sábado, 12 de março de 2016

"Pergunte ao Unay Cambuma" para assuntos militares "do terreno

A partida parece um trabalho de jornalismo investigativo. Se olhar no antetítulo, nota que afinal, trata-se se uma "entrevista". Coloco entrevista em aspas porque ela está cheia de algumas incongruências, principalmente em relação à formação do tal "agente".

Ora, apesar de o conteúdo ser preocupante, aos investigadores e jornalistas impoem-se-lhes a disciplina de verificação; ou seja, até que as alegações patentes sejam verificadas pelo método investigativo, esta "grande" colaboração não passa de meras declarações acusatórias e desabafo.

Atenção, não estou a dizer que seja mentira ou imaginação, até que pode. Estou é apelar ao bom senso, para que meras opiniões não sejam elevadas ao estatuto de "descobertas investigativas" ou verdades.

Bom sábado

PS: lembro-me de uma rubrica no jornal Verdade, "Pergunte a Tina" para onde os leitores poderiam fazer qualquer pergunta relativa a saúde sexual e reprodutiva.
Seria interessante também sugerir um "Pergunte ao Unay Cambuma" para assuntos militares "do terreno".
"Olá Tina, não consigo ter sucesso no namoro, o que faço?"


Foto de Egidio Vaz.
O Dente de SISE da nossa Democracia
Publica o jornal SAVANA, na sua última edição, um arrepiante relato feito por um “hitman” ao serviço do SISE, cuja missão é silenciar vozes que incomodem os governantes deste país.
Esta actuação não constitui novidade em países africanos, onde o Estado há muito faliu completamente e ficou entregue a senhores da guerra, ou se rendeu a regimes que se afundam numa autocracia jurássica, muitos dos quais, mantêm excelentes relações diplomáticas com Moçambique, razão pela qual, a exposição do monstro que o SAVANA nos faz – com muitos tomates, diga-se – é um sinal bem vermelho que se acende na tão propalada democracia e Estado de Direito, que muitas vezes por aí vemos propalado, nos discursos das ordens profissionais, na comunicação social e, ainda que de forma tímida, na academia, onde sempre se disse e negou esta possibilidade de terrorismo de Estado ao serviço de uma causa partidária concreta, sobretudo na comunidade local de analistas politicos, cientistas sociais e ate mentores de ONGs que frequentam os programas de rádio e TV, que sempre pareceram estar mais preocupados em projectar acontecimentos fugazes, do que a sistematizar o problema, ou seja, mais focados numa bôcacracia do “disse que disse”. E depois nada disse.
Esta reportagem feita pela Al-Jazeera no Quénia, mostra que o assassinato político financiado com os nossos impostos, já faz escola há muito tempo: https://www.youtube.com/watch?v=lUjOdjdH8Uk e também, nos ajuda a entender a anarquia terrorista e violenta que se apossou daquele país.
Por isso, de nada vale vir a terreiro dizer, na media do Primeiro Mundo, que:
“(...) há um crescimento cada vez maior de uma consciência política, uma participação cívica. Não porque haja um espaço que se abriu espontaneamente. Há cada vez mais organizações e indivíduos que sentem que é importante que a sociedade e o sistema político se democratizem; e com isso estão também conseguir abrir um espaço e por sua vez, aos poucos, está também a crescer a sensibilidade e consciência dos políticos de que é importante abrir esse espaço democrático. Não encontramos em muitos países a pressão que leva a esta abertura, então por esta razão olharia para Moçambique com mais optimismo.(...)”
E depois posicionar-se domesticamente na "comfort zone" moral de actos hediondos imputados ao crime organizado, minimizando os actos pensados, executados e reportados por um serviço secreto, que se diz defensor de um Estado de Direito pluralista e pluripartidario, mas que afinal nada difere de uma bafienta polícia política da década 30 na Europa, que por aqui ressuscita o ‘terror vermelho” da famigerada Tcheka.
Chega-se mesmo ao ponto de se fazer suposta análise sociólogica aos “ciberguerrilheiros” da RENAMO, quando o que se está é a contribuir gratuitamente com um trabalho de inteligência para o SISE depois traçar o perfil psicológico dos alvos a atacar e a eliminar. Que raio de cientistas sociais são estes? Que servem com a sua parcialidade "demode" esquerdista um estado absolutamente fascista. E que ignoram as dezenas de “trolls” da FRELIMO no Facebook, coordenados e pagos pelo SISE, cujo o emprego consiste em ficar à frente de um computador 24/24 para vigiar posts e fazer ciberpistolagem a quem critica o Governo.
Gilles Cistac, Paulo Machava e tantas outras personagens, nao tenho duvidas, tombaram pelas mãos ensanguentadas destes esquadrões da morte, coordenados pelo SISE, com assassinatos politicamente motivados. Prósperos empresários e comerciantes locais, também o têm sido, mas por puro "racket político" onde se confundem a protecção dos negócios, com as contribuições monetárias para a causa partidária. Talvez se perguntem agora, o que se pretende alcancar com isto?
Ora bem, possivelmente um dos dez estágios definidos por Stanton, onde o politicídio antecede o incontornável caos do genocídio. E governar no caos é óptimo para governantes incompetentes. Não se presta contas ao eleitorado.
Por isso, temos de exigir ao poder político da Ponta Vermelha, que nos explique se o SISE é agora um Estado dentro de outro Estado, em virtude do seu ilimitado poder para deter, assassinar, interferir e mesmo interromper direitos e cidadania inscritos na Constituição da República, que jurou defender na sua tomada de posse.
E por último, uma sugestão aos partidos representados na AR. Que o Conselho Constitucional se expresse também sobre a legalidade da corrente actuação do SISE, verdadeiramente um incómodo dente de siso no Estado de Direito democrático de Moçambique, tal como a STASI o tentou ser pouco antes do inevitável colapso da RDA.



