao mundo que Moçambique não é um país maioritariamente povoado por bárbaros que praticam a barbárie. Somos maioritariamente um povo que não concorda com a violência, seja de que índole for e somos pela paz. 

É importante que digamos ao Mundo que infelizmente, apesar do número reduzido dos bárbaros, estes conseguem semear dor e luto inoportunos e como exímios masoquistas alegram-se por isso.
Quem busca atenção através da morte de outrem é bárbaro e cobarde.
Saúdo o Presidente Nyusi pela coragem e humildade em formalmente ter convidado o líder da Renamo para as conversações directas.
Esta é uma oportunidade concreta para os amantes da Paz não perde-lá. 
Os amantes da Paz não matam os amados. Os amantes da Paz cuidam e protegem a vida. Partidos sérios contam com o povo vivo para governar. Cobardes gostam de matar para esconder o que de outra forma seria a exposição da sua incompetência.
O ataque ao autocarro em Manica é uma vergonha.
Estou muito frustrado com este militarismo bacoco.
Comments
Narciso Macuacua Muito triste mesmo. Mas triste ainda é quem te "APERTA" a mão com um sorriso no rosto... aperta forta para doer...

Triste é quando alguém (como em um truque mágico/ilusionista levanta as mãos como sinal de paz enquanto por baixo te pisa o pé.... Aquele senhor moçambicano eatava na cidade por que o empurraram para as matas de novo?

Gosto3018 h
José de Matos De acordo com a Renamo, a carta/convite nao foi recebida! A ser verdade, entao foi apenas um exercicio mediatico que prova que a Paz afinal nao é assim tao urgente!

Gritando ate ficar rouco: este conflito so sera resolvido mediante um compromisso serio das duas partes na busca dos caminhos para a Paz e Reconciliaçao!

Paz as almas das vitimas do conflito, sejam elas vitimas nas EN, ou Tete, Murrupula, etc.

Gosto1317 hEditado
Egidio Vaz Neste caso especifico, prefiro acreditar no governo e não na Renamo. O atraso na confirmação da recepção do convite pode ser estratégico.
Gosto110 h
Filipe Sande Assim como atraso no envio do convite tambem tenha sido estrategico. Do tipo: deixa Março chegar pa vermos o que vai dar
Gosto59 h
Egidio Vaz Filipe Sande a partir do momento que Arsenio Henrique expede o comunicado de imprensa significa que o documento seguiu. Normalmente, ele é o último a saber, depois de acontecer e mandam-lhe esboçar o comunicado. A Renamo pode recusar e dizer que não recebeu ainda, como estrategia para nao ter que responder se aceita ou não. Mas é o PR que está a chamar. Deve aceder ao convite.
Gosto19 h
Paulo Araujo O governo nao pode provar que o convite foi enviado e recebido pelo destinatario?assim dissipava se as duvidas. Afinal a renamo tem a sua sede ai em Maputo e qualquer expediente que la entrar é protocolada e uma copia que confirma que foi entregue fica com o remetente. Ou nao funciona assim quando se trata de partidos?
Gosto22 h
José de Matos Se o Governo expediu o convite a tempo, certamente que sera facil provar! Provem e entao podem denunciar que Muchanga mentiu!
Gosto12 h
Jose Goncalves Nassabe Mas também não podemos esquecer que o primeiro a fazer convite mesmo sendo indirecto foi a Renamo, propondo a igreja católica e Jacob Zuma para mediar o conflito, algo que até então não foi respondido pelo governo. E por sua vez a igreja católica marcou audiência ao PR para mediar o conflito, mas até então não houve resposta do lado do governo. E fico sem saber o porquê do Egídio Vaz valorizar tanto o convite mediatizado do governo. O convite é mais importante quando provêm do governo que a de outros actores?
Gosto32 hEditado
Rufino Infante Jose de Matos, onde quer chegar com o teu comentario??? ta procurar de forca indirecta relacionar a demora na entrega da carta/convite com o ataque?? se NAO, Entao, esta colocar esse assunto com que objectivo?????????????
Gosto618 h
José de Matos Le o que escrevi, Rufino, o texto refere a carta! Nao vais conversar comigo a esse nivel!

PONTO FINAL!

Gosto418 h
Rufino Infante voce eh AGITADOR, AO EM VEZ DE LAMENTAR PERDAS HUMANAS, vem falar da carta que ainda nao foi recebida pela renamo. esta mais que claro que a renamo nao eh SERIA, que culpa tem o povo??
Gosto218 h
José de Matos Vou-te bloquear, Rufino, nao admito baixaria e falta de civismo!
Gosto117 h
Narciso Macuacua Senhor, Leia bem o comentário do senhor José de Matos. Eu não consigo ver nenhuma relação muito menos comparação com ataque algum...
Gosto417 h
Rufino Infante José de Matos pode me bloquear, a parte de governo esta comprometida mas a renamo nao, e voce fala da demora na entrega da carta, ta insinuar o que??
Gosto117 h
Narciso Macuacua O que faz o senhor Rufino dizer que o governo está comprometido?
Gosto117 h
Rufino Infante acham que a renamo quando continua a MATAR, tem motivo pa tal????????? acham que os problemas resolvem se com violencia????
Gosto117 h
Narciso Macuacua Senhor Rufino Infante, tem algum familiar nas FDS?

Ou nas zonas de tensão?
Se sim... pergunte a essas pessoas o que está a acontecer. E deixa de ecoar discursos cujos autores são desconhecidos

Gosto517 h
Narciso Macuacua Senhor Rufino Infante, vá perguntar os deslocados em Malawi.... pergunta de QUEM eles fogem? 

Agora mesmo estava a ver uma reportagem na BBC (infelizmente não sei como anexar o link). Mas pode procurar no meu mural ou no YouTube

Gosto417 h
Adrian Magoo Companheiro Rufino Infante, faça-me uma visita a Tete, te mostro o outro lado da guerra que nao aparece nos discursos. Terá alojamento no meu sítio.
Gosto412 h
Numan Wane Esse é BURRO de verdade
Gosto4 h
Carlos De Sousa Tivir Faz um convite ao líder da RENAMO e ao mesmo tempo aumenta o efectivo militar nas zonas de tensão. Como disse Manuel Araújo, pisca à esquerda e vira a direita. Mas tem gente distraída que acredita que o Nyusi quer resolver essa questão por via do diálogo.
Gosto1817 h
Cleto Goncalves Percebeste e bem.o gajo....

Nesta patria...o maior erro è colocar inovencia no govermo

Gosto17 h
Imtiaz Vala Espero que o Dlakhama e a Renamo correspondam positivamente a este convite!

Dlakhama e seus guerrilheiros devem perceber que o Mundo esta assistir as mortes,mutilacoes de inocentes,civis que estao a praticar associado a destruicao de bens!Dlakhama e seus guerrilheiros devem parar de matar,mutilar e destruir!Mundo vai revoltar-se contra Isto!

