segunda-feira, 14 de março de 2016

Entrevista de Dhlakama à DW África




"Até fim de março governaremos seis províncias moçambicanas" reafirma Dhlakama à DW África

Algures na Gorongosa, o líder da RENAMO, Afonso Dhlakama, concedeu uma entrevista exclusiva à DW África, onde reafirma que o seu partido vai governar em as províncias onde venceu as eleições e nega ataques a alvos civis.
Afonso Dhlakama, líder da RENAMO, o maior partido da oposição em Moçambique
Moçambique está mergulhado no seu segundo conflito armado desde o fim da guerra civil dos 16 anos. Na cidade o diálogo entre o Governo da FRELIMO e a RENAMO há muito que foi interrompido, para dar lugar ao barulho das armas no interior do país.


Os moçambicanos andam desgastados com o sangue que se derrama e com a ausência de um sinal de paz no fundo do túnel.



A DW África entrevistou em exclusivo o líder da RENAMO, Afonso Dhlakama, que deu a sua versão dos factos.



DW África: Qual é a preocupação da RENAMO neste momento?

Afonso Dhlakama (AD): A preocupação da RENAMO é a preocupação do povo, sobretudo o povo que tem vindo a votar na RENAMO e no seu líder. Em resumo, para mantermos a democracia e para evitarmos o pior em Moçambique, porque o povo promete que se a RENAMO não fizer algo ele, sem liderança, pode sair a rua, prefere mesmo partir tudo e até morrer e isso pode ser um caos para Moçambique. Então, a prioridade da RENAMO, e que é do povo, é governarmos as seis províncias onde tivemos a maioria nas últimas eleições, embora tenha havido fraude, resistimos muito, ficamos acima de todos os partidos. Governar com democracia e não dividir o país como a FRELIMO alega, nem reivindicar a independência de cada província, mas governar pacificamente havendo alternância governativa ao nível local. Esta é a preocupação da RENAMO e minha neste momento.
DW África: A RENAMO tinha prometido governar a partir de 1 de março as províncias onde diz ter vencido nas eleições de 2015. Entrentanto isso não aconteceu até agora. Porque?
AD: Não, a RENAMO não disse o dia, disse que a partir do mês de março vai iniciar a sua governação. Hoje, segunda-feira (14.03.), ainda faltam dezasseis dias para terminar o mês. Vamos iniciar essa governação paulatinamente, vamos tomar conta de vários distritos de cada província e estabelecermos as normas, as nossas administrações. Nós não dissemos que a partir de março vamos pegar nos paus e expulsar a FRELIMO, não. De facto, março é este mês, posso lhe garantir que há-de ouvir antes do dia trinta e um deste mês que a RENAMO nas províncias onde obteve a maioria já tomou tantos distritos. Foi o que prometemos e não há nada que esteja fora do prazo.
Caravana de Dhlakama é atacada em setembro de 2015
DW África: Nos atuais confrontos a maior parte das vítimas tem sido civis, segundo a imprensa, contrariamente ao confronto anterior em que a maioria eram soldados do exército. Esta situação deixa muitos cidadãos descontentes, o que em certa medida faz com que a RENAMO não seja tão bem vista como no anterior conflito. A RENAMO tem consciência dessa apreciação?
AD: Absolutamente não. Minha senhora, nasci e cresci em Moçambique, sou moçambicano e estive na FRELIMO antes de lutar pela democracia. O povo moçambicano sabe o que está a acontecer, mesmo a imprensa moçambicana sabe o que está a acontecer. Um e outro frelimista pode tentar transmitir uma imagem negativa. Vou dizer-lhe, este conflito reiniciou há um mês provocado pela FRELIMO. Desde janeiro e fevereriro a FRELIMO contratou norte-coreanos, treinou um grupo de esquadrão da morte em Maputo e esse grupo foi espalhado pelas províncias do centro e norte. Segundo a FRELIMO era para impedir a governação da RENAMO e esses grupos andavam de carros de tração as quatro rodas que durante a noite raptavam membros da RENAMO e até apoiantes, faziam isso num distrito e no dia seguinte encontravam-se os corpos no mato. E os embaixadores europeus e africanos acreditados aqui sabem dessa situação. Então, o departamento da defesa da RENAMO tomou medidas, fez emboscadas entre o troço rio Save porde entram do sul para o centro, fez outra emboscada entre o rio Save e Muxúnguè e colocou-se também entre Chimoio e Tete e entre Gorongosa e o rio Zambeze, em Caia, para intercetar esses grupos de raptores. De facto, muitos foram apanhados e a situação já esta melhor. Ora, nesta tomada de medidas a FRELIMO criou colunas militares, obrigou os transportadores a serem escoltados, porque os militares da FRELIMO já não podiam passar com receio de serem atacados, conhecem a capacidade das forças da RENAMO. Então, as forças da FRELIMO, para fingirem, obrigaram os camiões e transportadores do sul a transportarem os soldados. Ora, neste processo dos militares da FRELIMO entrarem nos carros civis, então a RENAMO dispara contra carros militares calha que morre um e outro a FRELIMO manda jornalista dizerem que a RENAMO atacou civis. Sabe muito bem. A RENAMO sobrevive graças ao apoio da população. A RENAMO se quizesse matar civis nas suas zonas [já o teria feito], vive com civis. Não era preciso a RENAMO ir escolher uma estrada para atacar os carros civis, porque eles circulam pelos distritos. A RENAMO fechou a logística das forças governamentais, mas a FRELIMO para lançar propaganda com vergonha por estar a sofrer baixas até hoje não consegue dizer que vinte, trinta ou quarenta (soldados) mancebos ou Forças de Intervenção Rápida morrem por dia, falam da população. Não há população que esteja a morrer, mas um ou outro pode ser vítima dos tiros de um e outro lado. A situação que posso confirmar na provínia de Tete é o seguinte: Os confrontos fizeram com que grande parte [da população] em Nkondedzi, distrito de Moatize se refugiasse no Malawi. Mas também foi confirmado que as populações fugiram das atrocidades das forças governamentais.
FIR cerca casa do líder da RENAMO na Beira e desarma a sua seguranaça em setembro de 2015
DW África: Em relação a isso o Governo diz que não há refugiados de guerra, são familiares e apoiantes da RENAMO que estão no Malawi...
AD: Minha senhora, parece-me que rádios internacionais reportaram a situação há algumas semanas. Há uma agência das Nações Unidas credível, a ACNUR que esteve no Malawi e viu refugiados moçambicanos lá, incluindo crianças e disseram de boca cheia que fugiram das atrocidades das forças governamentais porque as forças da RENAMO entram em confronto com as forças governamentais, e estas levam porrada vingam-se. Queimam as casas acusando a popualção local de estar a apoiar a RENAMO. Aliás, essa é a política [da FRELIMO]. Há dois anos, aqui em Satundjira, em Maringue, as populações ficaram sem casas, é o mesmo que aconteceu emNkondedzi. A própria STV, que é o órgão privado daqui, esteve no Malawi onde entrevistou pessoas, esteve nas zonas abandonadas e confirmou [tudo]. A ser verdade é propaganda do governador de Tete a dizer que não são refugiados, mas familiares da RENAMO. Já são quase dez mil, então, a ser assim são todos os dez mil familiares [dos membros] da RENAMO num lugar tão pequeno? Isto é propaganda antiga e que já não cola. São refugiados, só que a FRELIMO não quer aceitar que o Malawi lhes conceda o estatuto de refugiados, porque é uma pouca vergonha. O Malawi é um país tão pequeno, não tem comida para dar e por isso está a apelar. E agora o vice-ministro da Justiça ou algo semelhante, levou a TVM, a televisão estatal que faz propaganda para a FRELIMO, levou os chefes dinamizadores da cidade de Tete para as zonas em causa e instruiu-lhes previamente para dizerem que as populações fugiram das atrocidades das forças da RENAMO. Só que já não pega nada porque todo o mundo sabe porque aquelas populações fugiram.
Mas voltando atrás, não há muitos civis que estão a morrer, foram três emboscadas: na zona do Zove, no troço entre o rio Save e Muxúnguè, a segunda emboscada na zona do Zonde, Catandica, no troço entre Chimoio e Tete, e a última emboscada foi no troço entre a vila da Gorongosa e a ponte sobre o rio Zambeze em Caia. Portanto, na áera de Nhamapanza e Nhamajaja.
Primeiro encontro entre Afonso Dhlakama e o Presidente do país, Filipe Nyusi (esq.) em fevereiro de 2015
DW África: Nessas emboscadas, pelo menos numa delas morreu o motorista de uma transportadora, foi uma emboscada contra autocarro de passageiros...
AD: Não era de passageiros, minha irmã. Isto aconteceu em Vonde há uma semana, o machimbombo era da empresa Naji cheio de FADEMOS, Forças Armadas de Moçambique, que saiam de Chimoio para Tete. Pode usar a Rádio Deutsche Welle e as suas fontes, vai ter as provas. Eu não tenho que aldrabar e nem fazer propaganda. Então o motorista foi atingido, sei muito bem, foi num sábado às nove horas. Não havia nenhum elemento da população, morreram trinta e nove FADEMOS. Pode morrer um e outro elemento da população, não estamos a fazer a guerra santa, pode apanhar um, temos de dizer que sim. Agora dizer que a RENAMO está a atacar civis não, porque seria um problema sério, a RENAMO sobrevive graças ao apoio da população.
DW África: Também durante os primeiros confrontos o assunto RENAMO era gerido pelo ministério da Defesa, mas numa determinada altura passou para o ministerio do Interior. Quando há confrontos quem responde é a Polícia. Acha que esta é uma tentativa de minimizar o estatuto da RENAMO ou de transformar a RENAMO numa espécie de desordeiors ou simples marginais?
AD: Não. Quando entraram elementos da RENAMO depois do Acordo Geral de Paz, no tempo do Chissano, ele não gostou assim como todos os estrategas da FRELIMO. Viram que as FADEMOS (Forças Armadas de Moçambique) não iriam servir os interesses da FRELIMO, porque a FRELIMO sempre continuou a controlar as Forças Armadas, ela criou [outro] exército como alternativa, a Polícia de Intervenção Rápida, agora FIR, Forças de Intervenção Rápida, controladas pelo ministério do Interior. Este é um exército 100% [da FRELIMO], porque não há mistura com a RENAMO. É um exército constituído por antigos militares que lutaram contra a RENAMO durante 16 anos e os jovens que são incorporador no exército não pertencem a uma polícia qualquer. É um exército próprio porque as FADEMOS têm muita desconfiança.