For the first time members of Kenya’s counter-terrorism police admit to “eliminating” suspected Muslim radicals. Speaking exclusively to Al…

YOUTUBE.COM
Comments
Cristiano Matsinhe Daí o pavor em viabilizar a alternância. Quase meio século destas práticas executadas como espetáculo público de Estado e agora embutidas num imaginado discurso sobre uma "terceira força". Lá como aqui.

25 h
Vassili Vassiliev Ja nao pega meu caro. Tanto vai o cantaro a fonte que um dia quebra.
Cristiano Matsinhe Quanto mais encurralados mais violentos e intolerantes...
Renamologos

Existe uma especie de agentes provocadores da FRELIMO, que se convenciona chamar renamologos. Isto e, trata-se de gente que diz saber mais da RENAMO do que o proprio Afonso Dhlakama.
No seu vasto reportorio, para alem de videos de qualidade duvidosa, estao as famosas analogias com o passado. E nao se pense que se trate de gente quadrada ou pouco informada. Sao professores-doutores, consultores e o diabo a quatro. Renamologos.
Defendem, entre varias coisas, que e possivel derrotar a RENAMO, cercando e liquidando Dhlakama na Gorongosa. Servem-se de dados do tempo em que as FPLM eram treinadas e apoiadas pelo Pacto de Varsovia e a RENAMO municiada pela Rodesia e depois pela Africa do Sul. Enfim, os renamologos, declaram triunfalmente que as FADM estao cada vez mais FPLMizadas, enquanto que a RENAMO esta cada vez mais desSULAFRICANIZADA, consequentemente, este e o momento de savimbizar a RENAMO.
Mas ha um detalhe importante, sr. renamologos, que voces nunca se referem. E que o contexto FPLM era muito mais propenso a mobilizacao popular do que a da FADM. E contrapartida, se a RENAMO hoje esta mais desSULAFRICANIZADA, e indiscutivel que se torna cada vez mais FPLM aos olhos do regionalismo que se consolida na politica nacional, tornando irrelevante qualquer assassinato politico daquela organizacao, que hoje e muito mais do que um partido politico. O que torna o prolongamento do actual conflito armado numa vantagem para a RENAMO, que assim se vai consolidando como um verdadeiro MOVIMENTO DE LIBERTACAO dos povos marginalizados do centro e norte de Mocambique, tal como um dia a FRELIMO o foi contra os portugueses.
E isso, nao se derrota com balas!
Muito preocupante!!!
E, no meio disto tudo, quem é acusado de violar os direitos humanos "investiga" a si mesmo...