Gosto217 h
Alfredo Macuácua O mundo está a ver, também, o ROUBO que vocês estão cometendo neste país. Não somos "zarolhos" não.
Gosto110 h
Alfredo D. Baltazar Mano, nem eu viria a tal encontro, depois da experiência das emboscadas e da Beira.
Gosto110 h
Charles Viagem Enquanto isso os barcos da EMATUM vão se enferrujando no Porto de Maputo
Gosto22 h
Nkuyengany Produções Reaccionários os da Ak47 na nossa Bandeira
Gosto117 h
Boa Matule Penso que tens a consciência da estupidez do tal convite. Foram as forças do tal Nyusi que foram humilhar o Dhlakama na sua própria residência e até hoje não se dignou a pedir-lhes desculpas! É tão provável que tenha sido mais um ataque de tantos outros orquestrados por forças invisíveis... E tão engraçado que a FIR, FADM e a PRM matam mais que os tais homens armados da Renamo e parece que ninguém se importa tanto.
Gosto1916 h
Gilder Anibal Eu acho que HA PESSOAS que se parecem com as folhas das ARVORES. Elas inclinam para aonde o vento soprar. 


Este Egidio Vaz, actualmente anda ESTRANHO e esqueceu-se que, TEM EVIDENCIAS que nos guiaram para a situacao em que o POVO MOCAMBICANO ESTA MERGULHADO. 

Estou me decepcionando com o actual posicionamento deste historiador. 

MAS SERA que pode saber contar a nossa HISTORIA o meu caroEgidio Vaz?

Gosto212 hEditado
Aderito Tamele FIR é um ramo da PRM...O coreto é dizer FADM e PRM.
Gosto8 h
Max Lee Li algures numa página desses apoiantes da Renamo que o motorista não aceitou as ordens dos militares e foi assassinado. Da pra ver o futuro do país nas mãos desses assassinos.... Se não lhes apoia, pena de morte....
Gosto313 h
Gilder Anibal Eu acho que HA PESSOAS que se parecem com as folhas das ARVORES. Elas inclinam para aonde o vento soprar. 


Este Egidio Vaz, actualmente anda ESTRANHO e esqueceu-se que, TEM EVIDENCIAS que nos guiaram para a situacao em que o POVO MOCAMBICANO ESTA MERGULHADO. 

Estou me decepcionando com o actual posicionamento deste historiador. 

MAS SERA que pode saber contar a nossa HISTORIA o meu caro Egidio Vaz

Gosto412 h
Jonas Malheiro Eduardo Nao e ele!!
Gosto3 h
Egidio Vaz Gilder Anibal, é uma pena que não desmentiu nada sobre os factos. A posição que tomei é a mais correcta. Então não fui eu contra a morte de Dhlakama? E como alguém que valoriza a sua vida manda tirar outras vidas, igualmente importantes? Está difícil perceber esta coerência?
Gosto3 h
Gilder Anibal Meu caro Egidio Vaz, eu acho que nao ha coerencia ambos os LADOS. O que nao percebi, e' a sua repentina mudanca se olharmos na vertente INTELECTUAL. 


Eu sou da opiniao de que, NEM OS MILITARES GOVERNAMENTIAS, nem os guerrilheiros (ilegais?) da RENAMO, estao autorizados a TIRAR a vida de quem quer que seja. 

E como historiador, pensei que arolaria os factos e evidencias de COMO uns foram parar no MATO e trazer nos alguns "CLUES" para ajudar o nosso GOVERNO.

O que nao posso concordar, E' REALIZAR UM CASAMENTO com uma mulher, e negar as suas responsabilidades de macho e QUANDO A MESMA sai a rua e faz...ACUSA-LA de traidora e infiel, como queira nos transmitir. 

A verdade e' que, COMO MOCAMBICANOS precisamos de um reencontro e partilha do que o solo mocambicano oferece! 

E se esta formula FALHOU, FALHA, FALHARA, iremos gerar INIMIGOS DESNECESSARIOS mais 5 decadas, o que equivale a transferir um problema de GERACAO em GERACAO.

Porque eu entendo que, o problema dos mocambicanos e' a FOME em muitos e COMIDA GRANDE em poucos! Este e' o problema que deve ser resolvido. O resto e' o resto.

Gosto12 hEditado
Charles Viagem Enquanto isso os barcos da EMATUM vão apodrecendo no Porto de Maputo
Gosto2 h
Matias Lucas Vinte Bárbaro... doeu o meu coração quando quando vi aquelas imagens. Pensei comigo mesmo "isso é guerra, isso é terror".


Procurei responder certas perguntas que as respostas são evidentes.

Porque a Renamo faz isso? - Para criar terror e medo no seio da população e esta conseguindo. 

Quem está morrendo nesses ataques de desestabilização? - A população, pessoas que nada tem haver com a política. Pais, mães, filhos e irmãos estão a perder as suas vidas só por causa da ganância "Queremos governar. "

A Renamo não é nenhum partido mágico. Não basta dizer apenas que os problemas de Moçambique irão acabar com a governação da Renamo. Quem acredita nisso é realmente cego e emocionado. 

Analisem bem a situação exemplar nos outros países e irão ver bem isso.

Repito: Estou indignado, estou triste, estou decepcionado com a morte dos nossos irmão que estão a morrer por causa da ganância "Queremos governar"...

Me lembro que no ano passado em Santugira o Dhlakama disse que só irá deixar a presidência da Renamo depois de governar. O velho esta tão paranóico com essa ambição de governar que está criar formas de chantagear/forçar/coagir a população para apoiar a sua causa.

Bom dia a Paz.