Ouvir o áudio16:30

"Até fim de março governaremos seis províncias moçambicanas" reafirma Dhlakama à DW África

Embora os nossos homens não sejam generais e nem são considerados, mas a FRELIMO desconfia das FADEMOS porque eles também não aceitam esse controle e quando são mobilizados eles fogem, enquanto a FIR é controlada pelo ministério do Interior e não é uma polícia. Esta FIR é um autêntico exército com mais condfições do que as FADEMOS. Têm carros de combate, armas pesadas, ganham bem e têm quarteis próprios. Portanto, ás vezes alguns generais das FADEMOS a comandar na FIR. É o que está a acontecer. Não é para minimizar a RENAMO ou para o desprezar e atribuir a RENAMO um estatuto de bandidos. Não pelo contrário. É que a FRELIMO sofreu baixas e as FADEMOS são a alternativa à FIR. Mas mesmo assim, a FIR está também a sofrer baixas. Atualmente a FRELIMO não tem efetivos. Tentou lançar ofensivas na Zambézia, em Nampula e aqui perto da Gorongosa, mas colocamos todos eles fora de combate.

LEIA MAIS

ÁUDIOS E VÍDEOS RELACIONADOS

5 h ·
COMANDANTE PROVINCIAL DE SOFALA MORTO ONTEM EM SANTUNGIRA.alguem confima?


“Estou no mesmo sítio” (‪#‎canalmoz‬)
– Afonso Dhlakama em entrevista exclusiva com o Canal de Moçambique
Maputo (Canalmoz) – “Estou no mesmo sítio, muito próximo dali onde estava, em Sadjundjira, a poucos quilómetros. Daqui basta-me levantar a cabeça e vejo os outros a andar. Como sabe, ali onde estive estava sempre a FIR (Força de Intervenção Rápida), mas nunca entrámos em confrontações. Os nossos homens bebiam e tudo, com a Frelimo. O Guebuza é que quis aquilo! No dia 21 de Outubro tentou matar o Dhlakama e agora está embaraçado porque não conseguiu”, começou assim a entrevista exclusiva que o líder da Renamo, Afonso Dhlakama, concedeu ao director do Canal de Moçambique quando eram 23 horas da noite de segunda-feira, 09 de Dezembro de 2013. 
Na entrevista que nos concedeu, que temos gravada e durou 31 minutos, Dhlakama disse, em seguida: “Nunca tinha entrado na nossa cabeça que se declarasse um conflito como a guerra dos 16 anos”.
“Admiramo-nos quando (Guebuza) mandou o grupo dele para mandar matar o Dhlakama onde havia jornalistas e os do Observatório Eleitoral enviados dele. Foi uma tentativa de praticar um crime, mas agora está envergonhado por estarmos vivos e agora estarmos a reagir para eles enquanto querem ainda nos matar. Por isso gritam, no Rio Save, e gritam aqui na Gorongosa. Até há gente que diz: mas se a guerra está em Sadjundjira por que é que atacam no Rio Save? Atacamos no Rio Save porque é ali onde passam todos os miúdos treinados em Maputo, com blindados e com tanques para virem aniquilar a Renamo. E qualquer estratega pensa em diminuir a intensidade da logística de quem ataca.
Escreva que falo para si em exclusivo mas dentro em breve convocarei uma conferência de Imprensa.
Canal – Podemos publicar já ou é sigilosa esta nossa entrevista?
Dhlakama – Não é nenhum sigilo. Já passa um mês e meio que estou caladinho.
Canal – Mas presidente: nós Canal de Moçambique/Canalmoz ouvimos dizer todos os dias que o senhor já não estava vivo.
Dhlakama – Então é melhor publicar já. Publique já! Amanhã mesmo. Diga: falei com o Dhlakama e ele estava com um tom de poder, com um tom de satisfação, com um tom de desprezo pelo Guebuza e pela Frelimo. Escreva que o Dhlakama acha que pode chegar o dia de morrer mas não vai ser a Frelimo que o há-de matar. Porque não vai conseguir!
E escreva ainda que da mesma maneira que não me conseguiram matar, durante 16 anos quando havia cubanos, alemães do leste, russos, tanzanianos e zimbabweanos, não seria hoje com crianças e miúdos com idade dos filhos dele que podem matar o Dhlakama.
Canal – Hoje segunda-feira, 09 de Dezembro de 2013, seria mais um dia de conversações, em Maputo, mas não houve.
Dhlakama – Sim. Não há nada porque tudo ainda não está organizado e porque o Dhlakama se lembra ainda do dia 21 de Outubro em que seria morto. Estas coisas primeiro devem ser bem organizadas!!! Ainda estou a lembrar-me do Guebuza que ataca o Dhlakama e depois marca reuniões em que a data do encontro é tudo uma confusão.

“Matar o Dhlakama é acelerar a revolução”
Canal – Mas o senhor acha que realmente o que o senhor Guebuza quer é matá-lo?
Dhlakama – Com certeza. Quer matar-me só que não está a conseguir.
Canal – Desculpe levar a conversa para este outro ponto: Acha que a Renamo acaba se o matarem?
Dhlakama – Se eu dissesse que sim estaria a seguir a estratégia do Caso Savimbi. Penso que não! O que posso dizer é que matar o Dhlakama é acelerar a revolução.
O Dhlakama tem generais mais novos. O Dhlakama já tem 60 anos mas tem rapazes que são generais com 35 anos, treinados pelo Dhlakama, que não haveriam de tolerar que me matassem. Se o Dhlakama tem tolerado durante estes últimos vinte anos ser atacado sem responder, de facto a geração nova de generais que o Dhlakama treinou e lutou com eles, esses podem surpreender o mundo e surpreender a Frelimo.

