quarta-feira, 9 de março de 2016

DESESPERO NAS FORÇAS DE DEFESA E SEGURANÇA

Há muita confusão e desespero nas forças armadas da frelimo em Chimoio. Segundo as nossas fontes, muitos militares já nao aceitam alinhar se para participar em operações militares contra os rangers de Afonso Dhlakama porque nos últimos dias tem sofridos baixas catastróficas. As fontes dizem que a meio da manhã de ontem, dia 09/03/2016, as forças da Renamo atacaram uma viatura militar das forças da frelimo que saia de Chimoio a Catandica.


O ataque foi sobre a ponte do rio Pungue no troço Vunduzi - Honde. A camioneta militar, que estava abarrotado de militares das FADM (cerca de 48), caiu na água depois de ser metralhada e grande parte dos ocupantes morreram e alguns ficaram feridos e foram transferidos para Chimoio.
A mesma fonte conta também que ainda ontem, uma companhia das forças conjuntas FADM/FIR, deslocaram se para ao Posto Administrativo de Honde, Distrito de Barue, com o objectivo de atacar uma posição das forças da Renamo posicionada naquelas bandas. No entanto, depois de andarem uma pequena distância em direcção a uma área pouco habitada, os militares disparam cega e indiscriminadamente para o vazio bazucas, morteiros e metralhadoras tendo atingido uma casa de uma família camponesa, matando o casal proprietário e seus dois filhos menores.
Depois de fazerem estragos e temendo uma cilada das forças da Renamo, os atacantes saíram do local precipitadamente, sem sequer vasculhar a area para ver se ao menos acertaram algum animal selvagem para fazer carril no quartel.
Quando o grupo de forças conjuntas FADM/FIR, chegam no seu quartel em Catandica, deu um falso relatório, dizendo ter desmantelado uma base da Renamo tendo posto em debandada os "homens armados" da Renamo que "fugiram" com todas suas armas. Quer dizer, aldrabaram o seus seus chefes. Na verdade os militares nem sequer aproximaram da área da suposta base da Renamo. Apenas criaram condições para que sejam audíveis os estrondos dos seus disparos para dar credibilidade a sua mentira.
Outra fonte das forças defesa e segurança da frelimo contou nos que as forcas da Renamo atacaram ontem dia 9/3/2016 às "fademos" em Ndoro, no troço entre rio Nfudza e rio Zangue (troço Nhamapaza-Caia), tendo sido mortos 49 militares e 27 ficaram gravemente feridos. As duas camionetas militares que iam em direccao a Caia, ficaram seriamente danificadas tendo uma delas capotado. 
Publicaremos mais informações oportunamente.

UNAY CAMBUMA

Sem comentários:

Windows Live Messenger + Facebook