Gosto212 hEditado
Nito Ivo Egídio está a ser muito tendencioso e injusto. Penso que deve estar a ser vencido pela emoção originada das imagens do ataque bárbaro de Dhlakama contra este autocarro e pela morte do nosso compatriota (O motorista). O nosso nível de estupidez geral é demasiado alto. Temos memória de galinha e pensamos e agimos tal como Nyusi e Dhlakama mas em campos diferentes. Apoiar Dhlakama ou Nyusi para fazer guerra é estúpido demais. Nenhum moçambicano deve apoiar nenhuma das partes. Nenhum deles quer paz e nenhum deles está a fazer nada pela paz. Eles só querem viver sem trabalhar comendo nossos impostos e endividando o país em nome do povo. O governo mata mais moçambicanos que a Renamo. Isso é verdade mas não é competição de quem mata mais do outro lado porque não existe lados. As vitimas são sempre moçambicanos. Eu não acredito que Nyusi quer conversar com Dhakama. Nunca acreditei. Nyusi era Ministro da Defesa quando o pais se armou até os dentes para Matar Dhalakama. De lá até aqui a forma que Nuysi vê de resolver este problema é matar Dhlakama. É o que tem mostrado suas acções. Portanto, estamos só a começar esta guerra que vai devastar o país e vai "terminar" com apertos de mãos e amnistias dentro de no mínimo 4 anos. Na verdade terá uma pausa dentro de 4 anos. Uma vergonha. O Tribunal Penal Internacional deve responsabilizar os autores do crime contra humanidade. Não podemos permitir que o sangue de nossos compatriotas seja derramado em vão.
Gosto711 h
Egidio Vaz Falem o que quiserem mas ninguém vai conseguir justificar aquelas mortes. Não existe justificação possível. E se quisermos ser coerentes, melhor calar. Não dá para acreditar que um partido esteja ao mesmo tempo a matar e a falar democracia no parlamento. Não dá. Eu distancio-me desta incoerência
Gosto1311 h
Alfredo D. Baltazar Tenho medo de me bloqueares, mas é injusto veres incoerência apenas dum lado. Afinal porquê não existe dualdade de critérios nas tuas abordagens? Posso acreditar que escreves tuas publicações a partir dum cativeiro, guarnecido por mais de 8 homens de GOE, com armas em punho? Posso acreditar numa denúncia na qual acusam-te seres responsável por localizar Unay Cambuma no centro?


Mano, esses homens viveram cerca de 20 anos aí onde termina o muro da presidência junto duma praça, esquina entre av. J. Nyerere e Keneth Khaunda.

Gosto19 h
Egidio Vaz Alfredo D. Baltazar eu jamais irei bloquea-lo. Esteja a vontade. Em relação aos ataques são homens armados da Renamo que andam a emboscar interesses economicos civis. Se eles quisessem guerra de facto atacavam quarteis. Será que a Renamo não conhecem os quarteis do governo?
Gosto19 h
Alfredo D. Baltazar Mas eles avisam que o maior objectivo é impedir que militares se façam transportar em autocarros civís "pura verdade" para operarem no tal des/armamento compulsivo.


Mano, si fosses o Egidio Vaz de ontem, questionarias a corragem e atrevimento dos supostos civís que continuam a viajar em machimbombos daquelas companhias.

Gosto19 h
Cleto Goncalves Feliz pelo seu raciocinio Alfredo D. BALTAZAR... WELL DONE
Gosto9 h
Egidio Vaz Alfredo D. Baltazar jamais questionaria a coragem dos civis em viajar naqueles autocarros. Foi sempre assim. Os bandidos armados agem à socapa. Em teoria, as estradas estão seguras. Mesmo durante a guerra dos 16 anos, as pessoas viajavam. Eu não questionaria nada.
Gosto19 h
Aiuba Oliveira Mtw Egidio Vaz, por favor pára com isso, você está nos machucando, nós nos inspirávamos em você. Que decepção!
Gosto16 h
Charles Viagem Egidio, eu aconselho-te a visitares a IURD, as tantas algum espirto mau esteja te acompanhando. Amen
Gosto42 h
Charles Viagem A barcos de EMATUM a apodrecerem no Porto de Maputo
Gosto22 h
Charles Viagem Recentemente, o Lider da Renamo esteve na Beira a caminho de Maputo para encontrar com o Presidente Niusy, e o cercaram a casa do homem e agora cantam todos os dias que enviaram carta a convidar o Lider da Renamo para um encontro
Gosto22 h
Charles Viagem Triste e Lamentável
Gosto12 h
Sarifa Lucilía Bernardo Mas eu nao acho justo o presidente da renamo ser tratado a esse nivel, eu custumo ver alguns chefes de estado a serem detidos por mandarem matar pessoas e ele mata como se fossemos os seus bonecos eu acho que ele nao tem o direito sobre a vida de ninguem, o facto do presidente estar atras dele e em parte um estimulo ao instinto selvagem dele... quer dizer estamos a bajular uma pessoa que ja monstrou vezes sem conta ser um sanguinario?

estamos diante daquele caso aonde temos de matar um para a sobrevivencia dos outros...existem lideres que quando tem alguma coisa a reclamar fazem greves que param um pais...e ele nao o metodo dele e simples mata pessoas!!!

Gosto511 hEditado
Augusto Gildo Buanaissa Egidio, todas as vezes que o governo da frelimo e seu partido proferem discursos de paz e cartas convites (cartas por vezes não reais), vejo seus post a enfatizar bandidismo por parte da Renamo, e a aconselhar obviamente a Renamo a acatar a "vontade" do governo da frelimo e seu partido.

Não nos esqueçamos que desde as primeiras eleições, a Renamo sempre contestou os resultados e ameacou incendiar o país. Na altura, embora que de forma precária, o presidente Chissano tomava a iniciativa de conversar com o presidente Dhlakama e encontrar um meio termo que não afecta-se a vida dos Moçambicanos.
À quando da governação de Guebusa, este optou por encontrar motivos de savimbisação do Dhlakama e materializou suas acções (embora sem sucesso). Este mesmo governo empurrou a Renamo e seus líderes para as matas, com o objectivo de fazê-los criminosos caçados de morte.
Tivemos novos acordos de "paz", oportunidade ímpar de conversar e resolver o diferendo. De novo, o governo sob ordens de Nyusi, atenta por três vezes sobre a vida do Dhlakama, numa altura em que Dhlakama até implorava pelo diálogo. Depois do dia 25 de setembro, Dhlakama saiu das matas, com promessas de que iria conversar com Nyusi, sem nenhuma garantia de segurança. O que ele queria era conversar para ultrapassar o diferendo. Esse mesmo Nyusi volta a atentar contra sua dignidade.
Hoje, Dhlakama é caçado, ao mesmo tempo que se caça, lhe chamam para conversar. Minam o redor de sua casa, colocam homens altamente armados para que ao mínimo sinal lhe matem, mas mesmo assim, proferem discursos vazios de paz e vontade de dialogar.
No momento em que endereçam cartas, mandam mais efectivo militar para lhe caçar. Raptam e matam membros e simpatizantes da Renamo, violam e matam populações só porque estão numa zona de influência da Renamo, cometem barbaridades de toda a natureza e mesmo assim, dizem que querem paz e querem conversar.
Não há razão de nenhuma dessas mortes. Se quisermos ser coerentes, temos que condenar as atitudes bárbaras dos dois lados, que acontecem diariamente.
Que o governo deixe de produzir ecos de paz, quando na verdade seus discursos produzem mesmo eco ( espero que entenda "eco"). Que se comece com acções concretas e que a primeira seja decretar fim da caça ao homem e seu seguidores.
Não há coerência nenhuma em tomar partido de um só lado quando os três (a Renamo, o governo e a frelimo) praticam inconstitucionalidades.