“A morte de Dhlakama não é o fim da Renamo”
A morte de Dhlakama não é o fim da Renamo, assim como a morte do André Matsangaice, em 1979, não foi o fim da Renamo. Podia ter desaparecido quando o André morreu. Agora com mais pessoas e generais que são mais radicais, em 24 horas podem pôr a Frelimo a desaparecer. Mas, se isso não acontece, é porque o Dhlakama tem outra formação, tem por natureza outro comportamento e é tolerante.
A morte do Dhlakama deixou de ser um perigo que possa ditar o fim da Renamo.
Canal – Muitos observadores concordam com essa sua visão (de que a morte de Dhlakama não é o fim da Renamo) mas parece que o assalto a Sadjundjira de facto tinha o objectivo de fazer com que o presidente da Renamo deixasse de existir.

Dhlakama – Não, não, não, não!!! Não vamos dizer assalto a Sadjundjira. Vamos dizer ataque a Sadjundjira. Porque se eu for atacar o palácio não quero matar os filhos, nem a mulher, nem qualquer trabalhador; quero atingi-lo a ele, porque ele é que vive aí. E atacar Sadjundjira, o sítio onde todos os jornalistas vinham, não era um sítio escondido e até bebíamos cerveja com o administrador e os meus guardas. Éramos família. Num dia em que eu acabava de fazer um discurso sobre o 17 de Outubro em que falava do desenvolvimento de infra-estruturas, de eleições livres e transparentes, na presença de jornalistas de renome, atacam a minha residência. Não restam dúvidas que era uma tentativa de matar o Dhlakama para acabar com a Renamo como aconteceu com o MPLA e com a UNITA. Não acertou. Foi uma estratégia errada.
“Pazes com Daviz? Para quê?”
Canal – O senhor estaria disposto a fazer as pazes com Daviz Simango?
Dhlakama – Não! Para quê?
Canal – Muita gente, na opinião pública, defende que o senhor e o engenheiro Daviz Simango, sem terem que se juntar deviam fazer as pazes como o senhor fez com Raul Domingos.
Dhlakama – Mas eu vou dizer-lhe o seguinte: eu sei que o meu amigo apesar de ser branco é beirense. O Daviz é da Machanga e eu também sou de Chibabava e por natureza eu e o Daviz somos mandaus. Quem é que é mau? – Eu reconheço que o engenheiro Daviz Simango é um engenheiro da construção civil. Quem meteu o Daviz Simango na política fui eu, contra tudo e todos. Contra o meu partido, em 2003. O Daviz Simango andava em Inhambane a construir casas. Eu é que o fui buscar. Não por ser Ndau. Achei naquela altura que podia ser o nosso candidato na Beira, contra todos. Diziam-me que o pai é traidor. Mas o miúdo, com a ganância do poder estragou tudo. Eu é que disse ao povo da Munhava: votem neste!
Mas ele fez o que fez, falcatruas, começou a corromper-se e começou a estragar tudo. Pronto! E em 2008 dissemos que já não podia continuar como candidato. Eu Afonso Dhlakama não fui à Beira desmentir e pedir para que os beirenses não votassem nele. Ele continuou a dizer “Papa Dhlakama” e tudo…
Apesar de ser mandau ninguém votou no Manuel Pereira e eu nem apoiei a candidatura dele. Nem fui à Beira para dizer “abaixo o Simango” ou “agora viva o Manuel Pereira”.
Isto é para as pessoas entenderem bem. Ele tem de entender quem o meteu na política. Ele tem de reconhecer: o pai é o pai… 
E veja lá!: os beirenses da Renamo, porque não quiseram que a Frelimo levasse a Beira, votaram nele (Daviz Simango). Não porque é boa pessoa…Mesmo aquele miúdo machuabo, Manuel de Araújo, sabe que o Dhlakama se quisesse pô-lo fora, podia. Os membros da Renamo porque não quiseram que o Município de Quelimane esteja com os comunistas, voltaram a votar nele agora.
Mesmo em Nampula as pessoas não foram votar, mas mesmo assim deram a vitória ao MDM. Era vingança: a Renamo não veio aqui mas nós não podemos deixar esses da Frelimo ganharem aqui. Tal e qual como aconteceu com o Venâncio, em Maputo. Se tudo tivesse corrido bem, havia de ganhar. Não tem nada a ver com o MDM. É tudo contra o Guebuza, porque a Renamo não concorreu.
As pessoas devem ter consciência de que é o fim do MDM no dia em que a Renamo concorrer.
Agora respondendo à sua pergunta: cabe ao Daviz pedir desculpa porque é um miúdo que nós criámos. Mesmo aquele irmão dele mais velho – aquele traidor – fui eu que pus na Assembleia da República em 1999 com a Renamo-União Eleitoral…foi ele que andou a aliciar os membros da Renamo para irem para o MDM.
No dia em que o Dhlakama andar a mobilizar as pessoas, todos aqueles vêm e o MDM vai ficar a zero.
Agora se me perguntar: está disposto a fazer com que o MDM viva mais dez (10) ou vinte (20) anos, posso dar cinco (05) anos, posso dar vinte (20) anos, porque veja lá: não há sequer um que não tenha sido Renamo, a partir da Beira até Nampula !!..
Agora, eu posso dizer que no dia em que o partido e o Daviz, humildemente se “ajoelharem” porque ofenderam muita gente…É que ele tem dezasseis 4x4 e eu não tenho nem uma barraca…isso não é traição?

“Eu sei que a Frelimo já perdeu agora!”
Canal – Mas a questão que as pessoas põem vai para além de tudo o que se passou. As pessoas o que dizem é que, se a Frelimo, a Renamo e o MDM entrarem, se os três entrarem a Frelimo perde as eleições…
Dhlakama – Eu sei que a Frelimo já perdeu agora! Veja lá meu irmão: 80% não foi votar do Rovuma ao Maputo, nos Municípios. Não foi porque a Renamo andou a disparar e as pessoas pensaram que “se for votar vão-me matar”. 80% não foram votar e isso significa que as pessoas não estavam satisfeitas. Concordaram com os argumentos da Renamo. Se a Renamo tivesse ido a eleições limparia tudo isto! Você como jornalista e todos podem ver que a Renamo conseguiu que as suas políticas fossem concordadas pela maioria.
Canal – O senhor acha que a abstenção é uma resposta ao seu apelo, ao apelo da Renamo?

Dhlakama – Sim, senhor!!! Afinal de contas você viu alguém atacar a Beira ou atacar aonde para as pessoas não irem votar? Foi uma questão política! E votando como não o regime não vai mudar. Por isso a maioria não foi votar. Meia dúzia foi votar. Os que não foram votar foram organizados por um partido organizado. Não foi preciso dizer a quem vai votar que vamos matar. E se andássemos a disparar em redor ninguém mesmo teria ido votar.
A Renamo demonstrou que se votarem o regime mesmo assim vai continuar. 
Se a Renamo tivesse concorrido, seria o fim do MDM.
Agora quando me pergunta se o Dhlakama e o Daviz Simango podem fazer as pazes, dependerá dele como miúdo que tentou trair o próprio pai.