Comments
Cal Barroso Ao invés de irem em auxílio dos 11 mil, gastam dinheiro para irem "se investigar"....
Batista Cole Matar pra satisfazer a elite, e coitado muitos jovens como ele são usados assim e depois descartados. Assim quem vai arranjar um psicólogo pra dar acompanhamento ao sujeito porque realmente já não está bem. Mas o discurso ensurdecedor próprios mandantes é :PAZ PAZ PAZ.
Andre Magaia É complicado!!!
Augusto Magaure Sérgio Vieira já disse, e preciso acabar com todos que estão ao redor de Afonso Dhlakama, desde os diplomatas, quadros seniores e ate simpatizantes da Renamo.
Gosto1Ontem às 11:01Editado
Sarmento Abel Sande Triste e 100timental.
Gosto20 h
Luciano Mapanga Mau, muito mau.
Abel Zico E estao a abater mesmo...So no ultimo fim de semana dois membros da renamo foram abatidos, na Beira e Maxixe. Muito mau, estamos a recuar e seremos piores que Angola em tudo...opssssssssss
Avelino Namarrocolo Devem ter aprendido em Angola essas tecnicas/praticas satanicas.
Nito Ivo Os factos factos falm por si.
Dhlakama, Bissopo, refugiados...
Assane Issa Cade o contraditoriio? Em jornalismo parece que funciona assim. Nao me chamem nomes porque eu n chamei nomes a ninguem apenas perguntei
Gosto23 h
Policarpo Tamele Duvido!!!
Gosto21 h
Antonio A. S. Kawaria Ainda bem que já não sou eu apenas a gritar sobre os esquadrões de morte. Assane Issa, contraditório sobre? Como farias esse contraditório? Sabes do caso de Murrupula?
http://comunidademocambicana.blogspot.se/.../quatro...
Gosto119 h
Fernao Pengapenga Pois é! Qualquer coisa de patético...!
Gosto2 hEditado
Veloso Joanete Ta ver nem?
Gosto
Comments
Mavuto Matias Camarada kkkkkkk vc anima 😈😈😈😈
Gosto2 h
Gosto2 h
Mestre Jojo Pipocas Pipocas a venda ........Quem quer ? Senta aqui cliente vamos ler os coments .kkkkkk
Gosto12 h
Egidio Vaz Compre um Kilo. Para mim tambem
Gosto22 h
Mestre Jojo Hoje esta a venda .São somente 5 mtn o copito .
Gosto1 h
Gosto11 h
Mestre Jojo kkkkkk
Gosto1 h
Matias Lucas Vinte Pensei que eu era o único que havia notado isso. Outras coisas isso. Eu não acho verdade até que me provem o contrario. Bom sábadoEgidio.
Gosto2 h
Yaqub Sibindy Há quem pergunta, de que lado Sibindy se posiciona? 



Frelimo ou Renamo? 



Sibindy responde : 
O Persiguido Exilado Regime!

Sibindy está posicionado junto das vítimas das balas disparadas entre o Governo da Frelimo e à Renamo! 

Pois nós acreditamos que às balas deviam ser disparadas contra um exército estrangeiro que por ventura estaria a invadir às fronteiras do Estado moçambicano! 