Gosto1111 h
Ricardo Xavier Não faz sentido que dois partidos estejam ao mesmo tempo a matar e a falar democracia no Parlamento. Todas as armas tem balas não existe uma que expele flores e outra mata.
Gosto411 h
Caetano Chicane Nos outros países facções que aterroriza e criam ataques a população são chamados de rebeldes e tratados como rebeldes
Gosto11 h
Circle Langa A qualidade de debate, em Moçambique, atingiu o "cume do declínio". Bastou o Egidio Vaz manifestar uma posição que não favorece a Renamo para se julgar que ele não mais está sendo lúcido (lê-se nas entrelinhas). "MAIGODE". Esta ideia de que a RENAMO é imune ao erro e não comete gafes é um tremendo atropelo à consciência de uma mente sã e não incauta... Então o Vaz deve ser perene, em termos de favorecimento, na sua abordagem? Passo a concordar que "quando o pássaro fica muito tempo preso na gaiola, pensa que voar (liberdade) é crime.


P.S. A convicção da verdade é a mais perigosa inimiga da verdade que a mentira.

Gosto411 hEditado
Jorge Jone Será que o problema é das pessoas não quererem reconhecer os erros na Renamo? Não me parece. O que percebo da maior parte das intervenções é que não se pode atacar um dos lados, passando a ideia de que o outro lado são os bonzinhos. Sendo o Egidio um ...Ver mais
Egidio Vaz Jorge Jone, o meu argumento central é o repúdio ao banditismo e ao massacre de inocentes, independentemente de quem pratica tais actos. Trata-se de fuga em frente quando me obrigam que neste mesmo post faça análise sobre quem é culpado. Eu sou dos cidadãos que se expressou de forma clara como pode cada parte contribuir para o fim da crise. Está felizmente tudo aqui.
Gosto22 minEditado
Circle Langa O que é mais importante, neste momento, entre dar razão alguém e apelar o cessar das mortes?
Zeiss Lacerda Circle Langa eu discordo completamente com o Egidio Vazquando atribui o ataque de ontem à Renamo. Não digo que não tenha sido mas os mais de 10 anos de carreira do Egídio devem tê-lo ensinado que é importante trazer as evidências do que dizemos. A STV por exemplo foi prudente e disse "ataque atribuído a Renamo", às vezes tem dito "ataque perpetrado por supostos homens armados da Renamo". Aqui apenas apelo à inteligência e cautela nas acusações. Faz parte da Guerra atribuir culpa ao adversário.


Entretanto, concordo sim que o ataque é bárbaro, cruel, selvagem, desumano e quem o fez é um criminoso. Não se podem matar pessoas para alcançar sejam quais forem os objectivos. Os autores são realmente criminosos. 

Outro ponto é: não devemos nos preocupar com a nossa imagem no mundo, quem limpa a casa para o visinho ver mantém sempre o quarto tão sujo quanto ele é de verdade. Alcancemos a paz por nós mesmos. Somos nós que precisamos mais de paz que qualquer outro ser de fora desse território. Paz por nós.

Quanto a posição yo-yo do Vaz, não é da minha conta. Ele tem suas próprias convicções e cada um que filtre como gosta.

Gosto1310 hEditado
Circle Langa Preocupa-me esta disposição em não querer ver malefícios da Renamo. Antes da STV houve equipes que registaram a "frescura" daquele infortúnio. Não quero trazer isso para aqui só quero convidar os seguidores a serem coerentes. Quando Vaz critica o Governo na sequência de uma operação, ninguém o pede provas. Há muitos, aqui, que só ouviram falar da guerra, eu a vivi e sei como ela se manifesta dos dois lados.
Gosto310 h
Egidio Vaz Zeiss Lacerda foram homens armados da Renamo que atacaram e mataram pessoas. Não existe nenhum outro grupo armado que não seja o da Renamo a atacar interesses economicos neste momento.
Gosto110 h
Egidio Vaz Eu não posso aceitar representar-me por um grupo armado. Portanto, fale o que quiser, mas a minha esperança era que contra atrocidades desta levantasse uma voz inequivoca de repudio. Mas parece que ainda quer discutir a razão pode detras das mortes. Muito triste
Gosto110 h
Zeiss Lacerda Circle Langa teu posicionamento está correctíssimo. Cada um puxa para um lado mas acho que isso não é importante. Por mim, cada baixa deveria ser atribuída a essa instabilidade político-militar. Até nas cidades a polícia às vezes têm balas perdidas, imagina em campo de guerra... Temos que parar de encontrar culpados e assumir que é uma idiotice de ambas partes o que está a acontecer porque p final há de sempre ser sentar e conversar. Porquê não conversam logo? E concordo, SEM CONDICIONALISMOS, apenas garantindo segurança de todos.
Gosto10 h
Zeiss Lacerda Egidio Vaz as razões já não me interessam. Confesso-te que não. Não existe razão para matar. E não concordo também com o posicionamento armado da Renamo e nem do Governo. Mas estas atribuições de culpa a um e outro ataque só complicam as coisas. Onde e...Ver mais
Gosto10 h
Alfredo Macuácua Uma hipotese: pode se dar o caso de o crime ter sido cometido por homens que se fizeram passar por "homens da milicia"... exemplos da guerra dos 16 anos há "às toneladas"...
Gosto10 h
Egidio Vaz Zeis, veja este perfil, que está actualizar as atrocidades cometidas pelas forças da Renamo:https://www.facebook.com/yusuf.armando.90
Gosto23 hEditado
Caetano Chicane Unay Cambuma sempre fala e com orgulho de muitas baixas de fds, apontando que foram vitimas de militares de renamo. Ai pergunto porque ainda ha pessoas que duvidam destas accoes?
Gosto18 h
Zeiss Lacerda Eu não acredito no Unay. Textos com números não significam provas. Podem ser elaboradas mentiras com falsas evidências.
Gosto27 h
Ismael C. Gocaldas Eh muito triste o que esta acntecendo cm o povo moçambicano.
Gosto10 h
Alfredo Macuácua Isto é reflexo da intolerância entre irmãos; é o resultado de práticas anti-patriotas de um grupelho de "ilustres" que se julga titular do "duat" de Moçambique. Quem mata o próximo, para mim merece um "benix" bem forte no traseiro. Não interessa a arma do crime; pode ser a convencional, podem ser os ditos instrumentos contundentes; pode ser a "arma psicológica"... São todos criminosos! NÃO À GUERRA!
Gosto110 h
Júnior Chichango Eu entendo o sentimento do Vaz. O país está a ser mergulhado numa crise por pessoas que querem governar a força. Famílias estão a perder ente queridos, negócios estão em declínio, o nome do país está a ser manchado a nível internacional. A guerra é contra o povo que os mesmos querem governar, pelos vistos. E vocês que os apoiam vivem aonde, o que comem, em que acreditam?
Gosto210 h
Júnior Chichango Por outro lado há uma falha na interpretação da posição do Vaz. Agora pensam que ele "mudou de lado", "foi comprado". Antes pensavam que estava em que lado? Agora em que lado está? Que evidências tem para definir o lado em que ele está? E se estiver em algum lado é tudo da sua responsabilidade, mas o banditismo e crime contra o povo são coisas inaceitáveis. Quando em Outubro de 2014 apoiou um determinado partido nas eleições ninguém achou que o tivessem comprado, agora que condena as suas más acções está errado. NÃO SE PODE PENSAR NESTE PAÍS?
Gosto510 hEditado
Egidio Vaz Obrigado pela solidariedade. A verdade é que não quero associar-me a assassinos. Em democracia, existem os valores inegociaveis: o direito a vida é um deles. E todo aquele que tira a vida a alguem, ataca interesses civis não está a fazer politica. Está a cometer crimes.
Gosto410 h
Faquir Fernandes Em Africa os politicos nao estao precupados com o povo ,usam essa terminologia para alcaçar os interesses ocultos paz a sua alma aos visados.
Gosto9 h
Hamilton Baloy Meu sonho é que a Renamo perceber de uma vez por todas que 70% ou mais dos Moçambicanos concordam com a necessidade de se repor a verdade eleitoral, entretanto estes mesmos 70% não se revem nos ataques a população inocente. 