Se Guebuza vai sair se não vão matá-lo
“A Frelimo já o mandou passear”
Canal – Acha que o senhor Guebuza vai mesmo deixar a Presidência ou vai tentar se impor?
Dhlakama – Eu sei que vai deixar, porque se tentar impor-se vão lhe matar. Ele vai deixar. A partir do dia 22 vai deixar. 
O que (Guebuza) pode fazer é tentar impor a sua influência, tentar pôr uma Teresa ou uma Maria qualquer que vai obedecer a ele e quando for eleito não venha a levar Guebuza para a prisão, por causa dos roubos.
De certeza que Guebuza não vai concordar com figuras importantes que lhe possam complicar se for presidente da República.
Mas ele vai deixar (o cargo de Presidente). Vai ter de deixar porque se não vão-lhe fazer como fizeram noutros países.
Canal – Falou no dia 22. O que quer dizer esse dia 22?
Dhlakama – Eu sei que dia 22 (deste mês) vai começar a reunião do Comité Central (da Frelimo) que tem dois pontos de agenda. PONTO UM: analisar por que é que a Frelimo teve derrota e por que é que as pessoas não foram votar no dia 20 de Novembro. PONTO DOIS: a indicação do substituto como presidente do partido Frelimo.
Canal – Já ouviu alguma coisa sobre o possível substituto do senhor Guebuza?
Dhlakama – Não!! Eu sei que há muitos candidatos. Sei que há candidatos do Partido Frelimo e depois há os candidatos da preferência dele como pessoa. Em África às vezes os comunistas fazem isso; não dão liberdade ao partido. Pensam em continuar a mandar. Mas a Frelimo já o mandou passear. Ele tentou fazer essas brincadeiras mas acho que já não consegue. Tentou ter as Forças Armadas, o SISE, os funcionários. Ele estava apostado em pessoas sujas, como ele, corruptas e analfabetas. Mas eu não sou membro da Frelimo para fazer juízos. Apenas estamos a acompanhar isso.

Paz ainda este ano?
“A guerra dos 16 anos durou muito porque não havia investimento estrangeiro”
Canal – Presidente Dhlakama, acha que vamos ter paz este ano?
Dhlakama – Vamos ter!
Canal – Este ano?
Dhlakama – Este ano pode não ser, mas em Janeiro ou Fevereiro vamos ter. Sabe? Eu estou convencido! Sabe por que é que eu estou motivado?
Canal – Diga, diga!...
Dhlakama – Os americanos estão a fazer a prospecção de gás e petróleo na Bacia do Rovuma. Os navios norte-americanos por dia estão a gastar 01 milhão de dólares. Já andam nisto há muitos meses. Num mês gastam trinta milhões de dólares ou mais. Mesmo os brasileiros, da Vale, e os australianos, da Rio Tinto, em Moatize/Tete estão a gastar muito a investir. Nas areias pesadas, em Moma, estão a gastar muito. Várias prospecções estão a ser feitas por franceses, britânicos, portugueses…eu não quero por isso aceitar que esses países permitam que a Frelimo continue a fazer desmandos para obrigar a que a Renamo destrua tudo.
A guerra dos 16 anos durou muito porque não havia investimento estrangeiro. Era tudo estatal ou para-estatal. Por isso os zimbabweanos entraram para destruir tudo ao proteger o Corredor da Beira. Por isso tanzanianos e cubanos entraram. Hoje a comunidade internacional não vai permitir que alguém entre para destruir um, cinco, dez biliões de dólares investidos, antes de haver retorno. Quer na Renamo, quer mesmo os grandes quadros da Frelimo já têm carpintarias, moageiras, muitas coisas e não querem que essas coisas sejam afectadas pela guerra.

Mensagem aos soldados governamentais
“Estão a morrer para manterem Guebuza no poder, a roubar tudo em Moçambique”

Canal – Tem alguma mensagem para os soldados governamentais?
Dhlakama – Abandonem a luta contra a Renamo porque é uma luta sem justificação!
Canal – Acha que já estamos em guerra civil?
Dhlakama – Não estamos em guerra civil porque os jovens nem sabem, nem estão a entender por que é que estão a lutar.
Estão a lutar só para defenderem os interesses do Guebuza e das suas filhas(os).
Todos os militares sabem que aqui em Sadjundjira fogem 30 a 40 por dia; em Casa Banana, em Marínguè, mesmo na Ponte do Rio Save 20 a 30 fogem por dia, outros vão presos, outros largam as armas e vão para o Zimbabwe e para a África do Sul porque não entendem por que é que estão a morrer.
Sabem que estão a morrer para manterem Guebuza no poder, a roubar tudo em Moçambique. É totalmente diferente de guerra civil.

Canal – O que é que os civis devem fazer entre Muxúnguè e o Rio Save? Devem deixar de passar ou podem continuar a passar desde que não tenham nas suas viaturas soldados ou polícias?
Dhlakama – Meu amigo. No dia 17 de Outubro fiz uma declaração a desafiar o Governo da Frelimo para deixar de haver colunas. Com uma BTR à frente a 150 kms, depois deixam os carros sozinhos. É atacada e depois pegam numa criança e dizem que a Renamo atacou civis…
Eu gostaria que declarássemos cessar-fogo entre Muxúnguè, Chibabava, minha terra, até ao Rio Save porque aquilo não significa nada; é só um negócio sujo… Não serve para nada. Os camiões são obrigados a pagar aos militares para correrem e deixarem os carros sozinhos…
A Renamo não ataca civis, ataca militares.
E ataca militares porque a maioria que escraviza o Centro e o Norte provém da Região Sul. Vêm para paralisar ou matar os “chingondos”.
Qualquer general sabe que se deve fechar o caminho por onde passa a logística de quem ataca.
Os civis devem saber que é por ali que passa a logística de quem vem atacar Sadjundjira e Dhlakama.
A Frelimo faz campanha e diz que a Renamo não é nada. Depois um civil morre. Devem saber que essa propaganda é conhecida!
Todos os generais sabem, generais americanos, franceses…sabem que um exército quando está a perder leva crianças e mulheres grávidas para dar a entender que “aqueles do mato é que estão a matar”. Mas não é isso: o que se passa em Muxúnguè é um negócio que a Frelimo está a fazer. No dia em que deixar de passar a logística da Frelimo para virem atacar em Sadjundjira, a Renamo e Dhlakama, os civis vão poder passar à vontade. Aliás, a guerra acabou em 94. Em 22 anos de guerra nunca fechámos o Save. Agora fazemos isso porque a Frelimo nos ataca e veio atacar Sadjundjira. (Fernando Veloso)




Samuel Chifungue sr dlhakama te admiro muito pela sua coragem de semear luto nas familias mocambicanas.acho que o sr e o presidente guebas misturam assuntos pessoais do que devolver a paz para o povo.mais acredito que nao sao super homens ,o deus vai fazer justica.nos somos filhos de deus nao de dlhak e guebas temos direito de vida, dar melhor educacao aos nossos filhos,circularmos livremente.please respeitar os direitos humanos


Johnson Jose Manhique vce nao sabe o que.diz mormao e melhor nao por deus.neste assunto.pork depois deles,deus vira e matara.a todos vces.cuida da sua lingua


Samuel Chifungue meu irmao eu,estou contra tudo que o ser uma faz usando arma,matar inocentes nem que a guerra dure seculos so pode parar na base de dialogo por isso antes de tudo deus


George Ndlovu Talvz seja um dles k saiu em debandada ta cm medo, porké n fala d paridad


Ricardo Manuel Este jornal devia fornecer esta entrevista ao publico, ja que diz que esta gravada! Estamos fartos de sensacionalismos baratos...ouvir e ver para crer...a ser verdade, o Dlakama falou bonito e ainda nos fez ver que o fuzilamento de Urias Simango não foi em vão, havia razões para tal.


Desapontamento nestas palavras quando fomenta o tribalísmo, 90% dos nossos irmãos do norte e centro quando vem a Maputo não querem mais voltar as suas origens...quem o culpado? Não são culpados os do sul que precisam trabalhar e alimentar suas famílias. Deixem o Mozambique uno e indivisível, pois isso favorece a propia Renamo, pensem bem, 80% dos quadros da Renamo e dos outros partidos vivem na Capital!!! O que esta a falhar Sr Dlakama?