Nós acreditamos que o diferendo político entre à Renamo e o Governo, devia ser ultrapassado à partir da mesa de diálogo político e pacífico, tal qual foi nos tempos mais difíceis das negociações de 1992!

Não entendemos qual é a diferença entre à Frelimo tolerante de Joaquim Chissano e a actual Frelimo da tripla Armando Guebuza, Chipande e Nyusi, que sem consultar à opinião pública sobre o fim da "paciência" deles, decidiram pelo regresso das armas para aniquilar à Renamo via militar!

Nós não achamos inteligente essa estratégia militar, pois se não vencer de novo esta guerra à Frelimo vai estar muito banalizada e fragilizada publicamente para continuar à frente dos destinos da Pátria moçambicana! 

E não fica bem para o país alcançar à Paz apartir duma victória militar de uma das partes! 

É por essa razão que nós o Partido Inteligente de Moçambique - PIMO e, PEC/MT, encontramo-nos distanciados do ângulo do governo e da Renamo! 

ESTAMOS NO ÂNGULO DAQUELES QUE NÃO ACREDITAM NA GUERRA COMO DIÁLOGO POLÍTICO PARA O DESENVOLVIMENTO DE MOÇAMBIQUE!

Queremos um acordo de PAZ, fruto duma reconciliação e perdão mútuo sobre às mágoas do passado e não um acordo de sobrevivência política por não ter conseguido de novo uma vitória militar contra Dlhakama e o seu partido!

Gosto182 h
Gosto11 h
Nairinho Mabote "Nós" quem?
Gosto1 h
Joaquim da Costa Nairinho Mabote parece pertencer aos que querem esta maldita guerra. JC
Gosto11 h
Delson Ngozo Kkkk a ultima da tina animou
Gosto1 h
Manasseis Nhachungue E nessa de "Olá Tina, não consigo ter sucesso no amor", a ter que pedirmos préstimos do Cambuma em assuntos militares no terreno, como poderíamos lhe dirigir? 



Ex: Alô Cambuma(...........................................) o que faço?

Gosto21 hEditado
Egidio Vaz Alo Unay, quantos foram mortos hoje pelos rangers?
Gosto21 h
Manasseis Nhachungue Egidio Vaz Kikikiki. Mano isso é maprovoco juro. Kikiki
Gosto1 h
Matias Lucas Vinte Hahahahaha
Gosto1 h
Egidio Vaz KKKK
Gosto21 h
Rosario Catao Kkkkkkkk
Vassili Vassiliev Ficaria espantado se voce concordasse com a noticia.
Gosto61 h
Egidio Vaz Concordava com a noticia se as alegacoes fossem confirmadas. Ou seja, depois destas alegações, teria que existir se calhar, um texto em que o SAVANA endossasse o conteudo das revelações e afirmando claramente que pôde verificar a verdade das alegações. É o básico para qualquer processo de investigação.

Veja que o governo, depois de reportagens da STV teve que expedir uma equipa para "verificar" as alegações. Funciona assim.

Atenção, não digo que seja mentira. Até porque também não verifiquei. Só digo que da forma como está, pode servir alguns interesses políticos. Não necessariamente o público.