Não podemos usar o povo como moeda de troca, se as empresas de transporte pararem de transportar a economia vai abaixo. 
Quem sofre é a frelimo? 
Quem viaja nestes autocarros são os filhos de nyusi? 
Porque não fecham a assembleia se de lá não se resolvi nada?

Gosto69 h
Cleto Goncalves Egidiosimplesmente nao quer ver a verdade. Afinal quando atacaram Dhlakama em zimpinga ou na sua residencia na beira nao estavas ca ilustre. Certeza temho k nao estavas em Mauricias... pensar k o problema è apenas a renamo è um erro. DLHAKAMA saou da Beira para gorongoza e apenas isso. Se.nao tivesses enviado militares para la nada teria acontecido...

E pork aqui tudo èbaseado em interresses, o estado usa negocios da nomenklatura para fazer dinheiro, esta èa razao de transportar militared pelos nagi

Gosto19 h
Egidio Vaz Quando atacaram Dhlakama a minha posição foi igualmente pública. Repudiei e exigi explicações. Ou já se esqueceu?
Gosto19 h
Cleto Goncalves Essa estrategia usada aqui è comum quando as um dos lados quer ter razao.... o regime de Kadafi caiu no mesmo modelo. Os militares pro franceses usavam uniforme das forcas republicanas e estrupravam as mulheres e criancas de forma k a sociedade perdesse confianca no lider kadafi...èo mesmo k acontece ca. As forcas do governo pegam machibombos publicos para enganar a nos como se a Renamo estivessse atras de civis.... a politica militar ultrapassa a nossa visao.. os interesses sao bem diferentes dos que aqui nos pemsamos ser.
Gosto28 hEditado
Caetano Chicane Se o caso é ataque a dlakama, deixem a populacao em paz e ataquem a frelimo e seu presidente. Ha teimosos que so agitam e nao percebem o lado precioso da paz
Gosto38 h
Rildo De Aveiro Mourinho Paulo Machava, Cistac, Bissopo, são militares? E o sistema apoiado pelo " historiador retardado" segundo o Reitor da UP està em pune, consequências de cirurgias!
Gosto2 h
Tsemba Zula Quando um dia a Renamo e o governo deciderem dialogar de PORTAS ABERTAS e o povo ouvir em directo os motivos e argumentos de ambas partes, saberemos quem é o culpado ou inocente para com o nosso sofrimento. Diálogo sem transparência resulta em arrogância e insultos de um contra outro. Abram as portas, queremos ver quem é sensato, quem é tolo nas negociacoes. De PORTAS FECHADAS, nao ha dialogo.
Gosto49 h
Ndimomwene Joao Eu Repudio qualquer morte, so que oque está acontecer é triste quando um membro da renamo seja ele militar ou civil morre ninguém se interessa mas quando um da frelimo morre há um alarido em todos cantos, porque? Será que os membros da renamo nao sao pessoas? Eu disse a dias que algumas pessoas(os assimilados) desprezam outras pessoas e é através disso que a guerra nunca vai acabar, segundo CHIAVENATO para interromper o ciclo de um conflito a resolução deve Ser GANHAR/GANHAR, pessoal entre nos podemos nao sentir na pele oque os nossos irmaos estao a passar no malawi digo 6000 moçambicanos, aparece um membro do governo diz que todos sao esposas e filhos dos guerrilheiros da renamo(risos), afinal actuando assim nao estará a matar? 6000 ninguém diz nada, se nao fosse os jornais internacionais uki seria? Será Arquivo morto, como outros casos de matanças. Obs.1 Acho que os académicos de renome deveriam criar uma comissão sei la para avistar com PR Nyussi tanto PR Dlakhama para ouvirem a posição deles e dali perceberem onde que está a divergência e tentar ajudar para essa matança acabar. Obs.2 O governo deveria parar de enviar militares e equipamentos de guerra(porque foi através disso que a renamo anunciou o controle nas estradas) na zona centro e retirar todos militares para suas bases e os esquadroes da morte para as suas casas para promover a confiança porque nao será possivel dialogar com a arma em punho. Obs.3 A frelimo deve parar de incitar a violência saber falar é usar boas apregações nas palavras e isso na frelimo nao conseguem porque acho espantoso hoje de manha lhe chamarem de bandido, diabo e atardinha aparece o Nyussi a querer falar com o Diabo epha!!! Respeito pelo outro é importante o Ex PR Chissano acautelava se e nao usava essas expressões. A Paz que o povo almeja quem trouxe nao é a Frelimo foi o Dlakama porque se ele negasse ir negociar iam negociar com quem? Por isso o Dlakama deveria ser respeitado por todos. Sobre esse conflito o culpado é o governo porque cercaram a casa dele? As armas k tinha lá com os seus homens estao plasmados no AGP ou se esqueceram aquele dia? Obs.4 Frelimo(Frente de Libertação de Moçambique) nao podia ser um partido mas sim um símbolo nacional que representa todos moçambicanos na luta pela independência e quem quisesse fazer partido faria levando o Exemplo dos outros e' so tratar documentos pronto!!! Obs.5 Dá oque é de César ao César e oque é de Deus ao Deus O investimento deve ser proporcional aos ganhos, 1. O que Maputo produz? A terra onde sair carvão, mármore, gás, ouro, etc está mais pobre que Maputo e o orçamento mais baixo que Maputo, há explicação para isto? 2. Quantas pessoas estao em Inhamane em relação a Nampula? O Orçamento de inhamane e' mais que de nampula porque? 3. Porque que quase 80% dos chefes nos gabinetes devem ser do sul? Será que Centro e Norte tem anomalias na direcção? 4. Porque que transferem todos os serviços a Maputo? Se uma casa que está na Beira ter problemas de Energia deve ligar Para Maputo? Os locais é que conhecem melhor os bairros porque alguem diz bairro NDUNDA ele escreve bairro DUDA onde que vao localizar esse Bairro DUDA? ...
Gosto69 hEditado
Caetano Chicane Os militares de renamo sao convidados a deixar armas e integrarem se na sociedade.

