terça-feira, 29 de março de 2016

AMEAÇA DE DEPORTAÇÃO DE ACTIVISTA DA MARCHA MUNDIAL DAS MULHERES/FÓRUM MULHER

ALERTA PARA A IMPRENSA: 


(Notícia em actualização)
Boaventura Monjane
As autoridades de migração da República de Moçambique poderão deportar a activista de nacionalidade espanhola, Eva Anadón Moreno, uma das mulheres que a polícia moçambicana prendeu no dia 18 de Março, quando feministas se preparavam para realizar teatro de rua em protesto contra a directiva do Ministério da Educação de proibir saias curtas nas escolas secundarias de Maputo a partir deste ano.
Eva Anadón encontra-se desde as 13h de hoje (terça-feira, 29) retida por agentes dos serviços de migração. Informações recentes (20h15 de Maputo) indicam que a activista foi transladada dos gabinetes da Migração na Av. Fernão de Magalhães para o aeroporto Internacional de Maputo, onde continua a ser ouvida. Teme-se que a qualquer momento a jovem activista seja deportada.
Durante o último fim de semana a casa da activista, na Av. Eduardo Mondlane, este sob vigília da polícia da migração moçambicana. Unaiti Jaime, outra activista, igualmente detida no dia 18, confirmou que sua casa esteve também a sob vigília policial.
Eva Anadón Moreno é colaboradora do secretariado Internacional da Marcha Mundial das Mulheres, o maior movimento feminista no mundo, e tinha a sua documentação legalizada.

Mostrar mais reações
7 comentários
Comments
Mamana Wa Vatsongwana Hoje é a Ela, amanhã irão expulsar a nós próprios. Não podemos nos calar, não podemos ficar a assistir um País se transformar em uma ditadura de facto. O que faz um Estado expulsar , uma cidadã, que está legal em Moçambique? De que tem medo este Estado? Significa que os cidadãos e cidadãs Moçambican@s , não pensam ?São sempre movidos, por outras ou outras? É um País ou um casebre? Fogo NTHA
GostoResponder316 min
Manuel Matola Expulsem-nos a todos!!!
GostoResponder114 min
Rafael Ricardo Dias Machalela Meu Deus que absurdo.
GostoResponder212 min
Láilo Machava Assim vai o nosso Pais
GostoResponder18 min
Abel Zico Pulhas...Pessoas com rabo preso sao assim, todo mundo que nao danca a musica deles sao os do contra, encostam, maltratam, isolam, matam e expulsam...
GostoResponder17 minEditado
Adao Joao Paia Joao Podem silênciar uma voz ou duas mas nunca de um povo, afinal quando o povo clama pela liberdade e pela justiça o salario é intimidar as pessoas?? Não se pode falar de justiça que atenta com o exercicio da cidadania e sobre tudo na postura da criação de uma nação em que sejam respeitados os direitos humanos.
GostoResponder13 min
Adao Joao Paia Joao A marcha continua!!!!!!!!!!!!!!!
GostoResponder12 min

Sem comentários:

Windows Live Messenger + Facebook