Nasci e cresci e estudei em Maputo, trabalho num distrito recôndito de cabo Delgado, kero conduzir o meu dubai para mostrar os meus avós em Quelimane, mas os ataques não deixam...


Esta analise esta incompleta, deixo isso ao critério dos facebookanos.


Rafael Augusto Mate Pelo menos o sr. leu e compreendeu do que se trata


Eduardo Domingos OH BOSS ISSO AI! 16 CARROS 4X4 PARA DAVIZ E FAMILIA EM CINCO ANOS? MUITO MAU. EU TIVE O PREVILEGIO DE CONHECER SUA CASA OH BOSS VI NA SUA GARAGEM UM MERCEDES E VENTURE. O MERCEDES DEPOIS FALOU UM TRAFICANTE DE CARROS TINHA VENDIDO A RENAMO. AGORA ESTE COMPATRIOTA EM 5 CINCO CONSTRUIU E COLECCIONOU UM PARQUE INVEJAVEL. aCHO K NAO IMITOU A SI MAS AO GUEBUZA. FAZER POLITICA E ISSO MESMO? FALA SE UMA COISA E FAZ OUTRA! AINDA ENTENDI ALGUEM PODE ME DIZER O QUE O PRESIDENTE E VERDADE? AO DAVI E LUTERO DHLAKAMA E QUE OS LANCOU PARA VISIBILIDADE? SE FOR VERDADE SERIA BOM PARA ESSES COMPATRIOTAS COMECAREM A REFLETIR BEM, PORQUE A VERDADE SOBRE O PAI DELES O POVO AINDA NAO SABE E FOI OU NAO TRAIDOR.


Eduardo Domingos A mim nao vai me surprender nada se isso vier a acontecer. O mdm ta a pesca na margem da frelimo e renamo e os menos atentos mordem a isca . O instinto mercenario esta tomar conta de muitos compatriotas. Veja la o sibindy natural de Machanga virou grande mercenario ao servico da frelimo. O nucleo do mdm sao tios e primos orginarios de Machanga acho que o espirito ndau deu costas a esses caras. Provavelmente 80 % do elenco do municipio da beira sao tios e primos do edil? se a coisa ta assim o Kota Dhlakama profetizou bem o coisa vai morrer daqui a cinco anos.


Jordao Augusto Suqueia O dhlakhama e mesmo inteligente nao e como aquele burro que foi vendedor de patos


Liance Junior Ja nao es politico es um humurista seu lugar e nas casas d Cinema pra essas cometias s nao entendes bem a materia falas com Gilberto Mende ;xakuatika entre outros melhor aproveitar a futura careira pork da politica ja eras


Patrick Dinheiro Sabe Liance sempre disseram que em boca fechada nao entra mosca. Nao comenta coisas sem sentido quando o assunto e serio seu parvo..


Francisco Cuinica entao kem pode é vc Patrick


Chicava Drizzy da Slg Francisco es um grande burro e analfabeto


Francisco Nhone Continuem ser enganados com alguem q acustomou matar,ele comecou a queimar e matar civis sem nenhuma escolta militar e ele proprio saiu a assumir os ataques e disse q foi ele q madou,quem acredito oq ele diz so pode ser um ignorant burro a mesmo tempo.


Josef Pita Tu és tudo isto mais alguma coisa X 1000. Otario.


Twahyr Ravate Dhlakhama e king merece governar se ele nao presidiu o pais foi pk ouve muita corrupxao ate apanharam boletinx n auto mar


Reginaldo Mangue Ferdinando Mucabar aqui tens a entrevista do líder da Renamo


Maria Madalena Rodrigues eu li atentamente esta entrevista.sou brasileira e tenho dezenas de amigos em moz.sabes qual minha opiniao sobre esses dois senhores pe - na -cova? sao dois assassinos frio louco pelo poder,eles matam sem piedade estalando o caos na populaçao moçambicana.dois monstro sanguinarios,k deveria morrer na forca.ditadores velhos safados.morte aos dois!!!!!!!! mentirosos canalhas! PAZ PRA MEUS IRMAOS DE MOZ!


Edmundo Uqueio Na verdade Dlakama tem alguns pontos fortes k o povo percebe,mas sincerament matar civis tantos outros Moçambicanx é mau,chato,humilhante,imoral sem ética a RENAMO sempre será odeiado por gerações em Moz...sublinhem!


Dercio Bartolomeu Essa intrevista foi interressante!


Mak Sim WA Hada Uma mistura de verdades e inverdades, há de verdade partes que apoio e partes que não apoio,


Abel Philip Mesmo Dlhakama com o seu estilo caracteristico.


Joaquim Betherraba bantu de pobres, xururao,merdas, paraliticos em corrupxao


Hermildo Albino Gundane Exes dois (Guebuza e Dlakhama) devem encontras s n estado naciona e lutarem e acabarem cm o prblem, pork o prblma ñ é dx coitados dx filhos dx Mo¢ambicanx-mlitares, e cvix k sæ enviadx e mortos d kalker maneira, o prblma tä cm eles.


Rito Alegria Afonso DESABAFO DO MAIS VELHO,,,,,,IMAGINO LHE ASSISTINDO A FALAR


Zulficar Mahomed Gostaria de ter a gravação desta entrevista.
Agradeço a quém tiver.




Rosario Armando Domingos Zal Cabeça em analize


José Luís solucao Dhlakama ft Guebas fora...afaste se. vossas mentes so tm armas




Serafim Serra Neves Os políticos são todos iguais.


Ricardo Manuel Unay Cambumá, quanto ao tribalismo que te referes a minha pessoa isso não me fere, eu até gostaria de enteder este fenómeno. Então toma cuidado porque os outros não vão demorar em te dizer “filho da...“.


O resto 'e o resto...


Ricardo Manuel Unay Cambuma, se eu fosse a fazer um insulto nao ficaria bem aqui no fecebook...voce deve ser o filho do Guebuza e o Dlakama deve ser teu tio...porque voce nao pensa na paz e uniao a que Mozambique tem gozado nestes ultimos anos? Porque nao pensas em espandir o teu pensamento para o bem deste Mozambique? Esqueca a politica, e cultiva o espirito de paz. Eu talvez perceba a tua dor, nao tenha medo de produzir e apresentar os resultados da tua producao para que todos vejamos o que tens e que nao roubaste a ningu�m e nem mataste a ningu�m para ter.


Neopreno Aramida Kevlar Queremos a entrevista...


Ze Devis Tembe Grande homem


Edi Amos Ngwenya o sr dhlakama em janeiro ou fevereiro por favor keremos paz em mocambike .


Sílvio Silva Gostaria de ver este carrasco a falar das mortes de inocentes que ele e seus capangas estão a dirigir no centro do país, do estado da criminalidade corrente e, não só e....de assumir a pouca vergonhisse que andaram a fazer em todo o processo de eleições autárquicas


Abdul Latif Mussagi este cota é um macaco vellho. sabe fazer desacreditar um governo.


Eduardo Domingos Falou o boss. Nyussi vai la a satungira combater o terrorismo interno! pateta


Systeve Omar q morrao os soldados q ainda n sabem prq lutam...


Nelson Munguambe Esse sim é o pai da democracia.


Zacarias Conhece Djakama esse kota afinal pensa bem, tem mente, pensa o gajo, gueba cuidado com o pai d Moz, madiba de Moz Djaka.


Tomaslourenco Gobe vces falam falam,,,pois deviam saber K Guebaz 3 um sabotador, k sta ficar Rico as nssas custas,,,e o cota Djaka sta lutar exatament cntra isso & ainda assim uces falam mal d cota Djaka


Nobre Augusto Cota Fernando Veloso estas de parabens por trazer sempre o que o povo quer ouvir


Augusto Chichava Nos temos que analisar os pronunciamentos do líder da Renamo pois se de facto, os civis podem passar sem a escolta militar que se abstenham de tal coluna militar.