O lugar dos fds e todo territorio nacional para garantia seguranca de todos mocambicanos onde a renamo faz parte

Gosto8 h
Ndimomwene Joao Durante 20 anos que convivemos com eles quantos homens armados eu disse armados ja viste? Fora dos seguranças do Líder, saiba que oque está em discussão nao sao armas porque se fossem acho que as coisas seriam mais fáceis, o descontentamento, a exclusão e a insatisfação de como o povo está a ser governado isso e' que está em causa, Dlakama nao quer ser presidente mas quer a população seja governada com quem votaram, nas cidades quantas armas estao nas mãos dos bandidos gravatados e nao gravatados? Em 20 anos nenhuma arma na posse da Renamo disparou sem que as FDS fossem provocar
Gosto38 hEditado
Célia Claudina A vida das pessoas é um bem precioso, por isso deve ser preservada a qualquer custo. 

Temos que admitir que esse conflito prejudica mais o povo do que Dlakama ou Yussi. 
Por isso em vez de nos esmerarmos em arranjar desculpas para Dlakama e Nyusi, temos que chamar esses dois a razão. 
Porque um deles não pode ceder em nome do povo que dizem prezar tanto?

Gosto19 h
Tsemba Zula Busquem soluções, ao invés de lamentar. Sejam homens. Que deve ser feito para parar com a guerra? Melhor ir-se à guerra declarada? Ou um diálogo público entre Nyusi e Dhlakama? Minha ideia é que o povo precisa acompanhar em DIRECTO o dialogo dos dois partidos. Só assim ouviremos e saberemos quem "mete água" na busca da paz. Fim a negociacoes de portas fechadas.
Gosto48 h
Neves Nhavene Percebo que a renamo tem mais lambebotas do que a própria frelimo. Como é possível alguém defender mortes a civis porque a renamo quer governar e vai governar a quem ?
Gosto28 h
Nacer Choy Este é um assunto sério. Não é um problema de representantes dos dois é um assunto muito urgente e sério. Eu estou a falar com conhecimentos de causa. Ando na estrada a situação ultrapassa os recados dos corredores e um assunto muito urgente o que eu vi ontem estamos perante um cerco de indivíduos descontentes na região centro. Eu estou com medo do futuro. Os empresários estão a se queixar não há negócios, não há clientes, não há dinheiro a região centro está um perigo circular. Três colunas numa região já é guerra algo serio não é assunto de brincadeira. Precisamos ter uma solução disso.
Gosto18 h
Leonilda Sanveca matam civis inocentes que nao tem nada a ver com os desentendimentos entre as duas partes.
Gosto18 h
Mwua Munyossa Dala João O senhor Nyusi se quer de facto se encontrar com o senhor Dhlakama que pare de mandar aqueles meus "amigos" das FADM/ FIR a cercar a montanha da Gorongosa.

Para que Dhlakama saia da sua base rumo a Maputo para o tal propalado dialogo ao mais alto nivel, se não faz isso eu desconfio do senhor Nyusi pode ter outra agenda pessoal ou da sua elite.
Acredito eu que também Dhlakama vai dar ordens ao seu braco militar para parar com os ataques.

Mostre aos moçambicanos além da carta endereçada ao Dhlakama.

Gosto16 hEditado
Thomas De La Rue Ouvi agora na radio que para alguns etenderem politica tem que ter ouvidoa de olofotes e usar lupas. Peço qud ne digam diferente de Moçambique que pais tem um partido politico com assentos no parlamento e que esteja armado?
Gosto5 h
Daniel Boe Turquia e Ucrania tem partidos armados com assentos no parlamento. Afinal que mania é essa de não gostar de informar-se??? Bastou um escovinha vir dizer que Moçambique é o único país com uma oposição armada com assento parlamento TODOS começam a cantar a mesma música sem ao menos dar se uns minutos para pesquisar... na Turquia temos o partido pró-curdo HDP (Partido Democrático do Povo), que a mais de 30 anos vem combatendo e nas eleições recentes estremeceu o Erdogan, na palestina temos o Hamas embora este tenha uma situação peculiar pois é considerado terrorista por alguns países(USA, UK, Israel, França...) e não terrorista por outros (Brasil, África do Sul até por Moçambique).
Gosto11 h
Mauro Limpo é importante fazer análise política sem mostrar uma inclinação, caso contrário deixa de ser uma análise, opinião ou comentário, passa a ser um apoio a outro lado....
Gosto5 h
Egidio Vaz É muito estranho o que estou a ler aqui: então, alguém dispara contra civis e tenho que ser eu a dizer que sou a favor destes atiradores.
Gosto55 h
Mauro Limpo É claro que não Caríssimo Egídio Vaz,
Gosto4 h
Ricardo Xavier Bissopo, Cistac são militares ...
Gosto12 h
Victor Vasco Sitoe Vivas "A desordem como instrumento politico"!!!
Gosto34 h
Francisco Pacheco Chigogoro Se nao tivessem cercado a casa do Dlakama e terem lhe humilhado na Beira nao estariamos hoje a lamentar essas mortes , estamos a viver o resultado da arrogancia, tentaram matar Dlakama e o secretario geral ( Bissopo) prendem e aniquilam membros da renamo, esqueceram que os mesmos possuem armas, consequencia morrem " inocentes"
Gosto14 h
Philippe Gagnaux Gostei, mas não esquecer Q num conflito é raro Q apenas um dos lados não tenha culpa no cartório
Gosto23 h
Egidio Vaz De facto que é impossível que o culpado de una guerra civil seja uma pessoa só. Mas a insistência em posições absurdas faz acirrar as posições. Por exemplo, entre declarar que vai governar nas Seia, coisa impossível e anunciar as condições de segurança para encontros directos, a última pode baixar a tensão enquanto a primeira pode aumentar. Opções simples para buscar a paz existem. Estamos como sociedade a fazer o mais difícil e mais complicado
Gosto23 h
Henriques Luis Matsenguane Certamente estes ataques são condenáveis. Condeno ainda quem deu o pontapé de saída. Tudo começou em Chibata e quando começou disse se que a Renamo auto atacou-se. Seguiu o outro ataque em que se alegou que as FADM foram "socorrer" as populaçoes e a comitiva do Dlakhama foi severamente atacada.

