domingo, 28 de fevereiro de 2016

Morreu Lúcio Lara fevereiro 28, 2016 Lúcio Lara Lúcio Lara Partilhe Veja Comentários Lúcio Lara morreu aos 86 anos em Luanda, neste Sábado, 27 de Fevereiro, anunciou a Televisão Pública Angolana. Lara foi um dos fundadores Movimento Popular de Libertação de Angola (MPLA) e foi Secretário-geral do MPLA durante a guerra pela independência de Angola e durante a guerra civil. Lúcio Lara, ou Tchiweka (pseudónimo de guerra escolhido por Lara em homenagem à terra da sua mãe -, sendo Tchiweka o nome da aldeia de origem da mãe) nasceu no Huambo em 09 de Abril de 1929. Foi um dos fundadores do MAC (Movimento Anti-Colonialista / Movimento Anti-Colonial), que também incluiu Agostinho Neto, Amílcar Cabral, Mário de Andrade, Noémia de Sousa, Humberto Machado e Eduardo dos Santos, entre outros.


Morreu Lúcio Lara
27.02.2016 • 21h17
Morreu Lúcio Lara

Tchiweka, de seu nome de guerra, foi um dos membros fundadores do MPLA, tendo-se iniciado nas movimentações políticas em 1950.
Por REDE ANGOLA.
2.5K0


[ DR ]

RELACIONADASOposição critica lei sobre branqueamento de capitais•África comemora Protocolo de Brazzaville•JES critica actuação do secretariado do MPLA•MPLA destaca intervenção de Medina•General Nunda cotado para ministro da Defesa•

Lúcio Lara morreu hoje, em Luanda, aos 86 anos, avançou a TPA. A causa da morte não foi revelada, tendo sido apenas indicado que o nacionalista se encontrava doente.

Tchiweka, de seu nome de guerra, nasceu a 9 de Abril de 1929, no Huambo, e foi um dos membros fundadores do MPLA, tendo-se iniciado nas movimentações políticas em 1950.

Foi eleito Secretário da Organização e dos Quadros na primeira conferência nacional do MPLA, em Dezembro de 1962, passando mais tarde a Secretário Geral. Nesta função, foi o “operacional” junto de Agostinho Neto, sobretudo a partir da sede do MPLA em Brazzaville onde adoptou uma criança natural do país, Jean-Michel Mabeko Tali.

Da sua relação com Ruth Lara nasceram três filhos, Paulo, Wanda e Bruno.

fevereiro 28, 2016



Lúcio Lara
Partilhe




Veja Comentários


Lúcio Lara morreu aos 86 anos em Luanda, neste Sábado, 27 de Fevereiro, anunciou a Televisão Pública Angolana.

Lara foi um dos fundadores Movimento Popular de Libertação de Angola (MPLA) e foi Secretário-geral do MPLA durante a guerra pela independência de Angola e durante a guerra civil.

Lúcio Lara, ou Tchiweka (pseudónimo de guerra escolhido por Lara em homenagem à terra da sua mãe -, sendo Tchiweka o nome da aldeia de origem da mãe) nasceu no Huambo em 09 de Abril de 1929.

Foi um dos fundadores do MAC (Movimento Anti-Colonialista / Movimento Anti-Colonial), que também incluiu Agostinho Neto, Amílcar Cabral, Mário de Andrade, Noémia de Sousa, Humberto Machado e Eduardo dos Santos, entre outros.
fevereiro 28, 2016





Lúcio Lara
Partilhe




Veja Comentários




Lúcio Lara morreu aos 86 anos em Luanda, neste Sábado, 27 de Fevereiro, anunciou a Televisão Pública Angolana.


Lara foi um dos fundadores Movimento Popular de Libertação de Angola (MPLA) e foi Secretário-geral do MPLA durante a guerra pela independência de Angola e durante a guerra civil.


Lúcio Lara, ou Tchiweka (pseudónimo de guerra escolhido por Lara em homenagem à terra da sua mãe -, sendo Tchiweka o nome da aldeia de origem da mãe) nasceu no Huambo em 09 de Abril de 1929.


Foi um dos fundadores do MAC (Movimento Anti-Colonialista / Movimento Anti-Colonial), que também incluiu Agostinho Neto, Amílcar Cabral, Mário de Andrade, Noémia de Sousa, Humberto Machado e Eduardo dos Santos, entre outros.

Sem comentários:

Windows Live Messenger + Facebook