Larcen Gracio Ate k ele tem razao em grande parete das coisas que diz, o unico problema dele e' de matar civis inocentes


Calton Da Wane Wilson Wa! Exe gajo pah. Ki miudos xta andar a matar inocentes ai. . .


Ismael Xicamane Mas senhor presidente qual é o plano? Nao acha que a logistica dos militares da renamo está comprometida? Nao acha que o Guebuza quer lhe ganhar pelo cansaço e lhe captuar assim como foi feito com o Sadam Hussein (humilhação)


Carlos Jamal Axo k a aposta k Dhlakama deveria fzer era ir ocupar o seu lugar no Conselho de Estado e dai fazer os seus pronunciamentos frontalmente e nao refugiar-se de provincia em provincia para no fim estar posicionado no mato e a matar pessoas k nao tem nada a ver se lhe foi roubado os votos etc etc. Afinal Dhlakama esta a comer no mato e outro na cidade. Ate quando essa "porcaria" de guerra k so a Renemo e Frelimo beneficia?


Belmiro Faria Mendes Dhlakama é sem dúvidas o rei da revolução moçambicana.


Nelson Manuel Vilanculo Bem nao faz mal ler oqe dlhk falou nessa entrvsta. Os miudos militares da freli nem sabem prqe la vao cmbater. Na guerra civil nao éqe so renamo qe matava, na freli fozular era regra nao temiao. Tods matvm depedendo das circuntanscias.


Albertina Tomas Dhlakama muita força ja xtamos cansada cm afrlimo!!e sua hora d entram no podr.


Shmurda Basilio Da Lota Eu admiro muito o sr dlhakama, o pais esta sendo governado por lideres perversos, ti confio e meu sonho é ser um membro do seu partido apesar que nao tenho a a idade pra tal mas tenho a fé k um dia serei


Alberto Augusto Namutoro Kem entend ja, d verdad ha kem se aproveit do outro


Emilio Ta Flowzado Vaz acabo nao entendendo..,cada um puxa pra seu lado é claro k todos kerem ser visto d boa pexoa pelo povo moxambikano......


Felix Antonio Rambique Nao consigo encontrar esta ediçao gostaria de consumila com olhos e mente por inteiro


Lopes Muianga Exe kota ja lh perceb pk atac do rio save at gorongosa. D vrdad é hmen d guerra.


Mavuto Matias grandes noticia jovens jornal com o interce publico é este nota 1000


Felismina Antonio Kakkakakakak esses dirigentes so fazem rir.


Lavado Cunha Muito forte e o guebas tem k sair pra mudar est pais k o estrangeiro faz e desfaz confiando os 5% k lhe dao . Nbora tirar est gajo .


Zacarias Macamo Macamo grande heroi,homem da democracia,viva presidente afonso dlakhama.


DJ-Leo P Pedro Yap é um heroi


Felizardo Munguambe Ok camaradas, o meu apelo a ambos è que concedam a paz em mocambique, haja livre circulacao no troco save muxungue,depois disso que sentam na mesa tratando das suas questoes politicas.


Celso Fernando Fiosse A RENAMO sera' sempre odeiado por quem nao procura a razao, eles estao a procura de mantimento qnd atacam os carros pq foram expulsos ds suas bases e, porque o troxo Rio Save-Muxungue e' por ond passam os militares q o atacam, eles defendem a entrada dles.


Hassane Timbane Descobri alguns factos novos nessa entrevista


Estevao Zefanias Chauque Ha uma problema no pais e tmx k parar tdo,.e resolver o problema e quem quer viajar vai morrer.


Felizardo Munguambe Tenhamos maior respeito com este lider, ficou 16 anos no mato, sem ser atgido pelas balas. Entao.nao sera este conflito que ira finalizar a vida dele.


Baltazar Roque É so dizer a sua verdade! guerra ou nao?! Pork ta inventar cheio de coisas. Nenguem consegue perceber...seja directo e como um politico d verdade. Ao mano DLHAKAMA


Tomas Pedro Carvalho Djamanta acabou com guebas até agora estou me bufando de tanto rir


Francisco Cuinica bassopa k um dia vira por ti e vc xta encima dx mortos


Mario Caçador tem todo meu apoio pois se nao fosse a guerra hoje ainda xtariamos a comprar cuecas e sapatos com cartao de abastecimento e meio pao por pessoa.forca cota


Varlido Jorge Mahoche devemos enteder que Dlhakama, mesmo que nenhum dia tenha a chance de eceder a presidência da Republica, ele é um heroi porque ele com tanta riqueza que possui, tem arriscado a sua vida para tirar o País da escravisao da Frelimo...há muita desigualidade no país os pobres sao mais pobres e os governantes sao tao ricos


Abdul Rachid Said Papi, tas aonde papi???????????


Domingos Adriano Ele mostrando sua capacidade cognitiva.


Mwanana Wa Txinguizane Lindas meretrizes...


Mario Elisio Joao Joao É isso ai pensar antex d fazer é uma dax opçoex max boax..


Isac Dias Jordao e isso ai cota Djakama


Neopreno Aramida Kevlar Queremos a entrevista mas em audio...


Simão Arone Arone Se eu fosse fada levaria Moçambique e o resto do mundo para PAZ total e completa.


Joaquim Pindura Leo g keres imagex telefonica?Te aconselharia pedir a gravaçao,ñ image pa.


Sergio Wacela So ti pexo a paz e da mais!!! Somos todos vitimas desse reegime facista istalado por gente que otrohora se intitulavam libertadores da nacao ou entao pais da dmocracia mas que de pai ou libertadores tem mada sao politicos capazes de matar por interesse


Flora Natacha Manjichi Finalmente temos noticias do Djakas, agora rezemos para que resolvam os "Ataques dos supostos homens da Renamo" e possamos voltar ao nosso ritmo de vida e desenvolvamos nosso belo Moçambique. 


Eu sou a favor de Dialogo entre Djakas e Guebas, estabilidade Politica em Moçambique. e fim da morte de civis. Que seja este o início do fim dos "Ataques".


Laercio Eder Camal Mulima Eu tiro chapeu pra ti djhakama.força.


Idolo Bom Gramei


Elcidio Sunde Cota djalacama eu te respeito


Domingos Chutar ya mano,max cuidado com MDM porki é um partido forte,e eu cmo outrax muitax pexoax goxtau do partido


Paulo Aurelio Chongo Tio Djakama to a pedir nao reagir pela arma, eu conheço te, lutei contra sua forsa na luta dos 16 anos. + agora nao vejo pork iniciarmos otra Guerra!


Amandio Edgar Dhlamantha o homem tolerante.


Arminndo Fombe Thiago Exe gajo e' wawa dele yp...


Costa Manhiça Concordo plenamente contigo lider a frelimo ja era


Calisto Joaquim Mabutana ate knd vam parar de deramar sangue


Joaquim Paulo Madassipo rendí cm esse


Nelson Rambai Tocosse Olha tomas eu acredito 100% em voce isso é pura verdade


Tomaslourenco Gobe porah pa uces Irmaos,,a k preco uces se venderam a "Frelimo d Armando Guebuza"pois se qiserem saber a Frelimo d ontm nu 3 igual ao d hje,,,Guebas xta d olho em dinheiro do povo, ele faz e desfaz uces xtao nem ai,,,Bastou um"Bom dia"do Mano Djaka todos xtao atento pa ouvir o k ele dira d seguida,,,,saibam pois k (estar em paz nao significa apenas o silenciar das armas,,Guebuza tmbm n nos deixam em paz,,,*abram olhos)


Teixeira Teté da Silva Força ai cota Dhlakama.


Patson Lapson Onde o Dhlakama trena o generais dele! Kero vunar pra la gent. Me ajudm


Aderito Constantino Neves Caridade Pelos crimes k xta cometer esse senhor tinha k responder no TPI ,se houvesse um premio pela sua captura acredito k até Mazanga iria lhe trair.