Quem realmente começou esta confusao?
Quando os ataques começaram era FADM e Renamo agora entram os civis. Aonde vamos parar com isto?

Gosto13 hEditado
Egidio Vaz Na verdade, tudo começou com o verbo, com a promessa e com condicionalismos não negociáveis.
Gosto12 h
Henriques Luis Matsenguane Lamentavelmente a moda de atacar ao invés de um diálogo genuino está a pegar. O estratega falhou. 

Melhor voltarem à mesa e negociarem à sério e cumprirem os acordos que firmarem. Se firmarem acordos e nao cumprirem voltaremos a estaca zero!

Gosto12 hEditado
Amos Junior Maunze Desculpe mas eu não entendo esse Egidio Vaz, hoje está amanhã esta lá...
Gosto1 h
Henriques Luis Matsenguane Demo-nos ouvidos uns aos outros!


Na verdade nao há nada que nao se possa negociar!
Se alguem aparece a dizer que isto e aquilo nao se negocia, este nao quer verdadeiramente dialogo. Se o ponto de discordia é exactamente o que o outro diz nao quer negociar?
Somos todos moçambicanos. Demo-nos ouvidos uns aos outros e paremos de pensar que os outros sempre nao tem razão.

Gosto139 min
Egidio Vaz Estive lá aonde? E estou cá onde Amos Junior Maunze?
Thomas De La Rue Alaguem tera que mw convencer que os tais ataque a Dhakama foram de fora dela aquilo pra mim me parece una sinulaçao mas é mais facil para muitos ver um mosquito no escuro do que de dia.
Gosto2 h
Vitorino David Concordo Dr Vaz. Bem haja!
Gosto2 h
Mauro Limpo É, no entanto um lado emotiva o outro a praticar algo e vice versa, portanto é por ai que não devemos evidenciar uma inclinação ao julgar factos desta natureza...
Gosto12 hEditado
Antonio Gomes "masoquistas"???????...nao percebi, Egídio Vaz!
Gosto12 h
Claudio Rofino Eu também não concordo com a Guerra sou pelo Dialogo e pela Paz. Só o que espanta que o Historiador mudou muito o seu discurso quase 360º Alguém que era contra o G40 agora o mesmo passou a ser consultor do G40 Boa Sorte Egidio Vaz pela novas funçoes de acessoria ao PR........
Gosto72 h
Sergio Agostinho Egidio Vaz, você já recebeu algum trocado da FRELIMO os seus comentários são agora medíocres, agora percebo porque o reitor da UP chamou te de historiador retardado.
Gosto62 h
Muzungu Ndini O culpado e' aquele que trouxe a ideia de emboscar comitiva da oposicao, aquele que mandou e manda cercar residencias e sedes dos partidos da oposicao incluindo aquele que manda balear os que tem pensamento diferente. A culpa se estende para aquele que validou e proclamou vencedor ao cargo de presidente sem editais depois de um mega show de fraudes das eleicoes.
Gosto62 hEditado
Sandro Issufo Por causa desse culpado, a Renamo está atacar o povo, esse mesmo povo que pretende governar?? Este povo que sofre a mais de 40 anos.....Depois de matarem o povo vão governar? Ve-la hein, podes ser o próximo....as armas de Renamo estão apontadas para o Povo.
Gosto1 h
Muzungu Ndini e as das tropas da frelimo a quem estao apontadas? voce acompanhou o depoimentos dos refugiados no Malawi?. voce tem acompanhado oque estes autocarros transportam?
Gosto126 min
Muzungu Ndini Quem envolver se no transporte de exercito o problema e' dele.
Gosto125 min
André Mahanzule Já estamos também no âmbito da pirataria, ouvi dizer q os tais bandidos armados ( piratas) as vezes mandam parar os carros e pedem (exigem) dinheiro e marmita dos viajantes, isto pode já ficar fora do controlo do seu mentor. Muita pena mesmo, já estávamos a tomar o rumo mas cá estamos mais uma vez na desgraça. Pode-se questionar a atitude militar do governo porém não o q não tem cabimento mesmo é a militarização da Renamo q assume publicamente através do seu porta voz, DEPUTADO DA AR, q eles têm armas empenhadas por homens leais ao seu líder e estão aí nas avenidas a passear a sua classe. Os citadinos da Renamo se calhar nem se dignam ir visitar o seu líder lá na selva onde habita, enfim é muito triste mesmo. Concordo há responsabilidades partilhadas mas o método da Renamo é deplorável a todos os títulos. PAZ, PAZ, PAZ. 

Ps: a guerra dos 16 anos começou e acabou eu no distrito da Manhiça então é vivi os seus contornos, é irrelevante porém conste.

Gosto2 h
Nelson Junior Amigos Moçambicanos,cuidado nas vossas analises e conclusoes...voces nao devem ou nao deeveriao dar culpas,se nao tem a maxima certeza,pois houve acçoes militares contra os civis,causados por individuos que superficialmente pareciam ser elementos da Renamo...este conflito entre a renamo e o governo,é um conflito muito sujo....sei de que ha um departamento da Sise-departamento de desinformaçao...ha militares disfarçados em guerrilheiros,com o objectivo de "sujar" a imgem da Renamo...ao dizer isto,nao estou a defender a renamo,mas tomem cuidado...seja a Renamo que o governo estao praticando "actos" sujos...atentos!
Gosto62 h
Antonio Sithole Albino Sithole Vc e kualker coisa
Gosto2 h
Helder Macule Realmente o Egidio Vaz mudou muito...a ultima publicacao do Unay Cambuna faz muito sentido na parte onde fala do Egidio Vaz
Gosto52 h
Manjor Lopez Portugal E acho que ele não reagiu a cerca disso
Wilim Raul Na guerra nao ha regras, desconheco uma nacao k determina regras no mundo. Numa guerra o principal alvos sao militares e instituecoes civis, mas por ser dificil alcansar militares, entao o povo devido a sua vulnerablidade e' usado como alvo. Mas sem atirar culpas a ninguem, ja imaginam como sera' a frelimo seu dia lograr perder eleicoes??? O tamanho de vuku vuku? Esperemos deste filme.
Gosto12 h
Nelson Junior Ps!....Se,um aviao no ceu,está em problemas,sao o co-piloto e o comandante do aviao que devem encontrar a soluçao...e se,o tal aviao cair a culpa será do tal co-piloto e comandante....sim,é facil dar culpa à Renamo,mas a culpa é toda ela da Frelimo........ha quase 40 anos a Frelimo nao conseguiu encontrar a justa formula de governar o País.....e nem conseguiu desenvolver o País
Gosto32 h
Nandinho Kadú Cossa Wilim w Nelson, ñ tamos atribuir culpas a outrem, afinal de contas o tal povo estao atirar contra, o mesmo que querem governar, atirar em civís ñ trará paz alguma alem do luto nas fámílias, diálogo sim.
Gosto1 h
Amos Junior Maunze Moçambique precisa de jovens honesto qui falam a verdade ao povo não jovens k vendem a alma por bens individuais. A realidade é k o país está em guerra estão a morrer muitos jovens, pais de família, irmãos por razões desconhecidas.
Gosto11 h
Amos Junior Maunze Meus irmão vamos ser justos r sérios... Moçambique precisa de dirigentes e líderes com postura e com palavras,, 