Gosto1 h
Vassili Vassiliev Hummmm...sei. E que tal se o incompetente procurador que investiga o caso Cistac fizesse o mesmo? Ou estava a espera de ler uma coisa destas? https://www.youtube.com/watch?v=lUjOdjdH8Uk Vou ate mais longe. Que tal um POST a apelar a investigacao independente e internacional a estes esquadroes que invadem a nossa vida desde a morte de Carlos Cardoso?
Gosto1 hEditado
José de Matos Egidio Vaz, so uma perguntinha: essa tal equipa do Governo, que se desloca protegida por homens da UIR fortemente armados (para intimidarem ?), e que ate ja tinha feito algumas declaraçoes antes de compilar o relatorio, mostra que foi "investigar " alguma coisa ou branquear o que ja foi noticiado por organizaçoes e jornalistas crediveis ?
Gosto21 h
Edson Maveto Patologias do nosso belo pais
Gosto1 h
Egidio Vaz José de Matos o ilustre estava lá? Viu isso?
Gosto1 h
José de Matos Quem estava la, Egidio? Eu so posso ter opiniao se estiver la ? nao estive na investigaçao do Governo, por isso nao vou acreditar, é assim que deve ser?
Gosto21 hEditado
Egidio Vaz José de Matos É que está a convidar-me para um debate sobre factos. Quero ter a certeza. A equipa do governo foi lá para veriguar as tais atrocidades. Ora, se tinha que ir fardada ou não, acompanhada ou não, este é um debate a parte. Que foi, lá foi.
Gosto1 h
José de Matos Egidio Vaz, vamos ao contexto! Um dos elementos da Comissao ja falou dando a ideia de que as FADM nao fazem mal ao Povo! Um olhar sobre a comunicaçao social frelimizada revela que esta tudo preparado para negarem o que aconteceu! Eu nao sou profeta mas nao tenho duvidas sobre o veredicto do relatorio! Podiamos usar o exemplo se fosse uma Comissao multisectional, multipartidaria, etc. desse modo, nao é exemplo nenhum! Eu meniconei apenas que sao acompanhados nas investigaçoes por forças ( e nao estou a dizer que é errado, devem ser protegidos), alegadamente envolvidos nos abusos!
Gosto1 hEditado
Eusebio Jose Estranho seria a equipa do governo que as suas unidades sao acusadas viesse ao piblico dizer que as FDM estao a atacar a populacao, um acusado que investiga a si mesmo hum!!
Gosto1 h
Vassili Vassiliev E muito simples. Estou certo que se for uma difamacao contra as "forcas de defesa e seguranca" a PGR nao deixara de mover um PROCESSO aos jornais SAVANA e Jornal @Verdadecomo fez no caso Castel-Branco. E ou nao e? PAGO PARA VER!!!!!!!!!!!!!!!!!!
Gosto1 h
Aurélio Simao Ha quen acredita que é possível vencer a Renamo via armas? Esso foi a pergunta do Eusebio A. P. Gwembe esteve em Nampula em julho
Gosto11 h
Nkuyengany Produções Well done Professor. Bonne journée
Ver tradução
Gosto1 h
Ussene Muacona nao so para vassili vassiliev, para todo mundo ficaria espantado se............. kkkkkkkkkk..... egidio vaz!!!!!
Gosto1 h
Ernesto Nhaule O nosso maior problema em Moz é que as pessoas nunca dão a cara e o nome...quem é esse tal agente? fala de comandantes, quem são os tais? Mas prontos, não ha fumo sem fogo!
Gosto1 h
Vassili Vassiliev E quando dao a cara, o que acontece?
Gosto1 h
Jaime Joao Baptista Maya Quando dao cara,uma bala na testa.
Gosto1 min
Erasmmo DelReis Pseudo-jornalistas. só para vender mais esses papéis
Gosto1 h
Vassili Vassiliev Ahaha...agora e o SAVANA! E nao o habitualCanalMoz....
Gosto1 h
Erasmmo DelReis Andas muito atento aos meus comentários caro Vassili! Nem queria me dar o trabalho de pronunciar- me sobre essas idiotices que vcs escrevem mas tinha que faze-lo. É uma velha táctica conhecida.... mas ñ deixa de ser repugnante
Gosto1 h
Dino Foi No fim eu estava à espera de "entrevista fictícia" mas....

Só para que conste: uma pk pesa 9 kgs, 7.5kgs do tripé, mais 5x100 munições, Awena!! Esse soldado só pode ter desaparecido.