Maria Da Ellsa djakama n é o roberto carlos,mais ele é o cara.sou fã dle.like like like


Elias Feleciano Zavala Feleciano Exe velho é grande!


Francisco Nhone o povo aind vive na escuridao,acreditam mesmo q ele atca no rio save para matar miudos treinados ou xta acabando com os proprios vossos familiares civis,cuidem se, si eq ele quer matar q va matar o Gubuza com familia dele.


Filipe Estevao Amide Amide Sim sr o Kota. Bem dito. A ser verdade, Povo d Moz, q fazem a travesia Rio save, Muxungue, vice-versa, sejam corajosos em andar sem uma coluna militar. Afinal, ELE ataca quando xtiver militares nele. Eu penso assim. Infelizmente morrem civis, porq se miosturam c militares. Infelizmente.


DellaCerda Langa Declaracoes De Um lider..
Leo G Lapoule QUERO Ver imagem caso contrario isso é uma fraude!
Sidinho Ngale Forxa ai mano djaka por min atakavas ate a ponta vermelha
Sacafo Amade Grande líder... Com seus defeitos e qualidades. Adelino Coanai
Comments
Gosto15 h
Filipe Carlitos Tapela Acabem cm esses vagabundos.
Gosto65 h
Gosto5 h
Joaquim Armando É nao sei.....quem pode nos dar informaçao certa
Nelson De Karvalho Beirenses informados digam algo! !!
António Celestino Xps Unay falou dsso?
Gosto15 h
Customo Jo Jo Heeeeeee....
Gosto5 h
Nelson De Karvalho Tiram Jusubo Abdullah Das Autónoma , do ar??
Gosto5 h
Paulo Besteleve Moçambique Se é verdade bem feito
Gosto5 h

Jose Waite Ele esteve na incursao tambem?

Como tiveste a fofoca bro? Kkkkkk

Gosto4 h
Manuel Pereira Primeiro è se iformar bem depois poplica nao poplicar depois kerer a confirmacao de quem?
Gosto24 h
Samuel Bola Olha,eu públicou isto porquê fui bem informado e nao um qualquer que me informou.
Gosto4 h
Bernardo Augusto Mazembe ainda não temos essas informações. o mano cambuma não pode nós dar essa boa notícia.
Gosto4 h
Florencio Amade Quem me dera
Gosto4 h
Eduardo Sinalo Não acredito sera!
Gosto4 h
Abdul Rachid Said Amigos esses vosso Break news já não vamos acreditar mas ok? Como os informadores dos resistentes queres saber com leitor do vosso jornal acerca disso? Falam a verdade que nos e isso que queremos consumir
Zacarias Bernardo Natal Se morrer esta bem se nao morrer tabem esta bem porque foi educado com as perdizes
Gosto24 h
Samuel Bola Eu fui bem informado acerca deste ansunto.havia um grupo composto por militares que alugavam uma casa no bairro do macurrungo é a mesma esquadrao da morte,quando a perceberam da morte do comandante sairam nas corrida para gorongosa,o militares pediram o total selencio sobre esta noticia ao dono de casa.eu apenas pedi para confirmar.mas essa é a realidade
Gosto24 h
Jose Chinhanga N é verdade, nem pode acontecer.
Gosto14 h
Luis Paulo Isaias Se o dito comandante morto for este qxta nesta imagem digo q e mentira porque vi lhe hj na tvm participando numa reuniao dos 35anos da tvm talvez seja outro vamos aguardar
Gosto14 h
Marisa Tavira Ibrahimo Epa, voce nao tem fotos de gente que ja morreu?
Gosto3 h
André Famozinho de Moz Vao ser preso por brincadeiras ta ver primeiro uq da e uq nao da
Gosto14 h
Kembo Sunay Isso é pobreza ou burisse? prezo pk esse país é democratico cada faz o quer quezer. como eu vou-lhe dizer só culhão.
Emilio Isac Zandamela Va ser bronka manja.
Gosto4 h
Ze Manel Ido alguém me disse que é comandante geral dos COMANDOS e não comandante da PRM que morreu.
Tomas Humbe Vira a tona aguardemos
Albano Tivana Dhlakama, morrer por bem e bom,.. Mocambique,... nosso Pais nao e mandioca k cada um entendeu,.. cortou,... E Patria de Mondlane e de Samora,... Patria do Povo Mocambicano guiado pela FRELIMO,... partido k tem o Povo em primeiro lugar,...
GostoResponder4 h
Francisco Artainha Mano dlakhama já deu o qui tinha qui dar, já não vai tempo de governar Moçambique! Talvez outro presidente do mesmo partido
GostoResponder17 h
Paulo Paulo Kassanga Acho eu devia seguir o esemplo do eduardo dos santo anunsiar asua saida na vida politica 20 de março kkkk
GostoResponder5 h
Alberto Betolider Toda hora a prometer, já juraste pela alma da tua mãe até agora nada.
GostoResponder17 h
Pedro Ferreira Da Costa Pedro Sou Angolano mais ainda assim que o cota deve seguir o caminho da Paz
GostoResponder5 h
Jeremias Eduardo Mesa Mano força ai mais para mi já xtou fora do jogo xtou na minha
GostoResponder6 h
Nelson Sadoque Sadoque Comédia de baixo valor!
GostoResponder16 h
Hawad Jaurêncio Hawad Dlhakama é um Palhaço...
GostoResponder5 h
Calton da Costa como assim... sera que a constituicao O PERMITE
GostoResponder16 h
Serafim Serra Neves O titúlo do filme seria: 

DLAKAMA GOVERNA A FORÇA.

GostoResponder16 h
Luzimar Dantas Brasil vc devia compre com quem te elegi
GostoResponder4 h
Henrique Januário Isso é loucura.
GostoResponder7 h
Luis Mário Cubane Puto Djaka, vc so promete!
GostoResponder5 h
Sergio Zilhao A que preço???
GostoResponder6 h

Carlito Uanicela Mucanze kkkkk tou fora
Comments
Christopher Chriss Voce tem muinto tempo para xcrever merdas
GostoResponder4 h

Isack Pilonthy Alela Quem te mandou adicionar Unay Cambuma??

Assistir TVM e RM não são suficientes pra ti??