Nós povo moçambicano queremos um dirigente justo, com palavra e com próprias ideias e não um tele-guiado.... O país não precisa de Lambe botas ou de sekandikudlheres

Gosto11 h
Nandinho Kadú Cossa Quando você diacute com seu vizinho, ñ há razão para descarregar a sua raiva no seu filho, isto é, nem Dhlakama, nem Nyusi tem direito de sair por ai atirando nos civís, ñ querendo ser partidário, parabenizo o PR da República Filipe Jacinto Nyusi que se disponibizou para o diálogo.
Gosto11 h
Nemane Selemane A guerra nunca foi santa morrem pessoas, algumas ate que nem tem nada a ver com o assunto. O importante e eliminar se a causa da guerra. E esta nossa guerra nos desenhamo la agora estamos a implementa la. Temos de nos queixar a nos mesmos. Procura se quem estudou e reclama ser bem letrado para ir modificar o projecto la em gorongosa onde ja esta sendo construida a guerra.
Gosto1 h
Nemane Selemane Nao tenho tempo para acusar ninguem porque eu sou parte desta guerra. O mundo sabe que Mocambique e uma vergonha.
Gosto1 h
Assane Assuade nao se eskecam de os convites que equiparam a um doce emvenenado.
Gosto1 h
Gildo Afonso Por onde anda a nossa Sociedade Civil? Por onde andam as ONG's? Por onde andam organismos internacionais com sedes no Maputo? Por onde andam todos os países com interesses directos ou indirectos em Moçambique? Onde andam partidos extra-parlamentares que escovam o governo? A Liga dos Direitos Humano? E a viciada Conselho Constituicinal?

Porque é que estão mudos agora?
TODOS que citei, são grandes cúplices pelo seu silêncio; digo mais: silêncio silêncio.

Conseguiram em Outubro de 2013 organizar uma mega marcha contra Guebuza com o lema: basta, fora Guebuza...e o se Governo.
Hoje, porque é que não conseguem fazer uma marcha igual com o destino a Ponta Vermelha e depois para a famosa Serra da Gorongosa, voltando para a Presidência da República talvez, terminando na Assembleia da Republica.
Assim sendo, o presidente e seus conselheiros, e ala radical do Partido dos 50 anos, sentirão-se pressionados, talvez com algum pingo de vergonha, sebarão que o povo não quer mais guerra mas sim, a PAZ. A Frelimo se não fosse partido armado, as FDS, PRM e a SISE, não estariam ao seu serviço. Digo frelimo não como Governo mas sim, partido. Este problema das armas é do tempo de Chissano. Por isso assunto da paz efectiva é muito sério sério sério... 
Só culpablizamos a Renamo, ignoramos que a Frelimo também tem mão nisso.

Gosto1 h
Thomas De La Rue José de Matos Muchanga pode n tee mentido mas ele não é serio não tem diferença com o Cumbana
Dércio Micane Nhabanga cumbane é um maluco
David Jairosse Alfredo Coitados os filhos dos pobres qui forao enganados e levados a matadouros de gorongosa, sinto muito!
Gosto146 min
Raul Novinte Caro Egidio Vaz, quem são os bárbaros em Moçambique no seu entender? O fato do Nyusi ter convidado o Presidente da Renamo para dialogar não quer dizer que a Frelimo e o Nyusi querem a paz. Tu deves entender que a Frelimo sempre buscou dialogo alvejando a paz a custa e sacrifício da Renamo e da maioria do eleitorado que tem sempre sido castigado pelas fraudes. Eu não sei do que tu chamas coragem e humildade do Nyusi. A Renamo revindica alguns pontos que facilitariam uma forte democracia em Moçambique, "Descentralização, despartidarização e outros". Foi por isso mesmo que o Presidente Dhlakama teve a coragem mais uma vez de sentar com o tal homem que tu chamas de corajoso e humilde que eventualmente enganou o Dhlakama em troca de tomada de posse dos deputados da Renamo. Tu Egidio Vaz és um historiador pelo jeito muito respeitado em Moçambique e tens acompanhado a história de Moçambique desde que o nosso país começou buscar democracia. Quem é que tu pensas está impedindo a democracia em Moçambique? Egidio Vaz, não começa a ser engraxador de sapatos sujos sem uma engraxa nova, pois eles nunca serão limpos mesmo que passe o tempo todo engraxando.
Gosto229 min
Egidio Vaz Raul, se esquece nesta sua busca de razões, que foi Dhlakama quem primeiro escondeu armas e militares durante a desmobilização. Segurança privada do presidente tem a capacidades de mover uma guerra? Então, muita calma
Raul Novinte Mas poque razões o Dhlakama pensou esconder armas? Porque sabia que a Frelimo nunca cumpre com suas obrigações. Foi assim a partir do acordo de paz até agora. Nenhuma conversação que saiu com medidas e que essas medidas foram cumpridas pela Frelimo. Agora, apesar o Dhlakama ter sim escondido essas armas assim como vc afirma e o que não confirmo, em nenhum dia ouvimos que O Presidente Chissano foi emboscado, ou Guebuza sofreu emboscada no Centro ou norte de Moçambique. Tu sabes muito bem,,, que estamos aqui falando porque Dhlakama se doou. E tu , muito bem sei que tens medo de falar a verdade, pois tem medo de ser abatido aí onde estás. Pois eles , matam e não brincam, porque não são democráticos mas sim assassinos.....
Araujo Godinho Mano Vaz!diga- me u siguinificado d xingondo.(por favor)?
Alfredo D. Baltazar Por acaso ouviste essa expressão com Egidio Vaz?
Abilio Manjate Epah!Egídio mudou de clube, kkkkkkkkkkkkkk.é muita fuleragem,
Braimo Bush Esse perdeu controlo, deixa, porque nao contena aqueles que estao sequestrar os irmaos dele xingondos?
Thomas De La Rue Mandei agora uma,miuda,de,15anos ler o post fiz varias perguntas para ver se,ela entendeu o objecto do post e deu resposta certa: repudio ao ataque a civis inocentes. Agora n percebo pk fogem do tema. Eu,acho,que DHL é um rebelde de luxo na africa pk tem estatuto dele protegido por lei exeplo tem imunidade por ser membro do,conselho do estado onde come mola sem,nunca la ir

Sem comentários:

Windows Live Messenger + Facebook