Gosto21 hEditado
Egidio Vaz Nao so isso man Dino Foi. O tipo diz que iniciou a sua CARREIRA na Catembe. Pelo que saiba, CARREIRA de um fuzileiro naval nao inicia na escola. Inicia-se depois da formação, quando, depois de formado é enquadrado em unidades militares. Em Maputo, a base naval está alí no cais para Catembe. Ali sim, estão soldados da marinha em cumprimento do seu serviço.

Dois, normalmente a Presidencia da República possui sua unidade militar. A FIR apenas acompanha. O SSR-serviço de segurança de responsaveis guardenecem os tais repsonsaveis e suas casas. Ele ficava aonde?

Terceiro, se estivessemos em Paz, os nossos jovens aprenderiam que todo estado possui esquadroes de combate para aniquilar inimigos. A segurança do Estado nao se mede apenas pelo numero de combates. Também pode se medir pelos atentados que pode e consegue prevenir e desmantelar. 

Para terminar, sobre os opositores, este é um conceito interssante.

Bacela: Não é novidade dizer se esteve ou nao no ataque a Dhlakama. Há um que morreu.
Gosto11 h
Nkuyengany Produções Olha que o General tem os 2 braços
Gosto21 h
Carlos Afonso Matsinhe Egídio como melhor escreva algo então para deixares só de criticar a todos!
Gosto1 h
Egidio Vaz Veja a entrevista aqui: http://goo.gl/0jXq9D


@Verdade Online - Jornal que está a mudar Moçambique
VERDADE.CO.MZ|DE DGA
Gosto11 h
Carlos Afonso Matsinhe O k eu li nas redes sociais não é k tinha perdido braço!
Gosto1 h
Nkuyengany Produções Perna também tem as duas
Gosto1 h
José de Matos Darem a cara ? nao brinquem, estamos a falar de esquadroes da morte!
Gosto11 h
Matias Lucas Vinte Nao dar a cara. Mas haver substancialidade na reportagem.
Gosto1 h
Kyd Figueira Reportagem fictícia!
Elísio Nhantumbo Papo furado
Alfredo Macuácua Li a entrevista e, a autoridade policial a que pertence este, tem "todos dados" para descobrir o "traidor"... ele fala do seu percurso de formação militar, quartel da Catembe e quejandos... operações em que participou... mas prontos, o homem desabafou!
Gosto11 hEditado
Egidio Vaz Não ha nada de substancial que possa nos levar ao tipo. Distorceu propositadamente a informação. A informação transcrita é irrastreavel. Lamentavelmente
Gosto1 h
Dino Foi Obrigado Alfredo Macuácua. P1, P2..,ahhhhhhh mano Américo Matavele vai lá buscar o homem. Kikikik
Gosto11 hEditado
Dercio Machava Catembe forma grandes soldados.. este tipo conseguio sair ileso em todas operaçoes é um policia de top este.
Gosto1 hEditado
Benedito Nhança Será sensato comentar tudo?
Imtiaz Vala Ridiculo como a especulacao,protagonismo apoderou-se de certos orgaos de comumicacao social.Perdeu-se a vergonha na cara e marginalizou-se o Quarto Poder!Banalidades!!!!!
Gosto130 minEditado
Baissa Changula Cheira a leite.
Bernardo Fumo Heleleeeee
Maldonado Pedro So achei estranho o fato de que as forças governamentais trabalhar com líderes comunitários, uma vez que estes estão sendo vítima de uma forte perseguição, o policial esqueceu se de dizer que as casas queimadas em tete são cabanas que albergavam homens armados da renamo e mais uma questão:como alguém pode viver em paz com outro alguém que lhe obriga a vender seus animais a 100,00.

Lasti Zaix por favor me esclareça isso.

José de Matos Maldonado, casa ou palhota faz diferença ? Albergar homens da Renamo é crime ? Justifica atrocidades ?
Maldonado Pedro Jose de Matos 

Eu disse cabana não palhota

Albergar homens armados(bandidos) da renamo é crime

Quais atrocidades?

Nando Conceicao Paz doutor please

Sem comentários:

Windows Live Messenger + Facebook