NB: pra terminar, escreve-se "muito" e não "muinto".
GostoResponder74 hEditado
Magid Manjor Isack Pilonthy Alela,nao perca tempo responder porco!
GostoResponder3 h
Zulficar Mahomed Merda é você.
GostoResponder13 h
Castiao Popote É a merda que está acabar os nossos irmãos e deixam o país cada vez mais pobre. Tu és um deles contra a democracia.
GostoResponder3 h
Domingos Amad Mutiazeque Escrever e nao" xcrever" quem te mandou ler Cristovão?
GostoResponder2 h
Paulo Gote Castiao Popote acho que tu vives mordomias na beira da desgraca do povo
GostoResponder2 h
Paulo Gote podes definer o que e democracia?
GostoResponder2 h
Jainito Pedro Esta foi uma entrevista e ele so copiou e publicou, vai ver na dw africa portugues. So corre em insultar?
GostoResponder12 h
Joao Jordao Jota A única merda aki é vce
GostoResponder2 h
Castro Ernesto Vilanculos Falam muito da democracia, afinal de contas nao sabem o que e isso, nao somos obrigados a concordar com o que o tal de Unay anda escreve, e esperamos que democraticamente respeitem a nossa opinião. O Magide deve ser grande criador de porcos, começa confundir as pessoas com os porcos.
Samuel Siucha Siucha tamos ja Sen esperasa desde amanha ja 15 D marco ate quando papai
GostoResponder4 h
Samuel Bola Calma,nada está fora de prazo.
GostoResponder4 h
Carlos Pereira Bande A renamo esta
GostoResponder4 h
Castro Ernesto Vilanculos Sinembo, foi prometido governar um Distrito? Esse rancor todo e para? Christopher e moçambicano como você e nao e obrigado a concordar contigo.
Sinembo Ndaneta Christopher talvez na tua terra Malawi seu burro nem Português sabes expressar.
GostoResponder34 h
Zakarias Fernando Mais Estamos a ezpera papá Djaka. Não falha nada este março
GostoResponder4 h
Toxx Will Maylen Mudaniss xperams a vitoria final,embora a frlm anda keimar casas dos moradores em nhamissassa,e por uma armadilh k eu tinha pisado e DEUS salvou me pk dziam k a tal area proibda e todox sao baleadx e batidx e DEUS disse k é zero vezes todo o exercito frlmxta
GostoResponder3 h
Albano Tivana Sonhar e sonhar,.... A FRELIMO e Partido k vai dar dor de cabeca matsanga ate ficar maluco,... morrer no mato.....
GostoResponder3 h
Albano Tivana A Paz e a arma fundamental para Combate a Pobreza,... afirma o Partido FRELIMO,... o Partido do Povo,.... agora se Cambuma, quer guerra unoirwa na mai akoo.... Nos queremos a Paz,...
GostoResponder3 h
Gelyto Baptista Gassete Gassete A esperança sempre se aguarda papa Dhlaka,muita força é isso k keremos
GostoResponder3 h
Filomeno Ricardo Langa Acusações de um lado para outro so povo feito tipo pilha que sempre sai a sofrer isso ate parece briga de casado todos a puxar a verdade para lado deles..arma ou barulho das armas nao alcança paz..todos queremos paz e somos moçambicanos não interessa quem ta n poder
GostoResponder3 h
Lindinho Alberto Mugabe À verdade saio do próprio líder vai sim ocupar as províncias k foram ganhas agora esperamos para ver porque será este março
GostoResponder3 h
Felix Fopenzi Lamentavel
GostoResponder3 h
Unay Cambuma Vejam a "concordância" com os posts de Unay Cambuma! Eu nao vos dizia que fademos estavam levar boas sovas?
GostoResponder103 hEditado
Unay Cambuma Onde estao os "desmentirosos"ein? ein?
GostoResponder83 hEditado
Patrick Da Lucia Forca chefe
GostoResponder3 h
Lindinho Alberto Mugabe Estão na Frelimo è melhor deixar os gajos de fora não nos interessa o que o povo quer é o que General disse prontos desmente quem desmente mas não alterA a verdade
GostoResponder3 h
Jorge Eniquesse kkkkkkk i vce! Rendo contigo cambuma
GostoResponder3 h

Unay Cambuma " . É que a FRELIMO sofreu baixas e as FADEMOS são a alternativa à FIR. Mas mesmo assim, a FIR está também a sofrer baixas. Atualmente a FRELIMO não tem efetivos. Tentou lançar ofensivas na Zambézia, em Nampula e aqui perto da Gorongosa, mas colocamos todos eles fora de combate."

Esta aqui a confirmacao da derrota militar das mariazinhas do Ntumuke e Monteiro.

GostoResponder102 hEditado
Iyambo Issogorovy Não minimizem o poderio da Renamo, O pai Dhlakama tem Razão quando diz que este Marco vai Governar pelo simples facto: a Frelimo mandou todo efectivo para combater a Renamo no mato e se esqueceu de proteger as cidades, imaginem o que se verifica, as cidades estão sem militares da FDS, nem FIR e nem policias visíveis. Vai ser uma canja, os poucos policias que existem nas cidades serão incapazes de enfrentar-nos, os blindados estão no cemitério. Quem viver verá?
GostoResponder13 h
Daniel Jambo Forxa
GostoResponder13 h
Lucas Jagino Obed forca renamo
GostoResponder2 h
Tomas Humbe Forca meu presidente ainda estamos em marco.os governadores da frelixo k si preparem enquanto a tempo para evitar sair da janela tipo ratos.
GostoResponder2 h
Tania Cabral Como tu.
Bento João Bazo E melhor k aturar tantox ladroex d benx d povo
GostoResponder2 h
Unay Cambuma A frelimo vai cair isto nao e para se duvidar. A propaganda da frelimo so serve para dar algum alento a alguns zombies. Ninguém mais acredita na frelimo incluindo meu cao german shepherd que me ofereceram aqui na Alemanha.
GostoResponder52 h
Zulficar Mahomed Arranja-me um...
Daniel Jambo Ki ki ki
GostoResponder2 h
Nelson Massamba Wilson Timba Força lideres opositores, eu so quero mudança de partido no puder. Entra o outro partido!! Se vir a ser também o mesmo, k é ganancionismo e ambicionismo! Mandamos embora e colocamos outro. Asim é k funciona a DEMOCRACIA.
GostoResponder22 h
Rogerio Guambe Queremos a paz nós.
GostoResponder2 h

Zulficar Mahomed Porque não pediste PAZ quando emboscaram o lider da Renamo?

Quando cercaram-no na Beira ?

GostoResponder2 h
Melo Nhanala Tomaaaaaaaa!
Ribeiro Monteiro Albano Tivana, lamento muito ignorante sai daki nao te kero ver nem d binocuculos no meu kintal. Fds
GostoResponder2 h
Kresston Kriz Khady Está dito, mas a governação deve ser pra já senão perco a esperança.
GostoResponder2 h
Heique Maria Antonio Sitoe Força Unay Cambuma para frente é o caminho
GostoResponder2 h
Jeque Vara informacao no momento certo e na hora certa, forca resistentez
GostoResponder12 h
Segundo Dmx Dmx Dmx kkkkk naõ para vã enfrentem e nox naõ temos medo tamos cansados com esse grupinho dos gatunos da frelimo
GostoResponder2 h
Azizy Hazad O'mestria Blco Ta prometer demais e nada wa
GostoResponder2 h
Amos Madjiruane jornal total....mas tem palavras doces...Forca
GostoResponder2 h
Osvaldo Uala Cadê
GostoResponder2 h
Maria Augusta maltrataram o líder na Beira
GostoResponder2 h

Amosse Amosse Amosse Força lider, por + k seja tarde.

Vais governar...!

GostoResponder2 h
Antonio Matsombe Esse lider pha. Promete pra nada
GostoResponder2 h
Pedro Filipe O tempo é,e será o sempre o senhor da razão. Se alguma bala me atingir mortalmente,não estarei a fugir o futuro incerto do meu país,pois,neste momento clamo pela paz,igualdade de oportunidades,justiça,distribuição equitativa das nossas riquezas e,que o povo seja o verdadeiro patrão.
GostoResponder2 h
Amomge Rafael Macuacua Hum, todos fora do combate
GostoResponder2 h
Arque Chirua não se preocupem com ele...poderá Governar no Cemitério
GostoResponder1 h
Arque Chirua a velhice está ja pra acabar com ele, aliado as doenças....não dou mais de 5 anos
GostoResponder1 h
Nell'star Nhongo Esperei mto por este momento, momento esse de ouvir uma boa notícia do meu general Dhlakama. I like thi's
GostoResponder1 h
Bernabé Canivete Unay forca
Captino Gabriel Pandza Tem muita razão,so na época das eleições muitos jovens perderam vidas por a poiarem o partido Mdm, até o próprio dono do partido escapou por pouco
GostoResponder11 h
Castro Ernesto Vilanculos As eleições para governadores, e um processo que passa pela revisão da constituição depois eleições, em Março querem governar o que?
GostoResponder1 h
Ossumane Alexandre Joaquim So para acrescentar as eleiçoes nao foram em 2015, mais sim em 2014. Reveja esta situaçao e tenha boa sintese informativa... Unay...
GostoResponder1 h
Kembo Sunay Parabens Unay! Homem da Verdade, alias as ultimas do NZERO foram uma pura verdade, eu certifiquei com os meu proprios olhos. São duas equipas a FIR e GOE, consigo está uma carro blidado e um camião. Toda população se mando para longe. parabens mestre Cambuma. Nzero ficou um deserto os carro na N1 passam a altas velocidade de tanto medo, o cenario é de terror.

Sem comentários:

Windows Live Messenger + Facebook